A despedida do Maraca em 2019 · 06/12/2019 - 10h45

Até tu, Fifa? Entidade se rende a “show” do Flamengo no Maracanã


Compartilhar Tweet 1



    Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis / Flamengo

A despedida do Flamengo do Estádio Maracanã em 2019 nessa quinta-feira (05/12) não passou despercebida pela Fifa. Às vésperas de disputar o Mundial de Clubes – a estreia será na terça-feira (17/12) –, o time carioca aplicou goleada no Avaí por 6 x 1, a qual a entidade máxima do futebol classificou como um “show”. As informações são do Metrópoles.

A Fifa destaca em seu perfil oficial no Twitter a atmosfera do Maracanã do adeus do time carioca do estádio antes do Mundial. “Uma poderosa vitória por 6 x 1 sobre o Avaí fez parte do show”, escreveu a Fifa, em postagem com vídeo da torcida.


O Mundial de Clubes começa na próxima quarta-feira (11/12/2019), com a partida mata-mata entre Al Sadd e Hienghène. O jogo de onde sai o adversário do Flamengo, entre Al Hilal e Espérance, está agendado para o sábado (14/12/2019).

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A mobilização de torcedores que fez o Club de Regatas Vasco da Gama ter o maior número de sócios torcedores do Brasil merece um brinde. E para motivar que ainda mais apaixonados pela Cruz de Malta se associem ao Clube, a Brahma, a cerveja oficial do Vasco, lançou um desafio nas suas redes sociais que pode distribuir cerveja de graça em alguns bares da região do Estádio de São Januário e da Zona Oeste do Rio entre sábado e domingo.


Caso até o sábado (07/12), às 17h, o Vasco chegue a 170 mil sócios, quatro geladeiras lotadas de Brahma, mas que estarão acorrentadas, terão seus cadeados abertos e todas suas latas serão distribuídas para os vascaínos brindarem o que realmente importa: o seu amor incondicional pelo Clube. A entrega das latas será limitado a duas latas por pessoa maior de 18 anos. Promotores vão organizar a dinâmica nos locais selecionados.


- O movimento de vascaínos que tornou o Clube o que mais possui sócios torcedores do Brasil é algo que mostra o tamanho do amor que eles têm pelo Vasco. Então, como parceiros de longa data do Clube, não poderíamos deixar o momento passar batido e decidimos brindar com toda essa imensa torcida o feito que alcançaram em tempo recorde - disse Gustavo Tavares, gerente de marketing esportivo da Cervejaria Ambev.


No domingo (08/12), antes da partida entre Vasco e Chapecoense, às 16h, no Maracanã, a Brahma também fechou parceria com 45 bares do Rio que terão chopp em dobro para os vascaínos comemorarem a grande adesão de sócios das últimas semanas.

E para o torcedor vascaíno que estará na grande festa que está sendo preparada no Maracanã, haverá promoção de cerveja até o início do jogo com duas latas por R$10,00.

- A Brahma é um grande parceiro e não exitou estar conosco em mais um momento histórico do Vasco. Esta é mais uma das ações que temos planejado e que vai de encontro ao desejo do torcedor. Nossa torcida merece comemorar em grande  estilo - comentou Carlos Costa, Diretor de Marketing do Clube.


Bares que receberão as geladeiras


1.       Bar da Amendoeira - Rua Conde de Azambuja, 881 - Maria da Graça, Rio de Janeiro - RJ, 20785-341

2.       Bar da Portuguesa – R. Custódio Nunes, 155 - Ramos

3.      Floriano - Rua Ricardo Machado 560 - Barreira do Vasco

4.      Segunda sem Lei - Barreira do Vasco

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Em jogo válido pela 37ª rodada do Brasileiro, o Vasco da Gama foi até Salvador para medir forças com o Bahia na Arena Fonte Nova. Apesar de ter atuado grande parte da partida com um jogador a menos e ter saído atrás no marcador, o Gigante da Colina foi valente e buscou o empate na etapa final, com um belo gol de Marrony, que marcou após boa trama ofensiva entre Andrey e Gabriel Pec.

O Almirante retorna ao Rio de Janeiro nesta sexta-feira (06) com as atenções voltadas para seu próximo e último desafio na temporada de 2019. No domingo (08), às 16 horas, o Vasco irá enfrentar a Chapecoense no Maracanã. A expectativa é de casa cheia, pois a capacidade máxima do estádio para partida é de 70 mil pessoas. Os ingressos já estão sendo comercializados desde a última quarta (04).

O JOGO


Atuando em casa, o Bahia tomou a iniciativa no começo da partida e assustou logo aos seis minutos, com Gilberto. O atacante recebeu de Flávio e chutou por cima da meta defendida por Fernando Miguel. A equipe de São Januário equilibrou as ações e respondeu aos 12. Na oportunidade, Andrey passou para Raul e o viu finalizar rasteiro, obrigando Douglas a fazer grande intervenção. Com 23, outra boa investida do Tricolor, novamente com Gilberto. Dessa vez, o camisa 9 tirou do goleiro cruzmaltino, mas a redonda acabou indo para fora.

Os mandantes seguiram atacando. Aos 26, João Pedro limpou a marcação e arriscou da intermediária. A bola passou por cima do travessão. O Gigante da Colina ficou próximo de balançar as redes quando o cronômetro apontava 29 minutos e o árbitro assinalou pênalti de Moisés em Raul. Após checar o VAR, entretando, o árbitro voltou atrás e cancelou a penalidade. Momentos depois, com 42, o VAR voltou a ser protagonista numa disputa na área cruzmaltina. Ao término da análise, o juiz marcou pênalti, convertido por Gilberto, e expulsou Ricardo: Bahia 1x 0. 

 

A etapa final começou bastante movimentada. Logo com quatro minutos, Gregore arriscou da intermediária e acertou o travessão. Logo em seguida, aos sete, foi a vez do Vasco assustar, através de uma arremate de longe de Yago Pikachu. Com um a mais em campo, o Bahia se fez mais presente no campo de ataque, mas sem levar muito perigo. O Gigante, por sua vez, buscou assustar através dos contra-ataques. Com 20, Fellipe Bastos chutou de longe e colocou Douglas para trabalhar.


Para deixar o Vasco mais ofensivo, o treinador Vanderlei Luxemburgo tirou Raul e colocou Gabriel Pec na segunda metade da etapa final. A entrada do garoto surtiu efeito e o Gigante da Colina chegou ao empate com 39 minutos. Na ocasião, Andrey arrancou e deu um lindo passe para Gabriel Pec. O camisa 32 cruzou rasteiro, na direção da pequena área, e viu Marrony finalizar com categoria para o fundo das redes: VASCO 1 x 1.
 

