Política

Transparência do mês de março · 12/04/2016 - 22h00

Com cota ainda 'pequena', rádios de interior recebem R$ 43 mil da CCOM

João Rodrigues dribla 'mão de ferro' de Franzé e Antônio Nego e segue 'investindo' na comunicação


Compartilhar Tweet 1



Não só os portais de interior, mas também rádios de fora da capital Teresina entraram na lista de pagamentos da Coordenadoria de Comunicação do Estado do Piauí (CCOM), chefiada por João Rodrigues Filho.

Um levantamento feito pelo BrVox, com base nos dados do Portal da Transparência no mês de março, mostra que ao menos 9 veículos neste seguimento tiveram valores empenhados pela CCOM.

O maior empenho é para a Rádio FM Clube de Teresina, correspondente à audiência da emissora integra o grupo da afiliada Globo no Piauí. Hoje a rádio é dirigida pelo empresário Daniel Alencar. Em segundo lugar aparece a Rádio Vale do Parnaíba, com uma programação voltada para cidades da região norte do Estado.
_________

Leia ainda

GP1 lidera pagamentos a portais no mês de março
____________________________

Valores menores – ver infográfico abaixo – são pagos também para as rádios Difusora, Vale do Canindé, Verdes Campos, Malhada do Jatobá, Difusora de Picos, Grande Picos e Verona. Quantias estas que ajudam na sobrevivência destes veículos.

Como já ressaltou o 180, é do modelo de João Rodrigues a inclusão de veículos menores no bolo da publicidade do governo. O secretário claramente copia o estilo Lula de inclusão da mídia.

________________

Piauiense tem apenas R$ 0,05 por dia para segurança

Teresina entre as cidades mais violentas do mundo

Gastos da CCOM com publicidade passam dos R$ 7,2 milhões

___________________________________

Ontem reportamos que o coordenador vem recebendo alguns puxões de orelha dos homens de ferro do governo, Franzé Silva (Sead) e Antônio Neto (Seplan), mas segue defendendo o “investimento” em mídia por parte do governo do Estado.