• Homem morre aos 111 anos no Piauí e gera grande comoção na cidade

    Faleceu na madrugada deste sábado (26/11) o senhor Virgílio Cardoso de Medeiros. Ele tinha 111 anos de idade. Ele era, possivelmente, o piripiriense mais antigo. O município tem 112 anos e Emancipação Política. As informações são do Pi

    Senhoro Virgílio era viúvo da senhora Antônia (Totonha), com quem teve 13 filhos. O velório foi reservado somente aos familiares.  O corpo foi sepultado no final da manhã no cemitério São Francisco.

    Nosso pesar ao familiares e amigos.

    Foto:Homem morre aos 111 anos no Piauí e gera grande comoção na cidade
    Homem morre aos 111 anos no Piauí e gera grande comoção na cidade
  • No Piauí, garoto de 8 anos viraliza ao ligar para BPM e convidar policiais para seu aniversário

    Já pensou estar no seu trabalho em mais um dia comum e de repente receber o convite para o aniversário de uma criança que admira muito o seu ofício? Foi o que aconteceu com os PMs do 4° Batalhão da Polícia Militar de Fronteiras nesta sexta-feira (25/11). As informações são do Cidades na Net.

    Por volta das 18h10, a guarnição recebeu a ligação de uma mulher chamada Iza Alves solicitando a presença dos policiais no aniversário de 8 anos de seu filho, Bernardo Alves Passos.

    O pequeno Bernardo é um grande admirador dos PMs, e por isso, fez questão da presença dos profissionais na comemoração do seu dia.

    Conforme informou o BPM, ao receber o convite, a guarnição se deslocou até o local da comemoração, ao chegarem lá, os policiais presentearam Bernardo, desejaram um feliz aniversário e rogaram para que Jesus o abençoe nos caminhos da sabedoria e igualdade.

    E não foi só isso, a festinha foi à caráter, com direito a bolo e decoração inspirada na Polícia. Nas fotos acima, é possível notar que o aniversariante está sério e na posição de sentido posando para a fotografia ao lado dos colegas de farda.

     

  • Correios realiza leilão online para venda de motos e veículos em Teresina

    Os Correios lançaram edital para vender 65 motocicletas e 2 automóveis, do tipo furgão. Os veículos faziam parte da frota da empresa e foram substituídos por novos, já em circulação. Os lances dos interessados podem ser enviados até as datas e horários da abertura das propostas.

    Os lotes serão leiloados, de forma individual, seguindo a ordem abaixo:

    · Lotes 01 a 20 - 29/11/2022 às 14h;

    · Lotes 21 a 40 - 30/11/2022 às 09h;

    · Lotes 41 a 60 - 01/12/2022 às 14h;

    · Lotes 61 a 67 - 02/12/2022 às 09h.

    Os interessados poderão visitar os bens antes da data do certame. Basta realizar agendamento prévio por telefone: (86) 99927-0259 (Virgínia Sertão) ou (86) 3301-3602 (Gisele Tavares); ou, ainda, por e-mail: anavsertao@correios.com.br ou gctavares@correios.com.br.

    Cadastro – As vendas desses bens móveis dos Correios ocorrem apenas em formato eletrônico. Para participar, é necessário que os interessados se cadastrem na plataforma Licitações-e, do Banco do Brasil. Ao concluir o cadastro, pessoas físicas e jurídicas conseguem enviar propostas para participar da disputa online, realizada no site www.licitacoes-e.com.br.

  • Pessoas em situação de rua recebem informações sobre saúde do homem

    A Associação São Paulo Apóstolo (Abespa), entidade mantenedora da Pastoral do Povo em Situação de Rua, realizou, nessa sexta-feira (25/11), na Casa de Acolhimento, uma atividade da Campanha Novembro Azul, que alerta para os cuidados com a saúde do homem. A Abespa é uma das entidades que recebem o apoio do Governo do Estado, por meio da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas do Piauí (Cendrogas).

    No encontro foi abordado sobre a prevenção ao câncer de próstata e outros cuidados com a saúde dos acolhidos. Foram parceiros da entidade nesta atividade a Cendrogas e as Comissões de Direito Previdenciário, de Prerrogativas e da Criança e Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí (OAB-PI).