FICHA TÉCNICA

BAHIA 1 X 1 VASCO DA GAMA

Campeonato Brasileiro- 37ª rodada


Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA)

Data: 05 de dezembro de 2019, quinta-feira

Hora: 19h15 (de Brasília)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)

Assistentes: Frederico Soares Vilarinho (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões Amarelos: Richard (Vasco); Arthur Caíke (Bahia)
Cartão Vermelho: Ricardo Graça (Vasco); Arthur Caíke (Bahia)

Gols: Gilberto, 45/1T (Bahia); Marrony, 39/2T (Vasco)

 

BAHIA: Douglas Friedrich, Nino Paraíba, Lucas Fonseca (Wanderson), Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e João Pedro; Artur, Gilberto (Fernandão) e Élber (Arthur Caíke). Técnico: Roger Machado.

 

VASCO DA GAMA: Fernando Miguel, Raul Cáceres (Fellipe Bastos), Werley, Ricardo e Henrique; Richard, Andrey e Raul (Gabriel Pec); Yago Pikachu, Marrony e Ribamar (Marcos Jr). Técnico:Vanderlei Luxemburgo

Comentar
Uase 40 mil torcedores · 06/12/2019 - 07h37 | Última atualização em 06/12/2019 - 07h59

Após escapar do rebaixamento, Marcão vive clima de indefinição no Flu


Compartilhar Tweet 1



A torcida do Fluminense compareceu em peso na última partida do time no Maracanã no ano de 2019. Quase 40 mil torcedores esperavam a vitória tricolor sobre o Fortaleza para deixar o time praticamente garantido na Sul-Americana. Mas a equipe de Marcão começou o jogo demonstrando uma certa apatia e só acordou no fim do confronto, tarde  demais para fazer o gol. No fim, o empate em 0 a 0 deixou o Fluminense na 14ª posição do Campeonato Brasileiro, com 43 pontos, ultrapassando o Botafogo (15º).

Com isso, o Tricolor segue firme na luta por uma vaga na Sul-Americana, dependendo apenas de si para disputar a competição internacional. O próximo compromisso é contra o Corinthians, domingo (8), às 16h, na Arena Corinthians. Para quem lutava contra o rebaixamento até a rodada anterior, cogitar uma vaga na Sul-Americana é pra ser comemorado? Quem responde é o técnico Marcão.

“O Fluminense é muito grande. Se eu sentar aqui e falar que estou satisfeito por tudo o que a gente passou, eu vou estar mentindo. Fluminense é para estar brigando por vaga na Libertadores, é um clube que o torcedor coloca 40 mil em um jogo às 21h30. É lógico que tem uma sensação de alívio por não estar disputando nas últimas rodadas contra o descenso. Os jogadores e o clube passaram por um ano muito difícil, de troca de gestão, muitas coisas acontecendo internamente. Tudo o que eles fizeram a gente aproveita para enaltecer e engrandecer a todos que participaram deste momento muito difícil.”

 

Marcão assumiu o Fluminense depois de campanhas ruins do time com Fernando Diniz e Oswaldo de Oliveira no comando. Apesar de ajudar a salvar o tricolor da degola, o técnico ainda não sabe qual será o seu futuro.

 

“Hoje eu sou o técnico do Fluminense, mas a gente está em uma competição muito importante. É lógico que a gente estava lutando contra outras grandes equipes para sair do rebaixamento, mas ainda tem um objetivo a conquistar. Depois que acabar tudo isso, a gente senta com o presidente e vê a melhor a situação para todos. Pra mim, para o clube e para a instituição. Desde o momento que a gente sentou aqui foi para se colocar à disposição, de sempre ajudar o Fluminense, essa foi a minha posição desde o momento que entrei no clube.”

O Fluminense terá dois desfalques certos para a partida contra o Corinthians. Yony González recebeu o terceiro cartão amarelo e Dodi foi expulso contra o Fortaleza. Paulo Henrique Ganso deve seguir fora do time devido a uma lesão na coxa esquerda.


Fonte: Agencia Brasil
Comentar
Campeonato Brasileiro · 06/12/2019 - 07h33 | Última atualização em 06/12/2019 - 08h16

Flamengo goleia Avaí por 6 a 1 diante de 69 mil torcedores


Compartilhar Tweet 1



No jogo que encerrou a 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, o campeão Flamengo goleou o Avaí por 6 a 1 no estádio do Maracanã diante de 69.090 torcedores.

Com a vitória desta quarta a equipe da Gávea voltou a estabelecer novos recordes em uma edição do Brasileiro disputado por 20 clubes no formato de pontos corridos: É o maior pontuador (90), alcança o maior número de vitórias (28) e tem o melhor ataque (86 gols).

O jogo

O triunfo rubro-negro começou a ser construído aos 10 minutos de partida. Após cobrança de falta ensaiada, Rafinha recebe na ponta direita, cruza para a área, Lincoln domina e toca para o uruguaio Arrascaeta, que chega chutando de primeira.

Mas o Avaí deu a falsa impressão de que reagiria. Aos 21, Lourenço acerta um chute muito forte de fora da área para vencer o goleiro César.

Com o empate o Flamengo voltou a pressionar, e empatou aos 36 minutos do primeiro tempo com Diego. O camisa 10 fez um golaço ao acertar chute colocado da entrada da área.

Mas ainda faltava o gol dele, do artilheiro Gabigol. E dois minutos depois o camisa 9 chegou a seu gol de número 25 na competição. Após receber passe de Arrascaeta, Gabigol acerta cruzado de fora da área.

O quarto veio apenas na etapa final, aos 11 minutos, quando, após boa trama do ataque do Flamengo, a bola sobra limpa para Lincoln bater na saída do goleiro Vladimir.

Porém, o melhor estava por vir. Aos 38 minutos, o ataque do Flamengo faz uma bela troca de passes que termina com gol do jovem Reinier.

E ainda deu tempo para o jovem atacante do time da Gávea fazer mais um. Aos 42 minutos Rafinha cruza na medida para Reinier apenas escorar para dar números finais ao jogo.

Goleada palmeirense

Outra equipe que goleou em casa foi o Palmeiras. O time paulista recebeu o Goiás em São Paulo e triunfou por 5 a 1.

O Palmeiras abriu o placar aos 21 minutos. Após bela jogada individual, Lucas Lima tocou em profundidade para Zé Rafael tocar na saída do goleiro.

Cinco minutos depois o esmeraldino chegou a empatar com Rafael Moura em cobrança de pênalti.

Mas depois a equipe paulista tomou conta da partida. Aos 33 minutos Dudu recebe de Zé Rafael para bater de primeira e fazer 2 a 1.

O terceiro do Palmeiras saiu aos 24 minutos da etapa final. O jovem Gabriel Veron marcou após Jean tocar para o meio da área.

Aos 36 Verón atua como garçom para Dudu fazer o quarto.

E o mesmo Verón volta a aparecer aos 44, agora superando o goleiro Tadeu e dando números finais ao confronto.

Calvário do Cruzeiro

Quem continua vivendo um calvário é o Cruzeiro. A equipe mineira foi até Porto Alegre e foi derrotada por 2 a 0 pelo Grêmio.

