Vida com Prazer

Chamada de dispareunia · 04/03/2015 - 09h02

Mulheres que fazem cesárea tem o dobro de chance de sentir dor durante o sexo

Mulheres que fazem cesárea tem o dobro de chance de sentir dor durante o sexo


Compartilhar Tweet 1



É comum que depois do parto a mulher se sinta mais cansada e as mudanças hormonais decorrentes da lactação alterem a lubrificação vaginal, fazendo com que seu interesse pelo sexo diminua temporariamente e que, quando ela o faça, sinta dores. Mas um recente estudo publicado pelo periódico “BJOG: An International Journal of Obstetrics and Gynecology”, mostrou que a dor durante o sexo, chamada de dispareunia, é mais comum em mulheres que fazem cesariana ou parto normal com auxílio da extração a vácuo. Entenda a seguir o porquê.

Dor durante o sexo: Cesárea X Parto normal

Os pesquisadores responsáveis pelo estudo entrevistaram 1.244 mulheres em 5 momentos: antes de darem à luz e aos 3, 6, 12 e 18 meses após do nascimento. Eles perguntaram sobre o relacionamento com o parceiro e a vida sexual. Os resultados mostraram que as mulheres que precisaram de cesariana ou tiveram parto normal com ajuda de um extrator a vácuo, aparelho que ajuda a puxar o bebê para fora do canal vaginal, tinham o dobro de chances de ter dor durante o sexo por até 18 meses após dar à luz.

Segundo os responsáveis pelo estudo, quase todas as mulheres tiveram dor no sexo em algum momento, mas o tempo pelo qual se estendeu a dispareunia estava relacionado com o tipo de parto. Além disso, lesões no períneo, que acontecem principalmente quando se usam aparelhos como o extrator a vácuo, também estavam relacionadas à dor no sexo.

Dor durante o sexo: cuidados e tratamento

Quem tem a dispareunia após o parto não necessariamente a terá durante toda a vida. Com o tratamento adequado, é possível se livrar das dores.


Fonte: Com informações do Bolsa de Mulher