Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 961 casos confirmados e sete mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais 13 óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta terça-feira (15/06).

Dos 961 casos confirmados da doença 523 são mulheres e 438 são homens, com idades  entre um e 94 anos. 

Três mulheres e quatro homens não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram das cidades de Amarante (55 anos), Ribeiro Gonçalves (36 anos) e Teresina ( 71 anos).

Os do sexo masculino eram naturais de Altos (51 anos), Beneditinos (32 anos), Picos (37 anos) e Teresina (45 anos).

Dos óbitos acumulados os homens sete eram de Teresina (45, 55, 61, 62, 74, 80 e 82 anos). Já as seis mulheres eram de Luzilândia (93 anos), Nossa Senhora de Nazaré ( 68 anos), Paes Landim (70 anos), Parnaíba (55 anos), Piripiri (54 anos) e Teresina (69 anos).

Os casos confirmados no estado somam 286.605 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.283 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  785 ocupados, sendo 463 leitos clínicos, 305 UTIs e 17 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.595 até o dia 15 de junho de 2021.

A Sesapi estima que 279.537 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O presidente da Câmara Municipal de Bom Jesus/PI, Odair José (PP), e o vereador Manoel Potonho (PT), de Currais/PI, estão internados em UTI's de hospitais de Teresina, após serem acometidos pela Covid-19 e seus quadros clínicos terem se agravado. As informações são do Portal B1.

Ambos foram transferidos para capital na última sexta-feira (11/06). Manoel Potonho está internado no Hospital da Polícia Militar do Piauí e Odair no Hospital São Marcos.

    Reprodução

O parlamentar curralense foi intubado na tarde desta segunda-feira (14/06) após apresentar uma piora. Até então, Manoel vinha reagindo bem ao tratamento e seu quadro era estável. 

Odair José também vinha reagindo bem ao tratamento e havia a expectativa de que ele recebesse alta nos próximos dias. No entanto, o vereador precisou ser intubado na manhã desta terça-feira (15/06).

A situação está se agravando bastante na região de Bom Jesus, o número de casos e internações não param de crescer. Somente em Bom Jesus há 147 casos ativos da doença. O Hospital Regional Manoel de Sousa Santos está lotado e há pacientes na fila de espera por um leito.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A professora Francisnália Carvalho, raspou todo seu cabelo como um gesto de gratidão pelo restabelecimento da saúde do seu irmão, José Alberto dos Santos Carvalho de 39 anos, que venceu a Covid-19 após ter 50% dos pulmões comprometidos devido a doença. As informações são do Cidades na Net.

Durante conversa, a professora destacou que a promessa foi feita em um momento difícil, mas que ela tinha fé que seu irmão iria se recuperar da doença. “Foi uma promessa em um momento difícil vivido, a internação do meu irmão na UTI com a Covid com mais de 50% dos pulmões comprometidos”, assegurou.

Francisnália Carvalho raspou todo o seu cabelo na tarde desta segunda-feira, 14 de junho, no salão do cabelereiro Júllio Brunno. Segundo ela, mesmo sendo vaidosa, o único sentimento é de gratidão pela recuperação do seu irmão.

“No início achei que sentiria algum sentimento de vaidade, MAS NÃO, no ato de raspar a cabeça no dia 14 de junho de 2021 só senti alegria e gratidão por ter alcançado a graça de ter meu irmão novamente. Foi um momento de muita fé e alegria”, frisou a professora.

De acordo com a professora, sua família não esperava o gesto, mas que todos ficaram muito surpresos e felizes em saber que o propósito da sua promessa havia sido alcançado.

“Minha família não esperava, eu não havia falado pra ninguém, eu era muito vaidosa com o meu cabelo, então acho que eles nem imaginavam, a família ficou surpresa mas muito feliz em saber que foi por um propósito alcançado, o meu irmão se emocionou bastante”, pontuou.

Ao visitar o seu irmão, a professora relatou que ele não acreditava, mas que agradeceu pelo gesto de fé e amor. “Fui visitá-lo sem dizer nada, ao chegar até ele, ele ficou alguns minutos olhando sem acreditar, ficou surpreso, feliz, por ali ele sabia q tinha sido pela fé e por amor a ele. Me agradeceu e se emocionou”, afirmou.

O advogado José Alberto dos Santos Carvalho chegou a ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e hoje está curado do vírus.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O prefeito de São João da Canabrava, Elson Silva, baixou nesta segunda-feira (14/06), um novo decreto que estabelece “Lockdown Total”, ou seja, paralisação de todas as atividades no município pelo prazo de 6 dias. As informações são do Canabrava News

Segundo o Decreto, as atividades essenciais como farmácias, supermercados e mercearias, devem funcionar a partir de hoje em regime de delivery;

Os demais serviços considerados essenciais como padarias, lanchonetes, pontos de açaí, lotéricas, correspondentes bancários ficarão fechados. 