Com isso chega à ultima rodada da competição ocupando a zona do rebaixamento. Para conseguir fugir da Segunda Divisão em 2020, no domingo o Cruzeiro precisa derrotar o Palmeiras, e torcer por um tropeço do Ceará, que enfrenta o Botafogo.

Nesta quarta, Ferreira abriu o placar aos 23 minutos do segundo tempo. Ele marcou após receber passe de Pepê.

E o mesmo Pepê deu números finais ao jogo aos 39 minutos em cobrança de pênalti.

Empate na Fonte Nova

O único empate do dia aconteceu no confronto entre Bahia e Vasco no estádio da Fonte Nova.

O atacante Gilberto abre o placar aos 44 minutos de jogo em cobrança de pênalti.

Mas, aos 39 do segundo tempo, Marrony deixa tudo igual.

No próximo domingo acontece a última rodada do Brasileiro, com todas as partidas realizadas às 16h (horário de Brasília).


Fonte: Agencia Brasil
Comentar

Compartilhar Tweet 1



No seu segundo compromisso no Mundial de Clubes de vôlei masculino, o Sada/Cruzeiro foi derrotado no final da noite desta quarta (4) por 3 sets a 0 (25/23, 30/28 e 25/15) pelo Lube Civitanova (Itália).

Com este resultado a equipe mineira soma uma vitória e um revés na competição realizada na cidade de Betim, em Minas Gerais.

O próximo compromisso do Sada/Cruzeiro será na próxima quinta a partir das 20h30 (horário de Brasília) contra o Al Rayyan Sports, do Catar.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Marco Ruben fez o primeiro gol · 05/12/2019 - 07h05 | Última atualização em 05/12/2019 - 07h15

Athletico-PR vence com gol do argentino Marco Ruben


Compartilhar Tweet 1



O Athletico-PR derrotou o Santos por 1 a 0, nesta quarta (4), na partida que abriu a 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O gol da vitória saiu no primeiro minuto da etapa final. O atacante argentino Marco Ruben fez de peixinho após cruzamento de Rony.

Este foi o último gol do argentino pela equipe paranaense na Arena da Baixada, isso porque o Athletico não exerceu a opção de compra do jogador, que sairá ao final da temporada.

Triunfo em Minas

Quem também venceu em casa foi o Atlético Mineiro. Jogando no Mineirão, derrotou o Botafogo por 2 a 0.

O primeiro gol da partida saiu aos 40 minutos do primeiro tempo. O meia equatoriano Cazares recebe na direita, se livra de um defensor e toca para o volante Jaílson dominar e chutar rasteiro.

O segundo sai aos 23 da etapa final. Patric cruza e o atacante Luan cabeceia da pequena área para ampliar.

A vitória garante uma vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana para o Atlético.

Vitória de visitante

Um visitante que venceu na rodada foi o Corinthians. A equipe paulista foi ao Castelão e derrotou o Ceará por 1 a 0 graças a gol do centroavante Gustavo aos 36 minutos.

Com este resultado o Corinthians garante presença na próxima edição da Copa Libertadores.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
37ª rodada do Campeonato · 05/12/2019 - 06h55

São Paulo vence e está na fase de grupos da Libertadores


Compartilhar Tweet 1



Em partida realizada no Morumbi, o São Paulo derrotou o Internacional nesta quarta (4) por 2 a 1 em partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A vitória do time paulista começou a ser construída aos 15 minutos de partida, quando Igor Gomes tocou em profundidade para Antony, que domina e toca na saída do goleiro Marcelo Lomba.

O São Paulo chega ao 2 a 0 aos 3 minutos do segundo tempo. Antony puxa contra-ataque rápido, deixa dois defensores do Internacional para trás e toca para Vitor Bueno só finalizar.

Porém, aos 24 minutos da etapa final o Internacional conseguiu o seu gol de honra. O peruano Guerrero chuta forte, Tiago Volpi defende parcialmente e Guilherme Parede aproveita para marcar.

Com este triunfo o São Paulo garante a classificação para a fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores.

Empate no Maracanã

O Fluminense recebeu o Fortaleza no estádio do Maracanã. As equipes realizaram uma partida muito movimentada. Mas o placar terminou igualado sem gols.

CSA rebaixado

Em jogo disputado na Arena Condá, a Chapecoense derrotou, por 3 a 0, o CSA, que acabou rebaixado para a série B.

A equipe da casa abriu o placar com 1 minuto de bola rolando com o meia Gustavo Campanharo, que acertou um belo chute.

O 2 a 0 veio aos 13 minutos da etapa final, quando o atacante Arthur Gomes finalizou de dentro da área após receber passe de Eduardo.

Aos 33 o zagueiro Maurício Ramos aproveitou cobrança de escanteio para marcar de cabeça e dar números finais à partida.

Na próxima quinta acontecem mais 4 jogos, com destaque para o confronto entre Flamengo e Avaí, a partir das 20h (horário de Brasília) no estádio do Maracanã.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Gigante da Colina · 05/12/2019 - 06h47 | Última atualização em 05/12/2019 - 06h55

Vasco depende de combinação de resultados para ir à Libertadores


Compartilhar Tweet 1



O Vasco só entra em campo amanhã (05), mas o torcedor que ainda acredita em uma vaga na Copa Libertadores 2020 vai ficar atento às partidas de hoje (04). Praticamente garantido na Sul-Americana, o Cruzmaltino tem chances mínimas de conseguir disputar a maior competição do continente. O time de Vanderlei Luxemburgo consegue chegar se vencer os dois últimos jogos, se o Corinthians perder seus dois últimos confrontos, e se o Fortaleza e Goiás sofrerem uma derrota ou terminarem a competição com dois empates.

O Corinthians enfrenta o Ceará, no Castelão, às 19h30 nesta quarta  (4). Também hoje (4), às 21h30, o Fortaleza pega o Fluminense, no Maracanã. O Goiás só entra em campo amanhã (5) contra o Palmeiras, no Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

É muito difícil o caminho do Vasco para a Libertadores, e o próprio elenco reconhece isso. Logo após a derrota para o São Paulo, o lateral-direito Yago Pikachu já sabia que a vaga tinha ficado distante.

“Ficou muito difícil, até porque os adversários venceram e a distância ficou maior. A gente tem que continuar trabalhando para fazer nosso melhor e ver o que vai acontecer, mas a gente sabe que essa vaga para a Libertadores ficou um pouco distante. Temos que fazer nosso papel contra o Cruzeiro dentro de casa”.

O Vasco jogou contra o Cruzeiro, ganhou, e ainda tem chances de ir à Liberadores. Como Pikachu disse, é pensar em cada partida. O próximo compromisso será amanhã (5) com o Bahia, na Fonte Nova, às 19h15. É um adversário direto, já que o esquadrão de aço tem 48 pontos, um a mais que o Gigante da Colina.

Vanderlei Luxemburgo terá um desfalque para o jogo em Salvador. O autor do gol da vitória contra o Cruzeiro, Fredy Guarín, recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora. Por outro lado, Raul retorna de suspensão e deve ser titular. Marcos Júnior, que foi poupado devido a um choque de cabeça na partida contra o São Paulo, também tem chances de jogar.