    O presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescentes e terapeuta, Rogério Almeida, citou questões como imunidade e genética como condições de suscetibilidade ao adoecimento. “Muitas vezes adquirimos doenças por conta da nossa baixa imunidade, outras vezes pela própria genética. Esses são alguns dos fatores que também nos leva a ter o câncer de próstata”, alertou o advogado.

    O coordenador da Cendrogas, Sâmio Falcão, agradeceu a parceria da OAB. “Agradecemos à OAB por ser sempre parceira nas nossas ações, seja nas capacitações que realizamos nos municípios como também em outras atividades”, destacou o gestor.

    Além do alerta à saúde do homem, foram feitos esclarecimentos jurídicos a respeito de benefícios e auxílios que são de direito dos acolhidos.

    Participaram também da ação, Marta Maria, diretora de Políticas Públicas da Cendrogas; e Keila Damasceno, psicóloga da coordenadoria; e o coordenador da Pastoral do Povo em Situação de Rua, padre João Paulo Carvalho.

    Receba notícias do 180graus no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: t.me/noticias180graus.

    PostMídia: (86) 9 9800-9535

  • Após primeira exportação, ZPE Parnaíba aguarda chegada de 11 novas empresas

    Após a o primeiro embarque aduaneiro da Zona de Processamento de Exportação do Piauí (ZPE Parnaíba), na última segunda-feira (21), 11 novas empresas devem se instalar no local. Entre elas, indústrias do setor calçadista e de processamento de pescados. Calcula-se que os cinco primeiros negócios devem gerar cerca de 4 mil empregos diretos.

    Depois de realizar duas rodadas de negócio e ampliar as relações com o Banco do Nordeste, o diretor-presidente da Companhia Administradora da ZPE Parnaíba, Paulo Roberto Cardoso de Sousa, entregou em Brasília cinco projetos de instalação das novas empresas ao Conselho Nacional de Zonas de Processamento de Exportação.  Outros seis aguardam autorização do Conselho.

    Victor Hugo (Investe Piauí) e Paulo Roberto (ZPE): 11 empresas podem se instalar na região, gerando empregos e renda
    Victor Hugo (Investe Piauí) e Paulo Roberto (ZPE): 11 empresas podem se instalar na região, gerando empregos e renda

    O setor de pescados, por exemplo, pode atrair empreendimentos de outros estados para que utilizem a estrutura piauiense. O superintendente de desenvolvimento econômico do Governo do Estado, Tiago Patrício, cita o caso dos pescados do Maranhão e também destaca a realização do embarque como um momento em que o Piauí se coloca, formalmente, no mapa do comércio internacional.

    Quem também tem boas expectativas é Victor Hugo, diretor-presidente da Investe Piauí, à qual a ZPE é subsidiária. Ele espera uma ampliação da arrecadação de impostos para o governo piauiense, uma melhora da competitividade do estado para a atração de empresas e a construção de uma cadeia logística para operações do mercado exterior.

    Diretor da Agrocera comemora eficiência da ZPE

    Na última segunda-feira (21), a ZPE despachou 20 toneladas de cera de carnaúba da empresa Agrocera para a Espanha. Para o diretor executivo da empresa, Marcelo Sombra, o processo representa um ganho de produtividade relevante para seu negócio e serve de estímulo para que novos empreendimentos se instalem no local.

    “Toda empresa busca eficiência, ela busca celeridade nos seus processos. Então isso é eficiência, isso é dar celeridade aos processos e tem um ganho muito bom porque a empresa que é eficiente é uma empresa que cresce, é uma empresa que leva resultado aos seus parceiros e aos seus fornecedores”, fala o empresário ao destacar os benefícios do embarque aduaneiro na ZPE Parnaíba.

    Instalada desde 2014 no Piauí, a Agrocera é, para Marcelo Sombra, uma das molas propulsoras do local. A presença da empresa cearense na ZPE Parnaíba tem contribuído para que ela amplie sua participação no mercado global de cera de carnaúba e no fortalecimento de uma cadeia rural importante para a região.

