• Alcaraz vence Nadal em jogo exibição de recuperados antes de Masters

    Rafael Nadal e Carlos Alcaraz se enfrentaram na noite de domingo (03/2) em um jogo exibição em Las Vegas, antes da estreia no Masters 1000 de Indian Wells. Os espanhóis estão em fase de recuperação de problemas clínicos e mostraram boa evolução, confiantes de que podem voltar a jogar bem ao longo da semana. No jogo festivo, o tenista mais jovem levou a melhor, com 3/6, 6/4 e 14/12. As informações são do Metrópoles.

    Foto: Instagram/ReproduçãoInstagram/Reprodução
    Instagram/Reprodução

    Nadal, de 37 anos, não entrava em quadra desde Melbourne, na abertura do ano, quando sentiu uma pequena lesão no quadril que o tirou do Aberto da Austrália e demais competições até então. Ele garante estar pronto para Indian Wells e sonha em fechar mais uma temporada entre os oito melhores.

    “Durante o primeiro set, joguei bem melhor que o esperado. Preciso passar mais tempo no circuito, ao menos para treinar com os jogadores profissionais, mesmo que não participe de muitas partidos oficiais”, afirmou Nadal. “Isso é o importante agora, estar em ritmo novo. Não pude jogar da forma que esperava e quero voltar bem”, disse o dono de 22 títulos em Grand Slam, que vem se preparando forte na Califórnia.

    O experiente espanhol já estará em quadra para valer na primeira rodada de Indian Wells, nesta quinta-feira (07/2). O adversário ainda não está definido para o segundo torneio da temporada, mas a confiança é grande.

    Número 2 do mundo e tentando recuperar a caça ao líder sérvio Novak Djokovic, Alcaraz mostrou estar recuperado do entorse no tornozelo ocorrido na estreia do Rio Open. Sem demonstrar dores e realizando os movimentos normalmente, ele usou a exibição como mais um aprendizado à carreira.

    “Rafa é sempre muito especial para mim e tenho aprendido sempre com ele, com seu espírito de luta, que nunca se rende, com seus golpes incríveis de qualquer canto da quadra… Tento incorporar tudo no meu jogo, essa mentalidade de encontrar soluções quando as coisas não vão bem. É admirável e acredito que todos se inspirem nele”, afirmou.

  • Bahia vence Jacuipense por 2 a 0 e se classifica em primeiro

    O Bahia venceu a Jacuipense por 2×0 na tarde deste domingo (03/02) na Arena Fonte Nova. Os gols da partida foram marcados por Rafael Ratão e Biel. Com o resultado, o Esquadrão confirmou a liderança na fase de classificação do Campeonato Baiano, com 19 pontos..

    O Esquadrão começou a partida dominando as ações e logo aos 6 minutos abriu o placar. Cicinho recebeu de Oscar na esquerda e serviu Ratão, que bem posicionado marcou o primeiro da partida. 

    Foto: DivulgaçãoE C Bahia
    E C Bahia

    Ainda na primeira etapa, Biel recebeu ótima bola de Caio Alexandre e, dentro da área, teve paciência para finalizar e fazer o segundo do Esquadrão. 

    O time de Rogério Ceni entrou em campo com Ariel; Gilberto, Gabriel Xavier, David Duarte e Cicinho ; Sidney (Rezende), Caio Alexandre (Luciano Juba) e Yago Felipe (Caio Roque); Biel (Roger), Rafael Ratão e Oscar Estupiñan (Ademir).

    Na semifinal do Baiano, o Esquadrão vai enfrentar o Jequié, classificado em quarto lugar. A primeira partida será no José Rocha, em Jequié. Data e horário ainda não foram definidos. 

    Mas antes o Bahia enfrenta o Ceará, em Fortaleza, na próxima quarta-feira (6). A partida é válida pela Copa do Nordeste.

  • Palmeiras empata com São Paulo no Morumbis e chega a 17 jogos de invencibilidade

    Com gol de Raphael Veiga, o Palmeiras empatou por 1 a 1 com o São Paulo, neste domingo (03), no Morumbi, e manteve a liderança geral do Campeonato Paulista com 25 pontos conquistados, seguido pelo Santos, com 22. Com o resultado, o Verdão chegou à marca de 17 partidas de invencibilidade, somando os 12 jogos de 2024 (sete vitórias e cinco empates) e os cinco últimos do Campeonato Brasileiro de 2023 (três vitórias e dois empates). É a maior série invicta entre os clubes que disputarão a Série A do Campeonato Brasileiro neste ano.

