180graus

Não perca a oportunidade! - 28/08/2015 às 13h37

Instituto Galaxy seleciona currículos para diversas áreas; envie seu currículo

Motivação
Inocoop Recanto das Palmeiras
NEURACI ROCHA - PALAZZO MONTICELLO
THREVO - RESERVA DOS PINHEIROS
WX - Village Leste
Dantas Imobiliaria
RESERVA HELICONIA
Boa Vista - Brisa Sul - Academia
DREAM PARK ABC

O Instituto Galaxy está selecionando currículos para 23 vagas das mais diversas áreas. São 3 vagas para assistentes de expansão, 3 vagas para assistentes de BrVox, 1 assistente de RH, 3 assistentes de municípios, 2 assistentes de vendas, 2 seguranças, 4 designers gráfico, 4 assistentes de produção de texto e 1 estagiário blogs

PRÉ-REQUISITOS PARA ASSISTENTE DE EXPANSÃO, ASSISTENTE DE BRVOX, ASSISTENTE DE RH, ASSISTENTE DE MUNICÍPIOS, ASSISTENTE DE VENDAS, SEGURANÇA:

- Ensino médio, superior completo ou em andamento;

- Preferível Carteira de Habilitação (CNH);

- Disponibilidade para trabalhar 44 horas semanais.

- Disponibilidade para viagens.

PRÉ-REQUISITOS PARA DESIGNER GRÁFICO:

- Bom português;

- Ensino médio completo;

- Experiência com Photoshop, Ilustrador e InDesign;

- Disponibilidade para trabalhar 44 horas semanais.

PRÉ-REQUISITOS PARA ASSISTENTE DE PRODUÇÃO DE TEXTO:

- Bom português;

- Ensino médio completo ou superior em andamento ( Letras Portuguesas ou Jornalismo)

- Disponibilidade para trabalhar 44 horas semanais.

PRÉ-REQUISITOS PARA ESTAGIÁRIO BLOGS:

- Bom português;

- Ensino médio completo ou superior em andamento ( Letras Portuguesas ou Jornalismo)

- Disponibilidade para trabalhar 30 horas semanais.

A EMPRESA OFERECE

- Salário acima da média;

- Refeições na empresa;

- Ticket alimentação;

- Auxílio transporte;

- Auxílio Refeição.

Caso haja interesse na vaga o currículo deve ser enviado para:

empregogalaxyrh@gmail.com

A empresa pede que, ao enviar o currículo, o candidato especifique a vaga no assunto do e-mail.

Publicado Por: Lanna Pontes

Não ceder ao desespero - 28/08/2015 às 12h33

5 atitudes que você nunca deve ter após uma demissão

DREAM PARK ABC
NEURACI ROCHA - PALAZZO MONTICELLO
Boa Vista - Brisa Sul - Academia
RESERVA HELICONIA
WX - Village Leste
THREVO - RESERVA DOS PINHEIROS
Inocoop Recanto das Palmeiras
Dantas Imobiliaria
Motivação

Emprego em baixa, estresse em alta: a crise econômica tem exigido nervos de aço do brasileiro.

Mas, se você for o próximo na fila de demissões, é importante não ceder ao desespero, afirma Karina Freitas, diretora de transição de carreira da Stato.

“Perder o emprego não significa ser incompetente", diz a especialista. “É preciso racionalizar o que ocorreu e buscar alternativas práticas”.

Além de uma dose cavalar de inteligência emocional, as turbulências do mercado também exigem atenção redobrada para a qualidade do seu networking.

Para não errar - e economizar com consultorias de recrutamento - os empregadores estão recorrendo mais às indicações. “Mais do que nunca, o brasileiro precisa de uma rede de contatos aquecida”, observa Karina.

Em tempos difíceis, a prioridade é fazer escolhas inteligentes e cuidar da sua reputação. Veja a seguir algumas atitudes que podem colocar tudo a perder, segundo os especialistas ouvidos por EXAME.com:

1. Desabafar para as pessoas erradas

Esbravejar e chorar após uma demissão são reações naturais e até saudáveis - desde que aconteçam na frente de pessoas da sua confiança.

Manifestar desespero e raiva diante de colegas, chefes ou até do RH é altamente desaconselhável, segundo Rafael Souto, presidente da consultoria Produtive. "Além de comprometer a sua imagem profissional, não vai mudar em nada o que aconteceu", explica.

2. Criticar o seu ex-empregador

Por mais injusto que tenha sido o seu desligamento, não compensa espalhar queixas sobre o assunto pelo mercado.

