• Apostadores acertam na Mega e faturam prêmio de quase R$ 140 mil

    Duas apostas feiras em Mato Grosso do Sul acertaram a Mega-Sena e levaram quase R$ 140 mil. Os apostadores seriam de Coxim e Porto Murtinho. Com informações do Top Mídias News.

    Cada um leva R$ 66.967,36. O sorteio foi realizado na noite deste sábado (03/12), em São Paulo. Os números sorteados foram 20 – 23 – 32 – 36 – 39 – 57. Nenhum apostador acertou os seis números.

    Foto: Agência BrasilMega Sena
    Mega Sena
  • Campanha do HEMOPI com Grupo Piauí Samba arrecada bolsas de sangue neste fim de semana

    No início deste final de semana, vários sambistas ligados ao Grupo Piauí Samba, realizou mais uma edição da Campanha Sou Sambista Sangue Bom, que teve como objetivo reforçar o estoque do Banco de Sangue do Hemopi (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí), em Teresina. Ao todo, 66 pessoas atenderam ao chamado dos sambistas, e compareceram ao hemocentro para contribuir com a campanha que há oito anos vem ajudando a salvar vidas através da solidariedade dos amantes do samba.

    Foto: Ascom FMC

    Para Ênio Portela, presidente da Fundação Municipal de Cultura (FMC), esse tipo de iniciativa só mostra o tanto que o teresinense tem um bom coração, e que por isso a pasta da cultura, juntamente com a Prefeitura Municipal de Teresina, continuará apoiando os sambistas. Ele fala ainda que além do grupo, a fundação vem se mostrando solicita ao HEMOPI, sempre tentando unificar a cultura com as campanhas promovidas pelo hemocentro.

    “Fazer cultura é muito bom, porém atrelada a solidariedade para ajudar a salvar vidas, é melhor ainda. O que a gente vê nessa campanha, são artistas mostrando que a solidariedade pode partir de qualquer lugar, é algo bom, algo interessante, por isso a gestão municipal sempre estará presente nesse tipo de atividade”, conta Ênio Portela.

    Robert Gleydson, do Grupo Piauí Samba, diz que a campanha foi uma alternativa encontrada pelos sambistas para comemorar o Dia Nacional do Samba em Teresina, já que antigamente essa data se resumia em simples apresentações, que de acordo com ele, não agregava com causas solidárias. Ele comenta ainda que a Campanha Sou Sambista Sangue Bom fez escola, e agora sambistas do Estado de São Paulo, procuraram os piauienses e iniciaram o mesmo tipo de campanha lá no Sudeste do país.

    “Geralmente algumas ideias nascem no Sudeste e as pessoas copiam aqui no Norte Nordeste, porém desta vez foi diferente, fomos o pioneiro de algo que vem ajudando e que pode ajudar a salvar mais vidas por todo o Brasil. Além do Dia do Samba, também fazemos essa campanha no período carnavalesco, por isso quem não pode doar agora, basta aguardar que nos próximos dias estaremos realizando uma nova edição da campanha”, destaca Robert Gleydson.

    Foto: Ascom FMC

    Para acompanhar as novidades promovidas pela Prefeitura Municipal de Teresina na área da cultura, basta acessar o site da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, que é o cultura.pmt.pi.gov.br, ou seguir a página cultura_the no Instagram.

  • Orquestra de Violões realiza apresentações natalinas Teresina

    Iniciou no último dia 30 de novembro, o projeto Natal da OVT, promovido pela Orquestra de Violões de Teresina, e que tem como objetivo, realizar apresentações da orquestra em diversos pontos da cidade, além de promover o trabalho dos músicos. As apresentações são gratuitas e já foram realizadas no Mercado do bairro Vermelha, na Zona Sul, e no Parque das Crianças, na Zona Leste e no Teatro João Paulo II, que fica localizado na Zona Sudeste, e ocorrem também em outros pontos da capital.