    Foto: DivulgaçãoPalmeiras
    Palmeiras

    Pela fase de grupos do Campeonato Paulista, o Palmeiras está invicto há 38 jogos (27 vitórias e 11 empates) – a última derrota foi em abril de 2021, para a Inter de Limeira. Foram apenas duas derrotas nas últimas duas edições completas do Campeonato Paulista, justamente as partidas de ida das finais de 2022 (contra o São Paulo, por 3 a 1) e de 2023 (contra o Água Santa, por 2 a 1). Em ambos os casos, o Verdão venceu os duelos de volta por 4 a 0 e se sagrou campeão. Nos últimos 43 jogos da competição, portanto, são 30 vitórias e 11 empates, além das duas derrotas, com apenas 20 gols sofridos e 65 gols marcados.

    Único time invicto neste Campeonato Paulista e já classificado aos mata-matas pelo 14º ano seguido, o Palmeiras busca garantir a melhor campanha da fase de grupos pela quinta vez em oito edições (desde 2017, quando 16 times passaram a ser separados em quatro chaves com 12 jogos para cada). Dono da segunda zaga menos vazada do Paulista com nove gols sofridos, ao lado de Santos e São Bernardo e atrás apenas do Red Bull Bragantino, com oito, o Verdão também busca garantir a melhor defesa da fase de grupos pela sétima vez nas últimas oito edições (só não atingiu o feito em 2021).

    Além disso, o Palmeiras é o recordista de vitórias nos duelos entre os quatro grandes clubes de São Paulo em toda a história: são 402 resultados positivos contra 400 do Corinthians, 352 do São Paulo e 331 do Santos. O retrospecto geral palmeirense é de 1078 clássicos paulistas, 402 vitórias, 322 empates e 354 derrotas, com 1571 gols marcados e 1411 gols sofridos. A maior vítima é o Santos (151 vitórias em 350 partidas), seguido por Corinthians (138 em 388 partidas) e São Paulo (113 em 340).

    MARCAS INDIVIDUAIS

    > Luan alcançou a 55ª posição no ranking de atletas com mais jogos pelo Palmeiras na história (253 partidas, ao lado de Willian Bigode) e a 10ª colocação na lista de mais jogos neste século (novamente ao lado de Willian).

    > Gabriel Menino alcançou a 84ª posição no ranking de atletas com mais jogos pelo Palmeiras na história (207 partidas, ao lado de Beto Fuscão e Roque Júnior).

    > Palmeirense com mais gols em clássicos desde 2001, com 16, Raphael Veiga empatou com Dudu no posto de maior artilheiro do Palmeiras neste século e na 22ª colocação no geral (88 bolas na rede).

  • Fluminense é derrotado pelo Botafogo no Campeonato Carioca

    O Fluminense foi superado pelo Botafogo por 4 a 2 na tarde deste domingo (03/03), no Maracanã, em partida válida pela 11ª e última rodada da Taça Guanabara. O Tricolor buscou o empate após sair atrás no marcador, mas acabou sofrendo gols quando esteve com um jogador a menos em campo. Lelê e John Kennedy marcaram para o Time de Guerreiros.

    A equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz vai enfrentar o Flamengo nas semifinais do Campeonato Carioca. O jogo de ida está previsto para o próximo fim de semana.

    Foto: Marcelo Gonçalves e Lucas Merçon/FFC

    PRIMEIRO TEMPO
    A partida teve início disputado, com as duas equipes partindo para cima buscando abrir o placar. Aos 2 minutos, Marlon Freitas marcou para o adversário. Aos 8 minutos, Lima encontrou bom passe em profundidade para Lelê, que recebeu, dominou e mandou para fora ao tentar tirar do goleiro. Aos 14 minutos, Raí marcou o segundo para o adversário. Aos 24 minutos, Alexsander encontrou Douglas Costa no lado direito, que dominou e chutou forte cruzado, para defesa do goleiro.

    Aos 25, Lelê recebeu bola longa de Terans, se livrou da marcação e bateu com categoria, balançou a rede para o Tricolor. Lelê teve a chance de empatar aos 29 minutos, após novo grande passe de Terans, mas finalizou para fora. O Fluminense aumentou a pressão e, aos 36, criou mais uma oportunidade. Alexsander cruzou na área e achou Terans, que cabeceou na direção do gol e o goleiro defendeu. Nos acréscimos, Arias cobrou escanteio com perigo, mas a defesa afastou.

