Empresas foram citadas · 16/07/2020 - 14h27 | Última atualização em 16/07/2020 - 17h56

Inquérito apura possíveis irregularidades na compra de merenda escolar em cidade do Piauí


Compartilhar Tweet 1



O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de Valença, instaurou inquérito civil público para  investigar possíveis irregularidades na compra de merenda escolar na cidade de Lagoa do Sítio.

As supostas irregularidades foram apontadas em licitações de aquisição de alimentação escolar no exercício de 2017, cujas empresas vencedoras foram posteriormente contratadas pela administração municipal.

As empresas apontadas na portaria do MP-PI são: "Comercial Cortez - Paulo H. Cortez, inscrita no CNPJ nº 12.193.777/0001- 07, e Armazém Norbetão- Francisca Antônia B. Barbosa", sob o CNPJ nº 63.509.699/0001- 30.

O promotor Rafael Maia Nogueira determinou uma série de diligências para apuração do caso. O prefeito da cidade é Antonio Ditoso.

 


Comentários