    Foto: Ascom FMC

    De acordo com Raví Cordeiro, integrante da OVT, o projeto natalino segue durante todo o mês de dezembro, sempre levando e incentivando a cultura do violão, principal instrumento da orquestra. Raví comenta ainda que as apresentações são oportunidades de aproximar a população teresinense das ferramentas culturais disponíveis na cidade, que segundo ele, é uma exigência do prefeito Dr. Pessoa, que desde o início da sua gestão vem cobrando essa aproximação, a fim de garantir que todos tenham direitos iguais a respeito do acesso à cultura.

    “Já temos projetos espalhados por toda Teresina, inclusive projetos que visam capacitar novos violonistas, bem como oferecer meios para afastar crianças e jovens do mundo da criminalidade, uma vez que atuamos também nas comunidades periféricas onde as pessoas estão mais vulneráveis. Encerrar o ano perto do povo é gratificante, pois o público é o gás que mantém viva a Orquestra de Violões de Teresina”, diz Raví Cordeiro, afirmando ainda que o apoio do prefeito Dr. Pessoa e do secretário da pasta da cultura, Ênio Portela, tem sido muito importante para a expansão das ações da orquestra.

    Foto: Ascom FMC

    A Orquestra de Violões é um projeto cultural mantido por meio de recursos públicos, através de uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Teresina e da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves. Para acompanhar as ações da orquestra, bem como as demais atividades culturais desenvolvidas pela gestão municipal, basta acessar o site cultura.pmt.pi.gov.br, ou seguir a página cultura_the no Instagram.

  • Projeto desenvolvido no Piauí é finalista de Prêmio Nacional de Sustentabilidade

    O Projeto Teresina Entre Rios, patrocinado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), está entre os finalistas para concorrer o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2022/23. Os vencedores serão anunciados na noite deste sábado (3), em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O projeto foi executado no período de abril a julho deste ano, e fomentou as práticas esportivas e culturais na capital piauiense, além de chamar a atenção dos teresinenses e turistas sobre a importância dos rios Poti e Parnaíba.

    Ações de educação ambiental, fomento ao empreendedorismo e empoderamento social, capacitação profissional para o ecoturismo, geração de emprego e renda, valorização da cultura, artesanato local e o uso do rio de forma ética e responsável, foram as atividades que contribuíram para que o projeto chegasse à grande final.

    Foto: Geirlys Silva Projeto Teresina Entre Rios
    Projeto Teresina Entre Rios

    Para o secretário de Estado do Turismo, Marcelo Costa, apoiar projetos importantes como esse é pensar no futuro, já que bons exemplos servem de inspiração. Ele deseja que os próximos gestores invistam em projetos voltados para práticas sustentáveis. “Estamos muito felizes. Me sinto orgulhoso e com a sensação de mais um dever cumprido em ter acreditado e ter contribuído com essa ideia tão bonita e importante que nos colocou nessa posição honrosa. O projeto é digno de aplausos e merece todo esse reconhecimento. Foi tratado do início ao fim com muita responsabilidade por todos os participantes. Certamente faz a diferença para o turismo brasileiro”, pontua o gestor.

    Essa é a 10ª edição do prêmio e conta com três categorias, sendo elas: Operadoras associadas à Braztoa; parceiros de negócios; e parceiros institucionais. O processo de seleção levou em consideração o alinhamento envolvendo a ética; comprometimento; sustentabilidade econômica, sociocultural e ambiental; inovação; criatividade; dinamismo e resiliência.

    Foto: Adrenaphotos Projeto Teresina Entre Rios
    Projeto Teresina Entre Rios

    “Poder estar aqui em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, como finalista desta importante premiação nacional, é motivo de muita felicidade para todos nós envolvidos com o Desafio Teresina Entre Rios. Há 10 anos, a Braztoa premia as melhores inciativas que fomentam as práticas do turismo sustentável no Brasil e o Piauí está presente pela primeira vez, neste importante evento. Chegar até aqui, já é uma grande vitória para todos nós“, comemora Luciano Uchôa, idealizador do projeto que concorre na categoria Parceiros de Negócios.

    O Prêmio Braztoa de Sustentabilidade é promovido pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo e conta com apoios importantes, a exemplo da Organização das Nações Unidas (ONU).

