Compartilhar Tweet 1



O Instituto Galaxy é uma das empresas participantes 1ª Feira de Empregos e Negócios da Fundação Wall Ferraz, que acontece nesta segunda-feira (02/10) na Federação das Indústrias do Piauí (Fiepi).

Os participantes que se inscreveram para o evento terão a oportunidade de conhecer as vagas oferecidas pelo instituto Galaxy, além de obterem informações sobre o programa de trainee, cursos e treinamentos oferecidos pela empresa.

Na primeira edição da feira os inscritos têm a oportunidade de participar processos seletivos para empresas da capital, oportunidade de negócios, palestra e orientações profissionais e a exposição de produtos dos alunos da Fundação Wall Ferraz. O evento acontece somente nesta segunda até às 17h.

Além da Fundação, a Prefeitura de Teresina, o Sine a Secretaria Estadual do Emprego e Empreendedorismo são parceiras na realização do evento.

 


Compartilhar Tweet 1



Algumas vagas do Programa Trabalho Novo, da prefeitura de São Paulo, que oferece oportunidades a pessoas em situação de rua, têm entre as exigências que o candidato tenha dentes em bom estado. Além da “dentição frontal completa”, são levados em consideração a disposição dos candidatos para o trabalho e os antecedentes criminais. As possibilidades de emprego são ofertadas em parceria com empresas privadas.

A descrição das vagas oferecidas pela rede de lanchonetes McDonald's, uma das empresas parceiras do programa municipal, informa que há “flexibilidade” em relação aos antecedentes criminais, apesar da preferência por pessoas sem histórico de furto. “Caso haja furto na função, é demitido por justa causa”, enfatiza o comunicado divulgado pela coordenação da iniciativa da prefeitura aos centros de acolhida, que devem encaminhar os candidatos às seleções.

De acordo com o coordenador da Pastoral do Povo de Rua, padre Julio Lancellotti, algumas pessoas com quem teve contato afirmaram ter sido rejeitados pelo critério da dentição. Para ele, esse tipo de exigência não faz sentido em um programa que busca a inclusão de pessoas que vivem nas ruas. “Como é que ele vai ter, uma pessoa que está na rua, que está sem os cuidados mínimos necessários, todos vão ter dentição frontal completa?”, questiona o religioso.

Segundo o Censo da População de Rua da prefeitura, entre as pessoas que vivem nas ruas da capital paulista 34,5% tem problemas de saúde bucal. Entre os moradores de rua que vivem em centro de acolhida o índice cai para 27,5%. Passaram pelo sistema prisional, 40% dos que dormem nas ruas e calçadas e 27,5% daqueles abrigados nos equipamentos públicos. O levantamento contabilizou 15,9 mil pessoas em situação de rua na capital paulista em 2015.

Exigências
A prefeitura informou, por meio da assessoria de imprensa, que as exigências para as vagas são feitas pelas empresas. “De acordo com a ONG Rede Cidadã, que é responsável pela seleção e capacitação dos moradores em situação de rua, os conteúdos dos documentos compartilhados nos grupo de trabalho tratavam de requisitos exigidos pelas empresas participantes”, enfatiza a nota a respeito do documento ao qual a Agência Brasil teve acesso.

O Mc Donald's, por sua vez, negou ter feito as exigências para a vaga. “O McDonald’s não reconhece essas exigências e, sobretudo, não compactua com elas. A empresa informa também que o documento foi redigido pela ONG que realiza o recrutamento, sem nenhuma consulta, orientação ou aprovação do McDonald’s. Por fim, temos orgulho de ser uma das pioneiras na adesão ao Programa Trabalho Novo”, diz a íntegra da nota envaida pela empresa.

O comunicado da prefeitura diz ainda que “o problema de dentição é recorrente na população em situação de rua, muitas vezes por conta do uso abusivo de drogas” e, por isso, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social está buscando parcerias para tratar da saúde bucal dessas pessoas. “Não por causa das exigências do emprego, pois nem todos os postos de trabalho têm tais pré-requisitos – mas por se tratar de um problema recorrente e que causa sofrimento ao portador de doenças bucais”.

O Programa Trabalho Novo havia disponibilizado 10 mil oportunidades para população em situação de rua em 223 empresas, sendo que 1,3 mil vagas foram preenchidas.

Histórico criminal
O padre Lancellotti também acredita que olhar para o histórico criminal dessa população não seja a melhor forma de avaliar os aptos para o emprego. “A população que está na rua é muitas vezes criminalizada, detida, e fica constando passagem às vezes por coisas muito tênues ou pequenas, que não são determinantes na vida da pessoa”.

Membro do Movimento Nacional da População de Rua, Anderson de Miranda, também considerou equivocadas as exigências para as vagas. “São exigências que condizem com quem tem casa, mas está desempregado. A rua precisa de um programa que tenha sua flexibilidade”, enfatizou.


Fonte: Agência Brasil

Compartilhar Tweet 1



O Governo do Piauí, por meio deste Instituto de Terras do Piauí – INTERPI, através da Comissão Especial de Licitação, torna público que está aberto prazo até 05 de outubro de 2017, para apresentação de Manifestação de Interesse– MI, para contratação de consultor individual para prestar serviços de assessoramento à Corregedoria Geral de Justiça do Estado do Piauí, nas áreas de ordenamento territorial, cadastro de terras e atividades multissetoriais relativas à implementação do subcomponente de regularização fundiária, que é parte integrante do projeto pilares de crescimento e inclusão social, com financiamento pelo banco mundial.

SELEÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL PELOS MUTUÁRIOS DO BANCO MUNDIAL - BIRDAVISO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE – 06/2017 - BIRD-INTERPI/PI

PIAUÍ: PILARES DO CRESCIMENTO E INCLUSÃO SOCIALPROC. ADM. N. 0888/2017
Origem: Acordo de Empréstimo Número 8575-BRO Estado do Piauí, por meio do Instituto de Terras do Piauí – INTERPI, através da Comissão de Avaliação Técnica, torna público que está aberto o prazo para apresentação de MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE – MI para:

1. OBJETO: A CONTRATAÇÃO, PELO INTERPI, DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO, PARA PRESTAR SERVIÇOS DE ASSESSORAMENTO À CORREGEDORIA GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PIAUÍ, NAS ÁREAS DE ORDENAMENTO TERRITORIAL, CADASTRO DE TERRAS E ATIVIDADES MULTISSETORIAIS RELATIVAS À IMPLEMENTAÇÃO DO SUBCOMPONENTE DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA, QUE É PARTE INTEGRANTE DO PILARES DE CRESCIMENTO E INCLUSÃO SOCIAL, COM FINANCIAMENTO PELO BANCO MUNDIAL.

