Explosões de caixas de bancos · 05/05/2019 - 17h04 | Última atualização em 05/05/2019 - 17h05

Filho de ex-comandante da PM é preso por assaltos a bancos; já responde por homicídio


Compartilhar Tweet 1



Hassan Prado, filho do ex-comandante da Polícia Militar, coronel Francisco Prado, foi preso suspeito de integrar a quadrilha que assaltou as agências do Banco do Brasil e da Caixa na cidade de Campo Maior.

              Coronel Prado   Foto: Reprodução/TV Clube

As prisões aconteceram há três dias, mas foram mantidas em sigilo para não atrapalhar a captura dos demais envolvidos.

Além de Hassan, foram presos Dyego Harmando Cardoso Rocha,  Emerson Souza da Silva, Vinicius Pereira da Silva Júnior e Josenverton dos Santos Sousa.

Ainda de acordo com a polícia, as diligências continuam, pois ainda há suspeitos no matagal, na região de Cocal.

Cinco suspeitos de integrarem quadrilha foram mortos em confronto com policiais militares na manhã deste domingo (05/05) no povoado Videl, em Cocal. Dos cinco mortos, quatro já foram identificados pela polícia, são eles: Ricardo dos Santos, Weverson de Oliveira Marcal, Jean Gustavo Silva e Jefferson Araujo Marquete.

Responde por homicídio
Hassan Prado é acusado de matar a tiros Leonardo Almeida, em setembro de 2013, na cidade de Nazária, localizada a menos de 50km da capital Teresina.

Hassan morava em Nazária e administrava um restaurante, o qual arrendou há algum tempo. O restaurante chamava-se "O Coronel", em homenagem ao pai, Coronel Prado, e foi um dos mais frequentados na cidade.  

A mulher do acusado foi o motivo da rixa com a vítima, por causa de ciúmes, já que ela era amiga de Leonardo.

Dias antes do crime, Hassan e Leonardo tiveram uma briga após saírem de uma festa. Eles se encontraram e foram as vias de fato, com direito, segundo testemunhas, a coronhadas. Num domingo, porém, Leonardo morreu a tiros.

Hassan respondia em liberdade e a família da vítima cobrava a condenação do acusado.

O coronel Prado morreu em 2015 após uma luta contra o câncer. 


Comentários