Sofreu ameaças machistas · 17/09/2020 - 06h30 | Última atualização em 17/09/2020 - 07h17

Jornalista Sávia Barreto, da Meio Norte, é constrangida e intimidada por vereador de Teresina


Compartilhar Tweet 1



A jornalista Sávia Barreto, comentarista do quadro Jogo do Poder, da Rede Meio Norte, contou no Instagram que foi intimidada e sofreu ameaças de um vereador de Teresina, cujo nome ela não revelou, que ficou irritado com comentário feito por ela na TV. 

Tudo aconteceu no estacionamento da Câmara de Vereadores de Teresina, na manhã desta quarta-feira (16/09).

Na terça (15), Sávia comentou informação de bastidores sobre desconfianças internas do partido de que o vereador pudesse não apoiar o candidato a prefeito de sua agremiação, e sim o candidato de uma sigla adversária.

“Eu estava na Câmara de Teresina, gravando entrevistas, pegando informações e esse vereador, que foi citado no dia anterior, me questionou de maneira agressiva, violenta. Que assistiu ao programa, que eu estava mentindo sobre ele, e eu respondi que não era mentira, era uma informação de bastidores que foi apurada, inclusive com uma fonte do próprio partido dele”, narra a jornalista.

O vereador ficou então alterado e começou a fazer ameaças veladas à jornalista.

“Ele fez uma ameaça velada, machista, dizendo que ouve falar várias coisas sobre mim e não anda espalhando por aí. E eu falei que ele poderia falar, o que ele anda ouvindo sobre mim”, segue Sávia.

Gritando, o parlamentar que, explica a jornalista, já havia entrado no carro, então sai e a segue pelo estacionamento, até que é impedido por outro vereador. Sávia conta que temeu sofrer uma agressão física. 

“Ele ficou gritando coisas, como ‘não faça eu perder o respeito que eu tenho por você’, e me chamando de mentirosa. E por incrível que pareça ele desceu do carro e veio atrás de mim. O vereador que eu estava entrevistando é testemunha. Realmente fiquei com medo, de sofrer uma agressão física, e saí andando pra ir embora, e ele veio atrás de mim. E o vereador chamou ele, segurou ele. Enfim, não sei o que poderia ter acontecido”, segue.

O print de uma mensagem encaminhada pelo outro parlamentar que viu a cena foi postado pela jornalista. Nas mensagens, ele pede “desculpa em nome da classe”.

Sávia informou ainda que a direção da Rede Meio Norte vai tomar as medidas cabíveis contra o vereador. “Hoje eu vivi uma experiência como mulher, como jornalista, como profissional da imprensa que eu não desejo pra ninguém. Então, o meu objetivo é denunciar para poder alertar e conscientizar o máximo de pessoas”, explica.

Na sequência, ela postou vídeo gravado logo após o fim do programa ao vivo, chorando bastante. “Desabei. Gravei o vídeo para que eu lembre a mim mesma que esse dia existiu, e o que eu vou fazer a partir dele”, escreveu na publicação.

 

Comentários