Depois do confronto com o Bahia, o Vasco fecha a participação no Campeonato Brasileiro no domingo (8), às 16h, contra a Chapecoense. O presidente do clube, Alexandre Campello, confirmou em sua conta no twitter a transferência da partida de São Januário para o Maracanã. A expectativa é de um grande público embalado pela adesão em massa de sócio-torcedores.

Ontem (03), o Vasco ultrapassou o Flamengo e se tornou o clube com maior número de sócio-torcedores do Brasil. No início da manhã desta quarta (04), o clube já havia alcançado a marca de 148 mil sócios. A promoção de 50% de desconto nos planos de sócios-torcedores do Vasco segue até domingo (8), dia da partida com a Chapecoense.


Fonte: Agência Brasil
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Cruzeiro enviará, na tarde desta quarta-feira (4), um documento à Federação Mineira de Futebol e à CBF pedindo que o jogo contra o Palmeiras, no domingo (8), pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, seja disputado com torcida única. O duelo ocorrerá no Mineirão.

O clube admite ainda que está "copiando o Palmeiras, que fez o mesmo com o Flamengo" na rodada passada. No último fim de semana, a CBF autorizou que os paulistas recebessem o atual campeão brasileiro sem a presença da torcida visitante no Allianz Parque. Na ocasião, foi apresentado um estudo conjunto do Ministério Público e da Polícia Militar de São Paulo. A preocupação era com a segurança do público.

A assessoria de imprensa do Cruzeiro confirma que a solicitação será encaminhada às entidades no período da tarde. A alegação da diretoria é que pretende evitar possíveis conflitos entre torcedores para que não haja novas punições no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Os mineiros procuraram o Ministério Público de Minas Gerais para referendar o pedido.
A informação foi inicialmente divulgada pelo jornal Hoje Em Dia e confirmada pelo UOL Esporte com a diretoria do clube mineiro por meio de seu departamento de comunicação.

A Raposa foi punida pelo STJD por causa de uma confusão generalizada no clássico contra o Atlético-MG. Na ocasião, o time perdeu um mando de campo e ainda foi multado por excesso de brigas.

Na luta contra o rebaixamento, o Cruzeiro enfrentará o Grêmio nesta quinta-feira (5), às 19h15 (de Brasília), em Porto Alegre. O último jogo será no domingo (8), às 16h (de Brasília).

Comentar
Mundial de Handebol · 04/12/2019 - 09h24

Brasil se complica após três jogos sem vencer


Compartilhar Tweet 1



O Brasil ficou numa situação delicada no Mundial de Handebol feminino ao ser derrotado pela Coreia do Sul, por 33 a 27, na madrugada desta terça-feira (3), na cidade de Kumamoto (Japão). A seleção estreou com derrota para a Alemanha e empatou no último domingo (1) com a França, atual campeã mundial. Após mais um revés, o Brasil encontra-se em quinto lugar no grupo B, com apenas um ponto. Somente os três primeiros colocados avançam para a próxima fase.

Para seguir sonhando com o segundo título mundial - o primeiro foi conquistado em 2013 - daqui pra frente a seleção vai precisar se superar em quadra. Terá de vencer amanhã (4) a Dinamarca e, na sexta (6), bater a lanterna Austrália com larga vantagem, pois pode vir a depender de número de gols em caso de desempate. A partida contra a Dinamarca nesta quarta (4) terá início às 8h30 (horário de Brasília). Alguns confrontos podem ser acompanhados ao vivo pelo canal do Youtube da Federação Internacional de Handebol (IHF).

Jogo

O ataque brasileiro mostrou eficiência no início do jogo; as brasileiras abriram 7x3 no primeiro tempo, mas as sul-coreanas melhoraram a marcação, igualaram a partida em 9x9 aos 15 minutos e, antes do fim, viraram o placar pra 14x16.  No segundo tempo, o técnico espanhol Jorge Dueñas tentou corrigir as falhas, mas as sul-coreanas mantiveram o controle da partida e no fim selaram a vitória por 27 a 33. 

O destaque brasileiro foi a armadora Eduarda Amorim que anotou nove gols. Também pontuaram as jogadoras Bruna de Paula (quatro gols), Alexandra Martinez (três), Adriana de Castro (três), Mariana Costa (dois), Isaura Menin (dois), Tamires Araújo (um), Larissa Araújo (um), Ana Paula Rodrigues (um) e, Ana Cláudia Bolzan (um). 


Fonte: Agência Brasil
Comentar

Compartilhar Tweet 1



No final da noite desta terça (3), o Sada/Cruzeiro estreou com vitória no Mundial de Clubes de vôlei masculino que acontece na cidade de Betim, em Minas Gerais.

A equipe mineira derrotou o Zenit Kazan (Rússia) por 3 sets a 0, parciais de 25/20, 25/20 e 25/22.

O próximo compromisso do Cruzeiro será na próxima quarta, diante do Lube Civitanova (Itália).


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Quatro jogos sem derrotas · 04/12/2019 - 08h48

Fluminense enfrenta Fortaleza em meio a protesto de jogadores


Compartilhar Tweet 1



O risco do rebaixamento finalmente acabou para o Fluminense, mas o drama financeiro continua. Nesta terça (3), os jogadores decidiram não concentrar para o jogo da próxima quarta contra o Fortaleza válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. A motivação do protesto são os dois meses de salários atrasados.

Mas mesmo com os problemas financeiros, o lateral Caio Henrique afirma que há ainda motivação dentro de campo para buscar a classificação para a próxima edição da Copa Sul-Americana: “Seria algo muito representativo pelo ano que passamos”.

Além disso, o jogador comentou o péssimo retrospecto tricolor como mandante. No Maracanã, foram 17 jogos com cinco vitórias, seis empates e seis derrotas: “Pecamos em muitos detalhes”.

O Fluminense vem de quatro jogos sem derrotas, e o provável time titular para enfrentar o Fortaleza é: Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri, Dodi, Nenê e Daniel; Marcos Paulo e Yony González​.

Você acompanha Fluminense e Fortaleza na Rádio Nacional (1130 AM), nesta quarta a partir das 21h10 (horário de Brasília).

Comentar

Compartilhar Tweet 1



    ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

A novela sobre a permanência de Gabigol no Flamengo parece que terá um final feliz. Em entrevista ao O DIA, o vice de futebol do Flameno, Marcos Braz, afirmou que o artilheiro deseja permanecer na Gávea e que tudo será resolvido após o Mundial. As informações são do Metrópoles.

“Tem alguns ajustes ainda, mas temos esse Mundial. A gente vai tratando e esperando o Mundial passar. Não tem muito o que falar. Ele tem a intenção de ficar, e o Flamengo de contratar. Eu estou muito à vontade para falar deste assunto. Desde o começo de janeiro, eu sempre tratei este assunto com uma lupa e prestando atenção nas movimentações”, disse o dirigente rubro-negro.

