180graus

Operação Lava Jato - 16/04/2014 às 19h11

Nova fase de operação da PF vai investigar fraudes em licitações

Novos Talentos
Fachada

A Polícia Federal deverá abrir novos inquéritos no âmbito da Operação Lava Jato para investigar especificamente fraudes em licitações, desvios de recursos públicos, corrupção ativa e passiva e sonegação fiscal. Essa etapa da investigação terá como meta principal identificar servidores e administradores públicos e políticos envolvidos com o doleiro Alberto Youssef (foto ao lado), personagem central da Lava Jato, deflagrada em 17 de março para estancar esquema de lavagem de dinheiro que pode alcançar R$ 10 bilhões.

Nesta terça feira, 15, a PF concluiu 4 inquéritos e indiciou 46 investigados, entre eles Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa. O ex-executivo da estatal foi indiciado em um desses inquéritos, da Operação Bidone – desdobramento da Lava Jato -pelos crimes de organização criminosa, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Costa e Youssef estão presos em caráter preventivo, por ordem da Justiça Federal. A PF vai produzir novos inquéritos para estabelecer os vínculos do doleiro e do ex-diretor da Petrobrás com agentes públicos e políticos. A PF suspeita que Youssef se infiltrou em órgãos públicos por meio de empresas de fachada para conquistar licitações milionárias. Na Petrobrás, o braço do doleiro teria sido Paulo Roberto Costa, segundo suspeita a PF.

Os novos inquéritos terão base no estudo do material apreendido em poder do doleiro e do executivo. Com Youssef, os federais encontram 7 celulares. Ele foi preso em São Luís (MA). Em uma das mepresas de fachada do doleiro, a PF recolheu outros 27 celulares. A PF pediu autorização judicial para a análise e cruzamento dos dados dos 34 aparelhos “a fim de possibilitar a real dimensão dos contatos do doleiro preso” – medida que ainda depende de extração dos milhares de arquivos de mensagens de SMS, bem como aplicativos de conversação, tais como whatsapp, viber e outros.

Na residência do ex-diretor da Petrobrás a PF apreendeu um HD e 37 pen drives que estão sendo analisados.

Fonte: Estadão/ Blog Fausto Neto

Publicado Por: Apoliana Oliveira

Cadeia pública de Altos - 11/04/2014 às 18h02

Sejus: Secretária atende sindicato e suspende licitação de R$ 14 milhões

Fachada
Novos Talentos

A secretária Ana Paula suspendeu a licitação aberta na última segunda-feira (07/04), destinada à contratação de empresa para a construção da Cadeia Pública de Altos, obra estimada em R$ 14 milhões. A secretaria destituiu ainda a comissão, formada ainda na gestão do ex-secretário Henrique Rebelo, e quer agora se inteirar do processo.

Segundo o superintendente do Serviço Penitenciário da Sejus, Wellington Rodrigues, a secretária atendeu um pedido do próprio sindicato dos agentes penitenciários e também, por entender a importância do certame realizado, levando em conta ainda que todo processo foi elaborado pela gestão anterior.

“São valores altos, uma obra importante, feita praticamente no dia em que ela estava assumindo a secretaria. O sindicato questionou como este processo foi feito, e a secretária não poderia simplesmente assinar algo que não era de seu conhecimento. Por isso, ela pediu a suspensão do processo”, disse ao 180graus.

Agora, todo o edital está sendo analisado pela nova secretária de Justiça. As propostas das licitantes foram entregues na segunda-feira, e os envelopes só serão abertos em data ainda a ser marcada, o que será feito somente após as análises dos documentos. Na portaria publicada na edição desta quinta-feira (11/04) no Diário Oficial do Estado, a secretária determina ainda a comunicação da decisão aos licitantes.

Quando à comissão destituída, trata-se do grupo formado pelos servidores Lenoel Vieira de Sousa Abreu (Coordenador de Licitação da Secretaria), e a equipe Gilson Alves da Costa, Ângela Pereira da Cunha Canabrava e Leonardo Carvalho Costa.

suspende.jpg

CADEIA PÚBLICA DE ALTOS
A obra da cadeia de Altos já deveria estar em andamento desde 2008, quando os recursos foram liberados pelo Programa Nacional de Apoio ao Sistema Penitenciário, mas somente no início de 2013, ainda com Henrique Rebelo à frente, o certame foi iniciado. Agora, com a execução do edital, a secretaria quer seguir com cuidado no andamento do processo, que envolve uma grande quantia em recursos.

Publicado Por: Apoliana Oliveira

Diário Oficial do Estado - 10/04/2014 às 13h39

Hospital Regional abre seis licitações de uma só vez em dois dias

O Hospital Estadual Domingos Chaves, de Canto do Buriti, divulgou através da secretaria de Saúde do Estado, de uma vez só, os avisos para seis licitações a serem realizadas para o hospital.

Os pregões presenciais estão marcados para os dias 22 e 23 de abril na sala de reuniões do hospital.

As licitações são para aquisição combustíveis e lubrificantes; aquisição de alimentos, copa, cozinha, material de limpeza, expediente e serviços de Xerox, recarga e encadernação; aquisição de oxigênio; carnes e frangos; frutas e verduras; aquisição de material de laboratório e hospitalar.

Publicado Por: Apoliana Oliveira

Altos valores envolvidos - 10/04/2014 às 12h20

Recém empossado, secretário da Sead prorroga registro de preço para empresas de vigilância

Fachada
Novos Talentos

Em um dos seus primeiros atos oficiais à frente da Secretaria de Administração do Estado, o ex-ministro João Henrique assinou a prorrogação da ata de registro de preços de licitação realizada em 2013 para contratação de empresa de segurança.

