Copa Nordeste · 06/03/2013 às 22h17 | Última atualização em 06/03/2013 às 22h28

Grupo exige Maranhão e Piauí no Nordestão 2014

Grupo exige Maranhão e Piauí no Nordestão 2014


Compartilhar Tweet 1



Rafael Luis Azevedo

Os 16 participantes da Copa do Nordeste de 2013 representam sete dos nove estados da região

O sucesso da Copa do Nordeste de 2013 fez a alegria do futebol da região. Os estádios lotados garantiram média de público superior a de todos os 27 estaduais do Brasil. Porém, nem todos os nordestinos estão felizes. Maranhão e Piauí também querem entrar na festa, na edição de 2014. E um grupo de torcedores ameaça acionar a Justiça comum se for preciso.

É o que defende o movimento “MA-PI no Nordestão”. Ele já tem o apoio de 80 piauienses, 25 maranhenses e 15 outros nordestinos. São torcedores insatisfeitos com o que seria preconceito. E, sobretudo, impacientes com a inércia dos dirigentes de clubes e federações dos dois estados.

A exclusão de Piauí e Maranhão da Copa do Nordeste se deve a um acordo político costurado na década de 1950. Na época, a administração regional do futebol dos dois estados foi transferida para a abrangência do Norte, então formado apenas por Pará e Amazonas.

O movimento já conseguiu a sinalização da federação do Piauí de que os dois estados podem entrar no próximo Nordestão. Se a confirmação não vier até o fim da atual edição, os torcedores prometem acionar o Ministério Público Federal.

Com a ausência de um torneio do Norte, disputado pela última vez em 2002, eles exigem uma solução por parte da CBF. “Nada mais justo que a inclusão dos dois estados na principal competição da região”, cobra o movimento, que já cogita iniciar uma petição online. À frente, estão um advogado, um administrador, um médico e um engenheiro. Porém, eles preferem não informar seus nomes nessa entrevista, para evitar exposição no trabalho.