Política

Dirceu Arcoverde · 13/12/2019 - 18h30 | Última atualização em 13/12/2019 - 18h47

Prefeito tem que devolver R$ 750 mil repassados à empresa do seu primo

TCE comunicou tomada de contas especial julgada irregular à Câmara de Vereadores do Município


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

_____________

- Presente: empresa recebeu os R$ 750 mil sem qualquer justificativa

________________________

NEM AÍ

Os vereadores da Câmara de Dirceu Arcoverde foram comunicados oficialmente pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) do julgamento pela irregularidade de tomada de contas especial que apurou o repasse de R$ 750 mil pelo prefeito de Dirceu Arcoverde, Carlos Gomes de Oliveira (PP), conhecido por Carlão do Feijão, à empresa D. G. de Oliveira ME. 

Os repasses, que exatos são da monta de R$  751.478,09, ocorreram sem qualquer previsão contratual ou qualquer justificativa plausível.

"No dia 01/08/2013 foi publicado no DOM o extrato do contrato N° 025/2013, da empresa D. G. de Oliveira ME, com prazo de execução até 31/12/2013. No dia 18/08/2014 foi publicado no DOM o 1° Termo Aditivo ao contrato N° 025/2013", traz relatório técnico do Tribunal de Contas.

Chamado a se defender nos autos, Carlão do Feijão não apresentou qualquer justificativa para um aditivo a um contrato já extinto, que na visão dele justificaria o valor repassado.

Tal contrato previa a concessão de veículos por parte da empresa privada para a coleta de lixo, transporte escolar e para atender às necessidade diárias da prefeitura.

O homem que consta como dono da empresa D. G. de Oliveira ME é Dalvarez Gomes de Oliveira, que é primo do prefeito. 

_O primo do prefeito, Dalvarez
_O primo do prefeito, Dalvarez Gomes de Oliveira

O acórdão encaminhado oficialmente ao legislativo municipal determina ainda a aplicação de multa ao gestor da ordem de 2.000 UFIR-PI.

Além de que determina a comunicação do caso ao Ministério Público Estadual (MPE) para acompanhamento do ressarcimento dos valores “e para as providências cabíveis em relação à irregularidade constatada”. 

Hoje em dia o prefeito paga uma outra empresa pelo oferta de transporte escolar, agora, no nome da mulher do primo Dalvarez.

Trata-se da C L O Assis.

_Localização do município de Dirceu Arcoverde (Imagem: Reprodução)
_Localização do município de Dirceu Arcoverde (Imagem: Reprodução) 

 


Comentários