Associação Investigativa · 24/11/2021 - 20h46

ABRAJI diz que empresa cujo dono levou jornalista à prisão é investigada pela Polícia Federal


Compartilhar Tweet 1



A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (ABRAJI) sustentou em publicação que noticiou a prisão domiciliar concedida para o jornalista Arimatéia Azevedo que a empresa Saúde e Vida, cujo proprietário acabou por levá-lo à prisão, "é investigada pela Polícia Federal por possíveis fraudes em licitações no estado". 

Arimatéia Azevedo terá que usar tornozeleira eletrônica e está impedido de escrever.

- Clique e leia matéria completa

Comentários