180graus

Pint of Science - 15/02/2017 às 16h43

Um festival de divulgação científica sem fronteiras

comserv

Divulgar a ciência para o público em geral é o fio condutor de uma iniciativa que vai unir Brasil, Alemanha, Austrália, Áustria, Canadá, Espanha, França, Irlanda, Itália e Reino Unido. Mais de 100 cidades espalhadas por esses 10 países realizarão simultaneamente, nos dias 15, 16 e 17 de maio, um dos maiores festivais de divulgação científica do mundo: o Pint of Science.

“Este ano, o evento se expandiu e alcançará 22 cidades em todo o Brasil”, revela a coordenadora nacional da iniciativa, Natalia Pasternak. O Pint of Science pode ser comparado a um grande festival de música, em que os artistas se apresentam simultaneamente em vários palcos a cada noite. Só que, nesse caso, em vez de artistas, há pesquisadores conversando com o público em restaurantes, cafés e bares. No lugar da música, a melodia que será ouvida nesses palcos está relacionada a biologia, computação, engenharia, estatística, filosofia, física, história, matemática, química, sociologia e muito mais.

unnamed (1).jpg

“O Brasil é o primeiro país sul-americano a fazer parte do festival e o sucesso estrondoso de 2016 mostra que os brasileiros amam ciência e querem realmente matar sua sede de conhecimento”, destaca Michael Motskin, diretor e fundador do Pint of Science. O festival nasceu em 2013 na Inglaterra e chegou ao país em 2015, quando o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP realizou o evento em São Carlos, no interior paulista, colocando o Brasil no mapa do Pint of Science.

Em 2016, a faísca da divulgação científica se espalhou por sete municípios brasileiros e, este ano, atingirá 10 cidades paulistas: Araraquara, Botucatu, Campinas, Piracicaba, Ribeirão Preto, Santos, São Caetano do Sul, São Paulo, São Carlos e Sorocaba. Além disso, a iniciativa chegará a municípios brasileiros localizados no Sul, no Nordeste e no Centro-Oeste: Belo Horizonte (MG), Blumenau (SC), Brasília (DF), Curitiba (PR), Dourados (MS), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA) e Teresina (PI).

unnamed.jpg

O evento é gratuito no Brasil e as pessoas só pagarão o que consumirem nos locais em que acontecerão os bate-papos científicos. “A ciência brasileira enfrenta uma de suas maiores crises de financiamento e credibilidade. Por isso, divulgá-la nunca foi tão importante e tão urgente quanto agora”, explica a coordenadora nacional, que é doutora em genética molecular pelo Instituto de Ciências Biomédicas da USP.

Rede de voluntários – Em cada uma das 22 cidades brasileiras que realizarão o Pint of Science, existe um grupo de voluntários trabalhando para organizar os diversos bate-papos com os pesquisadores. Há um coordenador em cada cidade, bem como coordenadores regionais. O desafio deles é levar o conhecimento científico à população, de uma forma descomplicada, possibilitando que as pessoas esclareçam suas dúvidas diretamente com quem faz ciência. “Restaurantes, cafés e bares também são lugares adequados para os cientistas divulgarem suas pesquisas. Nosso objetivo é mostrar que, sem ciência, tecnologia e inovação, não existe desenvolvimento”, acrescenta Natalia.

De acordo com a coordenadora, o Pint of Science possibilita, ainda, que a população conheça como é o trabalho de um pesquisador, uma jornada repleta de encantos e desencantos, tal como a trajetória de qualquer outro profissional. Dessa forma, cria-se a oportunidade para o estabelecimento de uma comunicação mais informal, descontraída e humana entre os cientistas e a população: “É um momento para nos unirmos e fazermos um brinde à ciência, rompendo todas as fronteiras”.

A programação dos bate-papos que acontecerão nas 22 cidades brasileiras será disponibilizada no site do evento a partir do dia 27 de março. O Pint of Science conta com o apoio de várias instituições e já confirmaram patrocínio em âmbito nacional a Elsevier, a empresa Galoá e três Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID), apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP): o Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria; o Centro de Pesquisa em Obesidade e Comorbidades; e o Centro de Pesquisa, Educação e Inovação em Vidros.

Fonte: AsCom

'Amor Perfeito' - 27/01/2017 às 14h28

Alunos da Uespi apresentam peça teatral no Parque da Cidadania

Como parte das atividades práticas do projeto de cinema desenvolvido na Universidade Estadual do Piauí (Uespi), alunos da instituição vão apresentar, neste domingo (29/01), a peça “Amor Perfeito”, no Parque da Cidadania. O trabalho é uma adaptação livre, escrita pelo cineasta Cícero Filho e tem como objetivo proporcionar aos participantes do Projeto “Uespi em Tela” a oportunidade de desenvolver o trabalho em equipe em curto espaço de tempo e trabalhar as técnicas do teatro desde a sua concepção, produção, criação de roteiro, interpretação, montagem, luz para teatro, dentre outras funções.