Prazo Final para entrega das Manifestações de Interesse: 05 DE OUTUBRO DE 2017.

Maiores Informações: A Solicitação de Manifestação de Interesse o Termo de Referência encontram-se publicados, na íntegra, neste site: http://www.interpi.pi.gov.br/, no site do Governo do Estado do Piauí http://www.pi.gov.br/Interessados e no site do Tribunal de contas do Estado do Piauí: www.tce.pi.gov.br. 

TERESINA - PI, 05 DE SETEMBRO DE 2017.

DÉCIO SOLANO NOGUEIRA
PRESIDENTE DA COMISSÃO 

HÉRBERT BUENOS AIRES DE CARVALHO
Secretário de Regularização FundiáriaDiretor Geral – INTERPI


Compartilhar Tweet 1



O Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (COREN-PI) vai realizar processo seletivo simplificado destinado a contratação temporária de profissionais de nível médio. Serão disponibilizadas duas vagas na função de Auxiliar Administrativo para as cidades de Bom Jesus e São Raimundo Nonato, uma para cada cidade.

O processo terá validade de 12 meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, e conta com remuneração de R$ 1.885,30. As inscrições para o processo serão realizadas de 11 a 14 de setembro, exclusivamente pela internet, através do e-mail:processoseletivo@coren-pi.com.br .

A seleção será dividida em três etapas: prova escrita, análise de currículo e entrevista. Sendo a primeira, a prova escrita, realizada no dia 25 desse mês. Mais informações e edital completo pode ser acessado no site do COREN-PI: http://www.coren-pi.com.br/


Fonte: Com informações da assessoria
Remuneração chega a 12 mil · 05/09/2017 - 08h04

Em duas cidades: INSS abre vagas de emprego para médicos; confira edital


Compartilhar Tweet 1



O Instituto Nacional do Seguro Social abriu vagas de emprego para médicos, no
Piauí. São duas vagas: uma para Oeiras e outra para Picos. Os profissionais
serão credenciados para realizarem perícias médicas nas agências localizadas
nestas cidades.

As inscrições serão de 15 a 30 de setembro, na sede do INSS, em Teresina, na
rua Areolino de Abreu, nº 1015, 4º andar, sala 416, ou nas agências da
previdência de Oeiras e Picos. Segundo Cristovam Alves, chefe da Seção de
Saúde do Trabalhador, o prazo máximo de vigência do contrato será de até dois
anos, a contar da assinatura do Termo de Compromisso.

A remuneração mensal do médico perito credenciado do INSS gira em torno dos
12 mil reais. Outras informações podem ser encontradas no edital ou na própria
instituição.

ACESSE AQUI O EDITAL


Fonte: Seção de Comunicação Social (INSS/PI)
Veja quais os requisitos · 24/08/2017 - 11h34

IFood está com vagas abertas no Nordeste para coordenador comercial


Compartilhar Tweet 1



O iFood – plataforma de delivery de comida on-line – está em busca de um talento para assumir a posição de Coordenador Comercial para ficar à frente das cidades de Salvador, Recife e Fortaleza. O profissional será responsável pela regional; por gerir time de campo: capacitação, direcionamento, orientação e instrução; monitorar performance de cada membro da equipe (cobrança, feedback, relatórios de comissão); acompanhar e controlar KPI's de vendas; detectar oportunidades de negócios e evolução para a área; negociar contratos e parcerias comerciais, sejam contas atuais ou prospects; levantar e analisar indicadores da praça como: cobertura, conversão, vendas por restaurante, crescimento; compor estratégia e meta de vendas e pós-vendas após análise de indicadores.

Ao integrar a equipe do iFood, o profissional tem a oportunidade de ingressar em uma das mais inovadoras foodtechs do mundo e trabalhar na construção de produtos e serviços que transformam o futuro do delivery de comida, com soluções para facilitar ainda mais a vida do consumidor e contribuir para o crescimento dos parceiros, os restaurantes.

Os candidatos precisam ter ensino superior completo ou em curso, boa comunicação verbal e escrita, boa capacidade analítica, habilidade para negociar e conhecimento intermediário em informática, principalmente em Excel.

A contratação é por regime CLT, com direito a comissão, benefícios e bônus anual. O iFood proporciona autonomia de processo e ritmo de trabalho, ambiente altamente colaborativo e desafiador, com reais oportunidades de crescimento.

Com cerca de 500 colaboradores, a empresa não para de crescer. Atualmente, há mais de 50 oportunidades de trabalho. As posições abertas são para diversos níveis, desde jovens talentos até líderes em diferentes áreas.

Para se candidatar às vagas, os interessados devem se candidatar no link www.ifood.delivery/br/vagas/Comercial/212f999b-6148-482f-bad3-83fba405c09d ou acessar o LinkedIn do iFood.

Qualificação no Atendimento · 12/08/2017 - 12h37

Sine oferecerá curso de Formação em Libras para servidores


Compartilhar Tweet 1



O Curso de Formação em Língua Brasileira de Sinais (Libras), da Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), terá início a partir do dia 2 de setembro, para servidores do Sistema Nacional de Empregos (Sine), que sentiram a necessidade de aprender a linguagem dos sinais para atender mais adequadamente ao público.

O Sine está aperfeiçoando o atendimento ao público, com a renovação da qualificação dos servidores. Os atendentes estão participando do curso de Libras ministrado pela professora Lucimar Araújo, pós-graduada em Libras e intérprete do IFPI.

O secretário do Trabalho e Empreendedorismo, Gessivaldo Isaías, explica que o objetivo é melhorar os serviços oferecidos para a população da capital. “O Ministério do Trabalho exige um atendimento específico para a comunicação com as pessoas com deficiência auditiva. Hoje, estamos buscando melhorias com novos atendentes participando dessa qualificação e ampliando as melhorias dos nossos serviços”, afirma Gessivaldo.

