180graus

'veículos devem ser trocados' - 24/01/2017 às 17h17

Ministério da Justiça faz alerta para recall aos veículos Mercedes-Benz e Toyota

ISLAMAR
Casa do cartucho
comserv
UNIMED ORTOPEDIA

Ministério da Justiça e da Cidadania (MJC) alerta que a TOYOTA DO BRASIL LTDA. protocolou campanha de recall dos veículos Toyota, marca Lexus, modelo IS 300. O órgão também reforça informe da empresa Mercedes-Benz do Brasil Ltda. sobre recall para os automóveis dos modelos Classes GLE 450 AMG, GLE 63 AMG, GLE 63 AMG Coupé, GL 63 AMG, GLS 63 AMG e GLE 400 Coupé.

De acordo com a Toyota, o alerta foi feito em razão da possibilidade de rompimento inadequado do airbag no caso de colisão de veículo. Este fator pode provocar a dispersão de fragmentos de metal da carcaça do deflagrador juntamente com a bolsa do airbag.

A respectiva campanha de recall abrange 26 automóveis importados, produzidos no período de 15 de fevereiro de 2012 a 14 de setembro de 2012, e colocados no mercado de consumo, com numeração de chassi, não sequencial, compreendida entre os intervalos JTHBG2626*C5002916-C5003137 a D5003141-D5003379.

Riscos Toyota
Toyota destacou ter constatado que os veículos em questão são equipados com um sistema de airbag do lado do passageiro (lado direito) que contém uma peça denominada "deflagrador", na qual se constatou a degradação de um componente químico após longos períodos de exposição do veículo a altas temperaturas e umidade do ar. Nessa condição, o airbag pode estar mais suscetível para romper-se inadequadamente no caso de colisão do veículo, o que pode provocar a dispersão de fragmentos de metal da carcaça do deflagrador juntamente com a bolsa do airbag.

Mais informações podem ser obtidas junto à Toyota, por meio do SAC Lexus: 0800 5398 727 ou pelo site www.lexus.com.br e www.toyota.com.br.

Mercedez
Já o recall da Mercedes-Benz do Brasil Ltda. é referente aos veículos: Classes GLE 450 AMG, GLE 63 AMG, GLE 63 AMG Coupé, GL 63 AMG, GLS 63 AMG e GLE 400 Coupé. O alerta foi feito para a atualização do software do módulo de comando, do sistema de ocupação do assento, do banco dianteiro do passageiro.

A campanha, com início de atendimento em 19 de janeiro de 2017, abrange 186 veículos, importados, colocados no mercado de consumo, com numeração de chassi, não sequencial, WDCDA6EW3GA727355, para o modelo GLE 450 AMG; de WDCDA7EW1GA685502 a WDCDA7EW2GA725845, para os modelos GLE 63 AMG; de WDCED7EW7GA015934 a WDCED7EW9GA026790, para os modelos GLE 63 AMG Coupé; de WDCED5GW7GA010797 a WDCED5GW7GA029950, para os modelos GLE 400 Coupé; de WDCDF7EW8GA623239 a WDCDF7EW1GA626824, para os modelos GL 63 AMG; e WDCDF7FW5GA629529 para o modelo GLS 63 AMG. Todos os modelos com data de fabricação entre julho de 2014 a setembro de 2016.

A Mercedes-Benz informou que devido a uma falha no software que controla a calibração do sensor de peso do assento dianteiro do passageiro, o sistema de ocupação do respectivo banco pode não atender às especificações de projeto. Neste sentido, a inconformidade poderá impossibilitar que o sistema de ocupação do assento identifique a presença de passageiro. O fator pode ocasionar a desativação do airbag frontal do passageiro, podendo causar possíveis danos físicos ao ocupante desse assento em caso de colisão do veículo.

Mais informações podem ser obtidas junto à Mercedes-Benz, por meio da central de relacionamento com o cliente 0800 970 9090 ou pelo site www.mercedes-benz.com.br.