Concorrem no registro de preço as empresas ServiSan, Vig Vigilância e Cet-Seg Segurança, disputando em 10 lotes.

O prazo de vigência do registro de empresas encerraria nesta quinta-feira (10/04), mas foi prorrogada pelo novo secretário por mais um ano. O extrato do ato administrativo foi publicado o Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (10/04).

VEJA O EDITAL DO REGISTRO DE PREÇOS

Publicado Por: Apoliana Oliveira

Falta e lisura no processo - 09/04/2014 às 21h57

Justiça suspende licitação de R$ 20 milhões da CCOM,ex-Fenelon Rocha

Novos Talentos
Fachada

O juiz Aderson Antônio Brito Nogueira, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Teresina, deferiu pedido de liminar feito pela Plug Propaganda e suspendeu a licitação da Coordenadoria de Comunicação Social (CCOM), aberta no último dia 17 de março e que está sendo disputada por 10 empresas. O valor do contrato para serviços de publicidade em cinco órgãos do estado, além da CCOM, foi estimado em R$ 20 milhões.

No texto da decisão, o relatório menciona que na data de abertura do certame, 27 credenciamentos foram feitos pelas 10 licitantes, sendo que cada uma teria a possibilidade de participar em cada um dos cinco lotes. Todos os licitantes entregaram os 5 envelopes, conforme o edital. A impetrante, Plug Propaganda, participou do lote cinco, onde concorre com mais nove empresas.

O relatório descreve que às 15h do dia 17/03 a comissão de licitação iniciou a analise dos lotes, com voto individualizado os três membros da comissão. No dia seguinte, o mesmo processo foi feito em analise ao lote 2 durante a manha, e dos lotes 3 e 4 durante a tarde. A analise dos envelopes do lote 5 foi feita no dia 19/03. “(...) sustenta também que a abertura e análise destes envelopes, nos dias 17, 18 e 19 de março, está contaminada de ilegalidade, pois foram realizadas de forma secreta sem que qualquer licitante pudesse verificar a lisura do procedimento. Além disso, relata que as propostas receberam pontuação aleatoriamente sem qualquer justificativa”, descreve.

VEJA COMO ESTAVA A CLASSIFICAÇÃO DAS LICITANTES

extrato-8.jpg

O texto da fundamentação do juiz lembra que só excepciona à regra da publicidade o sigilo das propostas, que devem ser mantidas desconhecidas – à exclusão do licitante – até o momento da abertura dos envelopes, tento assim que os demais ato devem ocorrer em sessões abertas, como ato público.

Na decisão, o juiz defere o pedido de liminar, e determina ao presidente da Comissão Especial de Licitação que suspenda imediatamente o procedimento licitatório.

PORTARIA LISTA NOMES PARA COMISSÃO DE LICITAÇÃO
Entre os nomes que foram previamente chamados para compor a comissão de licitação, estão jornalistas de emissoras como a Meio Norte e TV Clube, além de membros da própria CCOM e publicitários.

pol.jpg

CONFIRA A DECISÃO NA INTEGRA

ccom1.jpg

ccom2.jpg

ccom3.jpg

ccom4.jpg

ccom5.jpg

ccom6.jpg

Publicado Por: Apoliana Oliveira

Carregando, por favor aguarde...
Últimas Notícias
06h52 Lojas Americanas é condenada no MA por danos morais após mudar pedido no site 06h45 FMBS realiza congresso técnico da fase final do Campeonato Maranhense 06h31 Estradas federais terão reforço de 2.000 agentes no feriado prolongado 06h30 Sedes qualifica servidores em sistema de convênios e contratos 06h15 Câmara aprova mobilidade urbana em Imperatriz 06h10 AABB de Valença-PI lança promoção em homenagem ao dia das mães 06h03 Câmara decreta ponto facultativo nesta quinta e retoma atividades na próxima semana 06h00 Ponto será facultativo no Estado nesta quinta-feira (17) 05h46 Presidente da Agespisa discute projetos com governador Zé Filho para melhorar abastecimento 05h15 Líder do Governo pede sensibilidade em relação à liberação de emendas 05h09 CMT decreta ponto facultativo nesta quinta e retoma atividades na próxima semana 05h03 Arquidiocese de Teresina anuncia a programação para a Semana Santa 04h45 Namorado de Xuxa, pode ganhar papel de protagonista em série policial 04h20 Após acusação de plágio, Marcos Mion fala sobre Luciano Huck: 'Eu o adoro' 04h00 Carla Perez recusa convite para participar do reality 'A Fazenda' 02h28 Cadastre-se já para a Palestra Gerente Eficiente. Você melhor, ganhando mais! 02h10 Olivia Wilde aparece nua em trailer do drama 'Third Person', assista ao vídeo 02h04 'A Xuxa ficou presa no infantil', diz compositor de clássicos da rainha 02h01 Aos 40 anos, Heidi Klum faz topless em praia no México; veja fotos 01h48 Ivete Sangalo mostra capa do novo DVD e música inédita para fãs 01h33 Lília Cabral elogia comportamento de Fiuk no set da comédia 'Julio Sumiu' 01h09 Tânia Mara nega crise entre Manoel Carlos e Jayme Monjardim por música 00h50 Sem encantar, Santos faz 3 x 0 no Mixto e avança na Copa do Brasil 00h46 Equipe do Sampaio acerta os detalhes para pegar o Paraná 00h41 Cruzeiro empata com gol no último minuto e evita 'desastre' na Libertadores