Postos de combustíveis permaneceram abertos, suspensão do transporte alternativo de passageiros, toque de recolher a partir das 18h às 5h. A feira livre permanece suspensa.

Fica vedado a circulação de pessoa no horário de 23h às 5h de segunda a quinta-feira, a circulação de pessoas em espaços e vias públicas ou privadas equiparadas a vias públicas, com ressalva para deslocamentos de extrema necessidade.

As unidades de saúde para atendimento médico de urgência ou deslocamento para fins de assistência veterinária ou no caso de necessidade de atendimento presencial; as unidades policial e judiciária; Entrega de bens essências a pessoas do grupo de risco.

Segundo boletim epidemiológico divulgado hoje à noite, o município tem 395 casos positivos e 70 casos ativos de covid-19. Duas pessoas estão internadas tratando da doença. Esse é o pior momento da pandemia em São João da Canabrava.

Festejo reduzido e sem presença de fiéis

Nesta tarde a Paróquia de São João Batista divulgou uma nota sobre a Realização dos Festejos de São João Batista, padroeiro de São João da Canabrava. Por causa do momento crítico que atravessa o município a Festa foi reduzida e será realizada de 21 a 24 de junho sem a presença dos fiéis. Celebrações serão transmitidas pelas redes sociais.

 

Comentar
Estava internado em São Paulo · 15/06/2021 - 11h35

Empresário e ex-deputado Ari Magalhães morre por complicações da Covid-19


Compartilhar Tweet 1



Faleceu nesta terça-feira (15/06), por complicações da Covid-19, o empresário, industrial e ex-deputado federal Ari Magalhães, aos 92 anos.

Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o começo do mês de maio e não resistiu às complicações da doença.

O corpo será transladado para o Piauí, onde ocorrerá o sepultamento.

Biografia
José Arimateia Martins Magalhães nasceu em Oeiras no dia 11 de outubro de 1928.

 Trabalhou junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em Teresina como auxiliar censitário e ainda na capital piauiense foi escriturário do Banco do Brasil, sendo transferido para Floriano e Picos. 

Em Fortaleza foi fiscal do Instituto de Aposentadorias e Pensões dos Industriários e esteve a serviço da Receita Federal como agente fiscal em Goiás, Mato Grosso, Piauí e São Paulo.

No Piauí, estabeleceu-se como proprietário da Companhia Agroindustrial Vale do Parnaíba (Comvap) em União, que hoje pertence a outro grupo, e foi secretário de Fazenda no governo Lucídio Portela, cargo do qual se afastou para pleitear a indicação como candidato do PDS ao Palácio de Karnak em 1982, sendo preterido por Hugo Napoleão. 
Membro do PFL após a Nova República, saiu da legenda e foi eleito para deputado federal pelo PPR em 1994. Com a extinção do seu partido migrou para o PPB e foi candidato a senador em 1998, mas ficou em quarto lugar num pleito vencido por Alberto Silva. Posteriormente integrado ao PMDB, colheu nova derrota ao buscar um mandato de senador em 2006 quando estava aliado a Mão Santa.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Até o momento, 82% dos indígenas atendidos pela Secretaria de Saúde Indígena do Ministério da Saúde (Sesai) receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19. Já a segunda dose do imunizante foi aplicada em 71% desse público.

O balanço foi divulgado hoje pelo Ministério. Segundo a pasta, a Sesai é responsável por atender com serviços de saúde 755 mil indígenas de mais de seis mil aldeias. Do orçamento de R$ 1,5 bilhão da SESAI, R$ 76 milhões foram gastos no combate à pandemia.

Conforme o comunicado, o órgão fez 20 missões interministeriais em aldeias, que resultaram em 60 mil atendimentos. De acordo com o Ministério da Saúde, foram disponibilizados 6,6 milhões de insumos, entre testes para a covid-19, medicamentos e equipamentos de proteção individual (EPIs).

Decisão do STF

Em julho do ano passado, o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso deu decisão determinando que o governo federal adotasse medidas mais efetivas para proteger os indígenas e que desenvolvesse um Plano de Enfrentamento da Covid-19 para os Povos Indígenas Brasileiros, a ser elaborado com a participação das comunidades e do Conselho Nacional de Direitos Humanos.

O ministro determinou que as ações de saúde indígena também atendessem às demandas de indígenas não aldeados. Contudo, no balanço da Secretaria o órgão afirma que a responsabilidade é de estados e municípios.

