180graus

Cursos para capacitação - 20/04/2017 às 16h05

Ministério do Turismo abre inscrições para cursos de qualificação profissional

O Brasil quer entrar de vez na prateleira dos grandes destinos mundiais. Mas para receber bem os visitantes, é fundamental capacitar aqueles que estão na linha de frente do atendimento aos turistas brasileiros e estrangeiros. Pensando nesse cenário, o Ministério do Turismo lançou, na última semana, o Brasil + Turismo, um pacote de medidas para fortalecer o setor no país. As ações têm como finalidade trazer soluções técnicas para gargalos históricos, qualificar os trabalhadores do turismo e aumentar o número de turistas nacionais e estrangeiros, além de gerar emprego e renda.

Segundo estudos da Pasta, mais de 80% indicam que o país tem potencial para explorar o turismo como uma alavanca para a economia. Porém, 60% dos brasileiros avaliam que aproveitamos pouco esse patrimônio. E para explorar todo o potencial turístico do país é necessário investir em qualificação, que de tão importante virou um dos itens do Plano Brasil + Turismo. Para atender a demanda do setor, o Ministério do Turismo está investindo em três frentes: MedioTec Turismo, Brasil Braços Abertos e o Programa de Qualificação Internacional em Turismo.

“Essas ações do Ministério do Turismo mostram que estamos atentos às demandas do setor e que entendemos que assegurar um atendimento de qualidade é uma forma de deixar uma boa intenção no turista e desperta o seu interesse em voltar para o país ou destino escolhido”, explicou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Destaque para o MedioTec Turismo, iniciativa inédita no país com foco no turismo. Os estudantes serão contemplados com cursos gratuitos para a formação de técnicos de nível médio para atender as necessidades do mercado de viagens. Para 2017 serão disponibilizadas 10 mil vagas para alunos de escolas públicas brasileiras. A previsão é que as aulas comecem em agosto de 2017.

Serão oferecidos sete cursos (técnico em agenciamento de viagens, cozinha, eventos, guia de turismo, hospedagem, lazer, restaurante e bar) nos eixos turismo, hospitalidade e lazer para estudantes que estejam preferencialmente cursando o 2º ano do ensino médio. A previsão é que as aulas comecem em agosto de 2017.

“Vejo essa iniciativa do Ministério do Turismo como sendo da mais alta importância para o nosso setor, tendo em vista que os turistas dependem do preparo desses profissionais para receberem o tratamento mais adequado e ver o MTur envolvido nesse processo demonstra a seriedade com a qual o governo trata o tema”, avaliou o presidente da Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (Clia Abremar Brasil), Marco Ferraz.

Para a presidente da Associação Brasileira de Operadoras de Turismo (Braztoa), Magda Nassar, a capacitação é fundamental nos dias de hoje. “É oportunidade do profissional se renovar a cada dia, pois vivemos tempos de constantes mudanças e evolução. Buscar conhecimento é a peça-chave para que agentes e operadores reforcem cada vez mais seu papel de consultores, arquitetos e designers que projetam as viagens de seus clientes de acordo com suas preferências pessoais e os grupos aos quais pertencem”, ponderou.

CURSO ONLINE - Pensando em atingir um número ainda maior de profissionais de turismo interessados em atualização profissional, mas que não dispõe de horário fixo para as aulas, o Ministério do Turismo lançou, no início de abril, o “Brasil Braços Abertos”. Trata-se de uma plataforma tecnológica de aprendizado à distância e em ambiente digital, com oferta de 80 horas de aulas online para profissionais que trabalham no atendimento direto aos turistas, como atendentes de hotéis, taxistas, quiosqueiros e bartenders. As inscrições para 2017 poderão ser feitas até 30 de setembro.

O aluno realizará o curso por meio de celular, tablet ou notebook e contará com videoaulas e jogos educativos. Os interessados podem acessar a plataforma pelo endereço brasilbracosabertos.turismo.gov.br e as aulas deverão ser concluídas até o dia 30 de dezembro.

INTERCÂMBIO - Os estudantes brasileiros também contarão com a possibilidade de aprimoramento fora do país. Um acordo de cooperação assinado em fevereiro entre o ministro do Turismo, Marx Beltrão, e o Encarregado de Negócios da Embaixada do Reino Unido no Brasil, Wasim Mir, estabeleceu uma cooperação de médio e longo prazo no campo do turismo e hospitalidade. A iniciativa prevê o envio, em 2018, de 120 alunos de cursos técnicos e de graduação de instituições públicas e privadas para até três meses de treinamento no Reino Unido. A seleção dos estudantes deverá ser feita no primeiro semestre deste ano. O MTur investirá R$ 5 milhões no programa. A proposta é complementar a formação dos estudantes em outro idioma e técnicas de turismo e hospitalidade.

