Inscrições até 02 de abril · 28/03/2020 - 09h41 | Última atualização em 28/03/2020 - 11h05

Secult lança edital do Festival “Sossega o Facho em Casa”


Compartilhar Tweet 1



A Secretaria de Estado da Cultura (Secult) lançou, nesta sexta-feira (27), o edital do Festival “Sossega o Facho em casa”, uma das medidas adotadas pelo órgão para minimizar os impactos da Covid-19 na cultura. O edital visa selecionar apresentações nas redes sociais de artistas que atuam nas áreas de artes cênicas, música, literatura, audiovisual e expressões de cultura popular. As inscrições começam nesta sexta-feira (27) e se estendem até o dia 2 de abril.

“Nós vamos receber várias proposições, selecionar os melhores conteúdos inscritos e depois pagar os artistas, de acordo com os valores previstos no edital. É uma forma de ajudar, nesse período de crise, e ainda valorizar a nossa cultura”, afirma o secretário de Estado da Cultura, Fábio Novo.

Os valores dos cachês variam de R$ 400 a R$ 800, dependendo do tipo de apresentação e se elas serão em grupo ou em performances solo.  Todos os selecionados produzirão material para ser consumido pela internet e a Secult vai arcar com os custos dos cachês dos artistas inscritos. Os interessados devem enviar a ficha de inscrição e a documentação exigida pelo edital para o e-mail secult.credenciamento@secult.pi.gov.br.

O processo de credenciamento será conduzido por uma comissão especial de análise, composta por três servidores designados pelo secretário de Estado da Cultura. O resultado final será divulgado no dia 10 de abril.

Outra medida importante adotada durante a quarentena será a doação de livros à população. Ao todo, são 1.200 exemplares do projeto “Te aquieta e lê”. Os livros serão distribuídos aos interessados que entrarem em contato pelas redes sociais e e-mail da Secult. Os títulos serão entregues em casa, no endereço informado, sem nenhum custo para os leitores.

Assim como o Piauí, outros estados como Pará, Maranhão e Ceará também estão se mobilizando para preservar a saúde da população, por meio de editais que valorizam a cultura nas plataformas digitais. Todas as recomendações do Ministério da Saúde e dos profissionais especializados estão sendo seguidas no estado.

Edital e ficha de inscrição no site www.cultura.pi.gov.br


Fonte: Governo do Estado do Piauí

Comentários