 

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Em 22 horas, diferença entre número de sócios-torcedores de Flamengo e Vasco caiu de 12.855 para 1.694. Índice vascaíno segue subindo graças à campanha enquanto que o rubro-negro se mantém estável, com ligeira queda. Vasco deve se tornar clube com maior ST do Brasil nesta terça. As informações são de Supervasco.

Comentar
Tinha sete anos e assistia · 03/12/2019 - 12h46

Sobrinho de Zico vira elo entre geração de 81 e time de Jesus


Compartilhar Tweet 1



Em 1981, Eduardo Antunes Coimbra tinha sete anos e assistia, pela televisão, seu tio famoso comandar o Flamengo que conquistou o mundo ao aplicar um 3 a 0 sobre o Liverpool (ING), no Japão.

Passados 38 anos, o mesmo Eduardo, 45, agora é um dos integrantes da comissão técnica de Jorge Jesus, que, após triunfar sobre o River Plate (ARG) na final da Libertadores e assegurar o título do Campeonato Brasileiro por antecipação, tem a chance de colocar o time da Gávea como a melhor equipe do planeta caso conquiste o Mundial de clubes.

Filho de Edu, um dos maiores jogadores da história do América-RJ, e sobrinho de Zico, Dudu Coimbra se orgulha ao chancelar o seu sobrenome em mais uma época áurea no clube.

"Nada melhor do que você trabalhar num lugar onde a sua família fez história. Não é só meu tio. Meu pai também jogou no Flamengo. Os dois tiveram uma bela trajetória no mundo do futebol. E poder estar aqui, no Flamengo, e fazer parte deste trabalho dá um orgulho muito grande", diz Eduardo, à reportagem.
A relação com o futebol não fica apenas em Zico e Edu. O tio Antunes (que morreu em 1997) foi centroavante do América e do Fluminense. Já o tio Nando defendeu o Madureira, o Ceará e esteve no futebol português.

Atrelado ao DNA famoso, Dudu sabe que a responsabilidade de mostrar competência e produtividade num local de trabalho onde seus familiares tiveram êxito é muito grande.

"Após o título da Libertadores, lá em Lima, brinquei que tinha de ter um Antunes Coimbra aqui novamente para o Flamengo ser campeão. Mas claro que isso é uma brincadeira sadia, pois tudo aqui é sério, e você tem que trabalhar muito para fazer a coisa andar", afirma.

Um dos cinco analistas de desempenho da atual comissão técnica de Jorge Jesus, Dudu, como é chamado, cuida mais da parte de estatística. "Fazemos a análise dos números que são coletados num software. O resumo disso é passado para o treinador e também vai para a parte institucional do clube."

Antes da chegada de Jorge Jesus, o estafe de desempenho contava com três profissionais. O treinador trouxe de Portugal mais dois integrantes para a Gávea. Nas conversas entre os colegas de departamento, Dudu passa um pouco do que viu do Flamengo dos anos 80.

"Eu, como sou o mais velho, converso mais sobre isso. Existe uma troca para saber como era o futebol antigo, sobre aquele time do Flamengo [do início dos anos 80]. Trocamos informações com os portugueses, tudo num clima muito bom." 
Na Gávea desde 2016, Dudu bem que tentou ser jogador de futebol quando era mais novo. Mas o sonho de fazer carreira no esporte que consagrou o pai e os tios minguou devido às inevitáveis comparações.

"Imagina ter um pai, um tio que foram jogadores. Eu sou parecido com o meu pai, que foi um habilidoso ponta de lança, mas igual não tem jeito. A mesma coisa é meu tio. A gente não consegue ser igual a eles. Meus primos [filhos de Zico] também passaram por isso", comentou Dudu.

O caminho que o levou para a área de comissão técnica teve os primeiros capítulos no CFZ, clube fundado por seu tio Zico. Ali, começou como auxiliar-técnico, foi treinador em todas as categorias de base e chegou ao profissional. Ele também trabalhou no América-RJ antes de chegar no Flamengo.

]No entanto, a fim de alçar voos maiores, o sobrinho de Zico teve que buscar nos estudos um diferencial para entrar no mercado.

"Fiz cursos e me atualizei. Sou formado, pós-graduado e tenho curso de treinador há 11 anos. Hoje se trabalha muito com estatística, matemática. É tudo muito diferente do futebol que conheci nos anos 80. Época, inclusive, [em] que meu tio brilhava no Flamengo", comentou.

Focado no trabalho quando está na Gávea, Dudu também tem Flamengo no seu repertório quando está junto com a família.

"Rapaz, a gente respira futebol em casa. No último jogo contra o Grêmio [vitória de 1 a 0 fora de casa], não viajei, almocei com a família, e vimos o jogo juntos. Tio Zico estava aqui inclusive, e a conversa foi só Flamengo."

E, numa família tão ligada ao clube da Gávea, muitos foram os conselhos e observações do ídolo rubro-negro sobre a equipe de Jorge Jesus.

"Varia muito. Fala da atuação de algum jogador, posicionamento de algum atleta. Meu pai me dá muito conselho, mas, na parte da estatística, não tem muito como ajudar, né. Mas nunca aconteceu de eu falar alguma coisa com o Mister porque meu tio mandou." 

Ligado à parte estatística da comissão, Eduardo Coimbra tem pouco acesso aos treinos e aos trabalhos de Jorge Jesus. Isso, porém, não o impede de analisar o que a equipe tem apresentado com o técnico português.

"O que a gente percebe é que a intensidade que o Flamengo apresenta nas partidas é a mesma que os jogadores mostram nos treinos. A cobrança é sempre muito grande."

Nesta reta final de temporada, com jogos decisivos tanto pelo Brasileiro como nas fases eliminatórias da Libertadores, Dudu e todo o departamento de análise de desempenho trabalharam bastante. Com isso, a família acabou ficando um pouco de lado.

"Com meu pai eu sempre consigo conversar, mas com o tio Zico fica mais difícil, até porque ele está no Japão, e o horário lá é virado. Mas sempre que posso, eu dou um jeito. Em Lima, depois que fomos campeões, mandei um WhatsApp com a foto da festa no campo para toda a família. Vantagens da tecnologia, né", completa. 

Comentar
Será se o Mister fica? · 03/12/2019 - 11h48

Jorge Jesus abre as portas para trabalhar na Espanha


Compartilhar Tweet 1



    Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O contrato de Jorge Jesus com o Flamengo vai apenas até o meio de 2020 e os torcedores do Rubro-Negro já começam a ficar pensativos sobre a permanência ou não do Mister no comando do clube. As campanhas vitoriosas no Campeonato Brasileiro e na Copa Libertadores fizeram com que o português caísse nas graças da torcida. O próximo compromisso do time, o Mundial de Clubes, porém, não será o divisor de águas para o “fico” do técnico no Brasil. As informações são do Metrópoles.