De eventos de networking a entrevistas de emprego, é melhor ser discreto. Do contrário, você pode gerar desconforto e até desconfiança em seus pares e potenciais empregadores. "Podem pensar que você também falará mal deles no futuro, quando houver um desentendimento", afirma Souto.

3. Aceitar o que vier

A não ser que a sua situação financeira exija uma recolocação imediata, é melhor esperar um pouco antes de procurar um novo emprego.

Segundo Karina, fazer uma pausa ajuda a refletir sobre os próximos passos. “Se você buscar vagas sem nenhum critério, e aceitar o que aparecer primeiro, pode fazer escolhas erradas”, diz Karina.

4. Usar a sua rede de contatos de forma caótica

Esconder o fato de que você está desempregado não ajuda em nada: quanto mais pessoas souberem que você busca uma oportunidade, melhor.

Mas cuidado: isso não significa que você deva ligar e mandar emails para todos os seus contatos . "Por causa da sua ansiedade, você pode passar por chato", diz Souto. A dica é organizar a sua rede em uma planilha, e acionar apenas quem realmente pode ajudá-lo.

5. Perder as esperanças

Num contexto de recessão econômica, diz Karina, é perfeitamente natural ter dificuldades para conseguir um novo emprego. O segredo para não se deixar vencer é a resiliência.

Um dos truques para fazer isso é preencher o seu tempo, segundo disse a EXAME.com o professor José Ramón Pin, da IESE Business School. “É preciso manter a cabeça ocupada, estudar, ajudar a sua família”, defende o professor. "Assim, você sente que está sendo útil e que a crise não derrotou você”.

Fonte: Com informações da Exame.com

Publicado Por: Lanna Pontes

Após encerrar vida acadêmica - 28/08/2015 às 10h26

Formas de lidar com o estresse pós formatura ao procurar emprego

DREAM PARK ABC
Inocoop Recanto das Palmeiras
Motivação
NEURACI ROCHA - PALAZZO MONTICELLO
THREVO - RESERVA DOS PINHEIROS
RESERVA HELICONIA
WX - Village Leste
Boa Vista - Brisa Sul - Academia
Dantas Imobiliaria

Em 1997, a colunista do Chicago Tribune, Mary Schmich, publicou um texto que ganharia repercussão no mundo inteiro, com direito à música, vídeo e narração de Pedro Bial na versão brasileira. Estamos falando da autora do famoso texto “Advice, like youth, probably just wasted on the young“, mais conhecido como “Use filtro solar”. O sucesso e a repercussão da publicação se justifica por um tipo de ansiedade muito comum, mas que nem sempre é levada a sério: o estresse após a formatura.

A quebra de rotina de encerrar esta etapa da vida acadêmica e se aventurar no mercado de trabalho, as incertezas sobre o futuro e os rumos profissionais, tudo isso pode gerar uma forte ansiedade e é preciso respirar fundo para encarar as responsabilidades sem entrar em pânico. O primeiro passo é esforçar-se para substituir o medo por pensamentos positivos. Com base em um artigo feito pela Levo League, listamos algumas dicas que podem ajudar quem está passando por este momento.

Lembre-se de suas conquistas

Em vez de preocupar-se com tudo que ainda vem pela frente, busque confiança em si mesma lembrando das conquistas que você já teve até este momento. Quando prestou vestibular, você com certeza estava com a cabeça cheia de preocupações, mas entrou na faculdade e concluiu seu curso. Lembre-se também de sua evolução como estagiária nas empresas pelas quais passou.

Pare de comparar-se aos outros

Nossa cultura, em muitos momentos, traz o péssimo hábito de incentivar as pessoas a olharem mais para a grama do vizinho do que para o próprio jardim. Aquele seu amigo cresceu profissionalmente mais cedo do que o resto da turma e, quando o nome dele surge na roda, o assunto sempre aparece. Você vê a outra amiga comprando um carro bacana ou comprando o próprio apartamento e logo fica tentando imaginar quanto tempo vai levar para chegar lá. É como se acontecesse uma constante corrida imaginária.

Isso só vai servir para te deixar mais aflita e ansiosa. Pode soar como clichê, mas é a mais pura verdade: cada um tem seu tempo certo para brilhar. Faça sua parte, preocupe-se em ser uma boa profissional e espere o seu momento chegar. As coisas não acontecem ao mesmo tempo para todo mundo em nenhuma área de nossas vidas, quanto à carreira não seria diferente.