Ao todo, serão 80h, com esse trabalho de capacitação, os funcionários estarão aptos a prestarem um atendimento adequado às pessoas com limitações auditivas. “O curso possui carga horária suficiente para que o aluno adquira condições de entender toda a parte linguística das libras, estando assim, qualificado para melhor atender este público”, explicou a professora Lucimar Araújo.


Fonte: Portal do Governo do Estado do Piauí
Veja documentação necessária · 07/08/2017 - 13h49

Mais de 200 vagas de empregos são ofertadas pelo Sine/PI; confira lista!


Compartilhar Tweet 1



Nesta segunda-feira (07/08), o Sistema Nacional de Emprego no Piauí (Sine-PI), através da Setre, oferece 217 novas vagas de empregos em diversas áreas para a Capital. Os interessados devem procurar à um dos postos para efetuar o cadastro no sistema de dados.

São necessárias para efetivar o cadastro, documentação como: carteira de trabalho, RG, CPF, PIS, comprovante de escolaridade, comprovante de residência, CNH (se possuir) e certificados de cursos de qualificação profissional (se possuir). Após realizado o cadastro e caso for de seu interesse, o candidato poderá retirar no SINE uma carta de encaminhamento para a vaga na empresa destinada. Onde, se preencher os requisitos poderá ser contratado.

Todos os serviços do SINE são gratuitos, os postos de atendimento estão localizados no Centro, Parque Piauí, Dirceu e Espaço Cidadania (Shopping Rio Poty), em funcionamento das 07h:30 às 13h:30. Para mais informações os candidatos devem entrar em contato com o número (86) 3221-2940/2941 ou pela Linha do Trabalhador: 0800 0866060.

Abaixo a lista de vagas disponibilizadas pelo SINE/PI no momento:

Alinhador de pneus 1 vaga
Analista de Suporte Técnico 2 vagas
Auxiliar Administrativo 1 vaga
Balanceador 1 vaga
Chefe de Cozinha 1 vagas
Churrasqueiro 1 vaga
Confeiteiro 5 vagas
Costureira em geral 5 vagas
Eletricista de Instalações de veículos automotores 1 vagas
Instalador de Som 1 vaga
Instrutor de Informática 3 vagas
Manicure 3 vagas
Marceneiro 2 vagas
Mecânico 2 vagas
Mecânico de Auto em Geral 1 vaga
Mecânico de Automóvel 1 vaga
Mestre de Obras 1 vaga
Motorista de Carro Forte 7 vagas
Operador de Máquina de Bordar 1 vaga
Operador de máquina de engarrafamento 1 vaga
Operador de máquina de rotular 1 vaga
Operador Eletromecânico 10 vagas
Padeiro 3 vagas
Passadeira de peças confeccionadas 1 vagas
Pedicure 1 vagas
Podólogo 2 vaga
Preparador de peças para bordar 1 vaga
Professor de Inglês 2 vagas
Supervisor de confecção de artefatos de tecido, couro e afins 1 vaga
Supervisor de Segurança (Vigilância) 6 vagas
Supervisor de Vendas comerciais 1 vaga
Técnico de Alimentos 1 vaga
Técnico de Impressora (Matricial) 10 vagas
Técnico em manutenção de equipamentos de informática 1 vaga
Vendedor Pracista 132 vagas


Fonte: Com informações da Ascom/Setre
Veja documentação necessária · 28/07/2017 - 17h03

SINE-PI: Cerca de 100 vagas abertas para diversas áreas na capital; lista!


Compartilhar Tweet 1



O Sistema Nacional de Emprego no Piauí (Sine-PI), divulgou nessa sexta-feira (28), novas ofertas de emprego, em diversas áreas para a capital, como: Mecânica, Beleza, Alimentação, Comércio e outras.

O Sine atua em todo o processo de triagem e seleção de currículo, fazendo o encaminhamento do candidato a empresa que irá fazer a entrevista e escolher o profissional. Por isso as vagas ofertadas estão sujeitas aos critérios de perfil e seleção exigidos pela empresa responsável.

De acordo com Gessivaldo Isaías, Secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo do Piauí, a missão executada pelo SINE-PI é primordial para combater o desemprego no estado. “Nosso objetivo está focado em buscar mais vagas, favorecendo os trabalhadores a conseguir seu desejado emprego. Em conjunto com o Sine-PI, trabalhamos para reduzir o índice de desemprego em nosso pais e lutar para alcançar variados tipos de vagas e a expedição da carteira de trabalho.”, explicou o secretário.

As pessoas interessadas em concorrer as vagas e que ainda não realizaram o cadastro no SINE/PI, devem dirigir-se à um dos postos para efetuar o cadastro no sistema de dados, sendo necessárias documentação como: carteira de trabalho, RG, CPF, PIS, comprovante de escolaridade, comprovante de residência, CNH (se possuir) e certificados de cursos de qualificação profissional (se possuir).

Após realizado o cadastro e caso for de seu interesse, o candidato poderá retirar no SINE uma carta de encaminhamento para a vaga na empresa destinada. Onde, se preencher os requisitos poderá ser contratado.

Todos os serviços do SINE são gratuitos e seus postos de atendimento estão localizados no Centro, Parque Piauí, Dirceu e Espaço Cidadania, em funcionamento das 07h:30 às 13h:30. Para mais informações os candidatos devem entrar em contato com o número (86) 3221-2940/2941 ou pela Linha do Trabalhador: 0800 0866060.

Abaixo a lista de vagas disponibilizadas pelo SINE/PI no momento:
Analista de suporte técnico 2 vagas
Auxiliar Administrativo 1 vaga
Balanceador 1 vaga
Chefe de Cozinha 1 vaga
Confeiteiro 5 vagas
Cozinheiro de restaurante 1 vagas
Eletricista de instalação de veículos motores 1 vagas
Instrutor de Informática 3 vagas
Manicure 3 vagas
Marceneiro 2 vagas
Mecânico 3 vagas
Mecânico de Auto em Geral 1 vaga
Mecânico de Automóvel 1 vaga
Mestre de Obras 1 vaga
Motorista de Carro Forte 7 vagas
Office Boy 1 vaga
Operador de Máquina 1 vaga
Operador de Máquina de Rotular 1 vaga
Operador Eletrônico 10 vagas
Padeiro 3 vagas
Passadeira de peças confeccionadas 1 vagas
Pedicure 2 vagas
Podólogo 1 vaga
Professor de Inglês 1 vaga
Supervisor de confecção de artefatos de tecido, couro e afins 1 vaga
Supervisor de Segurança (Vigilante) 6 vagas
Supervisor de Vendas Comercial 1 vaga
Técnico de Alimentos 1 vaga
Técnico em impressora 10 vagas
Técnico em manutenção de equipamentos de informática 1 vaga
Vendedor Pracista 14 vagas


Fonte: Com informações da Ascom/Setre

Compartilhar Tweet 1



A Fundação LUPAGUS está selecionando Enfermeiros com experiência em sala de aula, para curso "Cuidador de Idosos".