“Em relação aos indígenas que vivem no contexto urbano, conforme legislação vigente, cabe aos estados e municípios o atendimento dessas pessoas. Atualmente, mais de 180 mil indígenas que vivem em contexto urbano, e que estão sob responsabilidade dos demais entes da federação, já estão cadastrados no Programa Previne Brasil”, diz o texto.

 


Fonte: Agência Brasil
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 608 casos confirmados e 14 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais 11 óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta segunda-feira (14/06).

Dos 608 casos confirmados da doença 329 são mulheres e 279 são homens, com idades  entre um e 96 anos. 

Cinco homens e nove mulheres foram vítimas da Covid-19. Eles eram de Elesbão Veloso (41 anos), Luzilândia (75 anos), Pedro II ( 65 anos) Regeneração (32 anos) e Uruçuí (81 anos). 

    Divulgação / Sesapi

As do sexo feminino eram naturais de Anísio de Abreu (40 anos), Gilbués (18 anos), Parnaíba (53, 61 e 63 anos), São Pedro do Piauí (55 anos) Teresina (57 e 38 anos) e Várzea Branca (70 anos).

Dos óbitos acumulados as quatro mulheres eram de Teresina ( 55, 61 e 89 anos) e União (34 anos). Os sete homens eram das cidades de Colônia do Piauí (74 anos), Cristino Castro (86 anos), Floriano (57 anos) Luzilândia (84 anos) e Teresina (56, 58 e 87 anos). 

Os casos confirmados no estado somam 285.644 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.265 e foram registrados em 222 municípios.

    Divulgação / Sesapi
    Divulgação / Sesapi

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  820 ocupados, sendo 476 leitos clínicos, 325 UTIs e 19 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.512 até o dia 14 de junho de 2021.

A Sesapi estima que 278.559 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

    Divulgação / Sesapi
    Divulgação / Sesapi

 

Comentar
23ª Semana Epidemiológica · 14/06/2021 - 17h05 | Última atualização em 14/06/2021 - 19h07

Casos de Covid-19 caíram 19% em Teresina


Compartilhar Tweet 1



Teresina está com índices em quedas relativas à Covid-19 na 23ª Semana Epidemiológica, de 6 a 12 deste junho, em relação à 22ª Semana Epidemiológica de 30/05 a 5/6. Conforme os indicadores, caíram em 24% os casos de síndromes gripais e em 19% os casos confirmados de Covid-19 em Teresina.

As internações por síndrome respiratória grave caíram 19%, os óbitos em 18% e permaneceram estáveis em 24% as solicitações do exame RT-PCR para diagnosticar casos de Covid-19.

Esses dados são do Comitê de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina analisados com base nos atendimentos realizados em Teresina. Em relação à média móvel de sete dias, a taxa de transmissão com o R0 (transmissibilidade do agente infeccioso) dos casos confirmados foi de 0,89, na 22ª semana epidemiológica, e caiu para 0,78 na 23ª semana. No caso do R0 atendimentos por síndromes gripais a queda foi de 0,95 para 0,81 no mesmo período.

O infectologista e coordenador médico do COE, Walfrido Salmito, analisa que essas reduções são provocadas por vários aspectos como a quantidade de pessoas que já se vacinaram e a quantidade de infectados. “Diante de uma boa notícia de redução de casos, internações e óbitos é preciso manter cautela e todas as medidas de prevenção evitando aglomeração, uso da máscara facial e higienização das mãos”.

O médico alerta que a Covid-19 é uma doença imprevisível e possível de ter outra onda e que toda cautela é necessária.

 


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Teresina notificou 63 novos casos de Covid-19 no domingo (13/06) e 11 mortes.

Os dados são do boletim epidemiológico, atualizado diariamente pela Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Agora, a capital totaliza 97.700 casos, 2.416 óbitos e 87.930 recuperados do novo coronavírus.

 

Comentar
Casos em estabilidade · 13/06/2021 - 18h49 | Última atualização em 14/06/2021 - 13h32

Covid-19 mata oito pessoas e Piauí registra 254 casos da doença em 24h


Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 254 casos confirmados e oito mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais 10 óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite deste domingo (13/06).

Dos 254 casos confirmados da doença 150 são mulheres e 104 são homens, com idades entre um e 85 anos.  

Cinco homens e três mulheres não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram de Canto do Buriti (38 anos), Luzilândia (63 anos) e Piracuruca (42 anos). Já os homens eram de Brasileira (55 anos), Floriano (41 anos), Parnaíba (57 e 68 anos) e Teresina (88 anos).

Dos óbitos acumulados as duas mulheres eram de Parnaíba (69 anos) e Teresina (67 anos). Já os oito homens eram de Brasileira (78 anos), Guadalupe (52 anos), Monsenhor Gil (94 anos), São Miguel da Baixa Grande (69 anos) e Teresina (56, 64, 68 e 70 anos).

