180graus

Está rendendo em Goiânia - 10/10/2013 às 09h20

Caso Fran: Polícia ouve testemunhas e investiga vídeo sexual no WhatsApp

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

TECNIQUIMICA
Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Galaxy

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas sobre o caso da jovem de 19 anos que teve vídeos íntimos divulgados em um aplicativo de celular e virou meme [termo usado para frases, imagens e vídeos que se disseminam na internet de forma viral]. Ao G1, a delegada responsável pelas investigações, Ana Elisa Gomes Martins, disse que já colheu o depoimento de quatro pessoas e pretende ouvir a garota novamente para sanar "algumas dúvidas". O suspeito de divulgar os vídeos é um jovem de 22 anos com quem ela teria um relacionamento extraconjugal.

Ana Elisa, no entanto, preferiu não divulgar o nome das testemunhas. Disse apenas que são pessoas que conhecem o casal. "Como se trata de um caso de difamação, preferimos preservar a privacidade das pessoas", afirmou. A delegada não quis divulgar o conteúdo dos depoimentos "para não atrapalhar as investigações".

O jovem suspeito de ter divulgado as imagens deve ser intimado esta semana, segundo a delegada. No entanto, ela não divulgou a data do depoimento. Procurado pelo G1, o rapaz apontado como suspeito pela vítima negou ser o autor dos vídeos e da divulgação.

Na quarta-feira (9), o advogado do rapaz, Hugo Bastos, esteve na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) para tomar conhecimento sobre o inquérito. Ao G1, ele disse que só vai se pronunciar após se interar das denúncias.

Os vídeos onde a jovem aparece fazendo sinal de 'OK' durante ato sexual começaram a circular em um aplicativo de celular no fim da semana passada e virou meme nas redes sociais. O símbolo, inicialmente, virou piada nas redes, com montagens de políticos e celebridades fazendo o sinal. Na sexta-feira (4), ela registrou uma ocorrência na Deam.

frandedos2.jpg

A garota teve a identidade, o local de trabalho e até imagens de familiares divulgados na internet. “Ela está muito abatida, em estado depressivo. No início da divulgação fizeram um print da página dela no Facebook em que ela aparece com a filha e está muito triste porque a criança também foi exposta”, diz a delegada.

De acordo com a delegada, o crime é caracterizado como difamação com base na Lei Maria da Penha porque existiu uma relação de afeto entre vítima e autor. Se for condenado, o suspeito pode pegar pena de 3 meses a 1 ano.

No entanto, após a repercussão do caso, internautas manifestaram apoio à garota difamada. Imagens de pessoas, sozinhas ou em grupos, fazendo o mesmo sinal de 'OK', com a palavra "força" ganharam as redes sociais.

Fran.jpg

A polêmica também levantou o debate sobre a necessidade de tornar mais rígidas as leis de crimes cibernéticos. Vice-presidente da Comissão de Direito Digital da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), o advogado Rafael Maciel defende a criação de uma delegacia especializada na investigação de crimes cometidos em ambiente digital.

No ano passado, após fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann vazarem na internet, uma lei foi criada no país com o nome da artista. Mas o especialista explica que a lei não protege casos em que não há invasão de computadores. Para o advogado, a legislação não acompanhou as mudanças da sociedade.

“A maior parte das interações humanas são hoje realizadas em ambientes digitais e o ordenamento jurídico deve proteger os cidadãos de crimes e da propagação de conteúdos difamatórios e caluniosos. Esse tipo de conduta trazem transtornos sérios às vítimas”, argumenta Rafael Maciel.

Fonte: Com informações do G1 Goiás

Publicado Por: Alex Gomes

Últimas Notícias
13h06 'Gosto de fazer loucuras', diz Maria Casadevall sobre relacionamentos 13h04 Mulher que sofreu abusos dos 7 aos 18 anos faz livro sobre sua vida 13h04 Mutirão da Justiça pretende julgar 320 processos criminais no Sul do estado 13h02 Cão adotado acompanha velório de idosa que recuperava presos 13h01 Teresina Trend 2014 Começa amanhã no Teresina Shopping. Programação! 13h00 Candidato Responde: 'O PI precisa de mudanças', diz Luciana Monteiro 12h52 Dançarina de banda de forró é baleada ao sair de academia 12h37 Ministro do STF estaria tentando emplacar filha no cargo de desembargadora 12h36 Fiat faz recall de 4 modelos no Brasil por falha no câmbio 12h35 4 comportamentos errados na hora de fazer as unhas no salão de beleza 12h33 Luciano Paes Landim e Wellington Dias pedem voto no centro de Elesbão Veloso 12h28 Veja oito truques de beleza para fazer usando cotonetes e coloca-lo na bolsa 12h27 Miss Piauí curte balada ao lado das concorrentes no Miss Brasil de 2014 12h22 Pele perfeita! Veja dicas para encontrar a base certa 12h22 Assembleia da Caridade divulga projetos sociais da Igreja de Teresina 12h19 Veículo capota em curva na BR 343 em Buriti dos Lopes 12h18 EI pede que seguidores ataquem cidadãos dos EUA e França 12h09 Após críticas à UESPI, W.Dias promete mais cursos e melhorias na estrutura 12h06 Semianalfabeto, candidato a deputado estadual tem a candidatura indeferida 12h01 Homem mata a esposa com golpes de faca ao flagrá-la com suposto amante 11h58 IPhone 6 supera marca do 5S com 10 milhões de unidades vendidas no primeiro fim de semana 11h37 Jaque Jatai, aeromoça demitida por usar roupa justa, posa para a 'Sexy' 11h31 Semana do Jeans no Club Donna Moça 11h31 Os familiares de FRANCISCO EDIVAL(DIDI)Convidam parentes e amigos à missa 2 anos de seu falecimento 11h28 CBF confirma datas dos confrontos entre Moto Club x Ituano-SP
Mesário Voluntário