Entenda o caso -

Farmacêutico é coagido e demitido após negar apoio ao Presidente do CRF Luiz Júnior

    Foto: reprodução

O Farmacêutico Dr.Gustavo Aguiar foi coagido e demitido após negar apoio o atual presidente do Conselho Regional de Farmácias do Piauí - CRF/PI e gerente da rede Globo de Farmácias, Luiz Júnior. As informações são do Tribuna Piauí. 

Segundo denúncia deste caso de coação com cunho eleitoral, o presidente do CRF e gerente da rede Globo de Farmácias, Luiz Júnior, mandou que seu cabo eleitoral e candidato a conselheiro regional, Danilo Deric, coagisse o farmacêutico Gustavo que é candidato a Conselheiro do CRF - Piauí apoiado pela oposição a atual gestão de Luiz Júnior.

No áudio o então funcionário das Farmácias Globo diz para Dr.Gustavo que a empresa, Farmácias Globo teria candidato ao CRF/PI e que o mesmo deveria seguir essa chapa. 

Dr. Gustavo argumenta que respeita a todos, mas que iria ficar com a oposição. O fato é que Gustavo candidatou-se com a oposição e foi demitido do emprego de farmacêutico na referida empresa, configurando uso da máquina privada em pleito eleitoral da classe. 

Salienta-se que empresas privadas não podem interferir nas eleições de empresa pública, como é o Conselho Regional de Farmácia do Piauí, podendo configurar crime de improbidade administrativa para o atual presidente do CRF/PI; e crime eleitoral, podendo levar à cassação de  mandatos da chapa, em eventual eleição. 

 

 

Comentários