Entenda os critérios -

Uespi divulga estágio na Suiça com salário de R$ 40 mil; veja como participar

A Coordenação de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), divulga uma oportunidade de estágio internacional em Genebra, na Suíça no “Summer Student Programme”, com INSCRIÇÕES ABERTAS até 30 de janeiro de 2023.

Foto: reproduçãouespi
Uespi

O Programa, da Organização Europeia de Pesquisa Nuclear (CERN), vem sendo divulgado pelo Ministérios das Relações Exteriores (MRE), patrocinada pela Organização Internacional Ítalo -Latinoamericana (IILA) contemplando estudantes inscritos nos cursos de Bacharelado ou Mestrado, nas áreas de Física, Engenharia Agronômica, Ciências da Computação e Matemática.

A CERN oferece aos estudantes um contrato de associação de 8 a 13 semanas para trabalhar em projeto técnico avançado; programa de palestras de física e de tecnologia da informação; e assistência para encontrar acomodação. Os classificados serão contemplados com uma bolsa no valor de aproximadamente 40 mil reais.

O Diretor de Relações Internacionais, Prof. Dr. Orlando Berti, comenta que essa é uma grande oportunidade para os estudantes e avisa que a Direção está disponível de segunda a sexta de 8h ás 13h, tanto presencialmente no Palácio Pirajá, campus Poeta Torquato Neto em Teresina, quanto virtualmente por meio do e-mail cri@uespi.br sanando quaisquer dúvidas que possam surgir e inclusive auxiliando esses estudantes no momento das inscrições. Ele ressalva ainda que outras oportunidades devem aparecer futuramente.

“A Suíça hoje é um país que fala 3 línguas, um país que está localizado no centro da Europa, Genebra é uma cidade que é sede mundial da diplomacia. Mesmo que o aluno não esteja apto ou não se sinta preparado para se inscrever neste momento, outras oportunidades irão aparecer”, ressalva o professor.

Para concorrer os interessados devem seguir os seguintes requisitos:

A) Ter completado, até o verão europeu de 2023, pelo menos três anos de estudos de nível universitário (6º período completo)

B) não ter trabalhado na CERN, em nenhuma modalidade (estudante técnico, estagiário etc.), por mais de três meses

C) não ter participado de edições anteriores do Programa

D) bom conhecimento da língua inglesa

Para completar o requerimento de inscrição, o candidato deverá anexar seu currículo, cópia de histórico escolar recente e duas cartas de recomendação de professores ou de supervisores de estágios anteriores, com validade de até 12 meses.

Daniel Sotero, English Trainne da Direção e estudante do 7º Bloco do curso de Inglês da UESPI, ressalva a importância da questão do domínio do idioma como principal requisito para os participantes, pelo menos no que diz respeito a proficiência. “Você precisa obrigatoriamente falar inglês, se tiver um nível de francês pode ser um adicional importante, pois isso evita que o aluno tenha alguma dificuldade para se comunicar no local”.

Acelerador de partículas faz parte do CERN

O maior acelerador de partículas do mundo, o Grande Colisor de Hádrons (Large Hadron Collider – LHC), está localizado na Suíça, próximo à fronteira com a França, o gigantesco dispositivo faz parte do CERN e foi responsável pela descoberta da partícula bóson de Higgs, um dos maiores marcos da física quântica.

O Grande Colisor de Hádrons utiliza imãs supercondutores que aceleram feixes de prótons e demais partículas a velocidades próximas da luz, em tubos circulares com 27 km de comprimento. Após o choque entre as partículas, os dados provenientes do impacto são coletados.

Comentários