    Esse primeiro embarque tem uma função emblemática, mas, desde fevereiro deste ano, quando foi instalada pela Receita Federal a Área de Despacho Aduaneiro no litoral piauiense, muitos negócios têm sido atraídos para a ZPE Parnaíba.

  • Vídeo: juíza é suspensa por aparecer seminua em audiência no Zoom

    Uma juíza colombiana conhecida por compartilhar fotos sensuais de si mesma nas redes sociais foi suspensa por três meses, por aparecer seminua e fumando sobre uma cama, durante uma videochamada feita para uma audiência virtual.

    A Comissão Judicial Disciplinar do Norte de Santander decidiu na terça-feira (22) que a juíza Vivian Polania violou vários regulamentos administrativos, segundo o portal argentino Infobae.

    Foto: Reprodução

    Durante a videoconferência feita na plataforma Zoom, a juíza de 34 anos surgiu vestindo apenas uma blusa e calcinha, fumando um cigarro. Ela participava de uma audiência relacionada a um atentado com explosivos dentro de uma brigada do exército, ocorrido em Cúcuta, em junho de 2021

    O vídeo da magistrada seminua rapidamente se espalhou pelas redes sociais e levou o comitê disciplinar a iniciar uma investigação sobre o episódio.

    De acordo com a Comissão Judicial DIsciplinar, Vivian manteve sua câmera desligada por quase uma hora antes de ativá-la, revelando estar deitada na cama, parecendo "exausta e com os olhos sonolentos" e falando arrastado.

    Quando um advogado presente na audiência disse à juíza que sua câmera havia sido ligada, ela rapidamente desligou o dispositivo.

    O comitê afirmou que a decisão de colocar Vivian em licença não remunerada até fevereiro foi tomada depois que foi determinado que ela não estava apta para desempenhar suas funções, pois não respeitou as partes na audiência e não cumpriu o código de vestimenta judicial.

    "Tal situação não condiz com o cuidado, respeito e circunspecção com que um juiz da república deve administrar a justiça, denotando uma clara falta de respeito por parte do servidor", diz o texto do processo disciplinar.

    No entanto, após o escândalo, Vivian quebrou o silêncio e negou que estava seminua durante a audiência. Ela confirmou que estava deitada durante a reunião, mas foi necessário porque havia sofrido um ataque de ansiedade e estava com a pressão baixa.

    Em entrevista à emissora colombiana Blu Radio, a juíza disse que seu trabalho a deixou extremamente sobrecarregada e por causa disso enfrenta problemas de saúde mental. Ela também afirmou que há muito tempo é intimidada por seus colegas juízes em Cúcuta e ameaçada com ações disciplinares pela maneira como se veste.

    Vivian já foi investigada por compartilhar fotos ousadas de si mesma em roupas sensuais e exibindo suas 37 tatuagens em seu perfil do Instagram, onde conta com mais de 300 mil seguidores.

    A juíza revelou que quando começou a trabalhar em Cúcuta, não suportava usar calças por causa do calor intenso da região, então optou por usar shorts e camisetas. Contudo, isso passou a incomodar algumas pessoas em torno dela.

    Apesar das críticas, Vivian não pretende abrir mão de seu estilo e preferências por causa de alguns olhares de reprovação. Ela também afirmou que não vai mudar sua personalidade por ninguém.

    "Cansei de agradar às pessoas em vez buscar minha paz de espírito", declarou a magistrada.

  • Vídeo: professora morre em hospital e causa comoção em cidade do Piauí

    Uma professora identificada como Maria Jesus e Silva morreu em hospital de Teresina na na manhã da última sexta-feira (25/11). A causa da morte não foi divulgada. As informações são do JC24horas.

    Foto: Reprodução Professora morre em Teresina
    Professora morre em Teresina

    Corpo chegou por volta das 19h, em Floriano, no Sul do Piauí, onde ela residia. O corpo é velado em memorial nas proximidades da garagem da prefeitura. 

