180graus

Está rendendo em Goiânia - 10/10/2013 às 09h20

Caso Fran: Polícia ouve testemunhas e investiga vídeo sexual no WhatsApp






Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

MEU BLOG
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Casa do cartucho
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

comserv
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

UNIMED ORTOPEDIA
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Podium - Professor Newton Neto
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

ISLAMAR

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas sobre o caso da jovem de 19 anos que teve vídeos íntimos divulgados em um aplicativo de celular e virou meme [termo usado para frases, imagens e vídeos que se disseminam na internet de forma viral]. Ao G1, a delegada responsável pelas investigações, Ana Elisa Gomes Martins, disse que já colheu o depoimento de quatro pessoas e pretende ouvir a garota novamente para sanar "algumas dúvidas". O suspeito de divulgar os vídeos é um jovem de 22 anos com quem ela teria um relacionamento extraconjugal.

Ana Elisa, no entanto, preferiu não divulgar o nome das testemunhas. Disse apenas que são pessoas que conhecem o casal. "Como se trata de um caso de difamação, preferimos preservar a privacidade das pessoas", afirmou. A delegada não quis divulgar o conteúdo dos depoimentos "para não atrapalhar as investigações".

O jovem suspeito de ter divulgado as imagens deve ser intimado esta semana, segundo a delegada. No entanto, ela não divulgou a data do depoimento. Procurado pelo G1, o rapaz apontado como suspeito pela vítima negou ser o autor dos vídeos e da divulgação.

Na quarta-feira (9), o advogado do rapaz, Hugo Bastos, esteve na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) para tomar conhecimento sobre o inquérito. Ao G1, ele disse que só vai se pronunciar após se interar das denúncias.

Os vídeos onde a jovem aparece fazendo sinal de 'OK' durante ato sexual começaram a circular em um aplicativo de celular no fim da semana passada e virou meme nas redes sociais. O símbolo, inicialmente, virou piada nas redes, com montagens de políticos e celebridades fazendo o sinal. Na sexta-feira (4), ela registrou uma ocorrência na Deam.

frandedos2.jpg

A garota teve a identidade, o local de trabalho e até imagens de familiares divulgados na internet. “Ela está muito abatida, em estado depressivo. No início da divulgação fizeram um print da página dela no Facebook em que ela aparece com a filha e está muito triste porque a criança também foi exposta”, diz a delegada.

De acordo com a delegada, o crime é caracterizado como difamação com base na Lei Maria da Penha porque existiu uma relação de afeto entre vítima e autor. Se for condenado, o suspeito pode pegar pena de 3 meses a 1 ano.

No entanto, após a repercussão do caso, internautas manifestaram apoio à garota difamada. Imagens de pessoas, sozinhas ou em grupos, fazendo o mesmo sinal de 'OK', com a palavra "força" ganharam as redes sociais.

Fran.jpg

A polêmica também levantou o debate sobre a necessidade de tornar mais rígidas as leis de crimes cibernéticos. Vice-presidente da Comissão de Direito Digital da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), o advogado Rafael Maciel defende a criação de uma delegacia especializada na investigação de crimes cometidos em ambiente digital.

No ano passado, após fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann vazarem na internet, uma lei foi criada no país com o nome da artista. Mas o especialista explica que a lei não protege casos em que não há invasão de computadores. Para o advogado, a legislação não acompanhou as mudanças da sociedade.

“A maior parte das interações humanas são hoje realizadas em ambientes digitais e o ordenamento jurídico deve proteger os cidadãos de crimes e da propagação de conteúdos difamatórios e caluniosos. Esse tipo de conduta trazem transtornos sérios às vítimas”, argumenta Rafael Maciel.

Fonte: Com informações do G1 Goiás

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Terno e Cia
MEU BLOG
podium
Marquinhos do Pará
podium
Últimas Notícias
18h01 Intenção de consumo das famílias cai 1,7% em janeiro de 2017, segundo CNC 17h50 Balcão do Trabalhador inicia workshops de orientação 17h41 Assinaturas do Minha Casa Minha Vida iniciam nesta quarta-feira (18/01); veja 17h37 Polícia Federal prende suspeitos de enviar drogas pelos Correios para Europa e Ásia 17h35 River-PI confirma jogos da Copa do Nordeste para o 'Lindolfo Monteiro' 17h31 Record demite apresentador que chamou Ludmilla de ‘macaca’ 17h23 Primeira Faxina nos Bairros de 2017 recolheu 106 toneladas de lixo em Teresina 17h19 Turmas Recursais do TJ-PI pautam 55 processos para julgamento em Oeiras 17h19 Tribunal de Contas apura os decretos 'emergenciais' de prefeituras do Piauí 17h18 Venda-se terreno com ótima localização, piscina, banheiro e área de apoio. Confira! 17h13 Enem: provas poderão ser aplicadas em apenas um dia em 2017 17h13 Teresina entra no mapa de vacinação contra a febre amarela e FMS recomenda vacina para os viajantes 17h03 Anac reajusta tarifas de embarque em aeroportos; veja os valores 17h02 Escola de Governo abre inscrições para os cursos de Inglês e Espanhol para servidores do Estado 17h01 Decisão de autorizar Forças Armadas em presídios é uma ousadia, diz Temer 16h57 'BBB17': Globo começa a divulgar os nome dos participantes para o reality 16h54 Escoltados pela PF, vereadores tomam posse e voltam para a cadeia 16h53 Polícia prende suspeito de arrombar e furtar residências no interior do Piauí 16h50 THE: Homem é morto com tiro na cabeça na Santa Teresa 16h46 Serra da Capivara: gestão compartilhada deve garantir alento financeiro 16h37 Programa ID Jovem oferece descontos em viagens e eventos culturais para jovens de baixa renda 16h33 Polícia britânica identifica 526 vítimas de pedofilia no futebol em investigação 16h30 Ralph Lauren vestirá Melania Trump para a posse de Donald Trump; veja 16h02 Amigo pediu o seu carro emprestado e foi multado? Detran diz como proceder 16h02 Folião poderá garantir 2 dias de passaporte no Crocodilo Beach; confira a novidade

Laurice - Projetos
Terno e Cia
Hospede-se no Islamar
Podium - Professor Newton Neto
MEU BLOG

Mais Lidas

    Podium - Professor Newton Neto

    Enquete

    Você concorda com a decisão da Prefeitura de Teresina em não bancar os desfiles das escolas de Samba?

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-01-09 14:36:00.0 a 2017-01-16

    comserv
    Casa do cartucho
    Podium - Professor Newton Neto
    Negócios ou lazer em Parnaíba

    180graus no Instagramno Instagram

    Negócios ou lazer em Parnaíba
    Podium - Professor Newton Neto