Diversos ilícitos praticados · 11/10/2019 - 17h01

Procuradora pede afastamento imediato e cassação de prefeito de município do Piauí


Compartilhar Tweet 1



A Procuradora Jurídica do Município de Marcos Parente, Lara da Rocha Alencar Bezerra, protocolou na Câmara Municipal de Vereadores, um pedido de afastamento imediato e cassação do prefeito Pedro Nunes de Sousa por vários crimes. Com informações do Piauí Notícias.

Prefeito de Marcos Parente, Pedro Nunes de Sousa.
Prefeito de Marcos Parente, Pedro Nunes de Sousa. 

Lara apresentou farta documentação apontando os seguintes ilícitos: infrações administrativas, crime de responsabilidade, perseguição pessoal, abuso de autoridade, violação de prerrogativas profissionais, quebra de decoro, descumprimento de ordem judicial, usurpação de função publica e reiterada inobservância de leis, além de outros ilícitos.

"De modo a assegurar o efetivo respeito as normas legais do Município, com o objetivo precípuo de resguardar o interesse publico, uma vez que as atuações do Prefeito e de seus gestores são ilegitimas e nocivas ao Município, causando danos irreversíveis a administração publica, se faz necessário o afastamento imediato de ambos e a cassação do prefeito pela prática de infração político-administrativa e crime de responsabilidade", disse a Procuradora.

O pedido de impeachment foi direcionado ao Presidente da Câmara Municipal, Jobsom Guimarães, da base aliada do prefeito, que sera o responsável para colocar em votação aos demais vereadores. Lara também acionou o Ministério Público sobre os supostos crimes pedindo providências urgentes.

 


Comentários