Revindicam reajuste salarial · 18/03/2019 - 08h53 | Última atualização em 18/03/2019 - 11h38

Professores da Uespi iniciam greve por tempo indeterminado em todo estado


Compartilhar Tweet 1



Após diversas tentativas de negociação com o Governo do Estado sobre o reajuste salarial para os docentes da Universidade do Estado do Piauí, a categoria decidiu por greve nesta segunda-feira (18/03) em todos os campi, por tempo indeterminado.

Segundo reportagem da TV Cidade Verde, eles reivindicam cumprimento do plano e perda de cargos, carreiras e salários, reposição de perda de salário no últimos anos não reparadas e realização de um novo concurso.

Em nota, a reitoria da Uespi informou que acha legítima a greve dos professores, assim como entende a situação financeira do estado e se empenha em mediar as negociações.

O comando de greve fará sensibilizações para alunos e professores à adesão.

As instituições de Floriano, Picos, São Raimundo Nonato, Oeiras, Parnaíba, Piripiri e Campo Maior já aderiram à paralisação total.

Greve na Uespi
Greve na Uespi    Divulgação

Ato ganha força nas redes sociais
No final de semana, a hashtag #SOSUESPI voltou a ser de grande repercussão nas redes sociais. Várias postagens, especialmente de estudantes, tratavam da situação da universidade e do descaso do poder público com seu funcionamento.






 

Comentários