    Foto: Geirlys Silva Projeto Teresina Entre Rios
    Projeto Teresina Entre Rios

  • Arena do Povo: grupo de pagode irá animar torcedores na Ponte Estaiada nesta segunda (05)

    A Seleção Brasileira terminou a primeira fase da Copa do Mundo perdendo para a Seleção de Camarões por 1×0, apesar de chegar à partida já classificado para às oitavas de finais, o resultado da última sexta-feira (02/12), não agradou em nada os torcedores que acompanharam a partida na Arena do Povo, instalada no estacionamento do Complexo Turístico Mirante da Ponte Estaiada, localizado no bairro de Fátima, na zona Leste de Teresina. Apesar do resultado, no final da partida, os torcedores teresinenses caíram na folia ao som do forrozeiro Marquinhos Pajeú, que usando a sua inseparável sanfona, tirou o semblante de tristeza daqueles que esperavam mais uma vitória brasileira na competição mundial, na qual o time busca o seu sexto título.

    O secretário Lucas Pereira, da Secretaria Municipal de Comunicação Social, destacou que apesar do último resultado, ele segue otimista quanto ao sucesso da Seleção Brasileira de Futebol, e garantiu a continuidade da Arena do Povo, caso os brasileiros se classifiquem nas próximas etapas da copa. Para o secretário, a criação deste espaço esportivo e cultural, foi importante para que os teresinenses pudessem assistir às partidas em um local gratuito e seguro, e ainda com uma grande estrutura. Ele também destaca que a arena vem proporcionando renda para empreendedores locais, que aproveitaram a movimentação do espaço para comercializar diversos produtos, gerando renda para suas famílias.

    “O prefeito Dr. Pessoa tem essa preocupação com o povo, ele sempre vem cobrando das pastas, atividades que beneficiem diretamente o povo, principalmente aqueles que mais precisam de atenção do poder público. Aqui na Ponte Estaiada, criamos esse espaço para que as famílias teresinenses pudessem acompanhar os jogos, e tudo vem dando certo, pois a cada partida, temos aumentado o número de cadeiras e mesas e sempre fica gente em pé, comprovando que o público aprovou a iniciativa da Prefeitura Municipal de Teresina”, comenta Lucas Pereira.

    Ao lado do marido e dos filhos de quatro e seis anos, a vendedora Luiza Martins, que mora no Residencial Teresina Sul, e que trabalha nas proximidades da Arena do Povo, conta que tem se esforçado para acompanhar as partidas do time brasileiro ao lado da família, e que sem esse espaço, ficaria quase inviável a assistir às partidas por completo. Luiza também aproveitou para parabenizar a gestão municipal pela iniciativa, pois segundo ela, a maioria da população gosta de assistir futebol em grandes telões, mas que nem todos têm condições de ir para churrascarias e bares, que de acordo com ela fica fora do orçamento de muito.

    “Aqui é arejado, podemos assistir à partida mantendo o distanciamento social, além do mais, as crianças que vivem em um espaço pequeno, podem desfrutar do parque ecológico que existe aqui, e até mesmo brincar com outras crianças. Essa foi a terceira vez que assisti aos jogos aqui, e com toda certeza, se o Brasil seguir ganhando, continuarei vindo com minha família”, disse Luiza Martins, dizendo ainda que quem procura um ambiente saudável para acompanhar a copa, a Arena do Povo é uma ótima opção.

    Brasil X Coreia do Sul

    Na próxima segunda-feira (05/12), às 16h, a Seleção Brasileira volta a entrar em campo, desta vez contra a Seleção Sul Coreana de Futebol, isso em um jogo que deverá ser de muita emoção, pois nesta etapa, quem perder, deixa a copa. Para animar os torcedores, a Arena do Povo terá um show de pagode com Jean Nogueira, que fará um esquenta a partir das 15h, voltando a se apresentar no intervalo e no final da partida.

    A Arena do Povo é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Teresina, por meio de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Comunicação Social e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, e ainda com o apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar do Piauí. As informações sobre a Arena do Povo podem ser consultadas através do site cultura.pmt.pi.gov.br ou na página cultura THE no Instagram.

  • BOPE recebe visita do Pelotão Mirim em município do Piauí

    O Batalhão de Operações Especiais (BOPE) recebeu a visita do Pelotão Mirim da cidade de São Gonçalo, na manhã deste sábado (03/12). Os 54 alunos, pais e educadores participaram de atividades no batalhão e conheceram as instalações e equipamentos utilizados na rotina do efetivo.

