Política

Agora é propriedade privada · 08/04/2020 - 16h00 | Última atualização em 08/04/2020 - 21h45

Prefeito é acusado de cercar para si barragem pública que servia a populares no interior do Piauí

Homem armado com facão tenta intimidar vereadores que foram conferir in loco denúncia feita por populares da localidade Santa Cruz


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

_____________

- “Capataz com facão tentou intimidar a gente”, diz vereador 

- Barragem fica próximo à fazenda do prefeito Carlão

- Obra teria sido feita com recursos públicos em área doada

- Gestor canaliza a água para irrigar sua própria propriedade

- Há registros de várias reformas na barragem, "mas só no papel", diz vereador

______________________

_Vereadores fazem denúncia em vídeo

A BARRAGEM DO CARLÃO

O prefeito Carlos Gomes de Oliveira, o Carlão do Feijão, está sendo acusado de cercar com estacas de aroeira um açude público na localidade Santa Cruz, interior do município de Dirceu Arcoverde. Em plena época de coronavírus, o gestor é acusado de tentar aumentar seu próprio patrimônio prejudicando terceiros. 

Segundo os vereadores Rodolfinho e Luciano, a população local reportou o ocorrido e eles então resolveram checar a veracidade das informações. Os políticos alegam que ao cercar o açude público os populares da região ficaram sem acesso à água.

“Ao verificarmos constatamos a veracidade da denúncia, um verdadeiro absurdo. O prefeito fechou todo o bojo e parede da barragem, bloqueando assim o acesso dos demais moradores que utilizam a água para suas necessidades diárias, para lavar roupa, dar água a seus animais e para toda labuta do dia a dia, iremos tomar todas as medidas cabíveis porque isso é inadmissível”, diz Rodolfinho.

O parlamentar municipal explicou ainda que “toda a área da barragem [está cercada], só está uma parte de água fora porque está cheia e a água represou longe, mas todo o bojo e a parede da barragem estão dentro da fazenda dele [cercadas]”, enfatiza.

“CAPATAZ DA FAZENDA COM FACÃO”

Os dois vereadores ao ir conferir in loco as denúncias se depararam com uma situação extrema. Um homem armado com um facão indaga aos políticos porque eles pularam a cerca 'invadindo' a propriedade. 

No vídeo acima é possível ver a discussão entre ambos. O interlocutor do vereador Rodolfinho é alguém classificado pelo político como que sendo "capataz do prefeito".

"Você saltou o arame", disse o trabalhador da fazenda.

“ATÉ O CEMITÉRIO ESTÁ CERCADO”

O vereador Rodolfinho também enviou o vídeo acima informando que até o cemitério foi cercado.

"Isso é revoltante", diz.

VEJA ABAIXO MAIS UM VÍDEO MOSTRANDO A AMPLA CERCA

 

VEJA  A ENTREVISTA COM O VEREADOR RODOLFINHO:

180: Ele colocou o açude dentro da fazenda dele com a cerca?

Rodolfinho: Sim.

 

180: Então ele está se apropriando literalmente?

Rodolfinho: Sim. Literalmente. A barragem está em posse dele, cercada e utilizada. Por trás da parede, pode observar no vídeo, esta o plantio de capim e vários currais de boi. Ele deixou um registo por baixo da parede. Uma comporta para jogar água no outro lado na plantação. Todo esse entorno aí do vídeo que é a barragem está cercada. Dentro da fazendona. Até o cemitério está cercado. 

 

180: Para a população da comunidade entrar, como faz?

Rodolfinho: Não entram mais. Pode ver aí, o vaqueiro dele [no vídeo] chegou querendo nos expulsar de dentro. Disse que ninguém tinha dado ordem para a gente entrar lá. Tivemos que saltar a cerca para entrar aí onde estávamos.

 

180: Então ali é um vaqueiro dele?

Rodolfinho: Sim. O capataz da fazenda. Essas terras eram do avô dele [prefeito], que na época doou a terra ao município para fazer a barragem. 

 

180: E ele, prefeito, está tomando de volta? 

Rodolfinho: Aí ele comprou todas as terras dos outros herdeiros e proprietários vizinhos e cercou tudo. Agora fechou emendando todo o cercado dele com a barragem.

 

180: Mas a barragem não é pública?

Rodolfinho: Sim, é pública. Nessa barragem, na gestão dele, já foram feitas três grandes reformas. Só nos papéis.

 

OS SUPOSTAS REFORMAS INEXISTENTES:

O vereador Rodolfinho disse que as anunciadas reformas nunca foram feitas e serviram apenas para "desviar recursos públicos". 

Abaixo alguns dos documentos de posse do vereador que apontam reformas, que segundo ele, não existiram. 

O prefeito não foi localizado para se manifestar sobre as acusações, mas pode entrar em contato com o blog através do e-mail: jornalistaromulorocha@uol.com.br.


Comentários