    SEGUNDO TEMPO
    O Fluminense retornou concentrado em busca da virada e logo no primeiro minuto já teve uma oportunidade. Arias deu de calcanhar para Renato Augusto, que mandou direto para Terans finalizar. O uruguaio ajeitou e chutou forte, mas a bola foi para fora. Aos 4, Renato Augusto lançou para Lelê dentro da área. O atacante subiu para cabecear, mas foi empurrado e cabeceou para fora. Aos 8 minutos, Terans cobrou falta perigosa rente à trave. Aos 13 minutos, Arias levantou a bola na área e a sobra ficou para John Kennedy, que tentou ajeitar para finalizar, mas foi desarmado.

    Aos 31, Marquinhos recebeu na direita, driblou, infiltrou a grande área e cruzou rasteiro, mas a defesa interceptou. A bola sobrou para Renato Augusto, que avançou e foi parado com falta. Marcelo cobrou na área, mas a zaga afastou. Aos 34, John Kennedy foi empurrado dentro da área e sofreu o pênalti para o Fluminense. O camisa 9 cobrou com bela cavadinha e deixou tudo igual no Maracanã. Aos 41, André cometeu falta dentro da área e foi expulso. Marlon Freitas cobrou o pênalti e converteu para o adversário. Nos acréscimos, Marcelo cobrou escanteio na área, Renato Augusto cabeceou e exigiu grande defesa do goleiro, que impediu o empate tricolor. No último lance, Emerson Urso ampliou para o adversário.

    FICHA TÉCNICA
    Campeonato Carioca -  11ª rodada
    03/03/2024, 16h - Maracanã

    Fluminense (2)
    Felipe Alves; Guga (Martinelli), Antonio Carlos (André), Marlon (Marquinhos) e Alexsander (Marcelo); Lima, Renato Augusto e David Terans; Douglas Costa (Jhon Arias), John Kennedy e Lelê. Técnico: Fernando Diniz.

    Botafogo (4)
    Gatito Fernandez; Mateo Pontes (Damian Suarez), Bastos, Halter (Jefferson) e Marçal; Gregore, Marlon Freitas e Kauê (Yarlen); Diego Hernandez (Hugo), Raí (Emerson Urso) e Janderson. Técnico: Fabio Matias

    Gols: Lelê (25’ 1T) John Kennedy (36’ 2T) (FLU); Marlon Freitas (2’ 1T) (42’ 2T)  Raí (14’ 1T) Emerson Urso (54’ 2T) (BOT)
    Cartões amarelos: John Kennedy e Lelê (FLU); Gregore, Halter, Marçal, Mateo Ponte, Emerson Urso e Gatito Fernandez (BOT)
    Arbitragem: Felipe da Silva Gonçalves Paludo, auxiliado por Thiago Rosa de Oliveira e Thiago Filemon Soares Pinto

  • Vídeo: brasileira flagra criança chamando Vini Jr. de macaco

    Uma brasileira flagrou o momento em que uma criança chamava Vini Jr. de "mono", que significa macaco em espanhol, na arquibancada do estádio Mestalla, durante o empate do Real Madrid com o Valencia por 2 a 2, em partida da La Liga no sábado (02/03).

    Foto: Reprodução

    Nas imagens, a mãe da criança percebe a gravação e tenta impedir que Anna Anjos, a autora do vídeo, continue registrando o momento.

    Em entrevista à ESPN, Anna relatou que presenciou diversos casos de ofensas racistas contra Vini Jr. durante o jogo. "Desde o início do jogo eu vi pessoas ofendendo o Vini, chamando de macaco. Em um momento do jogo vi um coro de toda a parte de trás do gol chamando ele de macaco. Mas o que mais me incomodou foi uma criança ao meu lado chamando ele de macaco o jogo todo. Eu disse que não era correto, mas é tão normal para eles que a mãe disse que não era ofensa, estava apenas o chamando de um animal", disse ela.

    Vídeo:

    Vini Jr. já foi alvo de ofensas racistas em diversas ocasiões, tanto na Espanha quanto em outros países.

  • A seleção feminina vence a Argentina por 5 a 1 e avança para a semifinal

    No primeiro grande desafio sob o comando do técnico Arthur Elias, a seleção feminina de futebol do Brasil mostrou sua força ao derrotar a Argentina por 5 x 1, consolidando sua vaga na semifinal da Copa Ouro. O jogo, realizado no Exposition Park, em Los Angeles, nos Estados Unidos, na madrugada deste domingo (03/03), destacou o domínio e a determinação das jogadoras brasileiras em campo. As informações foram obtidas no site Metrópoles

    Foto: Divulgação/CBF

    Agora, o Brasil aguarda o desfecho do confronto entre México e Paraguai, marcado para ainda neste domingo (3/3) às 19h (horário de Brasília), no mesmo local. A próxima partida da equipe brasileira está agendada para a próxima quinta-feira (07/03), à 0h15 (horário de Brasília), contra o vencedor desse embate.

