Outro suspeito ficou ferido · 24/07/2020 - 13h13 | Última atualização em 26/08/2020 - 09h45

Suspeitos de assassinar soldado em Teresina morrem em confronto com a polícia


Compartilhar Tweet 1



Matéria atualizada às 9h39 de 26 de agosto de 2020

Mais de um mês após a morte do soldado Lídio, da Polícia Militar, durante um assalto no bairro São Francisco, Zona Norte de Teresina, a polícia aprendeu dois adolescentes que confessaram participação no crime.

O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e um dos menores foi reconhecido por pessoas próximas a ele, que o reconheceram no vídeo do assalto, além das roupas que usava no crime.

Clique aqui para ler a matéria completa.

Matéria original em 24/07/2020

O segundo suspeito de participar do crime que tirou a vida do policial militar, Lídio Roberto, morreu após confronto com a polícia nesta sexta-feira (24). A ação aconteceu na região da Santa Maria da Codipi, zona Norte da capital.

    Imagem: Reprodução/TV Cidade Verde

"Graças a um trabalho integrado entre a Polícia Militar e Polícia Civil obtivemos um resultado, que foi a prisão de duas pessoas, que infelizmente vieram a óbito após troca de tiros com a polícia. E é isso, o crime não compensa, quem ousa a entrar nesse mundo, o resultado infelizmente vai ser esse", disse o coronel Rodrigues.

Suspeitos de matar policial militar trocam tiros com a polícia

Um dos suspeitos de assassinar o soldado da Polícia Militar Lídio Mesquita foi morto nesta sexta-feira (24/07) após um confronto com a Força Tarefa.

Segundo informações da Secretaria de Segurança, o homem, que não teve a identidade revelada, foi encontrado no bairro Monte Verde, Zona Norte de Teresina.

Ele foi baleado e encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina, mas não resistiu e morreu.

Ainda segundo informações da secretaria, um segundo suspeito foi cercado pela polícia, baleado e encaminhado para o HUT.

Sobre o caso
O policial militar do Piauí, Lídio Mesquita, foi morto a tiros, na tarde desta quarta-feira (22/07), em um assalto na Rua Londrina, Vila São Francisco, próximo ao bairro Mocambinho, Zona Norte de Teresina.

O militar estava de moto quando foi abordado por dois homens a pé que chegaram anunciando o assalto. Durante a ação eles disparam contra o PM que foi atingido na região da cabeça.

Após o disparo, os suspeitos fugiram com a motocicleta do militar. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas o policial não resistiu ao ferimento e morreu ainda no local. A vítima era lotada no 13º Batalhão da Polícia Militar.

Informações preliminares indicam que a dupla abandonou a motocicleta roubada no bairro Santa Maria da Codipi.

 


Comentários