180graus

Tema foi votado duas vezes - 20/04/2017 às 14h05

Requerimento de urgência sobre a reforma trabalhista é aprovado na Câmara






comserv

O governo comemorou a aprovação, na noite desta quarta-feira (19/04) pelo plenário da Câmara, do requerimento de urgência para apreciação do projeto de lei 6787/16, que trata da reforma trabalhista. Após derrota ontem na aprovação do mesmo requerimento, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), colocou novamente o tema em votação. Na segunda tentativa foram alcançados 287 dos 257 votos necessários para acelerar a tramitação.

O porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola, disse em pronunciamento que o presidente Michel Temer acompanhou a votação e que o resultado “traduz uma ampla maioria e um firme apoio do Congresso”. O pronunciamento do porta-voz foi mais voltado à demonstração de força do governo na Câmara do que à proposta de reforma trabalhista em si.

Com a aprovação do regime de urgência é possível pular etapas e colocar o projeto para ser votado - tanto na comissão quanto no plenário - já na próxima semana. Alguns prazos não precisarão ser mais cumpridos e não será possível pedir vista ou apresentar emendas à matéria na comissão especial que analisa o substitutivo do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN).

Em seu pronunciamento, Parola citou ainda a aprovação ontem do texto base do Projeto de Lei Complementar (PLP) 343/17, que trata da recuperação fiscal dos estados superendividados como exemplo da maioria que Temer tem na Câmara.

“Ambas confirmam a solidez da base congressual do governo e seu compromisso com o conjunto de medidas que, discutidas e aprovadas ao longo dos últimos meses, já foram capazes de tirar o Brasil da mais profunda recessão de sua história. O presidente da República agradece às deputadas e aos deputados pelos votos dados a favor de cada uma dessas medidas”.

“Excesso de confiança” e ligação para líderes

Após a derrota na tentativa frustrada da base governista de aprovar o requerimento de urgência da reforma trabalhista na Câmara, o presidente da Casa, Rodrigo Maia, ligou para o presidente Michel Temer para explicar o ocorrido. A justificativa foi uma desmobilização dos deputados, que não estavam no plenário na hora da votação.

Um exemplo é que o próprio líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), estava no Senado no momento e não voltou à Câmara a tempo de votar. Após a explicação de Maia, Temer acionou o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, que ligou para os líderes da base e reagrupou os deputados ausentes no plenário. Com isso, o governo conseguiu aprovar o texto base do PLP da recuperação fiscal dos estados superendividados, pouco tempo depois.

A avaliação do Planalto é que houve “excesso de confiança” na primeira tentativa de aprovação do requerimento de urgência da reforma trabalhista. A nova votação no início da noite de hoje irritou deputados da oposição, que chamaram de “manobra” a reapresentação do requerimento.

O deputado Henrique Fontana (PT-RS) interpelou Maia. "O requerimento de urgência foi derrotado porque não atingiu os 257 votos e eu fui atingido com a informação de que Vossa Excelência [Rodrigo Maia] quer repetir a votação. O governo tem que reconhecer que perdeu ontem", disse.

Reforma da Previdência

Já o texto do relatório da reforma da Previdência, muito negociado entre governo e base aliada por semanas, será posto em votação apenas no dia 2 de maio, após acordo com a oposição. O governo, inclusive, adota um discurso positivo com relação ao adiamento da votação na comissão especial. No Palácio do Planalto, o entendimento é que foi uma saída para evitar sucessivas obstruções de parlamentares da oposição na votação do relatório.

Para o governo, saber o dia preciso em que a comissão votará o relatório de Arthur Maia (PPS-BA) é mais importante do que ter esperar quase duas semanas para aprovar a proposta e levá-la ao plenário da Casa. O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) vai monitorar o tamanho dos atos do Dia do Trabalhador, no 1° de maio, como costuma fazer em manifestações, para avaliar possíveis manifestações de rua contra a reforma da Previdência.

Fonte: Com informações da Agência Brasil

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Matemática Básica
Informática p/ Concurso
Informática para concursos
Matemática e Raciocínio Lógico
Últimas Notícias
01h46 Prefeito Lan realiza grande corrida de cavalos no dia do Vaqueiro 00h05 Feijoada da Família 2017: Evento atrai centenas de pessoas e é recorde de publico. Confira. 23h58 Nutricionista Evanuelly falou sobre alimentação saudável em comunidade 23h50 Pedrinho Pegação levou público ao delírio em Conceição do Canindé 23h33 Encerramento da XXXV Festa dos Vaqueiros movimentou a cidade de Conceição do Canindé 23h15 Semana Missionária da Juventude está sendo realizada em Castelo do Piauí 22h10 THE: PRF prende suspeitos de assalto com moto roubada 21h22 "Peregrino de dura jornada”, biografia do Padre Anchieta Cortez 21h21 Homem denuncia empresa que levou seus carros para vender e 'sumiu' com eles 21h09 Time de Oeiras foi campeão da Copa da Uva 21h05 'Na Europa elite anda nas calçadas, chega em THE, põe o carro em cima' 21h01 Prefeitura abre inscrições para concurso com 167 vagas em diversos cargos 20h56 Desnível de pista na BR-135 é quase da altura de uma garrafa pet. Amplie 20h40 Pimenteiras 63 anos em fotos 20h31 Presidente da Câmara solicita à secretaria municipal reativação do PETI em Floriano 20h30 Aliança do Gurguéia emociona o público na semana cultural com peça sobre o Padre Anchieta Cortez. 20h20 Reunião na Seduc define ações para plano de segurança escolar em PHB 20h19 Nordeste: Ampliada a renegociação de dívidas de produtores atingidos pela seca 20h16 Programa Criança Feliz será implantado ma cidade de Parnaíba 20h14 Deputado estadual Luciano Nunes recebe Ordem do Mérito Anhanguera no Goiás 20h06 Prefeito esteve reunido com secretário estadual Nerinho em busca de investimentos 20h05 11 maneiras de usar o vibrador com o gato e deixar o sexo mais hot 20h02 Comissão da OAB solicita informações sobre aumento da tarifa de água no PI 20h01 Encceja será aplicado em 546 cidades; inscrições iniciam no dia 07 de agosto 19h48 Carlinhos Conceição se apresenta nesta quarta em Teresina

Podium
Matemática Básica
Informática para concurso

Mais Lidas


    Enquete

    Você acredita que Michel Temer vai...

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-05-29 15:46:00.0 a 2017-06-05

    Raciocínio Lógico
    Podium - Professor Atualidades
    Podium

    180graus no Instagramno Instagram

    Podium - Professores Dir. Constitucional