VEJA O VÍDEO:

 

Fonte: Com informações do Ministério do Turismo

Aumento de 21,3% - 19/04/2017 às 17h15

Intenção de viajar dos brasileiros cresce pelo 3º mês consecutivo

Viagem voltou a ser um importante item na cesta de consumo de boa parte dos brasileiros. Uma pesquisa feita pelo Ministério do Turismo, em março, em sete capitais do País, mostra que 21,3% dos entrevistados pretendem viajar até o mês de setembro. O número representa um aumento de quatro pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado, quando apenas 17% demonstravam intenção.

De acordo com a pesquisa, a grande maioria dos entrevistados – 73% – deve viajar por cidades brasileiras. E o aumento na intenção de viajar se deu nas quatro faixas de renda pesquisadas.

A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem mostra também que o Centro-Oeste foi a região que registrou maior crescimento de demanda. Em janeiro deste ano, apenas 3% dos potenciais viajantes haviam apontado a região como destino. Em fevereiro, foram 3,4%, percentual que subiu para 7,9% em março.

O Nordeste, no entanto, continua na liderança da preferência do turista nacional, com 41,5% do total de viajantes, seguido pelo Sudeste, com 29,6%.

O aumento da intenção de viagem para os próximos seis meses abrange cinco das sete capitais pesquisadas: Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. O maior crescimento foi registrado na capital paulista, de 17,8% em março do ano passado para 23,9%, ou 6,1 pontos percentuais, em 2017.

A maioria dos potenciais viajantes pretende se deslocar de avião – 62,4% – e se hospedar em hotéis ou pousadas – 53,4%. As segundas opções de transporte e hospedagem são o automóvel, com 22,5% das preferências, e a casa de parentes e amigos, com 33,6%.

Fonte: Com informações do Portal Brasil e Ministério do Turismo

Turismo pelo país - 19/04/2017 às 10h19

Pesquisa revela que mais de 44% dos brasileiros nunca viajaram pelo país

Uma pesquisa encomendada pelo Ministério do Turismo revela que 44,4% da população brasileira nunca viajaram a turismo pelo País. Para metade dos que afirmaram viajar a turismo - 49,4% - a periodicidade é de uma vez ao ano, enquanto 13,8% dizem que viajam uma vez a cada seis meses.

Carros (39,5%) e ônibus (38,2%) foram os meios de transporte mais usados nas últimas viagens. O avião é utilizado por 20,6% dos entrevistados.

Em relação à hospedagem, quase metade dos brasileiros optou por hotéis, resorts ou pousadas (48,2%), enquanto 35% preferiram usufruir da hospitalidade da casa de parentes e familiares. Para se locomover entre as atrações dos destinos turísticos as formas mais usadas foram ônibus (31,7%), carro próprio (27,1%) e táxi (13%).

Quando o assunto é viagem a trabalho, apenas um em cada quatro brasileiros já viajou pelo Brasil e esse tipo de viagem não é tão frequente. Segundo 28,2% dos entrevistados, elas são raras ou sem frequência, e 18,7% disseram que elas ocorrem uma vez por ano.

Para o levantamento, foram entrevistadas 2 mil pessoas com 16 anos ou mais, entre 17 e 23 de março de 2017. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, com intervalo de confiança de 95%.

Brasil+Turismo

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, anunciou na penúltima terça-feira (11/04), o Brasil + Turismo, pacote de medidas para fortalecer o setor no País, com propostas para desburocratizar, aumentar o número de turistas, emitir vistos eletrônicos, ampliar a malha aérea regional e abrir 100% o capital das empresas aéreas brasileiras ao investimento estrangeiro. Com as medidas, o governo espera gerar mais empregos na área.

“Acredito que com o melhor aproveitamento turístico das orlas, o aumento do número de voos, e a melhoria na qualidade do atendimento aos turistas, algumas medidas propostas dentro do Brasil + Turismo, teremos um número maior de brasileiros viajando pelo País”, afirmou o ministro Marx Beltrão.

Fonte: Com informações do Portal Brasil e Ministério do Turismo

Não é nenhum impeditivo - 15/04/2017 às 05h31

Confira dicas importantes se for viajar com pouco dinheiro

Economizar não é uma arte. É mais um tipo de procedimento que se aprende com o tempo, através de tentativas e, especialmente, de muita pesquisa.

Para aqueles que desejam desesperadamente viajar, mas não tem muito dinheiro para gastar, recomendamos uma pesquisa sobre os pormenores do destino da viagem em questão. Entretanto, antes de qualquer coisa, é interessante que o viajante conheça alguns passos básicos de economia turística, que podem auxiliar muito na hora do aperto:

1 – Opte por um destino mais em conta

Há quem diga que não importa o destino, mas como você distribui o seu dinheiro. Sem dúvida essa é a uma afirmação verdadeira. Porém, nem sempre é tão fácil assim. Às vezes, o turista não sabe ou não consegue ter tamanha força de vontade e disciplina para economizar tanto. A saída, portanto, é pesquisar com antecedência e encontrar um lugar que seja barato e que agrade. Um bom exemplo são as pessoas que querem realizar uma viagem de clima europeu sem gastar muito. A alternativa, para elas, pode estar bem do ladinho, nos países do Leste Europeu.

