Renda na mão de poucos -

Crise aumenta desigualdade de renda no estado do Piauí, aponta pesquisa do Bradesco

O Brasil registrou na média uma pequena alta na desigualdade ao fim de 2015. Em São Paulo e em alguns Estados das regiões Norte e Nordeste, no entanto, a concentração da renda cresceu com mais intensidade, mostram cálculos do Bradesco.

O índice de Gini brasileiro do rendimento do trabalho passou de 0,498 no quarto trimestre de 2014 para 0,499 no quarto trimestre de 2015 –quanto mais próximo de zero, mais igualitária é a distribuição da renda. No Piauí, segundo a pesquisa, o índice passou de 0,55 para 0,57. VEJA

Pelos cálculos do banco, a desigualdade cresceu em 12 das 27 unidades da Federação no quatro trimestre do ano passado ante o mesmo período do ano anterior. Informações da Folha de São Paulo.

Fonte: None

Comentários