Corpo em calçada · 06/04/2021 - 16h55 | Última atualização em 06/04/2021 - 21h47

Ex-prefeito Firmino Filho morre após queda de prédio na Zona Leste de Teresina


Compartilhar Tweet 1



O ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), de 57 anos, morreu após cair do prédio Manhattan River Center, localizado na Zona Leste de Teresina, na tarde desta terça-feira (06/04).

Às 15h59 o 180 recebeu a primeira notificação de que alguém havia caído do prédio, possivelmente o ex-prefeito, informação confirmada minutos depois.

Seu corpo ficou na calçada até a realização da perícia. A filha de Firmino, Bárbara Silveira, esteve no local e mesmo bastante abalada, fez o reconhecimento do corpo.

O ex-prefeito estava em uma sala de reuniões do Tribunal de Contas da União, onde trabalhava, que fica localizada no 14º andar do Manhattan River Center, quando foi encontrado na calçada. Firmino era funcionário do órgão.

O ex-prefeito deixa esposa, a deputada estadual Lucy Soares, e três filhos: Bruno Silveira Soares, Bárbara Soares e Cristina Soares.

Políticos e amigos estiveram no prédio acompanhando o trabalho da perícia, como o ex-secretário de Educação Kleber Montezuma, o ex-secretário de Governo Fernando Said, o vereador Evandro Hidd, o vereador Edson Melo,  a jornalista Samantha Cavalca, entre outros.

História de Firmino Filho
Firmino da Silveira Soares Filho nasceu em Teresina no dia 16 de dezembro de  1963. Era formado em Economia pela Universidade Federal de Pernambuco e obteve mestrado na Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. também foi funcionário concursado do TCU e professor da Universidade Federal do Piauí.

Foi prefeito de Teresina entre 1997 a 2004, nos dois primeiros mandatos, sendo eleito novamente em 2012, conquistando a reeleição. Deixou a prefeitura em 31 de dezembro de 2020.

Iniciou-se na vida pública aos 30 anos de idade, em 1993, oportunidade em que foi convidado pelo ex-prefeito de Teresina, Wall Ferraz, para dirigir a Secretaria Municipal de Finanças. 

Eleito presidente do diretório municipal do PSDB, renunciou ao cargo de secretário do município em 1996, para concorrer e ser eleito um dos mais jovens prefeitos de capitais do país, derrotando, em segundo turno, Alberto Silva do PMDB, considerado uma espécie de mito da política piauiense.

O jovem prefeito recebeu o prêmio de "Prefeito Criança", concedido pelo UNICEF - Fundo das Nações Unidas para a Infância e Fundação Abrinq - Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente. O prêmio foi entregue pelas mãos da cantora Daniela Mercury, embaixadora do UNICEF, em 1999.

Dois anos após deixar o cargo de prefeito da capital, em 2006, candidata-se a Governador do Piauí pela Coligação Piauí Daqui Pra Frente, sendo derrotado numa disputa definida em primeiro turno, tendo como vitorioso daquele pleito o petista Wellington Dias.

Em 2008, inicia um projeto político onde começa eleito vereador de Teresina pela primeira vez. Com votação recorde em números absolutos - cerca de 20 mil votos - atinge uma das maiores vitórias proporcionais até hoje. Não chegou a assumir o mandato de vereador, pois foi nomeado Presidente da Fundação Municipal de Saúde de Teresina, pelo prefeito reeleito Silvio Mendes, pertencente ao mesmo grupo político.

Foi eleito deputado estadual do Piauí, em 2010, com 47.634 votos, tendo obtido 80% deles oriundos somente da capital.

Dr Pessoa manifesta pesar

O prefeito de Teresina, doutor Pessoa decreta luto oficial de três dias em virtude da morte do ex-prefeito Firmino da Silveira Soares Filho. O prefeito cancelou a agenda administrativa para o resto da semana.

Doutor Pessoa reconhece os relevantes serviços prestados pelo ex-prefeito à frente do poder executivo municipal.

O prefeito de Teresina manifesta solidariedade à família enlutada. À esposa, deputada estadual Lucy Soares e aos filhos: Bárbara, Cristina e Bruno, doutor Pessoa manifesta seu pesar.

Câmara emite nota de pesar

O presidente da Câmara Municipal de Teresina, Jeová Alencar, em nome de todos os parlamentares e servidores do Poder Legislativo, lamentou através de nota, o falecimento do ex-prefeito de Teresina, Firmino da Silveira Soares Filho, que morreu na tarde desta terça-feira (06).

Jeová Alencar, reconhece o papel desempenhado pelo ex-prefeito Firmino Filho à frente do Poder Executivo durante o seu mandato, realçando sua atuação no período em que atuou no município.

“É com muita tristeza que recebemos a notícia da morte desse grande gestor. Quero aqui estender o meu sentimento e respeito a toda a família enlutada”, disse o presidente da Câmara Municipal.

Governo do Piauí manifesta pesar

O governador Wellington Dias manifesta seu profundo pesar e, em nome do Governo do Estado, decreta luto oficial de três dias, a partir desta terça-feira (6), em decorrência do falecimento do ex-prefeito de Teresina, Firmino Filho.

Economista, Firmino da Silveira Soares Filho, foi secretário municipal e eleito como chefe do executivo da capital piauiense por quatro mandatos, além de deputado estadual. As gestões de Firmino Filho foram marcadas sempre pelo diálogo urbano e cordial com os governos estadual e federal, firmando diversas parcerias administrativas com os dois entes federativos. Em 2020, último ano do seu mais recente mandato, mostrou-se um grande defensor de medidas para a contenção da Covid-19, sempre embasado em parâmetros científicos. Firmino era casado com a deputada estadual Lucy Soares e deixa três filhos.

Neste momento de dor, o governador Wellington Dias, em nome do Governo do Estado do Piauí, expressa as mais sinceras condolências à família, aos amigos e aos teresinenses por essa imensurável perda.



O CVV (Centro de Valorização da Vida) realiza apoio emocional, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias: Disque 188. Clique aqui e saiba mais!

Comentários