Política

Dando dinheiro · 28/07/2019 - 17h25 | Última atualização em 29/07/2019 - 14h33

Coordenadoria de Lazer disbribuiu R$ 676 mil a pessoas físicas em 2017

Tribunal de Contas não detectou os critérios usados para a distribuição de recursos públicos


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

________________________

APAGÃO MORAL?

- O que está ocorrendo com os administradores de pastas e coordenadorias públicas do governo do estado?

- Valor repassado a pessoa física sob o pretexto de “Lazer na Semana Santa” não teve comprovação através de notas fiscais 

- Evento "Mãos que Criam" recebeu R$ 200 mil por inexigibilidade de licitação

___________________________________


QUEM QUER DINHEIRO?

Um relatório de auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE) aponta que a Coordenadoria de Lazer e Desenvolvimento Social e Urbano (CDSOL) deu a cifra exata de R$ 676 mil para pessoas físicas. 

As concessões ocorreram através de “Termos de Parceria para a Concessão de Apoio Financeiro e/ou Contratos de Inexigibilidade”, tendo como suposto fundamento legal “o incentivo ao desenvolvimento social e ao lazer”. 

Segundo o relatório de auditoria, esses respasses representaram 7,35% da despesa empenhada no exercício de 2017.

Entre as “irregularidades” detectadas pelos técnicos da Corte de Contas estão a ausência de editais públicos de seleção de projetos e a ausência de prestação de contas de grande parte dos recursos repassados, da ordem de R$ 626 mil.

AUSÊNCIA DE NOTAS FISCAIS E REPASSES A MAIS

Um repasse da ordem de R$ 50 mil ao senhor Valdivino Rodrigues da Silva não teve a devida comprovação de sua real aplicação através da apresentação de notas fiscais. 

Já no caso da senhora Keilane Mendes da Silva, ela recebeu a mais do que o plano apresentado e solicitado pela pessoa física, um troco de R$ 1.500,00 a mais, em face dos R$ 18.500,00 solicitados.

Com o dinheiro público é fácil.

VAI FICAR POR ISSO MESMO, TCE?

A auditoria está prevista para ir a julgamento na Corte de Contas esta semana.


ABAIXO A RELAÇÃO DOS 'CONTEMPLADOS' COM OS REPASSES:

 


Comentários