Política

Violência no interior do Piauí · 29/11/2012 - 17h07

EMPRESARIA se 'tranca' enquanto ladrões faziam arrastão

SUSPEITOS FUGIRAM DEPOIS que um parente chegou na casa buzinando; PM demorou 40min


Compartilhar Tweet 1



A empresária da cidade de Campo Maior, Heleide Pinho Gomes, usou a rede social para denunciar um roubo em sua casa, no centro, na madrugada dessa quinta-feira (29/11).

Ela revelou que dois homens quebraram a janela, entraram na residência e juntaram alguns objetos, sendo que não conseguiram levar nada, porque um parente da vítima chegou buzinando e os assaltantes o confundiram com a polícia. Os acusados acabaram fugindo deixando o produto do roubo pelo chão.

No momento do assalto estavam em casa, a empresária, uma filha e o neto. Todos ficaram trancados em um dos quartos, enquanto os bandidos agiam. “Havia duas pessoa quebrando uma janela “sasazaki” em um dos quartos e batiam muito forte”, contou a mulher.

Heleide disse que ligou para o Quartel da Polícia Militar e somente após 40 minutos foi que os policiais chegaram ao local. “Foi tempo suficiente pra eles quebrassem a janela e entrassem”, comentou a vítima.

A casa da empresária fica localizada a três quadras da delegacia do 1º Distrito Policial, mas nada disso inibiu a ação dos assaltantes. “Antes da polícia chegar meu genro, já avisado, chegou e buzinou forte aí eles pularam a janela e se foram deixando cair objetos aqui, ali e acolá. A polícia não chegou a tempo e é porque moro a três quadras da delegacia”, relatou a empresária.


Fonte: Com informações do Portal Campo Maior