Prioridade é o "espetáculo" · 07/12/2017 - 08h23

Regina Sousa critica operação da PF em Universidade Federal de Minas Gerais


Compartilhar Tweet 1



A senadora Regina Sousa (PT-PI) criticou a operação da Polícia Federal que conduziu de forma coercitiva dirigentes da Universidade Federal de Minas Gerais para a prestação de depoimento.

Segundo a senadora, antes os relatórios sobre gestão das universidades geravam outro tipo de providências na investigação. Agora, a prioridade é "fazer espetáculos".

    Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Regina Souza citou a absolvição pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) do ex-reitor da Universidade de Brasília, Timothy Mulholland, para lembrar que é preciso tomar cuidado com a reputação das pessoas.

- Quem vai devolver a reputação dele que foi estragada durante esses anos? Como é que ele vai refazer a vida diante de tudo o que passou e de toda a humilhação que sofreu? Se houve unanimidade é porque o STJ não encontrou essas evidências que o relatório apresentava. Então, depois de anos, o ex-reitor é absolvido. E se esse pessoal que foi levado hoje for inocente? - indagou a senadora.


Fonte: Agência Senado

Comentários