2 – A escolha da data não pode ser aleatória
Os preços variam. Muito. Durante a alta temporada ou enquanto acontecem eventos ou festas muito famosas, tanto o valor das passagens áreas, como das hospedagens, refeições e passeios estarão muito acima da média.

Para quem está querendo economizar, vale a pena escolher a época do ano mais vazia para a realização da viagem. O lado ruim é que algumas atrações podem estar fechadas ou não oferecerem todas as opções de passeio. Ou então, você pode encontrar temperaturas não muito agradáveis.

Entretanto, é possível ainda encontrar um meio termo: bem no começo ou no finalzinho da baixa temporada.

3 - Invista em companhias áreas baratas

As passagens áreas podem ser a aquisição mais cara de uma viagem. Para sofrer menos com o esse custo, vale a pena investir em companhias áreas conhecidas por oferecer tarifas mais baratas, mesmo com menos conforto. No exterior, essa opção é bem comum, graças às empresas chamadas “low cost” (“baixo custo”), que proporcionam preços arrasadores, mas costumam cobrar por bagagem, alimentação, entretenimento de bordo... E, convenhamos, se a grana está curta, não ter esses recursos à disposição nem faz tanta diferença assim.

4 – Perca o preconceito com hospedagens baratas

Hostels estão por todos os lugares. Existe uma infinidade deles, principalmente em cidades grandes e em destinos europeus e norteamericanos. Ao contrário do que se imagina, este tipo de hospedagem não é desconfortável, ruim ou malcuidada.

É claro que existem as exceções à regra, mas a maioria é bem agradável, oferece serviços extras e, de quebra, ainda conta com a oportunidade de estabelecer contato com pessoas de todo o mundo.

Caso a estranheza de dividir o quarto com outras pessoas continue, alguns hostels também oferecem acomodações privadas, com serviço de quarto bem semelhante a hotéis comuns – e ainda cobram mais barato por isso!

5 – Compare antes de trocar sua moeda estrangeira

É sabido que as cotações de moedas estrangeiras variam entre as corretoras de câmbio. Por isso, sempre foi muito comum que os turistas ligassem em diversos estabelecimentos a fim de encontrar o melhor preço do mercado antes de fechar a sua operação de troca de moeda. Mas hoje, tudo ficou muito mais fácil.

Portais como o BoaTaxa (www.boataxa.com.br) oferecem aos seus clientes a oportunidade de fazer uma comparação entre as cotações de câmbio de 21 moedas diferentes entre as corretoras cadastradas, e ainda permite que o usuário registre a sua operação online com a que melhor lhe convier. Os usuários podem analisar os serviços oferecidos pelos estabelecimentos e até mesmo optar entre retirada da moeda na loja física ou entrega via delivery. Com isso, o turista economiza justamente em um dos momentos mais “chave” da viagem, onde cada centavo faz muita diferença.

6 – Perca o medo do transporte público

Ao invés de gastar horrores com carros alugados, Uber ou táxis (e ainda correr o risco de ser assaltado ou levar um calote do motorista, dependendo do destino da viagem), vale a pena investir seu dinheiro no bom e velho transporte público.

Em algumas cidades, esta opção pode ficar ainda mais barata, se você adquirir cartões que englobem um dia (ou vários!) inteiro de uso de uma só vez, com várias viagens inclusas ou que proporcionem interligação entre diferentes tipos de transporte e linhas.

7 – Faça menos refeições em restaurantes caros e invista na cozinha local

Comer é uma das melhores e mais importantes experiências de uma viagem. É uma das partes principais de uma viagem imersiva, é imprescindível para quem realmente deseja mergulhar em uma cultura local.

Este tópico, portanto, junta o melhor dos dois mundos. Comidas típicas costumam ser mais gostosas e, de quebra, ainda mais baratas. Para viajantes sem muita grana, esta opção, além de fazer bem para os bolsos, também faz bem para a alma e o estômago!

Fonte: Com informações do DINO

25 cidades mais procuradas - 13/04/2017 às 10h03

Feriado da 'Semana Santa' reforça a procura por destinos nacionais

O feriado da Semana Santa nesta sexta-feira (14) é um bom momento para aproveitar a folga e colocar o pé na estrada. O Ministério do Turismo fez uma pesquisa que apontou os destinos mais procurados pelos brasileiros neste feriado.

