180graus

Está rendendo em Goiânia - 10/10/2013 às 09h20

Caso Fran: Polícia ouve testemunhas e investiga vídeo sexual no WhatsApp

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Galaxy
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

CASA DE PRAIA

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas sobre o caso da jovem de 19 anos que teve vídeos íntimos divulgados em um aplicativo de celular e virou meme [termo usado para frases, imagens e vídeos que se disseminam na internet de forma viral]. Ao G1, a delegada responsável pelas investigações, Ana Elisa Gomes Martins, disse que já colheu o depoimento de quatro pessoas e pretende ouvir a garota novamente para sanar "algumas dúvidas". O suspeito de divulgar os vídeos é um jovem de 22 anos com quem ela teria um relacionamento extraconjugal.

Ana Elisa, no entanto, preferiu não divulgar o nome das testemunhas. Disse apenas que são pessoas que conhecem o casal. "Como se trata de um caso de difamação, preferimos preservar a privacidade das pessoas", afirmou. A delegada não quis divulgar o conteúdo dos depoimentos "para não atrapalhar as investigações".

O jovem suspeito de ter divulgado as imagens deve ser intimado esta semana, segundo a delegada. No entanto, ela não divulgou a data do depoimento. Procurado pelo G1, o rapaz apontado como suspeito pela vítima negou ser o autor dos vídeos e da divulgação.

Na quarta-feira (9), o advogado do rapaz, Hugo Bastos, esteve na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) para tomar conhecimento sobre o inquérito. Ao G1, ele disse que só vai se pronunciar após se interar das denúncias.

Os vídeos onde a jovem aparece fazendo sinal de 'OK' durante ato sexual começaram a circular em um aplicativo de celular no fim da semana passada e virou meme nas redes sociais. O símbolo, inicialmente, virou piada nas redes, com montagens de políticos e celebridades fazendo o sinal. Na sexta-feira (4), ela registrou uma ocorrência na Deam.

frandedos2.jpg

A garota teve a identidade, o local de trabalho e até imagens de familiares divulgados na internet. “Ela está muito abatida, em estado depressivo. No início da divulgação fizeram um print da página dela no Facebook em que ela aparece com a filha e está muito triste porque a criança também foi exposta”, diz a delegada.

De acordo com a delegada, o crime é caracterizado como difamação com base na Lei Maria da Penha porque existiu uma relação de afeto entre vítima e autor. Se for condenado, o suspeito pode pegar pena de 3 meses a 1 ano.

No entanto, após a repercussão do caso, internautas manifestaram apoio à garota difamada. Imagens de pessoas, sozinhas ou em grupos, fazendo o mesmo sinal de 'OK', com a palavra "força" ganharam as redes sociais.

Fran.jpg

A polêmica também levantou o debate sobre a necessidade de tornar mais rígidas as leis de crimes cibernéticos. Vice-presidente da Comissão de Direito Digital da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), o advogado Rafael Maciel defende a criação de uma delegacia especializada na investigação de crimes cometidos em ambiente digital.

No ano passado, após fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann vazarem na internet, uma lei foi criada no país com o nome da artista. Mas o especialista explica que a lei não protege casos em que não há invasão de computadores. Para o advogado, a legislação não acompanhou as mudanças da sociedade.

“A maior parte das interações humanas são hoje realizadas em ambientes digitais e o ordenamento jurídico deve proteger os cidadãos de crimes e da propagação de conteúdos difamatórios e caluniosos. Esse tipo de conduta trazem transtornos sérios às vítimas”, argumenta Rafael Maciel.

Fonte: Com informações do G1 Goiás

Publicado Por: Alex Gomes

Últimas Notícias
21h00 TCU livra Dilma e responsabiliza diretores por Pasadena 20h48 Nova contratualização vai exigir que hospitais do Piauí cumpram metas 20h47 Alunos de escola do Anil visitam o Complexo de Comunicação 20h29 Prestação de Contas Eleitoral é discutida em Seminário na OAB 20h27 Estrada recebe reparo para o 'Cachaça Fest' em Castelo do PI 20h19 Secretária de Saúde de Miguel Leão participa de evento da Sesapi 20h19 Jovem de 15 anos morre após levar tiro no rosto em THE; imagens fortes 20h18 Secretária de Saúde de Pimenteiras participa de evento da Sesapi 20h16 Moradores são impedidos de usar posto de saúde do bairro Todos os Santos 20h15 Prefeitura Municipal esta fazendo entrega de camisetas de uniformes escolares a alunos do Município 19h46 Justiça acolhe pedido da Prefeitura para suspensão de liminar contra atualização cadastral 19h44 Letícia Spiller revela segredos pata manter a forma aos 41 anos 19h37 Adepta da terapia, Letícia Sabatella explica: 'Sou muito sensível e a análise dá conta' 19h31 'Sexy' divulga a capa da edição de agosto com Panicat; fotos sensuais 19h06 Prefeitura cumpre mais de 80% da meta de imunização contra o HPV 19h00 'Quero estudar e trabalhar fora do Brasil por um tempo', diz Maisa Silva 19h00 Homem morre atropelado por trem da Vale em Porto Franco 18h58 Bazar da Ilha acontece neste final de semana 18h55 Policia Civil investiga assalto na Divinéia 18h46 Mulher de Giba diz que quase apanhou da ex dele: 'Fez barraco. Saí correndo' 18h45 Maranhão registrou saldo positivo de empregos em junho 18h32 Alunos de escolas estaduais participam da mostra Guarnicêzinho 18h28 Governo do Estado lança Operação Lei Seca com entrega de bafômetros à Polícia Militar 18h25 Gay em 'Império', Klebber Toledo não se preocupa em beijar José Mayer 18h06 Chocante: Pai não vê bebê embaixo do carro, dá ré e passa por cima; assista!
Curso in company
ControlX
ControlX

Enquete

Você acha que o Dunga vai fazer realmente um bom trabalho de volta ao cargo de técnico da Seleção Brasileira ou sai antes mesmo da Copa 2018?

Total de Votos: 192

Válida de 22/07/2014 a 29/07/2014

Mais lidas

    CONSTRUTORA HIDROS
    IRRITEC
    TELHAS MAFRENSE

    180graus no Instagramno Instagram