Veja ainda a Intenção de voto · 23/02/2020 - 00h01

Credibilidade/Cocal-PI: Prefeito Rubens Vieira tem gestão aprovada por 72%


Compartilhar Tweet 1



O blog Pesquisa Eleitoral do 180graus traz, neste domingo (23/02), os números da nova pesquisa Credibilidade realizada no município de Cocal, a 268 quilômetros de Teresina. Além do clima da pré-campanha para as Eleições 2020, o levantamento traz ainda os números da gestão de Rubens Vieira, cujo trabalho à frente da prefeitura tem aprovação de 72,29% dos entrevistados pelo instituto.

Apenas 18% responderam que não aprovam e outros 9,71% não souberam ou não quiseram opinar.

Aprovação que reflete na capacidade de Rubens para transferência de voto. Dos eleitores ouvidos pelo Credibilidade, 54,57% disse votar em um candidato apoiado pelo atual prefeito. Para 16,86%, depende do candidato. 18,86% disse que não votaria, e 9,71% não soube ou não quis opinar.

Rubens é ainda apontado como a maior liderança política de Cocal. No levantamento espontâneo, 66% apontou o nome do prefeito. Como lideranças, foram mencionados ainda os nomes de Dr. Cristiano (8,29%), Monção (1,43%), Nonatim do Sindicato (1,14%), Adriana Luísa (0,29%) e Zé Maria (0,29%). Os que não souberam ou não quiseram opinar somam 22,57%.

Intenção de voto

O atual vice-prefeito de Cocal, Nonatim do Sindicato, foi o nome mais citado na pesquisa espontânea de intenção de voto para prefeito, em 2020. Foi mencionado por 57,14% dos entrevistados. Mencionados ainda Dr. Cristiano (16,57%), Gilson da Serraria (1,14%) e Elizeu Veras (0,29%). Indecisos somam 24,86%.

Nonatim também lidera na estimulada, com 62,86% de intenção de voto. Dr. Cristiano fica em segundo, com 19,14%. Gilson da Serraria tem 1,71%. Elizeu Veras não pontuou. Indecisos somam 12,29% e os que responderam nenhum/nulo/branco, 4%.

Dados da pesquisa

A pesquisa Credibilidade em Cocal foi realizada nos dias 15 e 16 de fevereiro, ouvindo 350 eleitores. Está registrada no Tribunal Regional Eleitoral com o número PI-03052/2020. Tem margem de erro de 5,2% para mais ou para menos, e nível de confiança de 95%.


Comentários