Tire tempo para fazer as coisas que gosta

O início de toda carreira requer mesmo muita dedicação, mas não se esqueça de tirar tempo para dedicar-se a coisas que lhe dão só prazer e satisfação. Pode ser um esporte, uma dança, pintura, enfim, uma atividade que tenha a ver com você e te deixe feliz. Cuidar dos seus hobbys, além de fazer bem para a mente, é uma forma de te dar motivação e desenvolver habilidades, como criatividade e concentração.

Invista em atividades que te tirem da zona de conforto

Se você ainda não tem um hobby preferido, invista tempo em buscar uma atividade que te dê prazer e que você precise sair da zona de conforto. Sempre quis jogar vôlei, mas nunca mais pisou em uma quadra depois do que saiu do colégio? Procure uma turma e volte a praticar. Tem vontade de se expressar melhor e frequentar aulas de teatro? Não adie a decisão nem mais um dia. Além de cuidar do seu bem estar, este é um modo de colocar em prática a habilidade para aceitar um novo desafio, característica que será essencial em sua carreira.

Procure sempre se cercar de pessoas queridas e positivas

Muitas vezes, sem perceber, nos deixamos influenciar por pessoas que agem como “âncoras” em nossas vidas. Quando você tenta dar um passo à frente, a pessoa tenta te segurar no chão. Cheias de críticas, comentários pessimistas e poucas palavras de incentivo. Procure se cercar de pessoas com energia positiva, que te querem bem e que incentivam o seu potencial.

Não deixe que as preocupações tomem conta de você

Mais do que pensar em como estará sua carreira daqui a 10 anos, neste momento você deve estar pensando exaustivamente em como vai garantir seu primeiro emprego e pagar o financiamento estudantil. Você está batalhando por sua colocação no mercado e o dinheiro vai chegar, mantenha a calma. Não adianta consumir todo o seu tempo e energia com suas preocupações, excesso de tensão pode, inclusive, bloquear suas competências.

Cuidado com o corpo e a mente

Não deixe a ansiedade neste momento atrapalhar a sua qualidade de vida. Alimente-se bem, cuide do seu sono, procure atividades que melhorem a sua respiração, a meditação é um bom exemplo.

Registre suas conquistas

Conseguiu cumprir um calendário de dieta e perdeu os quilos que gostaria? Anote. Foi homenageada na faculdade como melhor aluna da turma? Coloque a foto onde você sempre possa ver. Ganhou uma medalha em algum torneio esportivo? Também deixe-a em um local visível. Registre tudo de bom que você for conquistando ao longo do caminho e use essas conquistas como mote para o planejamento do seu próximo passo.

Trabalhe a sua confiança

Se você não der crédito ao seu próprio potencial, quem fará isso por você? Trabalhe a sua confiança, adote uma postura determinada, valorize seus méritos e permaneça positiva para que novas conquistas surjam no caminho.

Fonte: Com informações do Finanças Femininas

Publicado Por: Lanna Pontes

EMPRESA DE TERCEIRIZAÇÃO - 27/08/2015 às 12h39

Sine-PI abre processo de seleção para 44 trabalhadores; veja quais os cargos

Motivação
THREVO - RESERVA DOS PINHEIROS
Dantas Imobiliaria
DREAM PARK ABC
WX - Village Leste
RESERVA HELICONIA
Inocoop Recanto das Palmeiras
NEURACI ROCHA - PALAZZO MONTICELLO
Boa Vista - Brisa Sul - Academia

Por meio do Sistema Nacional de Emprego do Piauí (Sine-PI), a Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre) realizará uma seleção para contratar trabalhadores que atuem em empresa de terceirização. Ao todo, 44 vagas estão sendo ofertadas para quatro diferentes cargos. O processo seletivo acontece na sexta-feira (28), às 14:00h, no auditório da unidade central do SinePiauí.

Para participar da seleção, é necessário que os candidatos estejam cadastrados no Sine e retirem a carta de encaminhamento antecipadamente para apresentar no devido dia. Além da carta, retirada no próprio Sine, todos devem ter em mãos a Carteira de Identidade (RG), Carteira de Trabalho (CTPS), Cadastro de Pessoa Física (CPF), certificados de qualificação (se houver) comprovante de escolaridade, comprovante de residência e perfil profissional com foto.

Requisitos e remunerações:
Assistente de logística de transporte – 16 vagas

Requisitos: Ensino Médio completo; experiência de seis meses comprovada na Carteira de Trabalho; conhecimento básico em informática; disponibilidade para os turnos manhã e tarde.

Remuneração: Salário de R$ 844,38; auxílio transporte; vale refeição; assistência médica; seguro de vida.

