Política

Registro Oficial · 15/04/2022 - 15h52 | Última atualização em 15/04/2022 - 16h34

Foto da Casa Civil registrou reunião entre Ciro e pastor suspeito de participar de esquema no MEC

Dados do Gabinete de Segurança Institucional revelam diversas visitas de pastores - que teriam cobrado propina - ao gabinete da Casa Civil


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

_Imagem de reunião entre Ciro Nogueira e pastor divulgada no perfil do Instagram do deputado Vicentinho Júnior (PP/TO)/ Foto: Divulgaçã
_Imagem de reunião entre Ciro Nogueira e pastor divulgada no perfil do Instagram do deputado Vicentinho Júnior (PP/TO)

Uma fotografia da própria Casa Civil registrou encontro entre o ministro-chefe da Casa Civil Ciro Nogueira e o pastor Arilton Moura, um dos suspeitos de participar de um possível esquema de corrupção no Ministério da Educação (MEC), que envolve pedidos de propina em ouro, dinheiro e até em bíblias para liberar verbas na pasta. 

Segundo o G1 a foto foi apagada da conta do Flickr do ministério, mas registro do encontro constou do perfil do deputado federal Vicentinho Júnior (PP/TO). A reunião teria ocorrido no dia 21 de setembro do último ano.

Tanto Arilton quanto outro pastor, Gilmar dos Santos, são apontados por prefeitos em denúncias de irregularidades junto ao MEC. Gestores municipais revelaram que a dupla pedia propina para liberação de verbas na pasta da Educação. 

Em um áudio o então ministro da Educação Milton Ribeiro chegou a dizer durante reunião com prefeitos, que repassava verba da pasta para municípios apontados pelos dois religiosos. E que fazia isso a pedido do presidente Jair Bolsonaro.

Ribeiro, que foi demitido após as denúncias de irregularidades no MEC, negou, posteriormente, favorecimento aos pastores. Negou também que seguisse ordem de Bolsonaro, apesar do áudio. 

É justamente após a revelação desse áudio feita pelo jornal Folha de São Paulo que prefeitos relataram que os pastores pediam sim propina para liberar verbas no MEC. 

DADOS DO GSI

Dados do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) apontam que houve diversas visitas dos pastores ao gabinete de Ciro Nogueira na Casa Civil.

As visitas de Arilton Moura Correia ao Planalto foram:

uma em 21 de setembro de 2021, 

uma em 2 de dezembro de 2021, 

duas em 8 de dezembro de 2021,

uma em 8 de fevereiro de 2022,

e uma em 16 de fevereiro de 2022. 

As visitas de Gilmar Silva dos Santos foram:

duas em 8 de dezembro de 2021,

e uma em 16 de fevereiro de 2022.

Comentários