Em entrevista ao jornal português Correio da Manhã, Jesus ressaltou a importância de terminar a temporada conquistando mais um título, mas também levou em consideração que o vínculo com o Flamengo vai até maio do ano que vem.

“A minha decisão não vai ser tomada em função desse jogo. Até porque eu tenho contrato com o Flamengo até maio, apesar de haver alguma especulação em torno do meu futuro”, disse.

Apesar do contrato valer até maio do ano que vem, existe uma cláusula no contrato do português que o permite deixar o Flamengo ao final deste ano sem a cobrança de multa. Assim, o desejo de voltar a comandar uma equipe na Liga dos Campeões a partir de 2020. Gigantes como o Barcelona estariam interessadas em contratar o treinador. Ele, inclusive, ressalta que a preferência é, de fato, de trabalhar na Espanha.

“Todos querem treinar na Inglaterra, mas, se der, (minha) prioridade é a Espanha. Talvez também pela língua, porque estou muito habituado a falar com jogadores que falam espanhol. Por isso, seria mais fácil para mim. Mas não quero fazer previsões, até porque estou muito feliz no Flamengo”, garantiu.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O ano de 2019 ficará marcado para sempre na memória dos torcedores do Flamengo. Afinal, o clube conquistou o Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores no mesmo final de semana. No torneio doméstico, a conquista foi ainda mais especial: o Rubro-Negro sagrou-se campeão sem sequer entrar em campo. Assim, é comum que a torcida recorra a métodos inusitados para marcar a temporada. Um torcedor, por exemplo, deu um jeito para encaixar os nomes do atacante Gabigol e do meia Arrascaeta no nome do filho, nascido no mês passado. As informações são do Metrópoles.

Vitor Gabriel Arrascaeta Sant’ana Bastos nasceu no dia 22 de novembro, no Rio de Janeiro. Assim, o pequeno torcedor, que já aparece com roupinhas do Flamengo nas redes sociais do pai, veio ao mundo na sexta-feira que antecedeu o hepta brasileiro e do bi da Libertadores. O pai, Alex Bastos, cogitou registrar o menino sem sequer comunicar a mãe, vascaína. Mas mudou de ideia posteriormente.

    REPRODUÇÃO

“Eu ia registrar sem falar com ela, mas pensei ‘poxa, não posso fazer isso’. Ela é vascaína, a família toda dela também, mas no final não acharam ruim. Ela só está falando para vizinhos e professores para não chamarem a criança de Arrascaeta”, diverte-se, em entrevista ao portal carioca Extra.

Alex esteve em Lima, onde curtiu pessoalmente a conquista do bicampeonato da Copa Libertadores. Com a esposa grávida, ele disse ter organizado a viagem de forma que não transparecesse qualquer tipo de irresponsabilidade com o parto. O nome, originalmente, seria Vitor Hugo, mas o título mudou os planos do casal.

“Fui sabendo que ele ia nascer no período que eu estava lá. Deixei tudo certo para não dar ideia de irresponsabilidade. Estava tudo alinhado, tudo certinho. O nome seria Vitor Hugo, já tinha até enxoval com tudo bordado. Mas veio o jogo. Tinha que botar Gabriel e Arrascaeta”, ressalta.

Segundo o pai, a homenagem a Gabigol e Arrascaeta quase foi barrada. Isso porque a lei brasileira não permite que bebês sejam registrados com nomes vexatórios ou extensos demais. Foi preciso que o tabelião do cartório onde o recém-nascido foi registrado, em Mesquita, analisasse o caso para liberar o tributo. No fim das contas, deu tudo certo.

Comentar
Cruzeiro com 36 pontos · 03/12/2019 - 07h59 | Última atualização em 03/12/2019 - 15h46

Vasco vence Cruzeiro no encerramento da 36ª rodada


Compartilhar Tweet 1



No jogo que encerrou a 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco derrotou o Cruzeiro em partida realizada no estádio de São Januário nesta segunda (2).

Com este resultado a equipe mineira permanece na zona do rebaixamento com 36 pontos, e a 2 do Ceará, a primeira equipe fora do Z4. Já o Vasco alcança 47 pontos.

Gol no primeiro tempo

O único gol da partida saiu aos 10 minutos de jogo, com o colombiano Guarín. Após rápido contra-ataque, o meia recebeu na entrada da área e acertou forte chute para vencer o goleiro Fábio.

Jogos de domingo

No final da noite de domingo o Grêmio goleou o São Paulo por 3 a 0, enquanto o Santos bateu a Chapecoense por 2 a 0.


Fonte: Agencia Brasil
Comentar
Vários anos consecutivos · 03/12/2019 - 07h59 | Última atualização em 03/12/2019 - 15h46

Messi conquista Bola de Ouro pela sexta vez


Compartilhar Tweet 1



O atacante argentino Lionel Messi recebeu nesta segunda (2), em Paris, da prestigiosa revista francesa France Football, a Bola de Ouro, prêmio concedido ao melhor jogador de futebol do mundo.

Com o troféu recebido nesta segunda, Messi chega ao total de seis Bolas de Ouro (2009, 2010, 2011, 2012, 2015 e 2019), deixando para trás o português Cristiano Ronaldo, que tem 5 títulos.

O argentino superou na disputa o zagueiro holandês Van Dijk (Liverpool), que ficou em segundo, e o português Cristiano Ronaldo (Juventus), terceiro colocado.

Segundo a France Football, Messi recebeu o prêmio por ter números como: 45 gols pelo Barcelona em 2019, conquista do Campeonato Espanhol 2018/2019, 114 gols em 140 jogos da Liga dos Campeões e 613 gols em 701 jogos pelo Barcelona.

Messi já havia sido escolhido como melhor do mundo pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), e recebeu o prêmio The Best em setembro.

Melhor goleiro do mundo

O único brasileiro a ser premiado na festa foi Alisson (Liverpool). Ele foi escolhido como melhor goleiro do mundo, superando na disputa o alemão Ter Stegen (Barcelona), segundo colocado, e o brasileiro Ederson (Manchester City), terceiro.

Premiação feminina

Entre as mulheres o título de melhor jogadora foi para a norte-americana Megan Rapinoe. Ela foi escolhida após um ano brilhante, no qual se destacou na Copa do Mundo de Futebol Feminino. Na competição disputada na França, ela foi escolhida a melhor jogadora, além de garantir a artilharia.

A brasileira Marta (Orlando Pride) era uma das finalistas nesta categoria.

Destaque sub-21

Quem também foi premiado foi o zagueiro holandês De Ligt (Juventus). A escolha se deu graças à excelente temporada que o defensor fez no Ajax na última temporada. Nesta categoria um brasileiro foi indicado, o atacante Vinícius Júnior (Real Madrid).

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Sem mais pretensões nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras mergulha em seu planejamento para 2020. No domingo (1º), em pleno Allianz Parque, após a derrota por 3 a 1 para o Flamengo, o presidente do clube, Maurício Galiotte, anunciou as demissões do técnico, Mano Menezes, e do diretor executivo, Alexandre Mattos, e mais mudanças pela frente. Afinal, no entanto, o que o mandatário alviverde quer?