    Foto: Divulgação / PM-PIBOPE
    BOPE recebe visita do Pelotão Mirim em município do Piauí

    Todos os visitantes participaram da rendição da parada, hasteamento do pavilhão nacional e oração das operações especiais e também desfrutaram do café da manhã organizado pelo Sargento Cabral.

    Ao tomar conhecimento que a Unidade foi escolhida pelos alunos o Subcomandante do BOPE, Capitão Francílio Alves relatou que “É Motivo de orgulho para todos nós e de reconhecimento aos homens e mulheres que integram nossa unidade. Um momento muito especial receber a visita dessas crianças, momentos como esse demostram que estamos no caminho certo e que nosso comprometimento com os valores do BOPE valem a pena”.

  • Semec inicia entrega de auxílio alimentação para servidores

    Teve início na última sexta-feira (02/12) a entrega dos cartões auxílio alimentação para os servidores municipais efetivos e comissionados da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC). A entrega acontece até o próximo sábado (10/12) e está sendo sistematizada por ordem alfabética.

    Com os pontos de entregas localizados no auditório da Semec, Centro de Formação Professor Odilon Nunes (Cefor) e a Gerência Administrativa da Semec (Semec GA), os servidores têm das 8h às 17h, exceto em dias de jogos da seleção brasileira, onde o horário será até às 13h30 e no sábado até às 12h, para receber o seu benefício.

    A diretora adjunta da Escola Municipal Murilo Braga, Camila Campelo, compareceu ao auditório da sede da Semec para receber o seu auxílio alimentação. Direito garantido por meio da lei Municipal de Nº 5.734, de 27 de Abril de 2022, onde foi instituiu o auxílio alimentação destinado aos servidores públicos municipais efetivos da ativa e comissionados da Administração Direta e Indireta do Poder Executivo Municipal.

    Confira o Cronograma das entregas por ordem alfabética:

    LOCAL: Centro de Formação Professor Odilon Nunes- CEFOR
    Endereço: Rua Magalhães Filho, 1772 – Centro (Norte), Teresina – PI, 64000-128

    DIA: 02/12 SERVIDORES COM INICIAL DO NOME: ( A)
    DIA :03/12 SERVIDORES COM INICIAL DO NOME ( A)
    DIA:05/12 SERVIDORES COM INICIAL DO NOME (F)
    DIA:06/12 SERVIDORES COM INICIAIS DO NOME (J.K)
    DIA 07/12 SERVIDORES COM INICIA DO NOMEL(M)
    DIA 10/12 SERVIDORES COM INICIAL DO NOME DO NOME (T)

    LOCAL:SEDE/ Semec
    Rua Areolino de Abreu, 1507 – Centro (Norte), Teresina – PI, 64000-180

    DIA: 02/12 SERVIDORES COM INICIAIS DO NOME: ( B,C)
    DIA :02/12 SERVIDORES COM INICIAIS DO NOME( B,C)
    DIA:05/12 SERVIDORES COM INICIAL DO NOME (G)
    DIA:06/12 SERVIDORES COM INICIA DO NOME (L)
    DIA 07/12 SERVIDORES COM INICIA DO NOME (R)
    DIA 09/12 SERVIDORES COM INICIALDO NOME (R)
    DIA 10/12/SERVIDORES COM INICIAL(U,V)

    LOCAL: Gerência Administrativa da Semec( GA)
    Rua Lisandro Nogueira, 1790 – Centro (Norte), Teresina – PI, 64000-200

    DIA: 02/12 SERVIDORES COM INICIAIS DO NOME: ( D,E)
    DIA :03/12 SERVIDORES COM INICIAS DO NOME ( D,E)
    DIA:05/12 SERVIDORES COM INICIAIS DO NOME (H.I) ,
    DIA:06/12 SERVIDORES COM INICIAIS DO NOME (N.O.P,Q)
    DIA 07/12 SERVIDORES COM INICIALDO NOME (S)
    DIA 09/12 SERVIDORES COM INICIAL DO NOME (S)
    DIA 10/12/SERVIDORES COM INICIAIS DO NOME(W,XY,Z).