Processo Seletivo:

Currículo: informar COREN.

Entrevista: taxa R$60,00.

Período: 21 a 31 de julho de 2017.

Informações: (86) 99989-5457

 


Compartilhar Tweet 1



De olho na sua expansão nas regiões Norte e Nordeste, a rede pernambucana Selfit Academias, abre até o fim do ano 120 oportunidades de emprego. As vagas são para os estados de Pernambuco, Alagoas, Amazonas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. As oportunidades são para as áreas administrativas e educadores físicos. A faixa salarial varia entre R$ 1 mil e R$ 3 mil.

Os interessados devem enviar currículo para: curriculo@selfitacademias.com.br ou fazer o cadastro na área trabalhe conosco, pelo site: www.selfitacademias.com.br .Com academias em operação nos estados de Pernambuco, Bahia, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e Piauí, a Selfit traz um conceito inovador e aposta na tecnologia para melhorar o bem-estar e a experiência de seus alunos, utilizando o modelo Best Value.

 

Diversas áreas para a Capital · 12/07/2017 - 12h31

SINE-PI oferece mais de 100 vagas para o mercado de trabalho em THE


Compartilhar Tweet 1



A Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), por meio do Sistema Nacional de Emprego no Piauí (Sine-PI), divulgou nessa quarta-feira (12), cerca de 100 novas ofertas de emprego, em diversas áreas para a Capital.

As vagas ofertadas estão sujeitas aos critérios de perfil e seleção exigidos pela empresa responsável. O Sine atua em todo o processo de triagem e seleção de currículo, fazendo o encaminhamento do candidato a empresa que irá fazer a entrevista e escolher o profissional.

Gessivaldo Isaías, Secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo do Piauí, explica a missão executada pelo SINE-PI e como ele é um órgão importante para combater o desemprego no estado. “Nosso objetivo em conjunto com o Sine-PI, é favorecer o crescimento econômico do nosso Estado e diminuir os índices de desemprego no nosso País, através da oferta de variados tipos de vagas favorecendo a população emprego e renda.”, explicou o Secretário.

Abaixo a lista de vagas disponibilizadas pelo SINE/PI no momento:

Auxiliar de cozinha 4 vagas
Auxiliar de limpeza 2 vagas
Auxiliar de logística 1 vaga
Açougueiro 2 vagas
Balanceador 1 vaga
Cadista 1 vaga
Caixa de bar, lanchonete e restaurante 4 vagas
Chefe de Cozinha 1 vagas
Confeiteiro 3 vagas
Costureira em geral 6 vagas
Cozinheiro de restaurante 2 vagas
Cozinheiro Geral 1 vaga
Eletricista 1 vagas
Estoquista 2 vagas
Garçom 6 vagas
Gerente de bar 1 vaga
Manicure 3 vagas
Mecânico 2 vagas
Operador de máquina de engarrafamento 1 vaga
Operador de máquina de rotular 1 vaga
Padeiro 3 vagas
Passadeira de peças confeccionadas 1 vagas
Pedicure 2 vagas
Podólogo 1 vaga
Salgadeiro 1 vaga
Serralheiro 1 vaga
Supervisor de confecção de artefatos de tecido, couro e afins 1 vaga
Técnico em contabilidade 1 vaga
Técnico em impressora 10 vagas
Técnico em manutenção de equipamentos de informática 1 vaga
Vendedor Pracista 33 vagas

As pessoas interessadas em concorrer as vagas e que ainda não realizaram o cadastro no SINE/PI, devem dirigir-se à um dos postos para efetuar o cadastro no sistema de dados, sendo necessárias documentação como: carteira de trabalho, RG, CPF, PIS, comprovante de escolaridade, comprovante de residência, CNH (se possuir) e certificados de cursos de qualificação profissional (se possuir).

Após realizado o cadastro e caso for de seu interesse, o candidato poderá retirar no SINE uma carta de encaminhamento para a vaga na empresa destinada. Onde, se preencher os requisitos poderá ser contratado.

Todos os serviços do SINE são gratuitos e seus postos de atendimento estão localizados no Centro, Parque Piauí, Dirceu e Espaço Cidadania, em funcionamento das 07h:30 às 13h:30. Para mais informações os candidatos devem entrar em contato com o número (86) 3221-2940/2941 ou pela Linha do Trabalhador: 0800 0866060.


Fonte: Com informações da Ascom/Setre

Compartilhar Tweet 1



O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, voltou a afirmar, na cúpula do G20, em Hamburgo (Alemanha), que a economia brasileira encontra-se em trajetória de recuperação. Ele afirmou que a taxa de desemprego deve voltar a cair a partir do segundo semestre deste ano.

“Isto é mérito deste governo. Uma equipe está tocando essas reformas e tem todo o apoio do presidente. Não só do ponto de vista político, mas do ponto de vista congressual. Temos todo o apoio necessário para fazermos o esforço pela aprovação das reformas”, disse Meirelles, de acordo com informações do Palácio do Planalto.

Nesta sexta-feira (07/07), em entrevista a jornalistas, o ministro da Fazenda afirmou que a economia brasileira “vai bem” e se disse confiante na aprovação de reformas no Congresso, a despeito de crise política no país.

Segundo dado mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego no Brasil ficou estável no segundo trimestre deste ano, em 13,3%, atingindo 13,8 milhões de pessoas.


Fonte: Agência Brasil
Trabalho paralelos pode? · 06/07/2017 - 18h41

Saiba quais comportamentos podem causar a sua demissão


Compartilhar Tweet 1



Com a tecnologia avançada as causa judiciais também se modificaram, o direito precisa se adequar e regular todo ato tipo de situação, principalmente no mundo do direito do trabalho, a pessoas precisam se ater muito mais ao comportamento que possuem dentro da empresa, o que postam em suas redes sociais, a conversas e posturas que possuem em relação a outros funcionários, veja abaixo alguns comportamentos que podem gerar demissão por justa causa.