Seus direitos
O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Fonte: Portal Brasil

A menor taxa desde 2002 - 18/01/2017 às 11h54

Produção de motos tem queda de quase 30% em 2016

UNIMED ORTOPEDIA
comserv
Casa do cartucho
ISLAMAR

A produção de motocicletas no país caiu 29,7% em 2016 na comparação com 2015. No ano passado, foram fabricadas 887.653, contra 1.262.708 unidades, em 2015, de acordo com dados divulgados hoje (18) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Foi a menor taxa de produção desde 2002. Em dezembro, foram fabricadas 32.814 motocicletas ante 50.633 unidades no mesmo período do ano passado, o que corresponde a uma queda de 35,2%. Na comparação com novembro, a redução chegou a 53,3%.

Vendas

Em 2016, as vendas também caíram, 27,9% em comparação a 2015. Em dezembro, foram comercializadas 56.155 motocicletas, o que corresponde a uma queda de 18,9% em relação à dezembro de 2015 e de 5,4% ante o mês de novembro, quando as unidades vendidas somaram 59.372.

Exportações

Já as exportações registraram queda de 14,6% em 2016, com 59.022 unidades comercializadas no mercado externo, na comparação com o ano anterior (69.123 exportadas).

Fonte: Agência Brasil

Redução acompanhou a retração - 05/01/2017 às 13h45

Produção de veículos tem queda de 11,2%, diz Associação

Casa do cartucho
ISLAMAR
UNIMED ORTOPEDIA
comserv

A produção de veículos registrou queda de 11,2% em 2016 em comparação com 2017, segundo o balanço divulgado hoje (05/01) pela Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). De janeiro a dezembro, foram montadas 2,16 milhões de unidades contra 2,43 milhões no mesmo período de 2015.

A redução do ritmo nas fábricas acompanhou a retração do mercado, que registrou no acumulado do ano passado queda de 20,2% nas vendas. Ao longo de 2016, foram licenciados 2,05 milhões de veículos, enquanto em 2015 foram comercializadas 2,57 milhões de unidades.

Em dezembro, a queda nos licenciamentos ficou em 10,3% em relação ao mesmo mês de 2015, com a venda 204,3 mil veículos. O resultado é, no entanto, 14,7% superior ao de novembro de 2016, quando foram comercializadas 178,2 mil unidades.

Carros de passageiros têm recuo

As vendas de carros de passageiro tiveram no ano queda de 16,7% em relação a 2015, com o licenciamento de 1,48 milhão de unidades. Os caminhões tiveram retração de 30,6% na comercialização, com o emplacamento 48,7 mil unidades ao longo do ano passado.

As indústrias fecharam o ano com 9,29 mil vagas a menos do que em dezembro de 2015.

No final do ano passado, as montadoras empregavam 121,2 mil pessoas, uma redução de 7,1% em comparação com os 130,5 registrados no último mês de 2015.

Fonte: Agência Brasil

Documentação atrasada - 24/12/2016 às 13h53

Proprietários buscam regularização e Detran-PI libera 7.143 veículos do pátio

Casa do cartucho
UNIMED ORTOPEDIA
ISLAMAR
comserv

Conduzir veículo com documentação atrasada ou sem equipamentos de segurança são infrações que podem acarretar na apreensão do mesmo. Neste ano, em Teresina, 8.868 registraram entrada no pátio do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI). Do total, 7.143 já tiveram a situação regularizada por parte de seus proprietários. A motocicleta lidera no número de apreensões, com 6207 registros.

Para Arão Lobão, diretor geral do Detran, o aumento do número de remoções se deu pela intensificação das fiscalizações que estão ocorrendo em todas as zonas da capital e o que se percebe é que os veículos com licenciamento em atraso ou com débito de multas estão entre as principais causas de apreensões.

“Durante as blitzen percebemos várias irregularidades. É necessário que o condutor se conscientize que para circular livremente, o veículo precisa estar de forma regular”, esclarece.

Os proprietários interessados em retirar o veículo do pátio do Detran, devem quitar os débitos existentes, sejam eles referentes a taxas de licenciamento, seguro obrigatório, taxas ou despesas de remoção e depósito. Após o pagamento, o condutor deve abrir um processo no posto do órgão para solicitar a retirada. Apenas o proprietário ou representante legal, através de procuração pública, podem fazê-la.

Caso o veículo não seja retirado em até 60 dias, o Detran iniciará o processo para levá-lo a leilão. Os proprietários serão notificados e após 30 dias, caso não haja a regularização, é lançado um edital. Eles ainda contam com o prazo de até o dia anterior ao leilão para a retirada do veículo, assim o órgão dá um prazo máximo de 150 dias para o condutor regularizar a situação diante do órgão.

