180graus

Está rendendo em Goiânia - 10/10/2013 às 09h20

Caso Fran: Polícia ouve testemunhas e investiga vídeo sexual no WhatsApp






Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

tiberio Helio
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

COELHO FORTE E DOURADO ADV
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

elite
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Casa do cartucho

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas sobre o caso da jovem de 19 anos que teve vídeos íntimos divulgados em um aplicativo de celular e virou meme [termo usado para frases, imagens e vídeos que se disseminam na internet de forma viral]. Ao G1, a delegada responsável pelas investigações, Ana Elisa Gomes Martins, disse que já colheu o depoimento de quatro pessoas e pretende ouvir a garota novamente para sanar "algumas dúvidas". O suspeito de divulgar os vídeos é um jovem de 22 anos com quem ela teria um relacionamento extraconjugal.

Ana Elisa, no entanto, preferiu não divulgar o nome das testemunhas. Disse apenas que são pessoas que conhecem o casal. "Como se trata de um caso de difamação, preferimos preservar a privacidade das pessoas", afirmou. A delegada não quis divulgar o conteúdo dos depoimentos "para não atrapalhar as investigações".

O jovem suspeito de ter divulgado as imagens deve ser intimado esta semana, segundo a delegada. No entanto, ela não divulgou a data do depoimento. Procurado pelo G1, o rapaz apontado como suspeito pela vítima negou ser o autor dos vídeos e da divulgação.

Na quarta-feira (9), o advogado do rapaz, Hugo Bastos, esteve na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) para tomar conhecimento sobre o inquérito. Ao G1, ele disse que só vai se pronunciar após se interar das denúncias.

Os vídeos onde a jovem aparece fazendo sinal de 'OK' durante ato sexual começaram a circular em um aplicativo de celular no fim da semana passada e virou meme nas redes sociais. O símbolo, inicialmente, virou piada nas redes, com montagens de políticos e celebridades fazendo o sinal. Na sexta-feira (4), ela registrou uma ocorrência na Deam.

frandedos2.jpg

A garota teve a identidade, o local de trabalho e até imagens de familiares divulgados na internet. “Ela está muito abatida, em estado depressivo. No início da divulgação fizeram um print da página dela no Facebook em que ela aparece com a filha e está muito triste porque a criança também foi exposta”, diz a delegada.

De acordo com a delegada, o crime é caracterizado como difamação com base na Lei Maria da Penha porque existiu uma relação de afeto entre vítima e autor. Se for condenado, o suspeito pode pegar pena de 3 meses a 1 ano.

No entanto, após a repercussão do caso, internautas manifestaram apoio à garota difamada. Imagens de pessoas, sozinhas ou em grupos, fazendo o mesmo sinal de 'OK', com a palavra "força" ganharam as redes sociais.

Fran.jpg

A polêmica também levantou o debate sobre a necessidade de tornar mais rígidas as leis de crimes cibernéticos. Vice-presidente da Comissão de Direito Digital da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), o advogado Rafael Maciel defende a criação de uma delegacia especializada na investigação de crimes cometidos em ambiente digital.

No ano passado, após fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann vazarem na internet, uma lei foi criada no país com o nome da artista. Mas o especialista explica que a lei não protege casos em que não há invasão de computadores. Para o advogado, a legislação não acompanhou as mudanças da sociedade.

“A maior parte das interações humanas são hoje realizadas em ambientes digitais e o ordenamento jurídico deve proteger os cidadãos de crimes e da propagação de conteúdos difamatórios e caluniosos. Esse tipo de conduta trazem transtornos sérios às vítimas”, argumenta Rafael Maciel.

Fonte: Com informações do G1 Goiás

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Terno e Cia
Marquinhos do Pará
Últimas Notícias
15h34 Embratur estima visitas de mais de 2,4 milhões de estrangeiros no verão 15h29 W.Dias cutuca governo do MA ao tratar de convênios entre estado e municípios 15h27 PI: homem é detido suspeito de tentar subornar agentes da PRF em rodovia 15h12 Primeiro trailer de filme do palhaço Bozo tem sexo e drogas 15h01 Ex-presidente do Corinthians é denunciado ao STF 15h00 Álcool na adolescência afeta, sim, o desenvolvimento cerebral 14h55 Proposta que muda cálculo de dívidas estaduais é defendida em debate na CDH 14h52 Volkswagen faz recall do Up! por problemas na seta e na tampa de combustível 14h51 Atletas do Lagoas do Norte conquistam medalhas no Norte Nordeste de Atletismo 14h51 Tonho Veríssimo acompanha licitação da Barragem de Castelo 14h50 Estudo diz que tirar um cochilo no trabalho aumenta a produtividade 14h47 Prefeito João Luiz esteve em reunião do PSD com ministro Kassab 14h46 Maia avalia que reforma da Previdência permitirá investimentos e ajuste fiscal 14h45 Lançado editais com 1.460 vagas para graduação e pós-graduação no 'NEAD' 14h34 Prefeito Molão participou de reunião de prefeitos do PSD com Gilberto Kassab 14h30 Miguel e Alice foram os nomes mais escolhidos para bebês em 2016 14h26 Corpo de Ferreira Gullar é velado na sede da Academia Brasileira de Letras 14h26 Tico Santa Cruz comanda festa do Réveillon Tropical Barramares 14h22 Valmi Soares esteve na reunião do PSD com Gilberto Kassab 14h11 Projeto voltado para saúde do idoso é destaque em evento nacional 14h10 Garotinha ganha ‘clipe de papel’ de presente e se emociona; veja vídeo 14h03 PM é preso suspeito de matar homem após jogo de futebol 13h54 Guardiões da galáxia 2, explosão de fofura com Baby Groot 13h53 Alunas da E.M de Campo Largo do Piauí recebem menção honrosa na OBMEP 13h28 Série brasileira da Netflix, '3%' tem renovação para 2ª temporada

Laurice - Projetos
Islamar - A melhor hospedagem em Luís Correia
Terno e Cia

Mais Lidas

    CLIQUE AQUI

    Enquete

    O STF foi correto ao proibir Vaquejadas no Brasil?

    Total de Votos: 734

    Válida de 2016-10-17 18:46:00.0 a 2016-10-31

    Casa do cartucho
    CLIQUE AQUI

    180graus no Instagramno Instagram

    ABC IMOVEIS
    sunset