Ato de improbidade
Ações desonestas levam a demissão pequenos furtos, como levar bloquinhos, canetas, não interessa o valor do bem se apossar de algo que não é seu sem autorização é furto, o empregado não deve levar objetos da empresa para casa.

E com a tecnologia funcionários que trabalham em setores tecnológicos ou mesmo financeiro, devem se ater a possíveis furtos de tecnologias, ideias assinada pela empresa, ou mesmo transferências bancarias, depósitos em contas, entrada de saída de caixa, manter notas ficais e transparência dos atos realizados por meio de sistemas.

Incontinência de conduta ou mau procedimento, Ofensas físicas, Lesões à honra e à boa fama e Ato de indisciplina ou de insubordinação
O caso inusitado que gerou a demissão dos quatro atletas do sport clube Gaúcho que praticaram atos obscenos dentro do vestiário do time, uma masturbação coletiva e o quarto gravou, onde o ato foi atrelado ao nome do clube, vindo a denegrir a imagem da empresa dando margem a justa causa.

Quanto a mal procedimento pode-se considerar, conflitos entre funcionário, coisa que acontece bastante em casos onde funcionários tem livre acesso a geladeira, gerando conflitos sobre as marmitas que podem vir ocasionalmente a sumir.

O uso inadequado de redes sociais, aquele “fuxico” ou informação privilegiada sobre o colega de trabalho que você fez a outro pelo Skype pode lhe prejudicar, aquela reclamação que o funcionário fez sobre o trabalho, o chefe, o colega no facebook pode lhe prejudicar bastante, desrespeitar colegas por meio de brincadeiras sem graça como apelidos que venham atingir sua honra é uma falta grave seja nas redes sociais ou no próprio ambiente de trabalho.

Discriminar outros colaboradores sobe qualquer natureza, além de ser crime, também configura justa causa, assim como desobedecer regras preestabelecidas, desacatar ordens especificas e gerais.

Negociação habitual
Casos em que o empregado exerce funções paralelas “fora do trabalho” que dificultam seu desempenho, inclusive a procura de emprego dentro do próprio trabalho utilizando a rede e o computador da empresa.

Alguns funcionários realizam serviços paralelos dentro da própria empresa, seja o designer que faz um publicidade que não está relacionada a seu trabalho com o fim de ganhar por fora, ou o advogado que pega outras causas não relacionadas com o seu trabalho, mesmo sem contrato de exclusividade, se elas vierem a prejudicar seu desempenho, seu trabalho poderá lhe gerar um grande problema.


Compartilhar Tweet 1



A jovem Beatriz Carmona, 17 anos, na busca do primeiro emprego como jovem aprendiz surpreendeu os internautas e empresários com sua criatividade. Ela produziu seu currículo em forma de rótulo da Coca-Cola.

A ideia do currículo veio na intenção de conseguir uma vaga na empresa Reach Local e a divulgação da criatividade da jovem viralizou nas redes sociais.

“Milhares de currículos acabam no lixo; este vai matar sua sede”, escreveu Beatriz, no rótulo da garrafa de Coca-Cola. “Meu nome é Beatriz, tenho 17 anos e estou cursando o último ano do E.M. Conheci a ReachLocal através de um anúncio do Linkedin e estou fascinada com o perfil da empresa e apreciaria a oportunidade de trabalhar com vocês!“, disse a jovem em sua apresentação a empresa.

Em resposta ao currículo de Beatriz a empresa publicou no perfil do seu facebook a ansiedade em conhecê-la. “Ei, Beatriz, seu currículo foi recebido e fez muito sucesso! Foram mais de 6.400 compartilhamentos no Facebook, 23 mil retuítes e 20 mil curtidas. Recebemos mais de 4 000 currículos todos os meses. Alguém tem dúvida que a ação da Beatriz conseguiu chamar a nossa atenção? A entrevista já foi marcada e estamos ansiosos para conhecê-la“, diz a postagem.

Confira a publicação da empresa:

 


Compartilhar Tweet 1



O Ministério do Trabalho e Emprego (TEM) divulgou os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e, de acordo com os dados, o Piauí fechou o mês de maio com saldo positivo (0,29), ficando como o primeiro estado do Nordeste com a maior geração de empregos formais no Brasil, com 6.681 novas contratações formais.

Na região Nordeste, apenas o Piauí (0,29), Bahia (0,18) e Maranhão (0,17) fecharam o mês de maio com saldo positivo na geração de empregos formais. Vale ressaltar que, desde o ano passado, o Piauí vem se mantendo entre os primeiro estados e um dos poucos do país com saldo positivo no índice medido pelo Caged.

Gessivaldo Isaias, secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo destaca a importância de uma política pública de qualificação profissional e estímulo ao empreendedorismo e a economia solidária para o estado conseguir gerando empregos.

"Temos procurado implementar com ajuda do Governo do Estado políticas públicas de geração de emprego e renda, para tanto temos investido em todas as áreas, principalmente na qualificação profissional e no incentivo ao empreendedorismo e a economia solidária, estimulando que esses dois últimos setores saiam da informalidade, para, assim, gerarem empregos formais. Paralelo a isso, temos cobrado da nossa equipe do Sine-PI que visite empresas em busca de vagas de trabalho para disponibilizarmos aos trabalhadores que são qualificados por meio dos programas da Setre. A soma de tudo isso tem se transformado em números positivos para o estado," explicou o gestor.

Os resultados mostram que, mesmo em meio à crise econômica que tem assolado vários setores da economia, o estado tem se destacado mês após mês na criação de novos postos de trabalho. De acordo com o Caged, setores como agropecuária (3,00), Extrativa Mineral (2,71), Serviços (0,53), Indústria de Transformação (0,27) e Construção Civil (0,17) apresentaram avanços, o que ajudou nos números positivos do estado. Numa comparação entre admissões e demissões, o Piauí teve um saldo positivo de 113 vagas.