“Amor Perfeito” tem a duração aproximadamente de 25 minutos e conta a história de uma bela e jovem mãe viúva, que tem seu único filho raptado por uma mulher misteriosa. A mãe, ao descobrir o rapto do filho, decide procurá-lo pela floresta e, no caminho, encontra diversos obstáculos, uma prova atrás da outra. O amor é o combustível para sua trajetória de dores e perdas, com o final confrontador e surpreendente.

Exibida em duas sessões, uma às 18h30 e a outra às 20h, a apresentação será no Parque da Cidadania, onde os alunos do “Uespi em Tela” poderão ter a experiência de produção artística e o contato direto com o público.

Cícero Filho explica que a apresentação no Parque da Cidadania é uma experiência nova para os alunos. “É uma experiência bem maluca para eles porque ninguém havia ainda feito apresentações em locais públicos. Então, está sendo uma prova de fogo”, declara o cineasta e responsável pelo projeto na Uespi. Ele pontua que, apesar disso, essa é uma prova superada, acrescentando que “mesmo diante do nervosismo, eles estão recebendo essa demanda super bem. Estão se esforçando bastante na construção de cenários, na realização dos ensaios, então, está tudo funcionando muito bem”.

“O curso já teve suas etapas teóricas e por sinal bastante proveitosa, mas eu confesso que a parte prática me encanta bem mais. Está sendo super enriquecedor para mim essa experiência, já que é com isso que pretendo trabalhar futuramente”, declara Valéria Neves, aluna do projeto e discente do curso de Jornalismo.

Valéria Neves explica que o objetivo final do curso é a execução de um curta e que os alunos estão entusiasmados. “Está todo mundo empolgado com isso, criando seus roteiros e sugerindo ideias o tempo todo. Então a peça veio justamente para aflorar ainda mais esse lado criativo que todos dentro do curso possuem”, afirma a aluna.

alunos peça uespi interna.jpg

“A execução do curso está sendo surpreendente. Os alunos estão superando as expectativas. Eles aprendem muito rápido, mesmo em suas limitações eles estão dando o seu melhor e, por meio desse esforço, estão aprendendo. Então, vejo que as coisas estão fluindo e eu estou muito feliz com os resultados”, conclui Cícero Filho.

Fonte: Com informações do Governo do Estado do Piauí

Evento será na AABB - 13/01/2017 às 13h49

Rap da Tribo da Periferia chega a Teresina para apresentação neste sábado

comserv

O Tribo da Periferia é um grupo brasileiro de Rap formado no final dos anos 90 por moradores do bairro Jardim Roriz, na cidade de Planaltina-Df. O grupo se apresenta sábado, 14, em Teresina, em um mega show na AABB,

O grupo, que começou com três integrantes, acabou se separando por divergências de ideias, e Duckjay seguiu sozinho. O resultado foi a música "Entre a vida e a morte", que acabou por se tornar uma das mais executadas nas rádios comunitárias de Planaltina-Df.

A convite de Duckjay, o Dj Bolatribo passou a integrar o grupo nas apresentações ao vivo. Com produção e direção musical de Duckjay foi lançado o primeiro álbum do grupo "O verdadeiro brasileiro". Em 2005, a música "Carro de Malandro" virou hit. E em 2006 foi citada pelo Correio Braziliense como a música mais executada do ano no Distrito Federal.

rap.png

Com o sucesso e reconhecimento nacional, o Tribo da Periferia tornou-se atração principal em eventos reconhecidos, ao lado de nomes como Racionais Mc's, Realidade Cruel, Facção Central, entre outros.

Fonte: AsCom

Projeto cultural - 11/01/2017 às 12h15

Projeto “Quanto Vale O Show” inicia nesta quarta-feira (11/01)

O projeto Quanto Vale o Show inicia nesta quarta-feira (11/01). A ação é uma alternativa ao projeto Boca da Noite, que está em período de recesso e retorna no mês de março. A atração que irá abrir o Quanto Vale o Show é James Brito e Banda Baseado na Lei.

Quanto Vale O Show é um projeto cultural que recebe artistas, cantores, intérpretes, músicos compositores, espelhando a própria arte musical. As atrações se apresentam a partir das 19 horas, no Bar do Club dos Diários, com entrada franca. Os interessados em participar devem comparecer ao Theatro 4 de Setembro levando material fonográfico para realizar a inscrição.

O cantor James Brito afirma que é muito gratificante se apresentar no espaço. “Sempre sou bem acolhido e o local oferece oportunidade tanto a músicos iniciantes quanto aos consagrados. É muito importante as pessoas prestigiarem os artistas locais”, finaliza o cantor.

