Geral

Em todas as regiões do país · 13/08/2019 - 18h16 | Última atualização em 13/08/2019 - 18h25

Parcerias vão potencializar destinos turísticos no Brasil; Piauí tem três rotas escolhidas

Ao todo, o Ministério do Turismo vai investir R$ 200 milhões no programa de parcerias Investe Turismo


Compartilhar Tweet 1



Trinta rotas de turismo vão receber recursos federais para se modernizar com capacitação criando potencial para receber um número ainda maior de turistas. Ao todo, o Ministério do Turismo vai investir R$ 200 milhões no programa de parcerias Investe Turismo, que contempla todas regiões brasileiras.

O programa, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Instituto Brasileiro do turismo (Embratur), engloba um pacote de investimentos com incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviços, inovação e marketing. O objetivo principal é aumentar a qualidade e competitividade com foco na geração de empregos. 

“O Brasil sempre teve muito potencial para o turismo. O que temos que fazer é sair da potencialidade e avançar para a realidade. Entrar em condições de competitividade e oferta. Mas estamos bem estruturados e temos muitos destinos já preparados”, disse o secretário de Desenvolvimento e Competitividade do Ministério do Turismo, Aluizer Malab.

Para isso, o Programa estimulará parcerias com micro e pequenas empresas, acesso a crédito em órgãos públicos e empreendimentos privados e estimulará potenciais investidores para melhoria de estrutura, serviços e novos estabelecimentos.

O turismo é estratégico para o desenvolvimento econômico do país. Enquanto o PIB nacional cresceu 1,1% em 2018, o turismo registrou aumento de 3,1% no ano. O setor impulsiona também a geração de empregos. De acordo com o ministério, a cada 30 novos turistas um emprego é criado. Na última década, o setor foi responsável por um em cada cinco empregos gerados no mundo.

Inicialmente, o Ministério do Turismo está realizando seminários em cada uma das cidades para divulgar e explicar o Investe Turismo. Já foram feitos seminários em Bonito, Recife, João Pessoa, Palmas, Foz do Iguaçu, Brasília e Maceió. Os próximos destinos das conversas são Florianópolis, Goiânia, Rio de Janeiro e Belém. O Programa irá implantar ainda o Mapa do Turismo Inteligente, uma plataforma online para identificar iniciativas inovadoras de empresas e governos em todo o País.

Confira as 30 Rotas Turísticas Estratégicas

01- Brasília e Chapada dos Veadeiros

02- Goiânia, Pirenópolis e Goiás

03- Pantanal Norte e Chapada dos Guimarães

04- Rota Pantanal Sul e Bonito

05- Manaus e Polo Amazônico

06- Belém, Ilha do Marajó, Santarém e Alter do Chão

07- Palmas e Jalapão

08- Boa Vista e Monte Roraima

09- Macapá

10- Rio Branco

11- Porto Velho e Guajará-Mirim

12- Maceió e Costa dos Corais

13- Aracaju e Cânions do São Francisco

14- Recife, Olinda e Porto de Galinhas

15- Fernando de Noronha

16- Salvador e Morro de São Paulo

17- Costa do Descobrimento

18- Rota das Emoções

19- Teresina e Serra da Capivara

20- João Pessoa e Litoral

21- Natal e Litoral

22- Vitória e Montanhas Capixabas

23- Belo Horizonte e Cidades Históricas de Minas

24- Rio de Janeiro Imperial

25- Costa do Sol - Região dos Lagos

26- São Paulo e Litoral Norte

27- Corredor do Iguaçu

28- Porto Alegre e Serra Gaúcha

29- Porto Alegre e Missões

30- Serra-Mar Catarinense


Fonte: Com informações do Portal Brasil

Comentários