Das 27 unidades da federação, 13 tiveram saldo positivo de empregos em maio, ou seja, criaram mais do que fecharam vagas com carteira assinada de acordo no ranking geral do Caged. Desde o ano passado, o Piauí vem se destacando na criação de vagas. No mês de janeiro, o estado também tinha sido o primeiro do Nordeste, mantendo-se entre os três primeiros na posição em abril e agora novamente em primeiro com a criação de 6.681 vagas de empregos no mercado formal.


Fonte: Portal do Governo do Estado do Piauí
Dados da Caged · 20/06/2017 - 16h46

Brasil criou 34.253 novas vagas de emprego em maio


Compartilhar Tweet 1



Em maio, o mercado brasileiro abriu 34.253 novos postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta terça-feira (20/06) pelo Ministério do Trabalho. É o segundo mês consecutivo, e a terceira vez no ano, em que o país registra mais vagas abertas do que fechadas. Em abril, o país já havia criado 59.856 mil vagas de emprego formal.

No acumulado do ano, o Caged contabiliza 48.543 postos de trabalho a mais, após dois anos de saldo negativo para o período. De janeiro a maio de 2016, o Caged havia registrado fechamento de 448.011 vagas e, no mesmo período de 2015, 243.948 vagas foram suprimidas.

“Podemos constatar que a economia volta a dar sinais de recuperação, e um dos sintomas fundamentais para comprovação da recuperação econômica é a geração de emprego”, afirmou o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, ao comentar o resultado.

Os setores que contribuíram com a criação de vagas formais em maio foram agropecuária (46.049 novos postos), serviços (1.989 vagas), indústria da transformação (1.433 vagas) e administração pública (955 novos postos de trabalho).

Os setores que fecharam vagas formais foram comércio (-11.254 postos), construção civil (-4.021), indústria extrativa mineral (-510 postos de trabalho). “Mesmo aqueles setores que apresentaram saldo negativo, se você faz a comparação com 2016 e 2015, os números [indicando queda] são bem menores”,declarou Ronaldo Nogueira.

Regiões

A região que mais criou vagas formais em maio foi o Sudeste, com 38.691 postos. Nessa parte do país, destacaram-se Minas Gerais, com saldo positivo de 22.931 postos, e São Paulo, que criou 17.226 novas vagas.

Em segundo lugar, com maior crescimento de vagas entre as regiões, ficou o Centro-Oeste, com 6.809 novos postos formais, seguido do Nordeste, com 372 novas vagas.

Nas regiões Sul e Norte houve retração das vagas de trabalho, com fechamento respectivo de 10.595 e 1.024 postos.


Fonte: Agência Brasil
Confira aqui o passo a passo · 17/06/2017 - 09h02

Sine oferece mais de 26 mil vagas de emprego; saiba mais sobre o sistema


Compartilhar Tweet 1



Mais de 26 mil vagas de emprego estão abertas em todo o País no Sistema Nacional de Emprego (Sine). Em 2017, já foram ofertadas 67 mil oportunidades de trabalho pelo sistema. Desse total, 13 mil foram preenchidos por intermédio do Ministério do Trabalho.

A atividade campeã em oferta de emprego no Sine é alimentador de linha de produção: neste ano, foram cadastradas 3.556 vagas para essa função. Outra atividade com grande número de oportunidades é a de operador de telemarketing receptivo. Nesta área foram 1.248 vagas abertas. Em terceiro no ranking de maior empregabilidade está a de vendedor de comércio varejista, com 973 postos.

"O Sine é o maior sistema de intermediação de mão de obra do Brasil. Promove o encontro entre trabalhador e empregador de forma gratuita. Pessoas a partir dos 14 anos podem se cadastrar no sistema, independente da escolaridade. Temos uma rede forte para atendimento presencial e pelo site Emprega Brasil para mais comodidade dos nossos usuários", explica o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

Segundo a técnica da Coordenação do Sine Maria Fátima Lopes Valente, há uma variação grande na oferta de vagas. “Esses números variam muito, diariamente, conforme as vagas são ocupadas e abertas. Hoje, por exemplo, o registro mostra 26.315 oportunidades disponíveis", destaca.

Passo a Passo
As duas formas do trabalhador e do empregador terem acesso ao maior banco de dados de emprego gratuito do País são nos postos de atendimentos do Sine ou via internet pelo site Emprega Brasil.

Para acessar o Sine na internet, entre no Portal Emprega Brasil e clique em "Cadastrar". Informe seus dados pessoais: CPF, Nome, Data de Nascimento, Nome da Mãe, Estado de Nascimento; Se for nascido no exterior, selecione “Não sou brasileiro”.

Essas informações são validadas no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Caso estejam corretas, o trabalhador é direcionado para responder um questionário com cinco perguntas sobre seu histórico laboral.

É preciso acertar pelo menos quatro das cinco perguntas. Após isso, o trabalhador recebe uma senha provisória que deverá ser trocada no primeiro acesso. Caso tenha dificuldade em responder as perguntas, é necessário aguardar 24 horas para uma nova tentativa ou entrar em contato com a central 135 para auxílio.

Com esse código de acesso, é possível acessar o Portal Emprega Brasil. Diante de qualquer dificuldade no site, a orientação é procurar um posto do Sine mais próximo.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Trabalho


Compartilhar Tweet 1



Nos últimos tempos, conquistar uma vaga no mercado de trabalho cada vez mais competitivo não tem sido tarefa fácil. Mais do que dominar a área ao qual se propõe trabalhar, é preciso demonstrar capacidade e desenvolvimento pessoal que atenda as demandas cada vez maiores do mercado. E foi pensando nisso que a Faculdade Estácio planejou o Start Day. O evento, que acontece neste sábado, a partir das 8 horas, promete um dia de imersão com coaches de alta performance.

Organizado pela Coordenação dos Cursos de Administração e Gestão de RH da Estácio, o Start Day trará os mais renomados coaches, dando orientações aos participantes. Segundo a professora Yolete Dourado, da coordenação do evento, serão várias atividades voltadas a promover o desenvolvimento pessoal e profissional dos presentes.

“O Start Day é um dia de imersão com Coaches Integrais Sistêmicos da Febracis Teresina, cujo objetivo é proporcionar palestras e vivências voltadas para o autodesenvolvimento de profissionais que estão fora do mercado, bem como aqueles que estão empregados, mas que precisam transformar suas atitudes e, que precisam empoderar suas competências para um mercado de trabalho competitivo”, explicou, lembrando que a proposta surgiu para atender os objetivos organizacionais de empresas que buscam o desenvolvimento de gestores e líderes.