    Receba notícias do 180graus no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: t.me/noticias180graus.

    PostMídia: (86) 9 9800-9535

  • 1 em cada 4 brasileiros não se sente próximo de ninguém, diz estudo

    A imagem do brasileiro simpático e aberto a novas amizades é menos real do que imaginamos. Um levantamento conduzido no país com 1.682 participantes com idades de 18 a 77 anos mostrou que a qualidade da rede de relacionamentos dos brasileiros é baixa e que a insatisfação nas interações sociais prevalece.

    Também indicou que situações presenciais nos fazem mais felizes, favorecendo a construção de uma rede mais ampla de relacionamento que as virtuais.

    Os resultados apontam que um quarto da população tem uma rede empobrecida e não se sente próxima de ninguém. A pesquisa do Instituto Locomotiva, elaborada pela divisão de Estudos Gameficados e Neurociências, levou em consideração uma amostra balanceada, de acordo com critérios sociodemográficos, que participou via plataforma online.

    O neurocientista Alvaro Machado Dias, professor livre-docente da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), colunista da Folha e socio do Instituto Locomotiva, diz que o resultado não surpreendeu, mas foi mais intenso do que o esperado.

    "A baixa conectividade interpessoal dos brasileiros e o desconforto no trato com estranhos contrastam com a visão que formamos dos barzinhos lotados, mas não se engane: poucos circulam fora de suas bolhas", afirma.

    Isso significa que somos afetados pelo contato direto e que o olho no olho nos permite ser mais felizes em nossos relacionamentos. "A migração das relações pessoais para o ambiente digital não contribui para a formação de laços interpessoais satisfatórios e de longo prazo."

    A pesquisa surgiu a partir da tese de que o Brasil possui a maior taxa de ansiedade do mundo. "Isto gera uma espécie de normalidade psicopatológica, caracterizada por baixa confiança interpessoal. De acordo com o Latinobarómetro, apenas 5% das pessoas confiam em desconhecidos no país, é o menor índice da América Latina e um dos menores do mundo", disse.

    Os pesquisadores concluíram que interações presenciais são mais confortáveis que virtuais para 22% dos entrevistados –71% dos participantes disseram ficar satisfeitos com relacionamentos reais, ante 58% de satisfação com relações virtuais.

    De acordo com os dados apurados, o brasileiro é mais tímido e afetado pela violência do cotidiano do que aparenta. A maior parte das pessoas realmente se sente mal falando com estranhos.

    Desconhecidos Dois terços da população agem de forma diferente com quem não conhece, indicando uma forte distinção entre personas pública e privada na vida dessas pessoas. Dos que declararam uma divisão bem marcada, 42% disseram também sentir desconforto extremo na interação com desconhecidos.

    Dias atribui essa resposta social a uma combinação de fatores como medo da violência (sobretudo a causada pela criminalidade), desigualdade social com componentes racistas e visão pouco lisonjeira do caráter do outro.

    Também remonta ao excesso de trabalho combinado com falta de aparelhos sociais que estimulem a convivência, ao ódio político e à virtualização relacional excessiva, sendo que esta última, para o neurocientista, só agrava o problema.

    Assim sendo, quem conta com uma rede ampla de relacionamentos, por exemplo, apresenta maior satisfacao, inclusive na interacao com desconhecidos. A insatisfacao na interacao com pessoas novas, aliás, está presente em 15% das respostas da amostra, um índice tres vezes maior do que o relatado para conhecidos, amigos e familiares.

    Aqueles com menos relacionamentos ou mais superficiais, por sua vez, têm um descontentamento mais latente mesmo quando está com pessoas que conhece, indicando que a baixa qualidade da rede afeta também a percepção geral.

    Redes sociais e games não são em si negativos, no entanto podem ser gatilhos para solidão por levarem a mais tempo conectado a bolhas, em detrimento de relações pessoais.

    "Essas tecnologias têm potencializado a ansiedade e a depressão dos jovens e pessoas mais solitárias de todas as idades. Há ainda uma verdadeira explosão nos discursos de ódio nos games, que lembra o que se passava com o Twitter e Facebook há quatro ou cinco anos."

