Política

Auxílio Brasil · 04/11/2021 - 09h34 | Última atualização em 04/11/2021 - 09h45

Ciro alfineta: "nunca pensei que veria o PT votar contra um auxílio aos 20 milhões de brasileiros"

Veja quem da bancada do Piauí votou contrário e favorável à PEC dos Precatórios, que abre espaço fiscal para pagamento de auxílio de R$ 400,00


Compartilhar Tweet 1



Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

"VERGONHA ALHEIA"

O ministro-chefe da Casa Civil Ciro Nogueira alfinetou o Partido dos Trabalhadores e os seus membros parlamentares da Câmara dos Deputados que votaram contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. 

"Nunca pensei que chegaria o dia em que veria o PT votar contra um auxílio aos 20 milhões de brasileiros vítimas da fome. Vergonha alheia", disse, em publicação no Twitter. 

A Câmara aprovou na madrugada desta quinta-feira (04) em votação em primeiro turno a PEC que prevê auxílio de R$ 400,00, o chamado Auxílio Brasil - programa social que substituirá o Bolsa Família. A proposta abre espaço fiscal de R$ 91,6 bilhões.

O resultado da votação foi de 312 votos a favor e 144 contrários, em meio a um quórum de 456 parlamentares. 

A orientação da bancada do PT era votar não à proposta. 

BANCADA DO PIAUÍ

Do Piauí, 9 dos 10 parlamentares votaram. Os petistas Merlong Solano e Rejane Dias foram contra a PEC. 

Todos os demais votantes foram favoráveis. 

O deputado Marcos Aurélio Sampaio não estava presente à votação.

_Imagem: Reprodução
_Imagem: Reprodução 

 

Comentários