Os interessados em participar, devem acessar o link https://docs.google.com/forms/d/1yEMQpdfHcmZ4AQU8UFpwqJqcBDU3oEbPTe3ZklH-JFg/edit, preencher o formulário e levar dois quilos de alimentos não perecíveis no dia do evento, que acontecerá na própria Estácio. Nomes como Tamyres Aragão, Rodrigo Manga, Cleverson Moreira, Raissa Guanieir, Karina Matos e Frank Silveira já são presenças confirmadas no evento.

Confira a programação completa:

09:00 às 09:30 - Abertura
09:30 às 10:30 - Tamyres Aragão - Autoresponsabilidade: a chave de todas as mudanças
10:30 às 11:30 - Rodrigo Manga - Como construir metas e objetivos para ter uma vida extraordinária
11:30 às 12:30 - Cleverson Moreira - O poder do mindset reprogramando a sua mente
13:00 às 14:00 - Raissa Guanieir - Inteligencia Emocional
14:00 às 15:00 - Karina Matos - Por que ação vale mais do que Inteligência?
15:00 às 17:00 - Frank Silveira - Alta Performance Pessoal e Profissional (Diretor da Febracis de Ribeirão Preto)


Fonte: Com informações da assessoria
Acessos às oportunidades · 08/06/2017 - 07h59

Aplicativo Sine Fácil encaminha mais de 2,3 mil a vagas de emprego


Compartilhar Tweet 1



Para facilitar o acesso a vagas de emprego, o Ministério do Trabalho lançou há duas semanas o aplicativo Sine Fácil, que reúne as ofertas de vagas em todo o País. Na última segunda-feira (05/06), a ferramenta registrou cem mil downloads. Ao todo, 2.368 pessoas foram encaminhadas a empresas por meio da plataforma.

“O Sine Fácil amplia o acesso dos trabalhadores às oportunidades cadastradas e direciona o candidato para as vagas conforme o seu perfil”, explicou o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira.

Oitocentos e catorze trabalhadores manifestaram sua opinião sobre o Sine Fácil, a maioria delas, positiva. “É um resultado muito bom, que mostra que o aplicativo está funcionando e que quem está usando a ferramenta são as pessoas que já utilizavam o serviço do Sine”, avalia o coordenador geral do Sistema Nacional de Emprego, Marcos Sussumo.

O Sine Fácil pode ser instalado em celulares e tablets (no sistema Android), e permite que as pessoas acessem vagas de emprego, busquem informações sobre abono salarial, acompanhem os pagamentos de parcelas do seguro-desemprego e visualizem os vínculos empregatícios.

Para utilizar o aplicativo pela primeira vez, o trabalhador precisa de um código de acesso (QR Code), que é fornecido em qualquer unidade do Sine, nas agências próprias do Ministério do Trabalho ou então pelo site Emprega Brasil – caso o trabalhador tenha sido atendido no Sine em algum momento e já tenha cadastro na rede.

Vagas diárias

Com o acesso liberado, o trabalhador pode consultar as cerca de 50 mil vagas diárias, de todo o País, que o Sine disponibiliza no aplicativo. A inserção das vagas pode ser acompanhada em tempo real. Com o uso do aplicativo pelos trabalhadores, a expectativa do ministério é que as filas dos postos do Sine devem ser reduzidas, desafogando o atendimento.


Fonte: Portal Brasil
Veja a documentação necessária · 05/06/2017 - 13h01

Setre e Sine-PI oferecem mais de 240 vagas de emprego para vários cargos


Compartilhar Tweet 1



Através do Sistema Nacional de Emprego no Piauí (Sine-PI), a Secretaria de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), divulgou nesta segunda (5), mais de 240 vagas de emprego, incluindo vagas para pessoas com deficiência. O Sine atua em todo o processo de triagem e seleção de currículo, fazendo o encaminhamento do candidato a empresa que irá fazer a entrevista e escolher o profissional e as diversas áreas das vagas ofertadas estão sujeitas aos critérios de perfil e seleção exigidos pela empresa responsável.

De acordo com Gessivaldo Isaías, Secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo do Piauí, a missão executada pelo SINE-PI é primordial para combater o desemprego no estado. “Nosso objetivo está focado em buscar mais vagas, favorecendo os trabalhadores a conseguir seu desejado emprego. Em conjunto com o Sine-PI, trabalhamos para reduzir o índice de desemprego em nosso pais e lutar para alcançar variados tipos de vagas e a expedição da carteira de trabalho.”, explicou o secretário

Abaixo a lista de vagas disponibilizadas pelo Sine-PI no momento:
· Arte-finalista 1 vaga

· Atendente de padaria 1 vaga

· Auxiliar de padeiro 1 vaga

· Auxiliar técnico de refrigeração 1 vaga

· Barbeiro 1 vaga

· Cabeleireiro 2 vagas

· Caseiro 2 vagas

· Confeiteiro 2 vagas

· Costureira em geral 10 vagas

· Estilista de moda 1 vaga

· Instalador de sistemas eletroeletrônicos de segurança 1 vaga

· Lanterneiro de automóveis (reparação) 1 vaga

· Manicure 2 vagas

· Maquiador 1 vaga

· Mecânico 2 vagas

· Mecânico de automóvel 1 vaga

· Operador de telemarketing ativo e receptivo 200 vagas

· Supervisor de vendas comercial 1 vaga

· Vendedor interno 1 vaga

· Vendedor pracista 2 vagas

· Vendedor pracista 1 vaga

Exclusiva para pessoas com deficiência
· Agente de segurança 1 vaga

· Auxiliar administrativo 1 vaga

· Auxiliar de estoque 3 vagas

· Operador de microcomputador 4 vagas

· Porteiro 1 vaga

As pessoas interessadas em concorrer as vagas e que ainda não realizaram o cadastro no SINE/PI devem dirigir-se à um dos postos para efetuar o cadastro no sistema de dados. Para o registro é necessário com algumas documentações necessárias portando carteira de trabalho, RG, CPF, PIS, comprovante de escolaridade, comprovante de residência, CNH (se possuir) e certificados de cursos de qualificação profissional (se possuir).

