Pelo TCE -

FUNDEF de Bela Vista do Piauí é boqueado para garantir a aplicação dos recursos na educação

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí decidiu pelo bloqueio da conta do FUNDEF (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério) de Bela Vista do Piauí.

A decisão atende pedido formulado pelo Ministério Público de Contas, para garantir a aplicação adequada dos recursos na educação pública.

Para que sejam liberados os 40% do FUNDEF, o MP de Contas solicitou que seja encaminhado ao TCE-PI o Plano de Ação Estratégico, em consonância com as metas e estratégias previstas no Plano Municipal de Educação. Também, que toda documentação exigida através do Acórdão nº 2.711-A-17/TCE-PI, que regulamenta meios de fiscalização da aplicação desses recursos, sejam entregues também ao TCE.

Em relação aos 60% do Fundo, o MPC-PI solicitou que, enquanto não julgado o mérito por parte do Tribunal de Contas da União, o gestor se abstenha de utilizar recursos do Fundo para realizar pagamento a profissionais.

 

 

Fonte: AsCom/MPC

Comentários