Os casos confirmados no estado somam 285.036 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.240 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  816 ocupados, sendo 479 leitos clínicos, 312 UTIs e 25 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.459 até o dia 13 de junho de 2021.

A Sesapi estima que 277.980 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O ex-presidente do Banco Central Carlos Langoni morreu na manhã deste domingo (13/06), aos 76 anos, em decorrência de complicações da Covid-19. O economista estava internado desde dezembro na UTI do hospital Copa Star, no Rio de Janeiro.

Langoni nasceu em 23 de julho de 1944, em Nova Friburgo (RJ). Próximo do ministro Paulo Guedes (Economia), ele foi o primeiro brasileiro a se formar em economia na Universidade de Chicago, em 1970.

Também é autor de um dos mais importantes estudos sobre a desigualdade de renda no Brasil, publicado em 1973, durante o governo Médici, em plena ditadura militar.

O economista foi presidente do Banco Central de 1980 a 1983, na presidência de João Figueiredo, última da ditadura. Recentemente, era diretor do Centro de Economia Mundial da FGV (Fundação Getulio Vargas).

Langoni apresentou a Guedes a ideia de um "choque de energia barata", que poderia diminuir o preço do gás à metade. Para isso, ele propunha reduzir a concentração do mercado, dominado pela Petrobras.

Em entrevista à Folha em abril de 2019, Langoni afirmou que a oferta da energia barata do gás natural poderia tornar as empresas brasileiras mais competitivas no mercado internacional e gerar uma nova revolução industrial no Brasil.

"A Petrobras praticamente controla a totalidade de oferta. Na distribuição, a Constituição vem sendo interpretada, na minha opinião de forma equivocada, e cria monopólios também na distribuição nos estados. O setor é um caso absurdamente clássico de sobreposição de monopólios, que precisa ser revisto", disse na entrevista.

Guedes lamentou a morte do colega.

"Carlos Langoni sempre foi um otimista, um brasileiro construtivo, um homem com espírito público. Foi o primeiro economista a estudar com seriedade a questão do capital humano, a mostrar como as desigualdades nas oportunidades educacionais se transformam em desigualdades econômicas e sociais, chamando a atenção para a importância de políticas públicas na área. Mais recentemente, foi essencial na formulação do novo marco legal do gás. Foi o autor intelectual do choque da energia barata, defendendo a importância da quebra de monopólios, oligopólios e cartéis para viabilizar a redução de preço na geração e distribuição da energia para fortalecer a indústria. É uma grande perda para o país. Meus sentimentos à família", afirmou o ministro.

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, afirmou em seu perfil do Twitter que Langoni foi um economista brilhante e uma "referência em estudos sobre capital humano, desigualdade e recentemente energia".

Claudia Costin, diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da FGV, destacou que Langoni foi "pioneiro nos debates sobre capital humano e desigualdade". Bruno Ottoni, professor da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), escreveu: " Mais uma vítima da Covid-19. Uma pena".



 

Comentar
34º óbitos na cidade · 13/06/2021 - 11h36

Irmão de vereador de 35 anos morre de Covid-19 no Sul do Piauí


Compartilhar Tweet 1



O irmão do vereador Clécio Batista, Francismar Batista de Araújo, de 35 anos, morreu na  tarde desse sábado (12/06), vítima de Covid-19, em Bom Jesus, Sul do Piauí. As informações são o Portal B1.

A vítima estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Manoel de Sousa Santos, de Bom Jesus. Esta é a 34ª morte causada pela doença na cidade.

 

Comentar
A vítima tinha 55 anos · 13/06/2021 - 07h55

Sargento da Polícia Militar morre de Covid-19 em Teresina


Compartilhar Tweet 1



O segundo sargento Diolando Amorim Oliveira, de 55 anos, morreu na manhã desse sábado (12/06), vítima de Covid-19, no Hospital de Polícia Militar, em Teresina. 

Amorim ingressou na Corporação em 1987 e atualmente era lotado no 17º Batalhão, na capital. O Centro de Assistência Integral à Saúde da PMPI está prestando apoio à família enlutada.

O Comando-Geral e toda a família policial militar prestam solidariedade aos familiares e amigos; e rogam para que Deus conforte o coração de todos diante de irreparável perda.

O velório aconteceu a partir das 13h na Pax União, localizada na Av. Miguel Rosa, Teresina-PI, e o sepultamento ocorreu por volta das 16h, no cemitério do bairro Santa Maria. 