James Brito é a atração que irá abrir o projeto interna.jpg

No show, o público vai contar com uma mistura de clássicos da MPB, além de músicas autorais e nacionais ao som do rock pop, reggae, baião e soul.

James Brito diz ainda que vai fazer um show animado com músicas pedidas pelo público. A banda é composta por quatro integrantes: James, no vocal e guitarra; Rubens Tiago, vocal; João Cabeça, bateria; Cleiton, no contrabaixo, e Gabriel Sadnon, na guitarra solo.

O projeto Quanto Vale O Show ficará em exibição durante o período de tramitação em que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura do Piauí (Secult), realiza edital de concorrência para o projeto Boca da Noite.

Fonte: Com informações do Governo do Estado do Piauí

Entrada franca - 09/01/2017 às 14h20

'É Proibido Cochilar': Projeto exibirá filmes no Teatro Torquato Neto

O Complexo Cultural Club dos Diários Theatro 4 de Setembro inicia as atividades culturais e artísticas em 2017 com um novo projeto da casa, “É Proibido Cochilar”, que tem como objetivo a exposição de filmes, no horário do meio-dia, no Teatro Torquato Neto.

O Projeto "É Proibido Cochilar" estreia, nesta terça-feira (10/01), com a exibição do documentário “Retratos da Eficiência”, que possui direção de Vítor Sampaio, produção executiva de Denise Medeiros e edição final de Francinaldo Sousa e Vitor Sampaio.

“Retratos da Eficiência” mergulha na realidade estatística do município de São Gonçalo do Piauí, que está entre uma das cidades do estado com maior índice de pessoas com deficiência. Para chegar até ao filme, a produtora Denise Medeiros conta que não foi fácil e, ao procurar um foco de trabalho, descobriram São Gonçalo do Piauí, que, na época, era o município com maior número de pessoas com deficiência do Piauí. O filme foi finalizado em 2016.

Teatro Torquato Neto interna.jpg

Segundo Denise Medeiros, muita coisa ocorreu para a demora da conclusão da fita. Os impedimentos foram desde o tempo das pessoas envolvidas, mulheres que engravidaram e a produção teve que esperar os nove meses de gravidez das participantes e até o desparecimento de algumas pessoas. Houve, no filme, uma pessoa muito querida que morreu, o Manoel Machado, conhecido como Cego Machado. Além dele, participaram também sua esposa e um dos filhos”, relata Denise.

Fonte: Com informações do Governo do Estado do Piauí

Carregando, por favor aguarde...
podium
Últimas Notícias
11h06 2° Baile dos Advogados movimentará o carnaval de Teresina 11h02 Município de Jaicós da início as festividades com música e café da manhã 10h59 Saiba como é feita a escolha de um ministro do STF 10h56 HGV passa a oferecer fisioterapia para pacientes com incontinência urinária 10h56 Larissa Manoela se machuca e cancela sua participação no 'Vai, Fernandinha' 10h54 Governo destina crédito extraordinário de R$ 100 mi para o sistema prisional 10h50 DETRAN orienta condutores para um trânsito seguro no Carnaval 10h45 Sessão Ordinária marca o início dos trabalhos da Câmara de vereadores de Miguel Alves 10h41 Em encontro com ministro da Saúde, Diego Teixeira solicita liberação de recursos para Amarante 10h38 Carro que voa começa a ser vendido e funciona com gasolina comum 10h33 Prefeitos podem trocar Diário Oficial dos Municípios, afirma conselheiro 10h25 Jovem de São Francisco do Piauí é aprovado em exame da OAB em Brasília 10h18 SESC abre inscrições para cursos gratuitos 10h17 Jailson Pio marca presença em solenidade de filiação do PP em Teresina 10h11 Eduardo Henrique participa de evento do PP com a presença do Ministro da Saúde 10h09 George Clooney fala pela 1ª vez sobre ser pai: ‘Aventura’ 10h09 Joel Rodrigues marca presença em Seminário do Partido Progressista em Teresina 10h09 Semana Pedagógica em Altos segue até dia 23 de fevereiro. Veja programação 10h07 Teresina investe R$ 9,5 mi em recapeamento de avenidas 10h07 Prefeito Claudinê participa de Seminário do Partido Progressista em Teresina 10h05 Ex-prefeito de São José do Divino participa de solenidade de filiação do Partido Progressista 10h03 Secretaria Municipal de Educação realiza Semana Pedagógica em Altos 10h01 Criança de 7 anos morre ao ser atropelada por caminhão 09h59 Spider almeja revanche com Bisping e cogita lutar ainda com Weidman e GSP 09h58 MPE-PI entra com ação para suspender decreto de emergência em União