Segundo o levantamento, nesta Páscoa, os brasileiros pretendem viajar para um destino nacional, se hospedar em um hotel de 4 ou 3 estrelas durante um período médio de 2 a 3 dias. Alguns dos principais destinos são:

Rio de Janeiro (RJ)
A paisagem natural do Rio de Janeiro é um dos principais atrativos da cidade e já foi até mesmo tombada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade.

O Rio também reúne monumentos representativos da história brasileira como o Paço Imperial - primeira sede da monarquia -, na Praça XV, e o Convento do Carmo, onde viveu D. Maria I, a rainha mãe e D. João VI, que governou o Brasil e Portugal, foi coroado.

Outro lugar que vale uma visita é o Parque Lage, localizado aos pés do Corcovado e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) como patrimônio histórico e cultural da cidade do Rio de Janeiro possui uma área de mais de 52 hectares para contemplação.

Gramado (RS)
Um dos grandes atrativos de Gramado é a gastronomia. Fondue, vinho, chocolate caseiro e o café colonial são pedidos tradicionais para os turistas. Na Rua Coberta, estão os principais bares, restaurantes e, claro, o movimentado comércio.

No centro está a Igreja São Pedro e o Palácio dos Festivais, que, há quatro décadas, premia os melhores filmes nacionais e latinos no Festival de Cinema de Gramado.

Porto Seguro (BA)
Localizada na Costa do Descobrimento, Porto Seguro é procurada o ano inteiro por turistas em busca de sol e praia. Localizado no sul da Bahia, o município oferece ao visitante uma rica gastronomia, belo artesanato e uma viagem à origem do País.

Há monumentos históricos como o Marco do Descobrimento, trazido de Portugal junto com as caravelas da frota de Pedro Álvares Cabral. Barracas de praia com dançarinos de axé, bares com música ao vivo e a Passarela do Álcool estão entre os principais atrativos.

Arraial do Cabo (RJ)
A cerca de 150 quilômetros do Rio de Janeiro e 13 quilômetros de Cabo Frio, o município conta com praias de águas cristalinas, dunas de areia branca, lagoas e vegetação de restinga preservada. Há também opções de passeios de barco. Entre as cidades da Região dos Lagos, Arraial do Cabo conserva o clima pacato de cidade do interior.

Armação dos Búzios (RJ)
A Região dos Lagos chama a atenção dos turistas pelas praias. Em Búzios, a Geribá é famosa e adorada pelos surfistas. Já a Praia da Ferradura é bastante procurada pelos mergulhadores com snorkel.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Turismo

Carregando, por favor aguarde...
Podium PMPI
Terrazzo Poti
Podium PC-MA
Últimas Notícias
13h20 Deputado Estadual Firmino Paulo marca presença no aniversário de 25º de Lagoa Alegre 12h53 Deputado Ziza Carvalho participa das comemorações do aniversário de Lagoa do Barro do PI 12h17 Dois jogos sofreram mudanças para a 3ª rodada do Brasileirão Série A; veja 12h15 Idoso fica gravemente ferido após ser atropelado em faixa de pedestre 12h09 Flamengo encerra a preparação para a primeira partida da decisão do Carioca 12h05 Dia 29 de Abril, aniversário de Colônia do Gurguéia 11h48 Cantor e compositor Belchior morre aos 70 anos; causa é desconhecida 11h39 Venezuela:Papa quer o fim da violência e pede respeito aos direitos humanos 11h33 Prefeitura organiza várias tendas com serviços gratuitos ao povo de Fartura do Piauí 11h23 Viatura da PRF perde o controle em curva e cai em barranco na BR-343 11h18 Gilmar Mendes solta o empresário Eike Batista mas ficará em prisão domiciliar 11h15 Conheça o melhor hotel da região de Fartura do Piauí, Hotel da Teresa 11h08 Nintendo cancelou a produção do console ‘NES Classic Edition’ 11h00 THE: PT define neste domingo 2º turno da eleição para presidente de diretório 10h56 Zac Efron e Dwayne Johnson participarão do filme ‘Baywatch’ 10h54 Ladrões arrombam e fazem limpa em igreja evangélica de município do PI 10h51 Pousada Casa Nova em União trás muito mais conforto e qualidade para seus clientes 10h47 Capcom promete lançar 'grande game' até março de 2018; veja os prováveis 10h41 Prefeitura vai gastar mais de R$800 mil com pneus e serviços de 'alinhamento' 10h28 Tornados em estado do Texas deixam cinco pessoas mortas e várias feridas 10h27 Nota de Pesar da Prefeitura Municipal de Pimenteiras 10h24 Poder Legislativo Municipal: Nota de Pesar 10h21 Chefe da Agespisa de Pimenteiras morre em acidente 10h15 Wellington Dias inaugura em município no interior do PI, escola padrão 'FNDE' 10h04 Prefeitura de Cocal compra mais R$ 100 mil em medicamentos para atender população