Política

Suspeitas de Corrupção · 26/10/2020 - 17h05 | Última atualização em 26/10/2020 - 17h53

Denúncia encaminhada à Polícia Federal atinge mulher e sogra do deputado estadual Fábio Xavier

Ambas teriam recebido valores do Fundo Partidário advindos de suposta candidata "fantasma" ao posto de deputada nas eleições de 2018 


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

________________

- Blog Bastidores teve acesso à denúncia anônima encaminhada ao MPF

__________________________________________________________

_O deputado, a sogra e a esposa (Imagem: Divulgação)
_O deputado, a sogra e a esposa (Imagem: Divulgação) 

A denúncia anônima encaminhada ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal sobre o caso envolvendo a candidata a deputada estadual supostamente "fantasma" nas eleições de 2018 pelo PR (hoje PL) Tamires Vasconcelos acusa a mulher e a sogra do deputado estadual Fábio Xavier de recebimento ilegal de recursos oriundos do Fundo Partidário destinados a uma candidata laranja, que não teria, portanto, feito campanha.

O Blog Bastidores, do 180, teve acesso à íntegra da denúncia, que contém 27 páginas e é bem detalhista.

Segundo as informações, que são alvo de investigação da Polícia Federal a pedido do Ministério Público Federal, Gláucia Xavier, mulher do deputado estadual licenciado, recebeu R$ 50.000,00 de Tamires Vasconcelos. Já Maria das Graças de Sousa Santos, sogra do parlamentar, recebeu R$ 40.000,00.

"TUDO EM FAMÍLIA"

_ (Imagem: Can@l 121)
_ Gláucia Xavier em ato político em 2017 (Foto: Can@l 121) 

O - ou a - denunciante chama atenção para "o fato de tudo estar em família" e destaca que a esposa do parlamentar, Gláucia Sousa Santos, "proprietária da empresa  "Shop Festa", não tem em seu CNPJ competências para prestar serviços gráficos". 

"Por fim", continua, "nota-se que sua sogra [do parlamentar] Maria Das Graças de Sousa, foi quem locou os veículos para ambas as campanhas [tanto de Fábio Xavier, quanto de Tamires]". 

Dados reportados na denúncia são de acesso público.

"GASTOS SUSPEITOS"

Sobre a candidata supostamente laranja Tamires Vasconcelos - chamada de "fantasma" - a denúncia diz que ela recebeu R$ 370.700,00 sem realizar campanha, mesmo assim gastou R$ 369.912,55, obtendo somente 41 votos, "que obviamente foram dados por aqueles que participaram do esquema".

Outros gastos apontados como suspeitos são os com relação a R$ 191.900,00 "somente em publicidade".

"Em consulta às redes sociais da 'Candidata Fantasma', constatou-se que não havia qualquer tipo de propaganda ou movimentação eleitoral (...). Não existe uma única rede social para divulgação da campanha?", indaga, de forma retórica.

A defesa de Fábio Xavier vem sustentando que a denúncia é anônima e que por isso seria frágil, não merecendo prosperar o inquérito que apura os fatos narrados.

A Polícia Federal, ao instaurar o inquérito, sustentou que haveria a suspeita de múltiplos crimes e o envolvimento de mais pessoas. 

MATÉRIAS RELACIONADAS:__________________________

- Deputado Fábio Xavier contratou algumas das mesmas empresas de candidata supostamente laranja. Veja!

- Suposta candidata laranja do PR gastou só de combustível R$ 50 mil e teve três motoristas


Comentários