180graus

Está rendendo em Goiânia - 10/10/2013 às 09h20

Caso Fran: Polícia ouve testemunhas e investiga vídeo sexual no WhatsApp

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Galaxy

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas sobre o caso da jovem de 19 anos que teve vídeos íntimos divulgados em um aplicativo de celular e virou meme [termo usado para frases, imagens e vídeos que se disseminam na internet de forma viral]. Ao G1, a delegada responsável pelas investigações, Ana Elisa Gomes Martins, disse que já colheu o depoimento de quatro pessoas e pretende ouvir a garota novamente para sanar "algumas dúvidas". O suspeito de divulgar os vídeos é um jovem de 22 anos com quem ela teria um relacionamento extraconjugal.

Ana Elisa, no entanto, preferiu não divulgar o nome das testemunhas. Disse apenas que são pessoas que conhecem o casal. "Como se trata de um caso de difamação, preferimos preservar a privacidade das pessoas", afirmou. A delegada não quis divulgar o conteúdo dos depoimentos "para não atrapalhar as investigações".

O jovem suspeito de ter divulgado as imagens deve ser intimado esta semana, segundo a delegada. No entanto, ela não divulgou a data do depoimento. Procurado pelo G1, o rapaz apontado como suspeito pela vítima negou ser o autor dos vídeos e da divulgação.

Na quarta-feira (9), o advogado do rapaz, Hugo Bastos, esteve na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) para tomar conhecimento sobre o inquérito. Ao G1, ele disse que só vai se pronunciar após se interar das denúncias.

Os vídeos onde a jovem aparece fazendo sinal de 'OK' durante ato sexual começaram a circular em um aplicativo de celular no fim da semana passada e virou meme nas redes sociais. O símbolo, inicialmente, virou piada nas redes, com montagens de políticos e celebridades fazendo o sinal. Na sexta-feira (4), ela registrou uma ocorrência na Deam.

frandedos2.jpg

A garota teve a identidade, o local de trabalho e até imagens de familiares divulgados na internet. “Ela está muito abatida, em estado depressivo. No início da divulgação fizeram um print da página dela no Facebook em que ela aparece com a filha e está muito triste porque a criança também foi exposta”, diz a delegada.

De acordo com a delegada, o crime é caracterizado como difamação com base na Lei Maria da Penha porque existiu uma relação de afeto entre vítima e autor. Se for condenado, o suspeito pode pegar pena de 3 meses a 1 ano.

No entanto, após a repercussão do caso, internautas manifestaram apoio à garota difamada. Imagens de pessoas, sozinhas ou em grupos, fazendo o mesmo sinal de 'OK', com a palavra "força" ganharam as redes sociais.

Fran.jpg

A polêmica também levantou o debate sobre a necessidade de tornar mais rígidas as leis de crimes cibernéticos. Vice-presidente da Comissão de Direito Digital da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), o advogado Rafael Maciel defende a criação de uma delegacia especializada na investigação de crimes cometidos em ambiente digital.

No ano passado, após fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann vazarem na internet, uma lei foi criada no país com o nome da artista. Mas o especialista explica que a lei não protege casos em que não há invasão de computadores. Para o advogado, a legislação não acompanhou as mudanças da sociedade.

“A maior parte das interações humanas são hoje realizadas em ambientes digitais e o ordenamento jurídico deve proteger os cidadãos de crimes e da propagação de conteúdos difamatórios e caluniosos. Esse tipo de conduta trazem transtornos sérios às vítimas”, argumenta Rafael Maciel.

Fonte: Com informações do G1 Goiás

Publicado Por: Alex Gomes

Últimas Notícias
21h15 Prefeitura promove ações sociais na Vila Palmeira 21h05 Secretários tratam sobre ações para alcançar os Objetivos do Milênio 20h55 Secretário Marcos Affonso elogia atuação de Policial Civil no Fórum Desembargador Sarney Costa 20h41 Atiradinho! Cauã Reymond elogia seios de apresentadora argentina de 70 anos 20h38 Caminhão desvia de animal e sai da pista 20h35 Sefaz intensifica notificação de devedores de IPVA 20h30 Chris Pratt diz que passou fome para protagonizar 'Guardiões da Galáxia' 20h27 Secretaria de Saúde Promove Atividades Educativas em escola 20h15 Semu capacita profissionais de atendimento à mulher em situação de violência 20h06 Para presidente da república no Piauí: Dilma tem 58%, Aécio 18% e Campos 5 20h05 JEMS: Escolas do interior seguem invictas no futebol 20h02 Joelma diz que não se importa com rumores sobre seu casamento com Chimbinha 19h59 Zé Filho é aprovado por 57% do PI, segundo pesquisa do 'Jales' 19h53 Irmão nega que morte de Fausto Fanti tenha relação com briga conjugal 19h52 Para deputado estadual: Juliana tem 5%; Wilson 3% e Themístocles 2% 19h40 Para deputado federal: Marcelo tem 3%, Marllos 3% e Júlio César tem 2 19h35 Luana Piovani se irrita ao ser abordada por Repórter Vesgo em praia do RJ 19h32 Jales para senador: Wilsão tem 49% e Elmano Ferrer 27%; veja números 19h28 Governador Zé Filho desembarca em Floriano 19h25 UMA GRANDE MULTIDÃO DA INICIO AOS FESTEJOS DE CURRAIS 19h22 Caema divulga nota de utilidade pública 19h11 Recaída? Ana Maria Braga viaja com ex para Miami 18h49 Prefeitura vistoria veículos do transporte coletivo na capital 18h45 MP quer investigar Banco Central por autorizar venda do banco de Sílvio Santos 18h43 Ibope mostra Dilma com dificuldade em São Paulo e Minas e com folga no Rio