Galiotte agora busca no mercado um dirigente que terá um pouco menos de poder em suas mãos, e vai manter a o projeto de reformulação traçado pelo ex-treinador.
Mais do que pensar num nome, a ideia é pensar na nova filosofia, numa nova estrutura. Ela passa por um executivo que não tenha amplos poderes e se encaixe numa hierarquia. Devem ser estabelecidas diretrizes e metas claras a serem cumpridas. A avaliação do trabalho do executivo seria em cima dessas diretrizes e metas.

Um dos planos é aproveitar mais a base e fazer contratações certeiras. Investir mais em jogadores prontos, deixando espaço para preparar quem vem da base.
Não dá para dizer que Mattos tinha carta-branca no Palmeiras, mas era bem próximo disso. Há cinco anos no clube, ele participou da conquista de títulos importantes, como o do Brasileirão do ano passado. Desde o início desta temporada, o clube estudava colocar um chefe estatutário mais direto de Mattos, mas o processo não andou.

A ideia agora é contratar uma pessoa que seja profissional, passe pelo mercado, mas tenha que responder muito mais a um chefe do que era no caso de Mattos. O clube já sondou Thiago Scuro para o cargo. O CEO do Red Bull Bragantino sinalizou que pretende permanecer no interior do estado. Ele tem contrato com o time até 2023. Outros nomes cotados são os de Paulo Autuori, Paulo Pelaipe e Diego Cerri.

Em relação ao elenco, a reformulação planejada por Mano, com mais de 10 jogadores saindo, continua. Ontem, Galiotte deixou claro a intenção de ver diversos atletas serem negociados. Os nomes mais cotados são os de Fernando Prass, Edu Dracena, Antônio Carlos, Victor Luís, Thiago Santos, Bruno Henrique, Hyoran, Borja, Raphael Veiga, Carlos Eduardo, Henrique Dourado e Deyverson.

"Jogador para atuar no Palmeiras tem de ter qualidade, espírito de luta, e coragem. Essa mudança vai ocorrer também ao plantel e vamos começar uma nova etapa. Toda nova etapa demanda um período de adaptação. O planejamento já começou, já tivemos várias reuniões. Os meninos da base estarão no profissional, teremos mudança de filosofia, de planejamento", disse o presidente.
Quanto ao substituto de Mano, o mandatário deixou em aberto a possibilidade de seguir o caminho do Flamengo e buscar um profissional estrangeiro. O time carioca foi campeão com o português Jorge Jesus.

"Começamos a partir de amanhã algumas definições importantes e pensar em 2020. O futebol passa por mudanças e o Palmeiras tem de acompanhar essas mudanças. É nesse caminho e direção que vamos procurar as peças que entendemos ser as melhores para isso", falou o dirigente.

Comentar
Avaí vence a disputa · 02/12/2019 - 10h06

Flu deixa vitória escapar e ainda corre risco de queda


Compartilhar Tweet 1



O Fluminense chegou muito perto do alívio completo no Campeonato Brasileiro, mas deixou escapar a vitória sobre o Avaí aos 46 minutos do segundo tempo. O tricolor vencia o time catarinense por 1 a 0, com um gol de Marcos Paulo ainda na primeira etapa, mas recuou no fim da partida e acabou sofrendo o empate com João Paulo cobrando pênalti.

Com o resultado, o Fluminense chegou aos 42 pontos e ainda não garantiu matematicamente a permanência na série A do Brasileirão. O Cruzeiro, primeiro time na zona do rebaixamento, tem três jogos pela frente e pode passar o tricolor. A Raposa entra em campo nesta segunda-feira (02), contra o Vasco, em São Januário, às 20h. Uma vitória cruz-maltina garante o Flu na primeira divisão.

Restou aos tricolores torcerem para o rival na última partida da 36ª rodada. O Fluminense não fez o seu papel em Florianópolis. Depois de duas vitórias consecutivas, saiu na frente contra o lanterna da competição e dominava as ações. A partir da metade do segundo tempo, recuou, pareceu cansado, e deu chances ao Avaí. O pênalti do empate foi cometido por Nino em cima de Jonathan e precisou ser cobrado duas vezes. Na primeira, defesa de Marcos Felipe. O goleiro estava adiantado e o VAR mandou voltar. Na segunda, João Paulo não desperdiçou.

O técnico Marcão comentou a frustração após o empate fora de casa.

“A gente queria tá jogando mais em cima, com mais volume de jogo. Nossa equipe parou de tocar a bola. Obviamente é desgastante essa pressão toda que vem acontecendo, de resultados, de cobranças. Foi a terceira partida em uma semana. A gente fez algumas mudanças para ver se continuava marcando em cima, trazendo nossa equipe para cima e fazer o nosso jogo de posse de bola e controle, ditando o ritmo do jogo. A partir do momento que a gente não conseguiu controlar, o jogo ficou muito igual, muito aberto. O Fluminense poderia ter feito o segundo, mas fomos penalizados com o empate do Avaí”.

O Fluminense entra em campo na próxima quarta (04) contra o Fortaleza, às 21h30min, no Maracanã. Dependendo do resultado da partida entre Vasco e Cruzeiro, o tricolor pode jogar tranquilo, pensando em uma vaga para a Sul-Americana, ou pressionado, ainda fugindo do rebaixamento.


Fonte: Agência Brasil
Comentar
Equipe mineira abriu o placar · 02/12/2019 - 09h59

Brasileiro: Atlético-MG supera Corinthians por 2 a 1


Compartilhar Tweet 1



O Atlético Mineiro derrotou o Corinthians por 2 a 1, neste domingo (1/12), em jogo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro disputado no estádio Independência.

Jogando em casa, a equipe mineira abriu o placar aos 18 do primeiro tempo. O equatoriano Cazares chuta muito forte para vencer o goleiro Cássio após receber passe de Marquinhos.

Porém, a alegria durou pouco, pois um minuto depois o garoto Janderson chuta cruzado para deixar tudo igual.

A vitória do Atlético foi garantida na etapa final, aos 28 minutos, com gol de pênalti do lateral Fábio Santos.

Triunfo fora de casa

Quem venceu jogando fora de casa foi o Bahia. A equipe comandada pelo técnico Roger Machado superou o CSA por 2 a 1 jogando no Rei Pelé.

O triunfo do time baiano começou a ser construído aos 31 minutos do primeiro tempo com Gilberto. Ele marcou após receber passe de Flávio.

O CSA ainda chegou a ensaiar uma reação ao empatar aos 9 minutos da etapa final com gol do volante Nílton de cabeça.

Mas, aos 40 do segundo tempo, Arthur Caíke marca e dá a vitória para o Bahia.

Com este resultado a equipe alagoana está praticamente rebaixada. Para fugir da série B, o CSA tem que vencer suas duas partidas, torcer para o Ceará perdeu seus dois jogos restantes e tirar uma diferença enorme no saldo de gols (26).


