Política

Influência sobre o governador · 27/10/2020 - 14h35 | Última atualização em 27/10/2020 - 18h13

Exclusivo: Valter Alencar e familiares ganharam destaque no pedido de prisão do governador do RJ

Político do Piauí tem tópico próprio no documento em que MPF mostra alinhamento dele com "um dos braços da organização criminosa" fluminense


Compartilhar Tweet 1



Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

_____________

- Foto do Política Dinâmica figura no pedido de prisão do governador do Rio de Janeiro, assim como notícia de O GLOBO, dando conta da relação suspeita entre Valter Alencar e Pastor Everaldo

_________________________________________

_Imagem: Reprodução
_Imagem: Reprodução 

MADE PIAUÍ

O ex-candidato ao governo do estado do Piauí Valter Alencar (PSC) - que fez campanha combatendo a corrupção - figura como um dos protagonistas na narrativa da subprocuradora-geral da República Lindôra Maria Araujo quando do pedido de prisão do governador, hoje afastado, do Rio de Janeiro Wilson Witzel. Na ocasião o Superior Tribunal de Justiça (STJ) preferiu afastá-lo a prendê-lo.

Nesse pedido de prisão endereçado ao tribunal superior, a subprocuradora-geral informa suposto esquema de funcionários fantasmas "com servidores nomeados para cargos comissionados no governo do Estado do Rio de Janeiro, dentre eles o seu filho e sobrinhos, FRANCISCO DE ASSIS VERAS FORTES NETO, MAZERINE CRUZ LIMA NETTO, MIRÓCLES CAMPOS VERAS, PEDRO HENRIQUE ALENCAR REBELO CRUZ, todos com endereço no Piauí".

Informa ainda que tais fatos "já são objeto de outro Inquérito perante o STJ, razão pela qual Valter não estará incluído nos pedidos de medidas cautelares".

_Imagem: Reprodução
_Imagem: Reprodução 

 

TÓPICO PRÓPRIO

O ex-candidato ao governo do Piauí possui tópico próprio dentro da peça e logo nas primeiras páginas, evidenciando, entre outras atuações e ligações, a sua relação próxima com o presidente nacional do PSC Pastor Everaldo, preso pela Polícia Federal.

_Imagem: Reprodução
_Imagem: Reprodução 

Para alinhavar essa ligação entre Valter Alencar e "um dos braços da organização criminosa estabelecida no governo Wilson Witzel", a subprocuradora também fez pesquisas em "fontes abertas" e constatou a proximidade entre Everaldo Dias Pereira e um dos seus subordinados diretos.

"A estreita relação existente entre VALTER FERREIRA DE ALENCAR PIRES REBELO e o PASTOR EVERALDO pode ser constatada mediante simples consulta em fontes abertas, inclusive com manifestações públicas de apoio à candidatura ao governo do Piauí em 2018", sustenta.

_Notícia do Site Política Dinâmica. Imagem: Reprodução
_Notícia do Site Política Dinâmica. Imagem: Reprodução 

A subprocuradora segue afirmando que "nessa mesma linha, a nomeação de VALTER para assessorar o Governador WILSON WITZEL e a influência do PASTOR EVERALDO também não passaram despercebidas da imprensa nacional".

E destaca nota do jornalista Ancelmo Gois, do O GLOBO, titulada "Acusado de receber R$ 6 milhões da Odebrecht, Pastor Everaldo emplaca mais um no governo Witzel".

_Imagem: Reprodução
_Imagem: Reprodução 

Valter Alencar tem negado as suspeitas e dito que: "dei a minha contribuição ao governo do Rio".

Endereços ligados ao político foram alvos, recentemente, da Polícia Federal.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

- Exclusivo: delator diz que conheceu famoso lobista através de indicada de Valter Alencar no RJ

- Exclusivo: Valter Alencar foi exonerado no RJ por participar de esquema de “rachadinha”, diz delator


Comentários