Operador de empilhadeira – 1 vaga
Requisitos: Ensino Médio completo; experiência de um ano comprovada na Carteira de Trabalho; conhecimento básico em informática; habilitação (curso de operador de empilhadeira); disponibilidade para os turnos manhã e tarde.

Remuneração: Salário de R$ 946,10; auxílio transporte; vale refeição; assistência médica; seguro de vida.

Ajudante de carga e descarga de mercadoria – 26 vagas
Requisitos: Experiência de um ano comprovada na Carteira de Trabalho; conhecimento básico em informática; disponibilidade para os turnos manhã e tarde.

Remuneração: Salário de R$ 946,00; auxílio transporte; vale refeição; assistência médica; seguro de vida.

Supervisor Administrativo - 1 vaga
Requisitos: Ensino Médio completo; experiência de seis meses comprovada na Carteira de Trabalho; conhecimento básico em informática; experiência em gestão de processos; disponibilidade para os turnos manhã e tarde.

Remuneração: Salário de R$ 1076,18; auxílio transporte; vale refeição; assistência médica; seguro de vida.

Fonte: ASCOM

Publicado Por: Fábio Carvalho

No máximo 90 dias - 27/08/2015 às 10h31

Foi demitido durante o contrato de experiência? Conheça direitos e deveres

Motivação
NEURACI ROCHA - PALAZZO MONTICELLO
Boa Vista - Brisa Sul - Academia
Dantas Imobiliaria
WX - Village Leste
Inocoop Recanto das Palmeiras
DREAM PARK ABC
THREVO - RESERVA DOS PINHEIROS
RESERVA HELICONIA

Quais são os direitos de um funcionário que foi demitido no 87° dia do seu contrato de experiência de 90 dias? (Pergunta da internauta Teresa)

O contrato de experiência é o que a empresa costuma estabelecer com o funcionário quando o contrata. Ele é temporário, podendo durar 90 dias, no máximo.

Se for demitido sem justa causa antes do final do contrato de experiência, o trabalhador tem direito ao 13º salário proporcional, férias proporcionais mais 1/3, além do saldo do salário e 40% do FGTS.

Além desses valores, ele deve receber também uma indenização. O valor dessa indenização é de metade do que ele ainda teria a receber, se cumprisse o contrato até o final.

No caso de alguém que foi demitido no 87º dia, ainda faltavam três dias para o contrato acabar. A indenização seria de metade do valor de três dias de trabalho.

Caso haja uma cláusula dizendo que as duas partes podem encerrar o acordo no momento em que quiserem, a empresa deve pagar também o aviso prévio (30 dias de trabalho) ao funcionário, se ele for demitido.

Em caso de demissão por justa causa, ele perde todos esses direitos, recebendo apenas o salário relativo ao período em que trabalhou.

Confira outras dúvidas sobre o contrato de experiência, respondidas pelo advogado Horácio Conde, presidente da Comissão de Direito Empresarial do Trabalho da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil) e Joseane Fernandes, advogada da Employer, empresa especializada em RH.

Quanto tempo pode durar o contrato de experiência?

O contrato de experiência pode durar, no máximo, 90 dias. Ele pode ser renovado apenas uma vez, mas a soma do tempo dos dois contratos não pode ser maior do que 90 dias. Essa prorrogação tem de ser feita, obrigatoriamente, por escrito, em contrato.

O mais comum é que as empresas façam um contrato de 45 dias, que pode ser renovado por mais 45, mas isso não é obrigatório. O primeiro pode ser de 20 dias e o segundo de 70, por exemplo. O período de experiência pode durar menos do que 90 dias, também. O que não pode é ultrapassar esse limite máximo.

O que acontece quando o contrato acaba?

Se o contrato de experiência terminar no seu prazo previsto e o funcionário continuar trabalhando na empresa, automaticamente o contrato passa a ser por tempo indeterminado (o contrato normal, de todos os trabalhadores com carteira assinada).

Se ele não seguir na empresa (por falta de interesse de qualquer uma das duas partes), o empregado terá direito ao 13º salário proporcional, férias proporcionais mais 1/3 e saldo de salário. Ele pode sacar o FGTS, mas não recebe a multa de 40%.

Nem funcionário, nem empregador precisam justificar a decisão de não continuar na empresa quando o contrato acaba em seu prazo normal, bastando informar a decisão.

O que acontece quando o funcionário se demite?

Se o funcionário pedir demissão antes do final do contrato de experiência, ele tem direito ao 13º salário proporcional e férias proporcionais mais 1/3, mas não recebe os 40% do FGTS, nem indenização.