    Para o neurocientista, a grande distinção não é entre público e privado, mas entre íntimo e estranho, e a capacidade de transitar de um para o outro. A razão pela qual mais tempo conectado não é proporcional à formação de vínculo é o fato de que a falta de proximidade dificulta a empatia.

    Vinicius Dalosto Pellegrino, 20, é empresário e trabalha com tráfego pago, analisando o potencial de interação das pessoas no virtual. Apesar de saber como encontrar nas redes sociais as preferências e informações das pessoas, ele diz que sua rede de relacionamentos é mais forte no mundo real.

    "Dá para contar nos dedos os meus amigos. Tenho no máximo três pessoas em quem realmente confio, além da minha namorada, e todas elas são meus primos", disse Pellegrino.

    O empresário mora com os pais e o irmão, com quem tem um bom relacionamento, e diz que esses laços pessoais geram, para ele, uma facilidade muito maior de confiar no outro.

    "Acho que tanto na vida real quanto na vida virtual eu sou a mesma pessoa. Só tento diferenciar a vida profissional. Tenho, porém, uma certa dificuldade quando tento socializar com pessoas que ainda não conheço."

  • Horóscopo do dia (03/12): Confira a previsão de hoje para seu signo

    Netuno volta ao movimento direto em Peixes. Após meses de reflexão sobre nossas motivações mais sutis podemos expressar nossas emoções com mais clareza, agir com mais amplitude em termos espirituais e também tocar em frente nossos sonhos. Força espiritual e subconsciente sendo canalizada no plano exterior.

    Com as previsões astrológicas de Igomer Henrique do Epifanias de Vênus.

    ÁRIES (Nascidos entre 21/3 e 20/4)

    Sua conexão com seu subconsciente está forte e fica mais evidente a partir de agora. Busque realizar aquilo que sua sensibilidade lhe peça. Medite, reze, ore, faça arte, recite mantras, ouça boas músicas, faça uma boa psicoterapia, etc. Tudo aquilo que lhe servir como fonte útil de trabalho com sua sensibilidade será excelente neste período.

    TOURO (Nascidos entre 21/4 e 20/5)

    Sua sensibilidade para com as pessoas estará mais aguçada. O terreno das amizades pode lhe pedir amor desprendido, acolhimento e mesmo sacrifícios. Busque estar com grupos nos quais haja liberdade de expressão afetiva e da sensibilidade. Trabalhos de caridade e pelo planeta em alta. Use de sua sensibilidade para auxiliar a quantos puder e inovar.

    GÊMEOS (Nascidos entre 21/5 e 20/6)

    Sua sensibilidade se volta muito para a carreira. Pode ser que esta área da sua vida lhe demande muita entrega, mesmo a necessidade de fazer extra e se doar mais em prol do trabalho. Sua autoridade estará ainda mais ligada à sua sensibilidade e as pessoas podem lhe procurar pedindo auxílio. Forte magnetismo para transformar os caminhos no mundo.

    CÂNCER (Nascidos entre 21/6 e 21/7)

    A intensidade e fervorosidade de sua fé se farão mais intensas neste período. Pode ser também suas crenças, seus princípios e visões de mundo que se intensificam. Seja como for, a expressão de seu estilo de vida e crenças se fará mais intensamente. Também a necessidade de buscar liberdade e amplidão. Fé fluida e mística favorecida.

    LEÃO (Nascidos entre 22/7 e 22/8)

    Estará mais intenso na expressão afetiva e sexual. A necessidade de uma relação profunda, como numa "comunhão de almas" estará alta. A intensidade de suas emoções pode e deve ser trabalhada agora. Aprender a sacrificar emoções negativas, fluindo mais e amando de maneira mais desapegada. Busque entrega na afetividade compartilhada.

    VIRGEM (Nascidos entre 23/8 e 22/9)

    Sua sensibilidade para com o outro tem sido muito trabalhada e agora é chegado o momento de expressá-la mais claramente. Doar seu amor ao outro será gratificante. Em outros casos pode ser o oposto, que seus sentimentos lhe peçam deixar o outro ir. Seja como for, permita que sua sensibilidade lhe mostre o melhor caminho. Mais empatia para com os outros.

