"Bastante assustados" -

Equipe da RecordTV tem carro "metralhado pelos marginais" no Rio de Janeiro

Foto: Reprodução

Uma equipe da RecordTV passou por um grande susto nesta terça-feira (11/06) ao ser atacada por homens armados enquanto retornavam de uma delegacia onde gravaram uma matéria. De acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, do portal Metrópoles, o ataque ocorreu próximo à Comunidade do Castelar, em Belford Roxo, no Rio de Janeiro.

A emissora confirmou o incidente em nota, detalhando que o veículo da empresa foi alvejado por alguns disparos. No comunicado, a Record informou que a repórter Monique Bittencourt estava no veículo junto com o cinegrafista Thiago Bessa e o motorista, mas ninguém ficou ferido.

“A equipe de reportagem da Record foi atacada em Belford Roxo, e o carro foi atingido por alguns disparos. Mas nem a repórter Monique Bittencourt nem o cinegrafista Thiago Bessa, que estavam no veículo, tiveram ferimentos graves. Eles foram atendidos pela Delegacia de Belford Roxo e passam bem. A Record lamenta e repudia este episódio de violência.”

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro repudiou o ocorrido.

“O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ) repudia o ataque sofrido pela equipe de reportagem da TV Record que nesta terça-feira, 11/6, foi vítima de mais um ato covarde e brutal da violência urbana no estado do Rio de Janeiro. Uma repórter e um cinegrafista voltavam de uma cobertura jornalística na Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense quando foram surpreendidos por criminosos e tiveram o carro, identificado com a logo da Record TV, metralhado pelos marginais. O ataque aconteceu no município de Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Os profissionais não foram baleados, mas estão bastante assustados. O Sindicato se solidariza com os profissionais e cobra das autoridades do Estado providências urgentes na apuração dos fatos e punição dos culpados.”

Fonte: Bnews

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco