• Vereadores Param Trânsito na MA 106 que liga Cujupe aos Municípios de Bequimão e Alcântara

    Terminou por volta das 13hs de hoje (08) a manifestação de aproximadamente 80 Vereadores na MA 106 que liga os municípios de Alcântara e Bequimão ao porto do Cujupe. Segundo informações do Vereador Nestor Junior (PSB) do município de Bequimão, a rodovia foi fechada no povoado Trevo, a 15 km do porto hidroviário do Cujupe. No momento do Protesto, o trânsito ficou completamente parado nos dois sentidos e alcançou quase 2 km de extensão. Ainda de acordo com Nestor, muitos Vereadores foram impedidos pelos prefeitos de participarem do protesto. O Comandante da Polícia militar responsável pela segurança do protesto, conversou com os políticos manifestantes e entrou em contato com o secretário de Infraestrutura do Maranhão, Luis Fernando, que confirmou resolver o problema em até 30 dias.

  • Vereadores Param Trânsito na MA 106 que liga Cujupe aos Municípios de Bequimão e Alcântara

    Terminou por volta das 13hs de hoje (08) a manifestação de aproximadamente 80 Vereadores na MA 106 que liga os municípios de Alcântara e Bequimão ao porto do Cujupe. Segundo informações do Vereador Nestor Junior (PSB) do município de Bequimão, a rodovia foi fechada no povoado Trevo, a 15 km do porto hidroviário do Cujupe. No momento do Protesto, o trânsito ficou completamente parado nos dois sentidos e alcançou quase 2 km de extensão. Ainda de acordo com Nestor, muitos Vereadores foram impedidos pelos prefeitos de participarem do protesto. O Comandante da Polícia militar responsável pela segurança do protesto, conversou com os políticos manifestantes e entrou em contato com o secretário de Infraestrutura do Maranhão, Luis Fernando, que confirmou resolver o problema em até 30 dias.

  • Polícia prende dois suspeitos de envolvimento em assalto à casa do prefeito de Alcântara

    Policiais militares do 10º Batalhão da PM, em conjunto com civis da 5ª Delegacia Regional, ambos sediados em Pinheiro, prenderam na tarde da última segunda-feira (23), Cleidson Pinheiro da Silva, de 27 anos, e Geilson da Silva Cantanhede, de 30 anos, suspeitos no envolvimento do assalto à casa do prefeito de Alcântara, Araken de Assis.

    O crime ocorreu por volta das 19h do último domingo (22). Cinco homens armados e encapuzados entraram na casa do prefeito, localizada no Centro daquele município, e renderam a esposa dele e mais uma pessoa que estava no local. No momento do assalto o portão da frente da casa estava aberto e os elementos estavam a pé.

  • ESTUDANTES REIVINDICAM MEIA PASSAGEM VIA FERRY BOAT

    Mais de três mil estudantes dos ensinos fundamental, médio e superior podem a partir do mês de outubro deste ano adquirir o direito de pagarem somente 50% do preço da passagem cobrada nas viagens via ferry boat e outras embarcações. Isso será garantido após acordo fechado entre as empresas de serviços portuários, inclusive a Servi-Porto, e a Central Estudantil de São Luís. Milhares de estudantes, que moram nas cidades da Baixada Maranhense como Alcântara, Bequimão, Pinheiro, e dentre outras, e estudam em São Luís, são obrigados viajar nas lanchas e nos ferry-boats que fazem a travessia pela baía de São Marcos. Muitos chegam a pagar de 20 a 60 reais pelo preço da passagem. Em conseqüência do alto valor cobrado pelo transporte, a maioria desses estudantes chega a passar a semana na capital.

  • IRMÃO MATA IRMÃO À FACADAS NA CIDADE DE ALCÂNTARA

    Walter de Ribamar Ramos, morador da cidade de Alcântara, matou ontem (13) seu Irmão Domingos Pimenta, com dez facadas. Segundo informações da Polícia, a briga começou por causa do trafico de drogas na região. Walter ainda tentou escapar da polícia, mas foi preso em flagrante e está a disposição da justiça na delegacia de Alcântara. Mesmo sendo uma das metas do Prefeito Domingos Araken, combater o trafico de drogas na região, o número de Policiais na delegacia de Alcântara é bastante reduzido. O dever da segurança pública, é simplesmente do estado e não do município. Após esse crime na cidade, a polícia vai tentar conter o fluxo de entrada e saída de entorpecentes no porto de Alcântara. A cidade fica no extremo ocidental do estado e tem um acesso distante de outros municípios.

