180graus

'Não se afigura legítimo' - 28/05/2015 às 03h32

STF decide que regra de fidelidade ao partido não se aplica a marjoritários

Ministros mencionaram as tentativas do Congresso de fazer prosperar uma reforma política

Você no controle do Processo
Maria Brasileira - Limpeza e cuidados
comserv





O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), por unanimidade, decidiu que a regra de fidelidade partidária que prevê perda de mandato do político que muda de partido não se aplica aos casos de eleição para cargos majoritários - como senadores, governadores e presidente da República.

Durante a discussão, os ministros mencionaram as tentativas do Congresso de fazer prosperar uma reforma política e fizeram comentários sobre o modelo atual.

"Não se afigura legítimo estender a regra da fidelidade partidária ao sistema majoritário por implicar desvirtuamento da vontade popular", argumentou o relator da ação no Supremo, Luís Roberto Barroso, seguido pelos demais integrantes do Tribunal.

De acordo com o ministro, a fidelidade partidária deve ser aplicada nos casos de parlamentares eleitos pelo sistema proporcional, como deputados federais, nos quais a votação recebida pelo partido é determinante para a eleição.

O STF foi provocado sobre o assunto pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que solicitou que o Tribunal declarasse a inconstitucionalidade de trechos de resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre o destino do mandato de políticos eleitos que deixam o partido.

No caso de parlamentares eleitos pelo sistema proporcional a infidelidade partidária gera como consequência a perda do mandato para o partido político pelo qual o parlamentar se elegeu.

A PGR defendeu ao Supremo que os políticos eleitos pelo sistema majoritário, como senadores, não se submetem às mesmas regras dos parlamentares eleitos pelo sistema proporcional. O entendimento foi adotado pelos ministros.

"Tal medida (adotar mesma regra para eleitos no sistema majoritário), sob a justificativa de contribuir para o fortalecimento dos partidos brasileiros, além de não ser necessariamente idônea para esse fim, viola a soberania popular", disse Barroso.

O ministro apontou que no período de 1995 a 2007 foram registradas 810 migrações de partidos políticos envolvendo um total de 581 parlamentares.

A decisão desta tarde abre brecha para beneficiar a senadora Marta Suplicy (sem partido SP). O caso chegou inclusive a ser mencionado no plenário do Supremo durante as discussões pelo ministro do STF e presidente do TSE, Dias Toffoli.

Ontem, o PT, antigo partido da senadora, protocolou uma ação na Corte Eleitoral para reivindicar o mandato de Marta, que deixou a legenda em abril.

Reforma política

A reforma política e necessidades de mudança no modelo atual foram discutidas pelos ministros da Corte.

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski, chegou a dizer que a urgência de discutir o tema se dá em função do "momento" vivido "em que a Nação está discutindo reforma política". Barroso fez críticas ao modelo político atual:

"O sistema de eleição proporcional em lista aberta no Brasil é uma usina de problemas.

Temos um sistema, portanto, que não tem servido bem ao País e por essa razão a reforma política está na ordem do dia", disse o ministro, um dia após o plenário da Câmara dos Deputados derrubar a proposta de adoção de um novo sistema, o chamado "distritão".

Ainda neste ano mais um tema que trata do modelo político adotado no País deve ser discutido pelo Supremo.

Nesta quarta-feira, 27, o ministro Gilmar Mendes voltou a dizer que irá devolver até o fim de junho a discussão sobre financiamento privado de campanha.

Uma ação que discute o tema está parada na Corte desde abril do ano passado por um pedido de vista de Mendes. A ação foi proposta pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e tenta proibir doações de empresas a partidos e candidatos no País.

Fonte: Com informações da Exame

Peça seu CPF na Nota e concorra a prêmios em dinheiro. Curta a página da Nota Piauiense e saiba mais!


Matemática e Raciocínio Lógico no Podium
Agente PRF
Matemática Básica
Quer mudar de vida?
Informática p/ concursos
Agente PF
Informática Cespe/UNB
Casa do Cartucho
Aulão beneficente para carreira administrativa
Últimas Notícias
15h13 Ex-prefeito no PI é condenado e fica sem direitos políticos por cinco anos 15h09 Lei no Piauí proíbe corte de água e energia antes de feriado e final de semana 15h00 Começou ontem o Sétimo festival da Melancia em Alto Longá. 14h58 MP alerta para porte indiscriminado de armas brancas na cidade de Parnaíba 14h26 Advogadas lançam livro no TJ-PI sobre inquietações do universo feminino 14h05 Monalysa disputa hoje o Miss Brasil 2017 e pode fazer história pelo Piauí 13h50 Jovem é executado dentro de casa na zona Leste de THE 12h21 Curiosidade: Saiba qual é a frequência sexual média para cada idade 12h19 Henrique e Juliano levam susto com pane em avião: 'Encheu de fumaça' 12h03 Plenário do Senado votará mudança no registro de nascimentos 11h48 Justiça suspende novamente aumento de impostos sobre combustíveis 11h47 Comissão vai discutir se ricos devem pagar por universidades públicas 11h44 MEC prorroga o prazo de inscrições para cursos técnicos do 'Pronatec' 11h39 Resultado final do concurso unificado da PMT é homologado; com 118 vagas 11h39 Acumulada, Mega-Sena vai sortear R$ 26 milhões neste sábado, 19/08 11h30 Carreta tomba em mais um acidente na 'Rodovia da Morte', no Sul do PI 11h26 Frei Serafim será interditada neste sábado para prova de corrida de rua 11h20 Incêndio destrói comércio na cidade de Timon, no MA; não houve feridos 11h18 Detran realiza leilão de 133 veículos nas cidades de Teresina e Floriano 11h06 'Festival de Violeiros' em THE reúne mais de 160 repentistas de todo país 10h57 Advogado Astrogildo Assunção é nomeado para juiz titular do TRE-PI 10h53 Diagnóstico de recursos hídricos da bacia do Parnaíba sai em dez meses 10h50 MPF e MP apuram nucleação de escolas no município de São Raimundo Nonato 10h49 Ainda sem partido, Zé Filho confirma pré-candidatura a deputado estadual 10h46 Meninos de Barão e Forró Molejo animam os festejos da localidade Boi Morto

Matemática Básica
Carreira administrativa
Informática p/ concursos

Mais Lidas


    Enquete

    Você acredita que Michel Temer vai...

    Total de Votos: 290

    Válida de 2017-05-29 15:46:00.0 a 2017-06-05

    Cespe/UNB
    Raciocício Lógico
    Vem pro Podium!
    Podium - Professor Atualidades
    Cespe/UNB

    180graus no Instagramno Instagram