Discriminação nos campos -

Rafael Fonteles lamenta o caso de racismo sofrido por Vini Jr: 'prática vergonhosa'

O racismo no Brasil tem ganhado força nos últimos dias e, inclusive, dentro dos campos de futebol. No último domingo (21/05), o atacante Vini Jr sofreu mais um ataque racista durante a partida contra o Valência. Por um longo tempo, o atleta foi chamado de macaco pelos torcedores no Estádio Mestella, na Espanha. A discriminação e preconceito foram tão evidentes a ponto do jogador pedir para se retirar do local.

Diante do caso de repercussão nacional e internacional, o governador do Piauí Rafael Fonteles utilizou suas redes sociais para enfatizar que práticas racistas, como a de Vini Jr, devem ser combatidas e punidas, na forma da lei. 

Foto: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

"Infelizmente, no mesmo dia tivemos mais um lamentável caso de racismo durante o jogo do Real Madri contra o Valência, envolvendo o jogador Vinícius Júnior. Prática vergonhosa que deve ser combatida e devidamente punida. Para que todos os jogadores sejam respeitados e que o futebol seja cenário apenas e vitórias e boas memórias. #RacismoNão, escreveu Rafael Fonteles.

Em uma publicação triste e reflexiva, Vini Jr comentou o ocorrido. 

Veja: 

Comentários

Trabalhe Conosco