Apresentar para as escolas -

Seduc alinha expansão do Programa de Aprendizagem Profissional para estudantes

Com o objetivo de apresentar para as escolas habilitadas no Programa de Aprendizagem Profissional, o Jovem Aprendiz, os parâmetros para a implementação das parcerias, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realizou na ultima sexta-feira (25/11) uma reunião com gestores de seis Centros Estaduais de Educação Profissional (CEEPs). O encontro ocorreu na Escola Fazendária e contou com a participação do auditor fiscal do Trabalho, Leonardo Araújo.
 

O superintendente de Educação Técnica e Profissional e Educação de Jovens e Adultos da Seduc, José Barros Sobrinho, destaca que a reunião faz parte da expansão do Programa de Aprendizagem Profissional para mais escolas da rede estadual.

“Esse programa é uma das maiores políticas públicas de inserção dos jovens no mercado de trabalho do país, oportunizando o primeiro emprego. O Piauí já tem hoje uma escola referência no programa, o CEEP José Pacífico, que oferta a aprendizagem profissional. Então, pretendemos expandir para mais cinco escolas nesse momento, localizadas em Teresina, Parnaíba e União”, frisa o superintendente.

A diretora da Unidade de Educação Técnica e Profissional da Seduc, Adriana Moura, enfatiza que o Programa de Aprendizagem é uma iniciativa da Seduc, por meio da Superintendência de Educação Técnica e Profissional e de Educação de Jovens e Adultos-Suetpeja/UETEP  com o apoio do Itaú-Educação e Trabalho e a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

“No Encontro tivemos uma visão sobre  a legislação que norteia o Programa, quais os requisitos para participação das empresas, como instituições formadoras e também como acontece o cadastro das instituições envolvidas. Vale ressaltar que esse momento também serviu para analisar quais parceiros disponíveis no mercado; Como fazer contato com esses parceiros, para introduzir os jovens no mercado de trabalho e demonstrar o real significado da Educação Profissionalizante. Como gestora desta Unidade, sinto-me muito honrada com a possibilidade de oportunizar para os jovens da nossa Rede inserção no mundo do trabalho”, completa a diretora.

Foto: GOVERNO DO PIAUÍ

A técnica da Suetpeja, Heline Silva Santos, relata que o programa alia teoria à prática com a parceria de empresas que, obedecendo um preceito legal, recebem os estudantes para a aprendizagem profissional e assim tornar o ensino ainda mais atrativo. “O Programa de Aprendizagem Profissional faz com que esse jovem possa ter a sua vivência profissional concretizada. Essa oportunidade é uma política completa, porque oportuniza aprendizagem profissional e a vivência dessa aprendizagem na prática, por meio de um trabalho que é protegido por lei, pelas leis trabalhistas, onde o aluno recebe um salário, então ele tem a oportunidade de vivenciar na prática o que ele aprende na teoria. É o conjunto perfeito para proporcionar uma educação profissional de qualidade”, diz.

O auditor fiscal do Trabalho, Leonardo Araújo participou com explanações sobre aprendizagem profissional, as obrigações da entidade formadora e da empresa que vai contratar os jovens aprendizes, trazendo todo um panorama para as escolas sobre o Programa de Aprendizagem Profissional.

Foto: GOVERNO DO PIAUÍ

No CEEP José Pacífico, os estudantes recebem a oferta de aprendizagem em áreas como Informática, Manutenção Automotiva, Segurança do Trabalho e Edificações.A expansão beneficia as escolas CEEP Monsenhor José Luis Barbosa Cortez (Premen Sul), Liceu Parnaibano, CEEP João Mendes Olímpio de Melo (Premen Norte), Unidade Escolar Filinto Rego e Unidade Escolar Governador João Clímaco DAlmeida. E os cursos técnicos de Análises Clínicas, Enfermagem, Farmácia, Administração, Comércio, Administração, Farmácia e Administração.

PostMídia: (86) 9 9547-8622

Fonte: Governo do Piauí

Comentários