    Divulgação

Veja nota na íntegra:

Nota de Pesar: 2º Sargento Diolando Amorim Oliveira

É com imenso pesar, que a Polícia Militar do Piauí informa o falecimento do 2º Sargento Diolando Amorim Oliveira, na manhã deste sábado (12), vítima de complicações causada pela Covid-19, no Hospital da Polícia Militar, onde estava internado. O velório acontecerá a partir das 13h na Pax União, localizada na Av. Miguel Rosa, Teresina-PI, e o sepultamento ocorrerá por volta das 16h, no cemitério do bairro Santa Maria. 

O 2º Sargento D. Amorim, 55 anos, ingressou na Corporação em 1987 e atualmente era lotado no 17º Batalhão, na Capital. O Centro de Assistência Integral à Saúde da PMPI está prestando apoio à família enlutada. O Comando-Geral e toda a família policial militar prestam solidariedade aos familiares e amigos; e rogam para que Deus conforte o coração de todos diante de irreparável perda.

 

Comentar
O Brasil ocupou a 2ª colocação · 12/06/2021 - 19h42

Casos de covid-19 crescem 3% e mortes caem 11%


Compartilhar Tweet 1



Os novos casos de Covid-19 continuam aumentando, dentro da margem de estabilidade. É o que mostra o novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, que analisa a Semana Epidemiológica (SE) 22, de 30 de maio a 5 de junho.

O total de novos casos registrados no período marcou aumento de 3% sobre a semana anterior. Na Semana Epidemiológica 22 foram confirmados 435.825 novos casos, contra 424.161 na semana anterior. A média móvel de casos (total no período dividido por sete dias) ficou em 62.261.

O resultado da SE 22 mostra uma retomada do crescimento da curva de casos após uma queda na semana anterior. A redução dos novos diagnósticos positivos de Covid-19 foi iniciada em março, com um aumento na SE 13.  

Os boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde sobre o Coronavírus reúnem a avaliação da pasta sobre a evolução da pandemia, considerando as semanas epidemiológicas, tipo de mediação empregada por autoridades de saúde para essas situações. A semana epidemiológica é um recorte temporal adotado por autoridades de saúde para analisar esses movimentos.

Já as novas mortes tiveram redução de 11%. Na Semana Epidemiológica 22, as autoridades de saúde confirmaram que 11.474 pessoas não resistiram à Covid-19, enquanto na semana anterior o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde trouxe 12.849 óbitos.

O resultado representa uma continuidade na trajetória de queda na curva de óbitos, após uma estabilização e redução nas semanas anteriores. A média móvel de mortes na SE 20 ficou em 1.639.

Estados

Conforme o boletim epidemiológico, oito estados tiveram incremento de casos na Semana Epidemiológica 22, sete ficaram estáveis e 11 mais o Distrito Federal tiveram redução. As principais altas se deram em São Paulo (35%) e Roraima (27%). Já as quedas mais intensas ocorreram no Amapá (-36%) e Rio Grande do Norte (-28%).

Quando consideradas as mortes, foram sete os estados com crescimento das curvas, enquanto quatro mais o DF ficaram estáveis e 15 registraram menos óbitos em relação ao balanço da semana anterior. Os aumentos mais expressivos aconteceram no Rio Grande do Norte (40%) e Amazonas (37%). As quedas mais efetivas foram registradas em Roraima (-52%) e Paraná (-27%)

Mundo

A Índia foi novamente o país com mais novas mortes, com 20.787 novos óbitos na semana epidemiológica 22. O Brasil mantém a 2ª colocação, com 11.474 mortes. Em seguida vêm México (5.303), Argentina (3.759) e Colômbia (3.675). Quando considerados números absolutos desde o início da pandemia, o Brasil segue na 2ª posição, com 472.531 óbitos, atrás dos Estados Unidos (597.377). Quando consideradas as mortes por 1 milhão de habitantes, o Brasil fica na 7ª colocação.

A Índia também é a campeã em novos casos, tendo 914.539 na semana analisada. O Brasil ocupou a 2ª colocação no ranking de casos, seguido pela Argentina (206.761), Colômbia (183.956) e Estados Unidos (102.207). Na comparação em números absolutos, o Brasil fica na 3ª posição, atrás dos EUA (33,3 milhões) e Índia (28,8 milhões). Na comparação proporcional, por 1 milhão de habitantes, o Brasil ocupa a 21ª posição.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
610 novos casos confirmados · 12/06/2021 - 19h08 | Última atualização em 13/06/2021 - 09h52

Covid-19 mata 19 pessoas nas últimas 24 horas no Piauí; veja de onde são as vítimas


Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 610 casos confirmados e 19 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais cinco óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite deste sábado (12/06).

Dos 610 casos confirmados da doença 333 são mulheres e 277 são homens, com idades entre um e 95 anos.  

