Teria recebido R$ 200 mil -

Estou tranquilo, diz Silas Freire sobre nome na lista entregue por delator da JBS

O deputado federal Silas Freire comentou que os R$ 200 mil que recebeu da JBS foram de fato pagos aos Partido da Republica, ao qual era filiado.

"Estou tranquilo", disse em seu programa na Rede Meio Norte, na edição desta terça-feira (23/05).

Através da assessoria, quis esclarecer que a doação consta na declaração fiscal da empresa, e que suas contas de campanha foram aprovadas pelo TRE.

E critica o PR, ao dizer que a legenda "poderia ter melhor triagem para não expor seus filiados, portanto, lamenta e repudia a falta de critérios nesta captação dos recursos".

Silas foi recentemente expulso do PR.

O parlamentar é um dos piauienses que aparece na relação entregue por Ricardo Saud, diretor da J&F. Segundo o executivo, a empresa financiou mais de 1.800 campanhas nas eleições de 2014.

- Clique e veja os nomes dos piauienses que aparecem na lista

*Ampliada às 15h24

Fonte: None

Comentários