Suspeito foi preso -

Falso pai de santo mata gato, tortura esposa e filhos em ritual macabro em Altos


Um homem foi preso na manhã deste sábado (28/01) pela equipe da delegada Eliane Morgado, da Polícia Civil de Altos. 

Segundo a polícia, ele responde aos crimes de tortura, maus tratos contra criança, violência doméstica contra mulher, física e psicológica e ainda maus tratos contra animais.

O caso vem sendo investigado desde novembro, quando a delegacia recebeu a primeira denúncia. De acordo com Morgado, o preso usava de sua suposta espiritualidade para praticar rituais “violentos” contra os familiares. Ele dizia estar incorporado e que as entidades lhe mandavam praticar os crimes.

“A investigação revelou que o acusado se valia de rituais religiosos para justificar a violência infringida em sua esposa e seus filhos, dizendo estar incorporado por entidades espíritas que lhe ordenavam a castigá-los com surras, cortes de faca, entre outros atos horrendos”, aponta o relatório da PC-PI.


Com esta justificativa, ele chegou a cortar o pulso de um de seus três filhos, um menor de 14 anos. Também matou estrangulado um gato e lhe arrancou os testículos porque o bichano teria matado um papagaio seu. Para Eliane, o preso negou todos os crimes. Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes, onde permanece à disposição da Justiça.

Fonte: RP50

Comentários

Trabalhe Conosco