    Em caso de avanço, o Brasil enfrentará na final o vencedor do confronto entre Canadá e o vencedor do embate entre Estados Unidos e Colômbia, previsto para acontecer às 22h15.

    “Fizemos um jogo com a cara do Brasil e conseguimos fazer isso muito bem. Nossa imposição fez a diferença. Muito feliz pelo que a equipe produziu, pela classificação à semifinal, num jogo que a gente sabe que é marcado por rivalidade”, disse a lateral Yasmin.

    Como foi o jogo?

    A seleção brasileira foi muito superior no primeiro tempo, apesar do susto inicial. No contra-ataque, a Argentina teve a chance de abrir o placar com Ippólito Ela tentou surpreender a goleira Luciana por cobertura e quase fez um bonito gol.

    O lance, inclusive, foi a única tentativa da Argentina de frustrar os planos do Brasil. Logo aos 18 minutos, Bia Zaneratto fez bela jogada pelo lado esquerdo e cruzou. Vitória Yaya ganhou de Moyorga e cabeceou para o fundo das redes. Aos 36, a virada veio em um chute rasteiro da lateral Yasmin.

    Se o domínio brasileiro já era evidente na primeira etapa, no segundo tempo foi avassalador. Aos nove, Rafaella fez linda jogada e serviu Bia Zanerrato. A atacante precisou de duas tentativas para deixar o seu e fazer 3 x 1. Aos 16, foi a vez de Gabi Nunes receber de Bia Zaneratto e cabecear para o gol.

    A Argentina até tentava reagir, mas encontrou muita dificuldade em ultrapassar a marcação brasileira. O gol de honra saiu aos 36, quando Dos Santos viu a goleira Luciana adiantada e mandou por cobertura para o fundo das redes.

    Mas já não dava tempo para uma reação, tanto que o Brasil ainda selou a goleada aos 49, com Bia Zaneratto. A camisa 10 recebeu de Ary Borges e chutou cruzado para dar números finais ao clássico.

  • Confronto entre torcidas de Cruzeiro e Atlético-MG resulta em morte de torcedor

    No último sábado (02/03), uma briga entre torcidas organizadas do Cruzeiro e do Atlético-MG, no bairro do Barreiro, em Belo Horizonte, teve desdobramentos trágicos. Um torcedor do Cruzeiro veio a falecer devido aos ferimentos decorrentes do confronto, enquanto outros dois foram baleados.

    O caso ocorreu simultaneamente às partidas dos times no Campeonato Mineiro, com o Cruzeiro enfrentando o Uberlândia no Mineirão e o Atlético-MG recebendo o Ipatinga na Arena MRV.

    Após o ocorrido, a Polícia Militar agiu, efetuando duas prisões e apreendendo uma arma de fogo. O torcedor ferido foi hospitalizado, porém, lamentavelmente, não resistiu aos ferimentos.

    Foto: Reprodução

  • Corinthians é eliminado do Paulistão mesmo após vencer Santo André

    Após a vitória da Inter de Limeira sobre o Ituano por 2 a 0 no último sábado (02/03), a equipe alcançou os 17 pontos, garantindo assim a segunda posição do Grupo C e eliminando o Corinthians da disputa pelo título do Campeonato Paulista deste ano. Resta apenas uma rodada para o encerramento da fase de grupos.

    Foto: Reprodução/Lance

    Enquanto isso, o Corinthians conquistou uma vitória em casa sobre o Santo André por 3 a 2, acumulando 13 pontos na tabela. O Mirassol, por sua vez, foi derrotado pela Portuguesa por 1 a 0 e permaneceu com 14 pontos. Com esses resultados, o Bragantino e a Inter de Limeira asseguraram suas vagas nas quartas de final.

    O Corinthians voltará a jogar no próximo domingo contra o Água Santa, em São Bernardo do Campo, na última rodada da fase de grupos do Paulistão.

  • Empate entre Real e Valencia tem confusão e protesto de Vini Jr.

    No embate emocionante do último sábado (02/03) pelo Campeonato Espanhol, o jogo entre Valência e Real Madrid foi marcado por uma atmosfera de tensão e rivalidade. Vinícius Jr, mais uma vez, se destacou como protagonista em campo, registrando os dois gols para o Real Madrid e mantendo sua equipe no topo da competição com 66 pontos.

