Tragédia anunciada · 31/03/2018 - 08h50 | Última atualização em 31/03/2018 - 08h51

Crianças viveram momentos de pânico após BR-343 romper e água invadir casas


Compartilhar Tweet 1



Moradores do bairro Recanto das Palmeiras, relataram ao 180graus os momentos de apreensão e aflito causados após o rompimento de parte da BR-343, na noite desta sexta-feira (30/03), onde suas casas ficaram parcialmente destruídas.

O local foi o que mais sofreu com a força da água, pois fica bem próximo a BR e recebeu todos os destroços trazidos pela correnteza, segundo os moradores, foi uma tragédia anunciada.

O morador Antônio Mendes, relatou um pouco dos momentos vividos durante a enxurrada. “Aquilo não foi chuva, foi um tsunami! Eu já tinha feito vídeos e enviado fotos para os meios de comunicação informando que uma tragédia poderia acontecer aqui. A água veio pela rua e trouxe tudo o que podia, alagando todas as casas e destruindo elas”, relatou.

Ele ainda afirma que foi necessário retirar as crianças que estavam próximas a sua casa para que elas não fossem atingidas. “Tive que passar as pessoas que estava aqui e principalmente as crianças. Dentre elas, inclusive, tinha uma de colo! Elas passaram pelo muro da minha casa usando uma escada. Além disso tiveram que passar também por uma cerca elétrica até chegarem ao outro lado. Fiz isso por que elas poderiam morrer e aí teríamos percas muito maiores”, relata.

Antônio Mendes mostra a altura que a água chegou após rompimento da BR-343
Antônio Mendes mostra a altura que a água chegou após rompimento da BR-343    Foto: Maelson Ventura
    Foto: Maelson Ventura

 

Comentários