Leilões: oportunidade de bom negócio

Quem pretende adquirir um carro, moto ou peças para revenda, o leilão de veículos do Detran é uma ótima oportunidade. Com valores abaixo do mercado, os veículos leiloados pelo Departamento chegam a ter preço, em média, 30% menor que o de tabela. Em 2016, o órgão realizou 14 leilões todo do estado. Ao todo, 2.093 lotes foram disponibilizados para arremate somente neste ano.

"O principal motivo da apreensão dos veículos é o licenciamento em atraso. Muitas pessoas permanecem na cultura de que o veículo pode trafegar pela cidade e interior sem estar com a documentação em dia”, afirma o diretor de Infrações do Detran, Levi Gomes.

De acordo com o diretor, os veículos permanecem no pátio porque muitos proprietários, ao terem o veículo apreendido em blitzen de fiscalização, deixam de fazer o resgate, por ser obrigatória a quitação dos débitos. "Por terem um preço menor que os veículos do mercado, em tempo de crise, muitos piauienses tem aproveitado essa oportunidade para comprar um veículo. A maioria encontra-se em bom estado de conservação e o índice de sucatas é bem menor”, destaca Levi.

Fonte: Com informações da assessoria

Poderá ser pago em cota única - 21/12/2016 às 19h04

SEFAZ divulga tabela de pagamento do IPVA para 2017; confira a tabela do ano

Foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (20), uma instrução normativa da Secretaria de Fazenda do Piauí estabelecendo o calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para o exercício de 2017.

A base de cálculo segue a tabela FIPE referente a valores dos veículos, embarcações e aeronaves para o ano de 2017.

Assim como nos anos anteriores, o IPVA poderá ser pago em cota única com desconto de 15% ou parcelado em 3 vezes.

O calendário tem validade a partir de 1º de janeiro de 2017.

ipva.jpg

Carregando, por favor aguarde...
podium
Gráfica 180 vende máquinas
MRV está chegando à Teresina
Terno e Cia
Últimas Notícias
19h55 Intensidade de chuvas aumentam e riacho transborda em Canavieira 19h54 Secretário Municipal Coronel Araújo, participa de aniversário do Corpo de Bombeiros 19h41 Vereadores dão posse aos suplentes na Câmara de Vereadores em Campo Largo do Piauí 19h36 1º reunião para Elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico do Município de Paes Landim 19h27 Assessor de Mariano diz que não irá mais divulgar os 'boletins médicos' 19h00 Cursos da Rede e-Tec Brasil podem chegar à Queimada Nova 18h55 Mariano: 'suspeito' foi preso, mas não pelo esfaqueamento, e sim por tráfico 18h44 Força-tarefa deve comerçar a atuar em presídio do Rio Grande do Norte 18h15 Vereadora é presa no sul do país suspeita de desviar papel higiênico 18h08 Em treino, Tite indica escalação titular para enfrentar a Colômbia no amistoso 18h01 Boletos bancários já vencidos poderão ser pagos em qualquer banco;detalhes 18h00 TRE desaprova as contas de diretório do PR-PI e suspende fundo partidário 17h59 Grávida fica ferida em colisão de ônibus e van em Teresina 17h36 Sílvio deixa vida de 'vovô' aposentado 17h32 Multa para quem provocar tumulto em estádio poderá ser de 1% da renda do jogo 17h30 Oscar 2017 tem recorde de negros indicados; veja aqui a lista completa 17h17 Ministério da Justiça faz alerta para recall aos veículos Mercedes-Benz e Toyota 17h15 Jornal Diário do Povo pode anunciar parceria com a equipe da Band Piauí 17h12 Ministério da Transparência convida Acauã para capacitação na APPM 17h10 Sono sem qualidade: Por que é tão difícil dormir em noites quentes? 17h10 ‘Hormônio do romance’ pode ajudar a tratar problemas sexuais, diz estudo 17h05 Por que a Operação Geleira assombra gestões no município de Oeiras 17h05 Casa de ex-candidato a prefeito pega fogo no interior do Piauí 17h03 Estudantes que não fizeram Enade têm uma semana para regularizar situação 17h00 Júlio César pretende disputar a 4ª secretaria da Mesa Diretora