Onze mulheres e oito homens não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram de Canto do Buriti (87 anos), Corrente (62  anos), Demerval Lobão (41 anos), Itaueira (70 anos), Landri Sales (44 anos), Luis Correia (81 anos), Pedro II (71 anos), Piracuruca (61 e 100 anos), São Gonçalo do Piauí (89 anos) e Teresina (43 anos).

    Divulgação / Sesapi

Já os homens eram de Corrente (56 anos), Parnaíba (62 anos), Picos (55 anos), Piripiri (43 anos),  São Raimundo Nonato (55 anos), Teresina (55, 71 anos) e Valença do Piauí (57 anos).

Dos óbitos acumulados os três homens eram de Monsenhor Gil (48 anos), Teresina (99 anos) e União (72 anos). Já as duas mulheres eram de Teresina (62 e 67 anos).

Os casos confirmados no estado somam 284.782 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.222 e foram registrados em 222 municípios.

    Divulgação / Sesapi
    Divulgação / Sesapi

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  844 ocupados, sendo 519 leitos clínicos, 304 UTIs e 21 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.369 até o dia 12 de junho de 2021.

A Sesapi estima que 277.716 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

    Divulgação / Sesapi
    Divulgação / Sesapi

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Centro Covid do Hospital Regional de Bom Jesus, que funciona na antiga UPA 24 horas, está entrando em colapso. Todos os leitos destinados a paciente com coronavírus estão ocupados e não há mais vagas para receber pacientes com a Covid-19. As informações são do Portal Ponto X.

Segundo o diretor da unidade, Dr. Sérgio Vasconcelos, a situação é muito grave, pois o hospital Manoel de Sousa Santos de Bom Jesus, atende toda a região da Chapada das Mangabeiras. São 24 municípios e cerca de 200 mil habitantes na região e a demanda é muito grande com a alta no número de casos nas últimas semanas.

Ainda conforme o médico, as prefeituras precisam colocar em prática o atendimento dos centros covid de seus municípios, para não superlotar o hospital de Bom Jesus, caso contrário, pessoas irão morrer por falta de atendimento, já que no centro covid da UPA não há mais vagas no momento e a saúde da região pode está entrando em colapso.

Existe também uma grande preocupação referente a nova variante, pois o hospital regional além de atender pacientes de toda a região, está recebendo paciente de São Paulo, Brasília e outros estados.

Comentar
477 testes durante quatro dias · 11/06/2021 - 19h47

Agespisa encerra testagem de Covid-19 nos colaboradores de Teresina


Compartilhar Tweet 1



Na manhã desta sexta-feira, 11, foi encerrada a testagem de Covid-19 nos colaboradores da Agespisa em Teresina. Foram realizados 477 testes durante quatro dias. O trabalho teve início na última terça-feira, 08, e beneficiou servidores efetivos, funcionários terceirizados, estagiários e menores aprendizes. 

Uma equipe de oito profissionais do CIASPI (Centro Integrado de Atenção ao Servidor Público do Estado do Piauí), vinculado à SEADPREV (Secretaria de Administração e Previdência do Piauí), esteve à frente da testagem. O trabalho teve apoio da Gerência de Segurança e Medicina no Trabalho da Agespisa.

Um dos principais objetivos foi identificar as pessoas que poderiam estar assintomáticas e tentar diminuir a circulação do vírus.

"Com a identificação dos casos positivos, pudemos tomar as medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias para evitar a transmissão, protegendo assim os nossos colaboradores", destacou a gerente de Segurança e Medicina no Trabalho da Agespisa, médica Petronília Deusdará.

Ao final da ação, a Coordenadora do Plano de Retomada das Atividades da Agespisa, Hellayne Thaís Madeira, agradeceu a equipe do CIASPI, ressaltando o sucesso da parceria e a relevância do trabalho realizado durante esta semana para a saúde e segurança do colaborador.


Fonte: Agespisa
Comentar
Dados atualizados da Sesapi · 11/06/2021 - 18h23 | Última atualização em 12/06/2021 - 10h00

Covid-19 mata 14 pessoas e deixa 1,1 mil infectadas com a doença em 24h no Piauí


Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 1.103  casos confirmados e 14 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais cinco óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta sexta-feira (11/06).

Dos 1.103 casos confirmados da doença 594 são mulheres e 509 são homens, com idades entre um e 95 anos.  

Quatro mulheres e dez homens não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram de Jaicós (85 anos), Luis Correia (41 anos), Nazaria (83 anos) e Pimenteiras (61 anos). 