    LIBRA (Nascidos entre 23/9 e 22/10)

    Estará mais entregue ao trabalho, às rotinas e sua capacidade de ser útil. Use de sensibilidade e intuição para realizar suas tarefas e também para lidar com colegas de trabalho com um olhar mais compassivo. Sua saúde está relacionada aos seus estados emocionais, portanto cuide bem deste lado. Práticas que conectam corpo, mente e espírito beneficiadas.

    ESCORPIÃO (Nascidos entre 23/10 e 21/11)

    Sua necessidade de autoexpressão artística, romântica e espiritual está em alta. Terá muito mais sensibilidade e refinamento na expressão de si mesmo. Viva romances e aventuras, mas evite idealizações. Sua sensibilidade neste período será uma grande força que deve ser canalizada com criatividade. Expressão emocional e artística em plenitude, assim como expressão de um amor mais altruísta e desapegado.

    SAGITÁRIO (Nascidos entre 22/11 e 21/12)

    Suas emoções pessoais ganham força neste período. Estará mais ligado aos desejos de afeto, ao familiar e um tanto nostálgico. Pode ser que também esteja num período que lhe pede sacrifício das infantilidades, dos apegos familiares e ao passado. Aprenda a fluir com a força de seus sentimentos. Bom para transcender emoções antigas e questões do passado.

    CAPRICÓRNIO (Nascidos entre 22/12 e 20/1)

    Sua mente estará mais fluida, subjetiva e intuitiva. Terá muito o que falar, mas cuidado para não simplesmente soltar palavras com uma força oceânica, mas saiba refinar e usar o dom da comunicação para a cura, o amor e o acolhimento. Saiba também o valor do silêncio na hora certa. Conexão mental com planos mais sutis e espirituais.

    AQUÁRIO (Nascidos entre 21/1 e 19/2)

    Sua sensibilidade para ganhar dinheiro e mergulhar no mundo material estará em alta neste período. Use de seu forte magnetismo para atrair os recursos necessários. Mas saiba também ter a sabedoria do desapego, doando aquilo que não lhe serve mais. Valores espirituais proeminentes. Entrega aos valores materiais, mas também vivendo os espirituais.

    PEIXES (Nascidos entre 20/2 e 20/3)

    Netuno, seu planeta regente, volta ao movimento direto. Todas as suas qualidades ganham força de expressão: sua compaixão, sensibilidade, espiritualidade, intensidade emocional e imaginação. Este período lhe pede que faça o seu melhor, já que está sendo convidado a trabalhar em sua vibração de nascimento. Busca por amor universal e transcendência.

  • Justiça decreta que candidato reprovado em concurso deve ser admitido

    A 4ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) determinou, por unanimidade, que o Banco de Brasília (BRB) admita um candidato que passou em primeiro lugar no em concurso realizado pela instituição em 2021. Na avaliação do colegiado, é inviável a exclusão do autor por não ter apresentado diploma na área de Tecnologia da Informação, se ele comprovou possuir escolaridade superior àquela exigida no edital, com título de mestrado em Ciência da Computação.

    O autor, aprovado para o cargo de analista no BRB, conta que, após o resultado do certame, sua admissão foi indeferida sob a justificativa de que o curso de Engenharia Elétrica, no qual ele se formou, não é qualificado como graduação em Tecnologia da Informação. Alega que o banco desconsiderou que a graduação se encaixa dentro da área de TI, bem como não levou em consideração suas especializações e mestrados, também na área de Tecnologia da Informação, bem como doutorado em Ciências da Computação e mestrado em Ciências da Computação, como prevê a Lei 9.394/96.

    “Não se vislumbra lógica alguma na afirmação de que uma pessoa graduada em área do conhecimento relacionada à Tecnologia de Informação tem capacidade para o exercício do cargo e um candidato com diploma de mestrado na mesma área do saber humano não a possui”, analisou o desembargador relator. “Em outras palavras, contraria a regra hermenêutica segundo a qual quem pode o mais pode o menos”.

    Confira a matéria completa no Metrópoles

Carregar mais