Verdadeira imersão cultural · 16/01/2019 - 17h06 | Última atualização em 16/01/2019 - 17h24

Sertão Colonial: expedição busca valorização do patrimônio histórico do Piauí


Compartilhar Tweet 1



O Piauí receberá no próximo final de semana um evento que será uma verdadeira imersão na história do estado. Nos dias 18 e 19 de janeiro a Expedição Científica Sertão Colonial vai passar pelas cidades de Oeiras, Amarante, Campinas do Piauí, Simplício Mendes e Santo Inácio do Piauí, com o objetivo de debater sobre políticas de conservação e proteção do patrimônio histórico, cultural e arquitetônico piauiense.

Grande participação
A expedição contará com a participação de diversos órgãos políticos e científicos, além de representantes da sociedade civil organizada. O evento é uma iniciativa da Rede Pense Piauí, com apoio e coordenação científica do Núcleo de Pesquisa da Justiça e do Centro de Educação Aberta e a Distância da Universidade Federal do Piauí.

Cidade de Amarante
Cidade de Amarante 

Desenvolvimento de pesquisas
Segundo o Coordenador Geral do Núcleo de Pesquisa da Justiça da UFPI, Samuel Pontes do Nascimento, que é professor da UFPI e doutor em direito econômico, este evento tem uma importância muito grande para a universidade, porque reúne a força de diversas instituições e permite o desenvolvimento  de pesquisas  sobre as instituições com o registro do patrimônio histórico e artístico do nosso estado, desde o período Colonial do Brasil.

Prof. Dr. Samuel Pontes do Nascimento
Prof. Dr. Samuel Pontes do Nascimento 

Resgate das instituições
“A Universidade Federal do Piauí está organizado um evento de extensão universitária, a jornada histórica pelo Sertão Colonial do Piauí, através da iniciativa da sociedade piauiense, liderada pelo Dr Carlos Augusto Brandão, desembargador federal, e pelo Dr Benjamim Vale, neurocirurgião, são duas lideranças que estimulam bastante o resgate da história do Piauí, mas não apenas o resgate de história, mas o resgate das suas instituições, seus patrimônios, dos valores que constroem uma sociedade”, disse.

Trajeto
“Esse projeto de extensão está sendo coordenado pelo Centro de Educação à Distância e pelo Núcleo de Pesquisa da Justiça, ambos da UFPI, e vai organizar todo uma visitação a patrimônios históricos entre as cidade de Amarante e Oeiras. Vai ao município de Campinas do Piauí, Santo Inácio e Simplício Mendes, isso durante os dias 18 e 19 de janeiro”, completou.

Cidade de Amarante
Cidade de Amarante 

Resgate das tradições
“Essa chamada Expedição pelo Sertão Colonial é uma iniciativa de várias instituições, tem o apoio de muitos agentes políticos, senador Elmano, a deputada federal Margarete Coelho e várias outras lideranças locais, prefeito de Amarante, assim como promotor Carlos Rubem, lá de Oeiras, são muitas as autoridades e pessoas da sociedade que estão se empenhando para que este evento realmente marque o recomeço de identificação do piauiense com as suas origens, com suas tradições, mas principalmente, o encontro dos piauienses histórico e cultural, que está registrado nos casarões e no povo dessas cidades entre Amarante e Oeiras, que estão entre as cidades mais antigas, a nossa primeira capital do Piauí”, concluiu o Prof. Dr. Samuel Pontes do Nascimento.

Confira a programação Expedição Sertão Colonial:

18 de Janeiro
9:00h - Concentração no CEA em frente ao Teresina Shopping, com uma breve apresentação sobre o projeto do Parque Floresta Fóssil e outras ações, a cargo de Rubens Luna.

10:00h - Partida para Amarante

12h - Almoço no Lira Eco Parque

14h - Palestra do IPHAN sobre Patrimônio Arquitetônico de Amarante no Eco Parque 

15h - Visita à Amarante (visita ao Casarão Odilon Nunes, a Escadaria para a foto oficial da Expedição Sertão Colonial, com breve apresentação do Comitê da Bacia do Rio Parnaíba) 

16:30h - Partida pra Oeiras

18h - Reconhecimento e visita a prédios de Oeiras (Sobrado Major Selemérico e Museu de Arte Sacra)

19h - Abertura Geleia Total

20:30 - Palestra sob o título “Interpretação do Patrimônio Cultural”, proferida pelo Professor Stefano Ferreira, no Cine Teatro Oeiras.

22h - Jantar

19 de Janeiro
8h - Partida para Campinas do Piauí

9h - Santo Inácio do Piauí (visita ao Banheiro dos Padres Jesuítas)

10h - Visita a Fábrica de Lacticínios

12h - Almoço (Leitura e subscrição da Carta de Campinas do Piauí)

14h - Retorno a Teresina

14h30 - Simplício Mendes (Homenagem à memória do médico e humanista Dr. Isaías Coelho na praça que leva seu nome)

Comentários