Fonte: Agência Brasil
Comentar
36ª rodada · 02/12/2019 - 09h50 | Última atualização em 03/12/2019 - 12h11

Campeão Flamengo vence Palmeiras em dia de recordes


Compartilhar Tweet 1



Jogando em São Paulo, o Flamengo derrotou o Palmeiras por 3 a 1 na tarde deste domingo (1/12) e manteve a rotina de bater recordes no Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, válida pela 36ª rodada, a equipe da Gávea escreveu novos capítulos da história de uma edição do Brasileiro disputado por 20 clubes no formato de pontos corridos: É o maior pontuador (87), alcança o maior número de vitórias (27) e tem o melhor ataque (80 gols).

Outro a bater recordes foi o atacante Gabigol, que, com os 2 gols marcados diante do Palmeiras se tornou o maior artilheiro de uma edição do campeonato em pontos corridos com 20 participantes, com 24 tentos no total.

O jogo

Mesmo jogando em casa o Palmeiras não conseguiu controlar as ações em momento algum. Isto permitiu ao Flamengo abrir o marcador logo aos 4 minutos de partida. Bruno Henrique dá passe em profundidade para Gabigol, que, diante do goleiro Jaílson, toca para Arrascaeta escorar para o fundo das redes.

Atacante Gabigol chega a 24 gols na edição 2019 do Brasileiro - REUTERS/Amanda Perobelli

Mesmo com a vantagem no marcador a equipe carioca continuou buscando ampliar o placar. E o segundo gol veio um pouco antes do intervalo. Rafinha cruza para Arrascaeta, que toca de primeira para Gabigol, que, também de primeira, chuta para vencer o goleiro adversário.

E o terceiro veio também dos pés do camisa 9 do Flamengo. Com menos de 1 minuto da etapa final, Vitor Hugo erra na saída e a bola sobra para Gabigol marcar o seu segundo.

Com vantagem tão elástica, o time carioca diminuiu o ritmo, e o Palmeiras chegou ao gol de honra aos 38 do segundo tempo com o volante Matheus Fernandes.

Vitória do Fortaleza

Quem também venceu na tarde deste domingo foi o Fortaleza. Mesmo jogando no Serra Dourada, derrotou o Goiás por 2 a 1.

Bruno Melo e Osvaldo abriram 2 a 0 para a equipe do Ceará. E Rafael Moura descontou para o esmeraldino.

Empate nos minutos finais

Quem perdeu a chance de afastar de vez as chances de ser rebaixado foi o Fluminense. Jogando no estádio da Ressacada abriu o placar aos 35 minutos do primeiro tempo com gol de cabeça do atacante Marcos Paulo.

Mas permitiu que o Avaí empatasse, aos 46 minutos do segundo tempo, com gol em cobrança de pênalti de João Paulo.

Jogos de sábado

A 36ª rodada do Brasileiro começou no sábado, com a vitória de 1 a 0 do Internacional sobre o Botafogo, e o empate em 1 a 1 entre Ceará e Athletico-PR.


Fonte: Agencia Brasil
Comentar
36ª rodada do Brasileirão · 01/12/2019 - 21h00 | Última atualização em 01/12/2019 - 21h14

Sem sua torcida, Flamengo goleia o Palmeiras no Allianz Parque


Compartilhar Tweet 1



No Allianz Parque, 22.219 pessoas assistiram o Palmeiras perder para o Flamengo por 3 a 1, neste domingo (1º), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nem o encontro entre as duas equipes que por mais rodadas lideraram o Nacional, nem o fato da partida ter sido disputada com torcida única, fez com que as arquibancadas do estádio lotassem -a capacidade total do Allianz é de cerca de 55 mil pessoas.

A reedição do duelo que derrubou o então técnico Luiz Felipe Scolari, em setembro, aumentou a pressão sobre o atual treinador do Palmeiras, Mano Menezes.

Com o revés, o Palmeiras perde a chance de assumir a vice-liderança do campeonato e fica estacionado em 3º, com 68 pontos.

A partida não teve venda de ingressos para a torcida visitante após a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) acatar um pedido do Ministério Público de São Paulo.

O órgão protocolou a requisição com base em um relatório da Polícia Militar (PM) que avaliava como grande o risco de possíveis confrontos entre palmeirenses e flamenguistas.

A presença exclusiva de torcedores alviverdes nas arquibancadas não evitou, no entanto, que a PM precisasse atuar no decorrer da partida.

Durante a transmissão do jogo na TV, câmeras flagraram o momento em que agentes do estado tiveram que conter torcedores palmeirenses. Posicionados atrás do banco de Mano Menezes, eles protestavam contra o treinador.

As imagens também mostraram policiais retirando um torcedor do estádio, logo após o árbitro apitar o fim do primeiro tempo, som que veio acompanhado de vaias.

Na segunda etapa, bancos das arquibancadas foram atirados no gramado, cena também flagrada pela televisão.

Se no começo da partida os cantos de incentivo ao time se sobressaiam, com o decorrer do jogo aumentaram os gritos de "vergonha" e as vaias.

Durante o aquecimento, os jogadores do Flamengo aplaudiram simbolicamente o vazio setor onde costuma ficar a torcida visitante no estádio.

Desde 2016, apenas os clássicos entre times do estado de São Paulo eram restritos à torcida da equipe mandante.

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) deu direito de reciprocidade ao clube carioca. Ou seja, o Flamengo pode decidir não vender ingressos para o Palmeiras na próxima vez em que for mandante do duelo, em competições da CBF.

Com dois gols, Gabriel foi o principal destaque do jogo.
Após marcar pela 24ª vez neste Brasileiro, o atacante se tornou o maior artilheiro de uma só edição do campeonato com 20 clubes, ultrapassando Borges (2011) e Jonas (2010), que tinham 23.

O camisa 9 ainda assistiu Arrascaeta no primeiro gol da partida deste domingo.
Já campeão, o Flamengo recebe o Avaí na próxima quinta-feira (5). No mesmo dia, o Palmeiras, em terceiro e sem chances de cair para quarto, joga contra o Goiás.

PALMEIRAS
Jaílson; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo (Matheus Fernandes), Bruno Henrique, Lucas Lima (Willian) e Ramires (Gustavo Scarpa); Dudu e Luiz Adriano. Técnico: Mano Menezes

FLAMENGO
Diego Alves; Rafinha (Rodinei), Rodrigo Caio, Rhodolfo e Filipe Luis; Arão, Gerson, Arrascaeta e Vitinho (Piris da Motta); Bruno Henrique (Diego) e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 3 FLAMENGO
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Público/Renda: 22.219/R$ 1.291.119,45
Cartões amarelos: Rafinha e Vitinho (Flamengo)
Gols: Arrascaeta (PAL), aos 3 minutos, e Gabigol (PAL), aos 46 do primeiro tempo; Gabigol (PAL), aos 2 minutos, e Matheus Fernandes (PAL) aos 38 da segunda etapa.

Comentar