    No momento em que o esquife era retirado do carro funerário, os professores do Ginásio Primeiro de Maio cantaram o hino oficial da instituição, em seguida a bandeira foi estendida sobre o caixão.

    Foto: JC24horas

    A Professora Jesus era bastante conhecida em nossa cidade e durante muito tempo fez parte da equipe de professores do Colégio Primeiro de Maio. 

    Vídeo: 

  • Procon fiscaliza lojas durante promoção de Black Friday em Teresina

    O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio do Procon (Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor) realizou, na última sexta-feira (25/11), uma fiscalização para evitar fraudes nos preços e promoções oferecidos pelas lojas durante a Black Friday. A ação aconteceu nas Zonas Leste e Centro de Teresina, e foi realizada com a parceria dos Procons da Assembleia e Municipal, sob a coordenação do fiscal Antônio Oliveira, do MPPI.

    Foto: Divulgação / MPPI

    As atividades tiveram início na manhã e se estenderam durante todo o dia. Duas equipes fiscalizaram, ao todo, 11 estabelecimentos. O órgão de defesa do consumidor autuou, até o momento, apenas uma empresa. As lojas autuadas estão passíveis à aplicação de multa, segundo o Código de Defesa do Consumidor, e têm prazo de 15 dias para apresentar defesa.

    O Procon informa que, no dia 9 de novembro, foi feito um levantamento de preços, a fim de averiguar se, no momento da Black Friday, as promoções anunciadas são verdadeiras ou não. O fiscal Antônio Oliveira ressaltou que uma prática das lojas é aumentar o valor antes da data, e depois simular que o produto está na promoção.

    Foto: Divulgação / MPPI

    “Essa prática se caracteriza como publicidade enganosa e vantagem excessiva. Essas lojas irão receber um auto de infração, e, com isso, é aberto um processo administrativo no Ministério Público. Após a empresa apresentar a defesa, e, caso ela não seja considerada pertinente, será aplicada a multa”, disse o fiscal.

    O comerciante Francisco Moura aguardou esta sexta-feira para garantir um aparelho eletrodoméstico e pontuou a segurança que tem ao saber que há a fiscalização. “É uma forma de preservar nossos direitos como consumidores. Passamos o ano todo nos programando para o dia, e saber que podemos ser prejudicados nos causa incerteza”, frisou.
     

    Foto: Divulgação / MPPI

    Está disponível, no site do MPPI, o “Painel Procon Black Friday – 2022”, por meio do qual a população pode encontrar dicas, pesquisar preços e ter acesso a um ranking de resolutividade de lojas de comércio eletrônico e a canais para reclamação, caso o consumidor se sinta prejudicado. Caso a população perceba alguma irregularidade, a população tem a possibilidade de encaminhar denúncia para o e-mail atendimentoprocon@mppi.mp.br. O consumidor pode anexar fotos e vídeos que demonstrem os possíveis abusos.

    Foto: Divulgação / MPPI
    Foto: Divulgação / MPPI
    Foto: Divulgação / MPPI

  • PI: 180graus conversa com especialistas que criticam jovem que acedeu foguete próximo a uma onça

    O 180graus conversou com especialista, biólogos e veterinários sobre as consequências do barulho foguetes para os animais. O assunto ganhou ênfase durante a semana após um vídeo viralizar nos grupos de WhatsApp da capital, na qual jovem que se identifica como William, solta um foguete ao lado do recinto de uma onça pintada no Parque Zoobotânico de Teresina.

    O fato teria acontecido na quarta-feira (23/11) e o vídeo foi divulgado nas redes sociais do próprio suspeito. Antes de acender o foguete em um tom de 'tutorial', o jovem afirma estar na pior capital do nordeste: “Eu sou aqui da pior capital do Nordeste, tô aqui no Zoobotânico. Ali está minha bicicleta e mais lá de trás está a onça pintada. E três, aqui você vai aprender de tudo um pouco, entendeu, nessa, entendeu”, diz William.

