180graus

Está rendendo em Goiânia - 10/10/2013 às 09h20

Caso Fran: Polícia ouve testemunhas e investiga vídeo sexual no WhatsApp

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

Jovem tem 19 anos e imagens picantes se espalharam

A Polícia Civil começou a ouvir testemunhas sobre o caso da jovem de 19 anos que teve vídeos íntimos divulgados em um aplicativo de celular e virou meme [termo usado para frases, imagens e vídeos que se disseminam na internet de forma viral]. Ao G1, a delegada responsável pelas investigações, Ana Elisa Gomes Martins, disse que já colheu o depoimento de quatro pessoas e pretende ouvir a garota novamente para sanar "algumas dúvidas". O suspeito de divulgar os vídeos é um jovem de 22 anos com quem ela teria um relacionamento extraconjugal.

Ana Elisa, no entanto, preferiu não divulgar o nome das testemunhas. Disse apenas que são pessoas que conhecem o casal. "Como se trata de um caso de difamação, preferimos preservar a privacidade das pessoas", afirmou. A delegada não quis divulgar o conteúdo dos depoimentos "para não atrapalhar as investigações".

O jovem suspeito de ter divulgado as imagens deve ser intimado esta semana, segundo a delegada. No entanto, ela não divulgou a data do depoimento. Procurado pelo G1, o rapaz apontado como suspeito pela vítima negou ser o autor dos vídeos e da divulgação.

Na quarta-feira (9), o advogado do rapaz, Hugo Bastos, esteve na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) para tomar conhecimento sobre o inquérito. Ao G1, ele disse que só vai se pronunciar após se interar das denúncias.

Os vídeos onde a jovem aparece fazendo sinal de 'OK' durante ato sexual começaram a circular em um aplicativo de celular no fim da semana passada e virou meme nas redes sociais. O símbolo, inicialmente, virou piada nas redes, com montagens de políticos e celebridades fazendo o sinal. Na sexta-feira (4), ela registrou uma ocorrência na Deam.

frandedos2.jpg

A garota teve a identidade, o local de trabalho e até imagens de familiares divulgados na internet. “Ela está muito abatida, em estado depressivo. No início da divulgação fizeram um print da página dela no Facebook em que ela aparece com a filha e está muito triste porque a criança também foi exposta”, diz a delegada.

De acordo com a delegada, o crime é caracterizado como difamação com base na Lei Maria da Penha porque existiu uma relação de afeto entre vítima e autor. Se for condenado, o suspeito pode pegar pena de 3 meses a 1 ano.

No entanto, após a repercussão do caso, internautas manifestaram apoio à garota difamada. Imagens de pessoas, sozinhas ou em grupos, fazendo o mesmo sinal de 'OK', com a palavra "força" ganharam as redes sociais.

Fran.jpg

A polêmica também levantou o debate sobre a necessidade de tornar mais rígidas as leis de crimes cibernéticos. Vice-presidente da Comissão de Direito Digital da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), o advogado Rafael Maciel defende a criação de uma delegacia especializada na investigação de crimes cometidos em ambiente digital.

No ano passado, após fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann vazarem na internet, uma lei foi criada no país com o nome da artista. Mas o especialista explica que a lei não protege casos em que não há invasão de computadores. Para o advogado, a legislação não acompanhou as mudanças da sociedade.

“A maior parte das interações humanas são hoje realizadas em ambientes digitais e o ordenamento jurídico deve proteger os cidadãos de crimes e da propagação de conteúdos difamatórios e caluniosos. Esse tipo de conduta trazem transtornos sérios às vítimas”, argumenta Rafael Maciel.

Fonte: Com informações do G1 Goiás

Publicado Por: Alex Gomes

Últimas Notícias
14h30 Barras é destaque nacional em metas do PMAQ-AB com nota máxima 14h22 Vereador Everaldo Gomes fala sobre a 26° Festa do Leite 14h16 São Julião receberá em dezembro repasse de 248.272,04 de FPM 14h07 Registrado três homicídios só na Sede de Ribamar em menos de 24 horas. 14h05 180 visita a exposição 'Sesi Bonecos do Mundo' na Praça Pedro II. Fotos! 14h00 João Costa receberá em dezembro repasse de 248.272,04 de FPM 13h58 Selena Gomez se emociona ao cantar música que fez para Justin Bieber 13h56 Antonio Félix convoca uma reunião da Comissão de Finanças para quarta (26) 13h53 Advogado do Piauí representa o CONADE e recebe prêmio em Fortaleza 13h51 Secretário de Administração Jorge Luis, fala sobre funcionamento da rodoviária. Confira! 13h44 Deputados participaram de reunião nesta segunda com governador eleito 13h43 Árbitro relata sinalizadores na súmula, e pode levar Timão ao tribunal 13h40 Centenas de pessoas marcam presença no segundo dia da 26ª Festa do Leite 13h37 João Henrique afirma que vai convocar servidores para discutir ajuste salarial 13h30 'Vá pro inferno psicótico', diz Robert sobre ida do PDT para o governo PT 13h30 Vem aí o 6º MotoCross de Francisco Ayres. Veja a Programação! 13h20 FPM: Jardim do Mulato receberá repasse de 248.272,04 no mês de dezembro 13h14 Dorival enxerga o Palmeiras em momento tão ruim quanto com Gareca 13h14 Secretario Neto Soares pede exoneração do cargo para assumir vaga na Câmara de Sigefredo Pacheco 13h12 No Bom Dia Brasil: Presídio de R$ 2 milhões nunca foi inaugurado no PI 13h12 Núcleo de Retrato Falado da Polícia Civil já está em funcionamento 13h11 Jovem cria polêmica ao perdoar homem que a violentou e desfigurou 13h09 Babi Rossi diz que teve depressão após raspar o cabelo no 'Pânico' 13h08 Conheça as 7 candidatas ao Miss Francisco Ayres 2014 12h53 Americano conhecido como 'homem grávido' é preso por perseguir a ex
CNH