Localização dele com vida · 09/06/2021 - 09h36 | Última atualização em 09/06/2021 - 10h50

Piauí: família de cobrador desaparecido aumenta recompensa para R$ 5 mil


Compartilhar Tweet 1



Os familiares do cobrador Euzébio da Silva Brito, de 54 anos, que desapareceu em Amarante no último final de semana, estão agora oferecendo uma recompensa muito maior a quem tiver qualquer informação que leve à localização dele com vida. O valor que antes era de R$ 1 mil passou a ser de R$ 5 mil. As informações são do Somos Notícia.

O caso está comovendo a população do município, considerando que o cobrador já era muito conhecido pela população. Diversos grupos de Whatsapp e redes sociais estão divulgando mensagens de apoio na tentativa de localização de Euzébio Brito.

O cobrador está em Amarante todos os meses, visitando clientes na cidade a serviço do Crediário Luís Paulo, em Floriano. As visitas acontecem nos bairros de Amarante e também na zona rural.

“Ele foi visto pela última vez no último domingo por volta de 10h, saindo do Assentamento Lajes, sentido Assentamento Pau Caído. O Euzébio estava numa moto Bros de cor preta. A Bros foi encontrada abandonada na segunda às 06h da manhã em Amarante próximo ao Samu. Mas ele até agora não foi encontrado”, informou o genro do cobrador, Kainan Kavezi.

A situação tem possibilitado a disseminação de diversas informações falsas, uma delas apontam localização do corpo do  cobrador.  As investigações seguem, conforme a família e a Polícia Civil de Amarante.

O Somos Notícia entrou em contato com o delegado de Polícia Civil, Otony Nogueira Neto. Ele confirmou que as buscas permanecem. “Não temos ainda nenhuma informação decisiva sobre o caso. O que temos são as buscas iniciadas com o apoio da família, da sociedade civil, da Polícia Militar e também da Polícia Civil de Amarante. A moto dele foi localizada próximo ao Samu com a chave na ignição. As buscas permanecem até a solução do caso”, explicou o delegado, que está à frente da investigação em Amarante.

Euzebio da Silva Brito é casado, mora no conjunto Pedro Simplício, em Floriano e tem três filhos e quatro netos.

Comentários