Já os homens eram de Bom Jesus (51 anos), Cocal de Telha (91 anos), Esperantina (50 anos), Parnaíba (59 e 61 anos), Pedro II (43 anos), Regeneração (85 anos) e Teresina (55, 60 e 65 anos).

Dos óbitos acumulados os quatro homens eram de São João do Piauí (25 anos), SImplicio Mendes (55 anos) e Teresina (84 e 85 anos).Já a mulher era de Barras (53 anos).

Os casos confirmados no estado somam 284.172 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.198 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  901 ocupados, sendo 571 leitos clínicos, 305 UTIs e 25 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.287 até o dia 11 de junho de 2021.

A Sesapi estima que 277.073 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

 

Comentar
Boletim atualizado da Sesapi · 10/06/2021 - 19h48 | Última atualização em 10/06/2021 - 19h52

Covid-19 mata 15 pessoas em 24h e deixa 1,5 mil infectadas no Piauí


Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 1.576 casos confirmados e 15 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais cinco óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta quinta-feira (10).

Dos 1.576 casos confirmados da doença 856 são mulheres e 720 são homens, com idades entre um e 107 anos.  

Oito mulheres e sete homens não resistiram às complicações da Covid-19. Elas eram naturais de Altos (40 anos), Dirceu Arcoverde (64 anos), Itaueira (46 anos), Parnaíba (43 anos),Piracuruca (55 e 69 anos), São João da Fronteira (81 anos) e Uruçuí (73 anos). 

Os do sexo masculino eram de Floriano (38 anos), Francinópolis (89 anos), Joaquim Pires (53 anos), Parnaíba (55 anos) e São Raimundo Nonato (48, 49 e 65 anos).

Dos óbitos acumulados os dois homens eram de Teresina (53 e 89 anos). Já as três mulheres eram das cidades de Jaicós (66 anos) e Teresina (31 e 68 anos). 

Os casos confirmados no estado somam 283.069 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.179 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  905 ocupados, sendo 576 leitos clínicos, 312 UTIs e 17 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.220 até o dia 10 de junho de 2021.

A Sesapi estima que 275.975 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

 

Comentar
Ocorrências pela doença · 10/06/2021 - 17h04 | Última atualização em 10/06/2021 - 17h52

Teresina não registra mortes por Covid-19 em 24 horas pela segunda vez este mês


Compartilhar Tweet 1



Pela segunda vez no mês de junho, Teresina não registra mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados são do mais recente Boletim Epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que registra diariamente as ocorrências pela doença na capital.

Neste mesmo período, foram notificados 326 novos casos em Teresina. Desde o início da pandemia em março de 2020, o município acumula 96.867 casos e 2.384 mortes em decorrência do novo coronavírus, além de um total de 87.180 pessoas recuperadas da doença – pessoas que tiveram alta hospitalar ou completaram o tratamento domiciliar.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, atribui os bons números às ações de prevenção realizadas pela Prefeitura de Teresina, como o incentivo às medidas de prevenção, fiscalização e em especial à campanha de vacinação em andamento na capital. “Ontem, atingimos a marca de 300 mil doses aplicadas. Isso mostra o esforço da Prefeitura de Teresina em imunizar o maior número de Teresinenses em um menor espaço de tempo sempre que as doses são entregues para a FMS”, diz.

Hoje (10/06) a FMS realiza mutirão de vacinação drive thru para trabalhadores da educação. Nesta quinta-feira (10/06) será a vacinação daqueles com idade entre 40 a 59 anos, em oito postos drive thru. Na sexta-feira (11/06) serão aqueles com idade entre 18 e 39 anos. O grupo dos trabalhadores da educação engloba professores e também funcionários de instituições de ensino públicas e privadas do ensino básico, médio e superior.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar
Vítima tinha 54 anos · 10/06/2021 - 05h20

Ex-vereador morre de Covid-19 em hospital no litoral do Piauí


Compartilhar Tweet 1



O ex-vereador de Joaquim Pires, Edenilson Cunha dos Santos, de 54 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (09/06), no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda), em Parnaíba, onde estava internado em estado grave há alguns dias, após contrair a Covid-19. As informações são do Piauí em Dia.

Edenilson foi ex-vereador e presidente da Câmara Municipal e atualmente trabalhava como chefe de gabinete no governo do prefeito Genival Bezerra.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 1.541 casos confirmados e 10 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais 10 óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta quarta-feira (09/06).

Dos 1.541 casos confirmados da doença 850 são mulheres e 691 são homens, com idades entre um e 98 anos.  

Sete homens e três mulheres foram vítimas da Covid-19. Elas eram de Água Branca (68  anos), Francisco Santos (89 anos) e Pedro II (67 anos). Já os homens eram das cidades de Francinopolis (87 anos), Ipiranga  (33 anos), José de Freitas (82 anos), Monsenhor Gil (43 anos), Oeiras (32 anos ) e Parnaíba (55 e 62 anos).

