Entrevista para Ieldyson · 16/07/2021 - 07h04

Vídeo: ‘Cortava de facão’ diz Paulo Brito se filho que fosse gay levasse ‘macho’ para casa


Compartilhar Tweet 1



Em entrevista para para o apresentador Ieldyson Vasconcelos, no Ielcast, o radialista Paulo Brito comentou um pouco da sua história e deu declarações polêmicas.

Durante a entrevista, Paulo foi perguntado por Kilson Dione o que aconteceria se ele tivesse um filho gay. Ele respondeu que não teria diferença, que ia amar do mesmo jeito, mas teria regras: não poderia levar macho para cara.

"Eu ia amar como outro qualquer, como um outro filho", disse. Kilson, então, perguntou e se caso ele levasse o 'macho' para casa.

"Ai eu cortava ele de facão, tinha nem conversa não", completou.

Paulo disse ainda sobre os gays que tratam todo mundo com respeito, por exemplo, os que trabalham vendendo celular, mas criticou os que se prostituem. "Aquele ali é que passa por todo constrangimento. Porque homem que tem respeito não fica 2h na manhã na beira de uma BR, porque lá só tem mal elemento, ladrão e sem vergonha".

Paulo negou que na família tivesse gays e que não há nada de errado ser, mas o problema é ser sem vergonha, como outras pessoas também podem ser e criticou o fato dos gays se vitimarem.

Assista:

Confira a entrevista completa:

 

Comentários