Após realizado o cadastro e caso for de seu interesse, o candidato poderá retirar no SINE uma carta de encaminhamento para a vaga na empresa destinada, onde se obedecer os critérios, poderá ser contratado.

Todos os serviços do SINE são gratuitos e seus postos de atendimento encontrados no Centro, Parque Piauí, Dirceu e Espaço Cidadania, funcionam de 07:30 às 13:30. Para mais informações os candidatos devem entrar em contato com o número (86) 3221-2940/2941 ou pela Linha do Trabalhador: 0800 0866060.


Fonte: Com informações da Ascom/Setre
Oportunidade de trabalho · 30/05/2017 - 17h11

Empresa de Teresina contrata vendedores com transporte


Compartilhar Tweet 1



A partir desta quarta-feira, dia 31, uma empresa de Teresina iniciará o processo de recrutamento de vendedores externos temporários. Na oportunidade, serão mais de 100 vagas ofertadas, e a única exigência é que o candidato possua ensino médio completo e transporte próprio.

Remuneração: ajuda de custo + comissão sobre vendas.

Interessados devem enviar currículo para o e-mail selecaojockeyclub@gmail.com

Mas ainda continua no vermelho · 02/05/2017 - 17h02

Maioria dos setores volta a gerar emprego no 1º trimestre


Compartilhar Tweet 1



O mercado de trabalho começa a dar os primeiros sinais de recuperação. Uma pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) mostra que 13 de 25 setores criaram novas vagas no primeiro trimestre do ano – os ramos ligados à exportação registraram os melhores desempenhos.

As informações, tiradas do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sugerem que há uma mudança no mercado de trabalho, mas que esse processo de recuperação segue em ritmo gradual.

Mesmo com geração de emprego em 13 ramos, esse desempenho positivo não foi suficiente para que o primeiro trimestre do ano encerrasse no azul. No período, 64,4 mil vagas foram fechadas. O ritmo de demissões, no entanto, perdeu força e foi 78% menor que o observado entre janeiro e março de 2016, quando 303,1 mil perderam o emprego.

“A reação de alguns segmentos do mercado de trabalho demonstra o início de uma retomada parcial da empregabilidade, que é o principal entrave para o crescimento do consumo no País”, argumentou Fabio Bentes, economista da CNC.

Agropecuária e indústria

A CNC informou, ainda, que o setor terciário se destacou pela geração de vagas no comércio atacadista (+5.941) e no comércio e administração de imóveis e valores mobiliários (+2.148). Os setores primário (agropecuária) e secundário (indústria) foram os que mais reverteram o fechamento de vagas – dos 15 subsetores que compõem a indústria, oito reverteram os seus saldos negativos.

“O desempenho mais favorável da agropecuária e da indústria em detrimento do setor terciário está associado ao maior aquecimento da demanda externa”, explicou Bentes. Ele lembrou que o desempenho da produção industrial cresceu no início de 2017 e que os preços dos produtos brasileiros vendidos para o exterior avançaram 21,3%.

Emprego para os mais jovens

A pesquisa ainda revela que a maioria das contratações ocorreu entre um público mais jovem. No primeiro trimestre de 2017, foram abertas 175,3 mil vagas para pessoas com até 24 anos de idade, número 120% maior do que o registrado em igual período de 2016.

Os trabalhadores de maior qualificação também estão entre os mais contratados. Ainda no primeiro trimestre do ano, foram abertas 60,8 mil vagas para empregados com nível superior completo, número 44,4% maior que o observado no ano passado.


Fonte: Portal Brasil
PI volta a ter saldo negativo · 21/04/2017 - 17h37

THE perdeu 970 postos de emprego formal em março, segundo o Caged


Compartilhar Tweet 1



Teresina perdeu 970 vagas de emprego em março deste ano, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (20/04) pelo Ministério do Trabalho.

Apesar das 4.482 admissões, foram 5.452 deligamentos.

O maior variação em demissões foi justamente o setor de telemarketing (-391 postos), seguido do comércio varejista (-55 postos), assistente administrativo (-53 postos), vigilante (-51 postos) e porteiro de edifícios (-46 postos).

Por outro lado, o setor da construção civil, para o cargo de servente de obras, foi o que mais admitiu no mês de março.

Em todo estado a variação ficou em 947 postos a menos, com 7.262 pessoas sendo empregadas formalmente, e 8.209 demitidas.

O resultado é bem pior que em fevereiro, quando no Piauí o saldo de empregos foi positivo com valiação de 178 novos postos. No mesmo período, a capital havia perdido 657 vagas.

No país, o Caged registrou perda de 63.623 postos. O comércio foi o setor que registrou maior retração em março (-33.909 postos), seguido do setor de serviços (-17.086 postos), construção civil (-9.059 postos), indústria de transformação (-3.499 postos) e agricultura (-3.471 postos).

Enquanto as grandes demitem... · 21/04/2017 - 11h14

Pequenas empresas abrem 60,7 mil vagas só durante primeiro trimestre


Compartilhar Tweet 1



No primeiro trimestre deste ano, as micro e pequenas empresas apresentaram um saldo positivo de geração de empregos de 60,7 mil vagas, enquanto que as médias e grandes empresas encerraram 138,8 mil postos de trabalho. Os dados são do levantamento feito mensalmente pelo Sebrae com base nos números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

“Apesar dos pequenos negócios terem apresentado um saldo negativo em março, o bom desempenho do começo do ano compensou essas demissões”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos. Depois de dois meses consecutivos com um número maior de contratações do que de demissões, as micro e pequenas empresas apresentaram em março um saldo negativo de 31,6 mil vagas, número inferior ao das médias e grandes que encerraram 36,5 mil vagas. No comparativo com o mesmo período do ano passado, o saldo dos pequenos negócios foi menos negativo. Em março do ano passado, foram encerradas 46,9 mil vagas.

Quando analisada a geração de emprego por setor no terceiro mês do ano, apenas as micro e pequenas empresas que atuam no setor de Serviços registraram saldo positivo de cerca de 4 mil empregos. Nesse setor, destacaram-se os pequenos negócios que atuam nos segmentos de ensino, de comércio e administração de imóveis, transportes e comunicações e serviços médicos, odontológicos e veterinários. O setor com o maior encerramento de vagas, por parte das micro e pequenas empresas, foi o Comércio com 23,8 mil.


Fonte: AsCom/Sebrae