Dos óbitos acumulados, as três mulheres eram de Ipiranga (89 anos), Nazária (51 anos) e Pedro II (46 anos). Já os sete homens eram de Campo Maior (54 anos), Esperantina (79 anos), Teresina ( 61, 71, 76 e 90 anos) e União (52 anos). 

Os casos confirmados no estado somam 281.493 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.159 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  910 ocupados, sendo 576 leitos clínicos, 313 UTIs e 21 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.133 até o dia nove de junho de 2021.

A Sesapi estima que 274.357 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Uma corrida cavalos que reuniu competidores e apostadores de diversas cidades do estado causou aglomeração no Parque de Exposições em Oeiras, no sábado (05/06), em Oeiras/PI. As informações são do Mural da Vila.

Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível perceber que muitas pessoas não faziam uso de máscaras e estavam todos aglomerados, em busca de ter uma melhor visão.

O evento que contraria o Decreto Estadual que proíbe a realização de eventos em ambientes abertos ou fechados, teve apostas que chegaram a R$ 300 mil e teria a participação de um vereador de Oeiras na sua organização.

O Parque de Exposições é um espaço privado.

Após a disputa a festa seguiu animada por paredões de som e bebedeira.

Vídeo:

 

Comentar
Relatório da Sesapi · 08/06/2021 - 20h08 | Última atualização em 08/06/2021 - 20h12

Covid-19 mata 13 pessoas no Piauí em 24 horas; 10 óbitos acumulados são confirmados


Compartilhar Tweet 1



Foram registrados, no Piauí, 243 casos confirmados e 13 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas. Hoje, também foram confirmados mais 10 óbitos acumulados de períodos anteriores e que estavam em investigação epidemiológica, segundo os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite desta terça-feira (08/06).

Dos 243 casos confirmados da doença, 137 são mulheres e 106 são homens, com idades entre três e 88 anos.  Por instabilidade no sistema e-SUS, que é de responsabilidade do Ministério da Saúde, os casos estão sendo divulgados parcialmente. 

Sete mulheres e seis homens foram vítimas da Covid-19. Eles eram de Baixa Grande do Ribeiro (56 anos), Pedro II (86 anos), São Pedro do Piauí (56 anos), Teresina (30 e 57 anos), Uruçuí (66 anos). As do sexo feminino eram das cidades de Cajueiro da Praia (44 anos), Corrente (40 anos), Parnaíba (66 anos), Pedro II (94 anos) e Teresina (22, 58 e 64 anos).

Dos óbitos acumulados, os três homens eram de Teresina (46 e 85 anos) e Valença do Piauí (66 anos). Já as sete mulheres eram de Coronel José Dias (83 anos), Demerval Lobão (72 anos), Pimenteiras (73 anos), Piracuruca (44 e 71 anos), Santana do Piauí (91 anos) e São Pedro do Piauí (86 anos). 

Os casos confirmados no estado somam 279.952 distribuídos em todos os municípios piauienses. Já os óbitos pelo novo coronavírus chegam a 6.139 e foram registrados em 222 municípios.

Dos leitos existentes na rede de saúde do Piauí para atendimento à Covid-19, há  977 ocupados, sendo 630 leitos clínicos, 322 UTIs e 25 em leitos de estabilização. As altas acumuladas somam 18.037 até o dia oito de junho de 2021.

A Sesapi estima que 272.836 pessoas  já estão recuperadas ou seguem em acompanhamento (casos registradas nos últimos 14 dias) que não necessitaram de internação ou evoluíram para morte.

 

Comentar
Família está arrasada · 08/06/2021 - 18h49 | Última atualização em 08/06/2021 - 19h14

Empresário morre de Covid em Teresina após perder esposa e filha para a doença


Compartilhar Tweet 1



Faleceu nesta terça-feira (08/06) por complicações da Covid-19, o empresário Manoel Filho. Ele estava internado em um hospital de Teresina e não resistiu à doença.

Ele já havia perdido a esposa, a professora Noélia Maranhão, que morreu neste sábado (05/06) e a filha, estudante de Nutrição Bianca Maranhão, de 24 anos, que morreu 10 dias antes da mãe. As duas também faleceram de Covid-19.

O casal tem mais uma filha, que também testou positivo para a doença, mas só teve sintomas leves.

A família e amigos estão arrasados com a perda de parte da família e consolam a filha que sobreviveu.

Somente a filha mais nova, da ponta direita, sobreviveu á Covid-19
Somente a filha mais nova, da ponta direita, sobreviveu á Covid-19 

 

Comentar