    Foto: Reprodução/Instagram/@vinijr

    Fora das quatro linhas, a tensão se intensificou quando uma organizada do Valência tentou distribuir cartazes provocativos com uma caricatura de Vinícius Jr com nariz de Pinóquio, em referência às suas declarações sobre supostos insultos racistas. Embora a segurança do estádio tenha tentado impedir a entrada dos cartazes, muitos foram exibidos nas arquibancadas, alimentando ainda mais o clima hostil.

    Dentro do campo, a tensão se refletiu no comportamento dos jogadores, com Vinícius Jr sendo alvo de provocações constantes. No entanto, o jogador brasileiro respondeu com determinação, marcando dois gols cruciais para sua equipe e demonstrando sua qualidade técnica.

    O clima acirrado persistiu até o último minuto, com o árbitro encerrando o jogo num momento controverso, mantendo o placar empatado em 2 x 2. Apesar das reclamações dos jogadores do Real Madrid, a decisão final permaneceu.

  • Fla bate Madureira no Maracanã por 3 a 0 e conquista Taça Guanabara

    O Flamengo derrotou o Madureira por 3 a 0, neste sábado (02/03), no Maracanã, garantindo a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Carioca e também o título da Taça Guanabara. O time só precisava de um empate para esgotar qualquer chance de ser alcançado, mas, em um duelo tranquilo, venceu com gols de Arrascaeta, Pedro e Léo Pereira. Agora, aguarda pelo adversário na semifinal.

    Foto: © Marcelo Cortes/CRFFlamengo
    Flamengo

    A tarde foi de alegrias para o torcedor rubro-negro, que compareceu em peso (mais de 63 mil pessoas). Tite foi para o jogo praticamente com força máxima. Aos 19 minutos do primeiro tempo, veio o gol inaugural. Após cruzamento pela direita, Bruno Henrique foi no terceiro andar para desviar de cabeça para o meio da área. Arrascaeta, de primeira e com a perna direita, finalizou sem chances para o goleiro Mota.

    Logo no começo do segundo tempo, o Flamengo matou qualquer esperança do Madureira de reagir na partida. Aos seis minutos, a zaga saiu jogando errado, Pedro interceptou o passe com a cabeça, ganhou na dividida com Mota e tocou para o gol vazio.

    Aos 23 minutos, Léo Pereira – que havia começado no banco – mostrou categoria ao cobrar falta com perfeição no canto esquerdo do goleiro Douglas Lima, que havia substituído Mota minutos antes. Flamengo 3 a 0.

    O Flamengo encerra a Taça Guanabara invicto, com 27 pontos e apenas um gol sofrido em 11 partidas. Dono da melhor campanha, aguarda pelo time que terminar em quarto para saber quem enfrentará nas semifinais do Campeonato Carioca. Fluminense, Nova Iguaçu, Vasco e Botafogo podem ser o adversário na próxima fase, que começa no próximo fim de semana.

    No sufoco, Corinthians vence Santo André e segue vivo no Paulistão

    Pelo menos por mais algumas horas, o Corinthians respira com possibilidades de avançar de fase no Campeonato Paulista. Neste sábado, o Timão recebeu o Santo André na Neo Química Arena e venceu, com sofrimento, por 3 a 2. Maycon, no primeiro tempo, e Yuri Alberto, no segundo, abriram 2 a 0 para os donos da casa. O Santo André buscou o empate com Bruno Michel e Lohan. Nos acréscimos, aos 49 minutos, Pedro Raul, de cabeça, fez o gol que deu a vitória ao Corinthians, que agora tem que torcer contra dois adversários: Inter de Limeira e Mirassol.

    Com o triunfo, o Timão foi a 13 pontos, em quarto e último lugar do Grupo C. Inter e Mirassol têm 14 pontos, mas ainda jogam na rodada. Caso qualquer um dos dois vença, o Corinthians estará eliminado. Em caso de derrota ou empate, a definição da provável segunda vaga da chave (com 18 pontos, o Bragantino está bem encaminhado para se garantir) ficará para a última rodada, quando novamente o Timão terá de torcer contra tropeços de ambas as equipes.

    No entanto, o sonho pode acabar ainda neste sábado. O Mirassol visita a Portuguesa, em partida iniciada às 18h, enquanto a Inter de Limeira recebe o Ituano às 20h.

Carregar mais
Trabalhe Conosco