    Para o professor da Universidade Estadual do Piauí, Paulo Lopes, o ato é considerado um crime ambiental: "Podemos configurar essa atitude em dois aspectos que estão previstos na lei de proteção ambiental. A primeira seria em relação ao crime, por soltar fogos, afetando o bem estar animal e o segundo aspecto seria em relação a um possível incêndio que poderia ser ocasionado pelo fato do artifício não ter explodido no ar, mas sim na mata", pontua. 

    Para o professor de biologia, Matheus Pereira, o uso desses artefatos devem ser proibidos: "Não podemos permitir que continue a venda desses fogos de artifícios, pois é um material que pode trazer vários problemas, principalmente para os animais. Problemas estes que podem gerar até a morte do animal.
    Este último caso, ocorrido no Parque Zoobotânico de Teresina, é um crime que deve ser combatido. A utilização desse artificio causa no primeiro momento o susto no animal, que em seguida gera estresse e, como já dito, pode acarretar a morte, pois os animais possuem uma audição bem mais apurada do que os seres humanos", comenta.

    Roberta Siqueira, médica veterinária responsável no Esquadrão Independente de Polícia Montada do Piauí, afirma que não é a primeira vez que vemos essa situação no Piauí: "Todo mundo já sabe que os fogos de artifícios causam estresse nos animais, inclusive aqueles que já possuem alguns problemas no coração, cardíaco ou neurológicos, o barulho do foguete acaba desencadeando algum tipo de reação que pode causar até óbitos. Um exemplo foi na Expoapi, onde com o uso de fogos no local, os animais que estavam no evento acabaram se soltando das baias e correndo para a BR, ocasionando acidentes. Vale lembrar que essa prática já é considerada um ato proibido aqui no Piauí", relembra a médica veterinária.

    A professora de biologia, Anne Silva, reafirma que a atitude pode até mesmo levar a morte dos animais: "É comportamento ridículo, desnecessário. Isso estressa o animal e pode levar ele a morrer por uma parada cardíaca. Esses animais, por se encontrarem a muito tempo dentro do zoológico não são acostumados com situações adversas. É extremamente incompreensível esse tipo de comportamento vindo de uma espécie que classificamos como racional", afirma.

    A vereadora Thanandra Ribeiro divulgou em suas redes sociais uma nota de repúdio ao ocorrido: "Fiquei chocada ao ver esse vídeo que mostra um homem jogando fogos de artifício próximo ao recinto da onça-pintada conhecida como Tupã, no Zoobotânico de Teresina. As redes sociais estão repletas de pessoas sem noção. Só que quando isso fere um animal, ainda mais um que está risco de extinção, não podemos ficar calados. Essa atitude dele é um crime ambiental. Então, se o virem ou qualquer outra pessoa que tenha feito algo semelhante, denunciem!", diz a vereadora. 

    Veja o vídeo: 

  • Malafaia chama Lula de 'canalha' após 'ameaça' do petista às igrejas

    O pastor Silas Malafaia interrompeu o seu lazer em um resort em Pernambuco para gravar um vídeo em resposta à declaração do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Com informações do O Fuxico Gospel 

    O petista declarou, nesta quinta-feira (24/11), em conversa com representantes da área da saúde, que quando assumir o governo, irá responsabilizar as igrejas por mortes, caso as instituições não apoiem a vacinação.

    “Eu pretendo procurar várias igrejas evangélicas e discutir com o chefe delas: ‘Olha, qual é o comportamento de vocês nessa questão das vacinas? Ou vamos responsabilizar vocês pela morte das pessoas?”, afirmou o presidente eleito, em uma reunião fechada.

    Em vídeo publicado no início da tarde desta sexta-feira (25/11), Malafaia chamou o petista de canalha e preconceituoso.

    O religioso questionou se Lula irá fazer isso em outras reuniões e com os sindicalistas. Ele também citou o caso do consórcio Nordeste dos governadores petistas, que compraram R$ 48 milhões de respiradores que nunca foram entregues.

    “O PT não tem direito de cobrar nada sobre pandemia e sobre saúde… Que moral o Lula tem pra cobrar alguma coisa? Vai lavar a tua boca de cachaça”, disse o pastor, aparentemente nervoso.

Carregar mais