Nesse caso, segundo Horácio Conde, é possível que o empregado tenha de pagar uma indenização à empresa, desde que isso esteja estipulado no contrato. Ele afirma, porém, que essa prática não é comum.

O valor dessa indenização é para restituir eventuais prejuízos que a empresa teve na contratação (por exemplo, se gastou com um recrutador externo, para prestar o serviço), mas que devem ser comprovados pelo empregador.

Além disso, esse valor não pode ser maior do que a metade do que o empregado ainda teria a receber da empresa, se fosse cumprir o contrato. Por exemplo, se ele pede demissão faltando 20 dias para cumprir o contrato, o valor dessa indenização que o funcionário teria de pagar não pode ser maior do que dez dias de trabalho.

Até quando os valores devem ser pagos?

Se o trabalhador for demitido ou pedir demissão, os valores a que ele tem direito devem ser pagos em até dez dias úteis. Mas, se esse décimo dia cair depois do primeiro dia útil seguinte ao que seria o término do contrato, o pagamento deve ser feito no primeiro dia útil.

Por exemplo, no caso de alguém que foi demitido no 87º dia, com um contrato que terminaria no 90º, ele deve receber no primeiro dia útil depois do fim do contrato, e não em até dez dias úteis.

Se o contrato terminar em seu prazo normal, ele deve receber no primeiro dia útil seguinte.

Grávidas e acidentados têm estabilidade durante experiência?

Funcionárias que ficam grávidas ou o empregado que sofre um acidente de trabalho têm estabilidade (não podem ser demitidos), da mesma forma que trabalhadores que já não estão mais no contrato de experiência.

Pela lei, gestantes têm estabilidade desde a confirmação da gravidez até cinco meses após o parto e acidentados não podem ser demitidos por um ano depois que voltarem ao trabalho.

Fonte: Com informações da Uol

Publicado Por: Lanna Pontes

Carregando, por favor aguarde...
Caminho para o Sucesso
VANITY SANDRA SILVA
NEURACI ROCHA - PALAZZO MONTICELLO
WS Construtora - Alto das Palmeiras
VANITY SANDRA SILVA
Inocoop Recanto das Palmeiras
DREAM PARK ABC
THREVO PIATZ
Mirante da Mota Machado
VAL PRAEIRO HELICONIA
Últimas Notícias
01h16 Parceria proporciona mais cursos profissionalizantes em Pedro II 01h13 Temer disse que é difícil Dilma terminar mandato com a popularidade baixa 01h06 Delação premiada na Lava Jato inspira a outros países, declara Rodrigo Janot 00h59 Adriane Galisteu faz vídeo em apoio à campanha Nota Piauiense; assista 00h58 Giba é o grande vencedor do 'Super Chef Celebridades', do 'Mais Você' 00h22 Tiago Abravanel se veste de mulher e dubla Meghan Trainor no 'Vídeo Show' 00h07 Arrastão:assaltantes invadem Big Ben de Caxias e levam mais de quinze celulares 00h02 Roberto Carlos se submete a procedimento estético no pescoço 23h51 Escolas municipais participam de desfile cívico na zona Norte 23h32 As inscrições estão abertas desde o dia 1º de setembro e seguem até o último dia do referido mês 23h03 Projeto 6ª as 6 apresenta performance “Vamos Brincar” 22h54 Sistema eSUS moderniza e melhora o atendimento na atenção básica 22h32 SDU Sudeste inicia pavimentação de ruas com emendas de vereadores 22h03 Reunião aborda termo de cooperação institucional entre Prefeitura de Teresina 21h32 Colégio Municipal Davina Veloso realiza Caminhada Cívica ! 21h16 Secretaria de Justiça nega que detento havia passado para Medicina pelo Enem 21h13 Dr. Helder Eugênio recebe visita do presidente da Apad Robson Oliveira 21h01 'Cada um no seu quadrado', reclama presidente do TCE sobre a OAB-PI 20h54 Sinopse realiza passeio cívico em alusão às comemorações do 7 de Setembro 20h54 PF segue pistas falsas na busca por 'prefeita ostentação';buscas seguem 20h49 1º Campeonato dos cinquentões do médio parnaíba é realizado em Olho d’agua 20h44 Tia mostra fotos de Aylan Kurdi e do irmão, que morreram após naufrágio 20h27 Ilustrações na internet homenageiam menino sírio morto em praia 20h27 Maju recebe uma chamada por apelidar Cuiabá de Cuiabrasa: 'Peguei bronca' 20h24 Carla Diaz faz preparação para musical: ‘Estou dando uma de Anitta’