  • 35 anos do Museu de Alcântara são celebrados com lançamento de site e selo

    O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), comemorou os 35 anos de existência do Museu Histórico de Alcântara (MHA) com o lançamento de um website inédito no estado. Durante o evento, realizado, na terça-feira (6), na sede do Museu, no município de Alcântara (a 66 Km de São Luís), ocorreu ainda à emissão pelos Correios de 1.200 exemplares do selo personalizado e do carimbo em homenagem à data.

    Entre as autoridades presentesà solenidade, os secretários de Estado da Cultura, Olga Simão; de Turismo, Jura Filho; o prefeito de Alcântara, Domingos Araken; o diretor do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), tenente-coronel César Demétrio.

  • Irregularidades em escolas do município motivam manifestação do MPMA

    Devido à precariedade das escolas, falta de oferta de merenda escolar e de transporte para os alunos, entre outras irregularidades, a Promotoria de Justiça da Comarca de Alcântara ingressou, no dia 19 de junho, com Ação Civil Pública contra o município (a 423km de São Luís), representado pelo prefeito Domingos Santana Cunha Júnior e pelo secretário de Educação, José Ribamar Castro Alves.

    IRREGULARIDADES

    No dia 6 de junho, a promotora de justiça Bianka Sekeff Sallem Rocha, autora da ação, realizou vistoria nas escolas municipais Duque de Caxias (Povoado de Oitiua), Monteiro Lobato (Povoado Segurado), Naísa Araújo Leite (Povoado Castelo), Senador Archer (Povoado Rio Grande) e Santa Tereza (Povoado Manival). No Povoado Novo Belém, o prédio da escola estava fechado e abandonado.

  • Promotoria requer afastamento imediato do secretário de Educação do município

    O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou, em 27 de junho, Ação Ordinária por Ato de Improbidade Administrativa, requerendo o afastamento imediato do secretário de Educação de Alcântara (a 421 km de São Luís), José Ribamar Castro Alves, por irregularidades cometidas quando este ocupava o cargo de presidente da Câmara de Vereadores do munícipio.

    A ação, subscrita pela titular da Promotoria de Justiça da Comarca, Bianka Sekeff Sallem Rocha, é baseada em relatórios e acórdãos do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), que constataram ilegalidades nas prestações de contas referentes aos exercícios financeiros de 2007 e 2008 apresentadas pelo ex-presidente do Poder Legislativo do município.

     

  • Ministério Público ingressa com ação de improbidade contra vereador e empresas

    A Promotoria de Justiça de Alcântara ajuizou, no dia 5 de junho, Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-tesoureiro da Câmara de Vereadores,Francisco de Assis Lemos, por desvios de verbas públicas. Na mesma ação, figuram ainda como réus o ex-presidente da Câmara, Benedito Barbosa, e seis empresas, devido a irregularidades em procedimentos licitatórios e dispensa indevida de licitação.

    Do ex-tesoureiro da Câmara, Francisco Lemos, e os demais réus o Ministério Público requer na justiça a aplicação das penas previstas na Lei de Improbidade Administrativa, que preveem o ressarcimento integral do dano ao erário, a perda da função pública (caso a exerçam), suspensão dos direitos políticos de 5 a 8 anos, pagamento de multa até duas vezes o valor do dano

     

  • Escolas alcantarenses realizarão manifesto sobre o uso das drogas

    Estudantes, educadores, servidores municipais e representantes da sociedade civil organizada do município de Alcântara (MA) realizarão nesta quinta, 20, a “I Manifestação Pública a Favor da Vida e Contra as Drogas”, uma grande manifestação popular contra o uso das drogas. O ato público percorrerá as principais ruas da cidade e marca a programação escolar local para o Dia Internacional de Combate as Drogas.

    O ato público é uma realização do Jardim de Infância Inácio de Viveiros Raposo; Centro Educacional Mundo Encantado (CEME); Escola Municipal Inácio de Viveiros Raposo; Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA); Unidade Integrada Presidente John Kennedy e Centro de Ensino Médio Dr. João Leitão (CEJOL). Tem apoio da Prefeitura de Alcântara, SINSEPMA, IPHAN.

Carregar mais